Planejamento Financeiro

Décimo terceiro salário: dicas de mestre para usá-lo!

Ariane Lopes
Ariane Lopes
Foto de homem pensando como deve utilizar o décimo terceiro salário
Quer usar seu décimo terceiro salário de eficientemente? Veja nossas dicas de mestre e realize seus sonhos.

Artigo originalmente publicado em blog.mobills.com.br. Conteúdos e comentários foram integralmente mantidos.

Décimo terceiro salário: dicas de mestre para usá-lo!

 

A hora de receber o décimo terceiro salário está chegando! Para os trabalhadores com carteira assinada e outros arranjos contratuais, o final do ano tem um componente financeiro extra que traz alívio para as contas ou oportunidades de investimentos.

É verdade que alguns já receberam metade do benefício antecipadamente, enquanto no caso dos aposentados e pensionistas do INSS em 2020, as parcelas do tradicional abono foram antecipadas por conta da pandemia da COVID-19.

Continua após a publicidade

Mas, a pergunta que fica para todos que ainda vão receber o 13º salário é: qual a melhor estratégia financeira para usar a grana extra, não é mesmo?

Isso porque ela pode nos ajudar a pagar as contas ou completar aquele investimento que fizemos para realizar algum objetivo.

Continua após a publicidade

O importante é saber usar o dinheiro com consciência e não cair na tentação de gastar tudo sem pensar nos compromissos!

Por isso, neste artigo você tirará todas as suas dúvidas a respeito do décimo terceiro e verá dicas de como usá-lo com sabedoria.

O que é o décimo terceiro salário?

O décimo terceiro salário é uma gratificação de fim de ano que foi instituída no Brasil pela Lei 4.090, e garante que o trabalhador (que possui carteira assinada) receba o correspondente a 1/12 da remuneração por mês trabalhado.

Ou seja, é como se fosse o pagamento de um salário extra ao funcionário que trabalhou durante todo o ano para uma empresa.

Continua após a publicidade

A partir de quinze dias de serviço, o trabalhador já passa a ter direito a receber o seu 13º salário.

Nesse caso, ele vai ser proporcional ao tempo trabalhado no ano de referência. Vamos mostrar como funciona o cálculo do décimo terceiro salário a seguir.

Além disso, vale lembrar que aposentados e pensionistas do INSS também estão aptos a receberem a gratificação, que normalmente é chamada de abono salarial.

 

Como é o cálculo do décimo terceiro salário?

É muito comum surgir a dúvida de como é calculado o décimo terceiro salário. Você sabe que vai recebê-lo, mas não sabe qual a quantia correta, certo?

Continua após a publicidade

O cálculo é bem simples, você divide o seu salário integral por 12 e depois multiplica o resultado pelo número de meses trabalhados (durante o ano).

Por exemplo: o seu salário integral é de R$ 3.200 e você trabalha há apenas 5 meses na empresa, então, será 3.200 dividido por 12, cujo resultado você multiplica por cinco.

O resultado final, ou seja, o seu 13º salário será R$ 1.333,33.

Horas extras, insalubridade, adicional noturno e comissões entram no cálculo?

As horas extras, adicionais de insalubridade, noturno e as comissões também entram no cálculo da gratificação, porém, com valores médios.

Assim, primeiro é calculado qual foi a média desses valores ao longo do ano, e, então, esse resultado médio é incluído no cálculo do décimo terceiro salário.

Continua após a publicidade

Como saber se tenho direito ao 13º salário?

Como adiantamos, quem trabalhou a partir de 15 dias com carteira assinada para uma empresa, tem direito ao décimo terceiro salário.

No entanto, se o trabalhador tiver mais de 15 faltas não justificadas em um mês de trabalho, ele deixa de ter direito a receber o benefício.

O trabalhador também terá direito a receber a gratificação quando seu contrato de trabalho for encerrado, seja por pedido de demissão pelo próprio empregado, por demissão do empregador ou por prazo determinado, mesmo ocorrendo antes do mês de dezembro.

O único funcionário que não tem direito ao 13º é aquele dispensado por justa causa.

Continua após a publicidade

Para facilitar seus cálculos, no entanto, criamos uma calculadora exclusivamente para mostrar quanto você vai ganhar como benefício.

Gostou? Então, é só clicar no link a seguir: Calculadora de Décimo Terceiro

Quando o 13º deve ser pago?

O décimo terceiro salário deve ser pago pelo empregador em duas parcelas. Segundo a legislação, a primeira parcela deve ser paga entre o dia 1º de fevereiro e o dia 30 de novembro.

Já a segunda parcela, deve ser paga até o dia 20 de dezembro, tendo como base de cálculo o salário de dezembro menos o valor adiantado da primeira parcela.

Se a data máxima de pagamento da gratificação cair em um domingo ou feriado, o empregador deve antecipar o pagamento para o último dia útil anterior.

Continua após a publicidade

Atenção: o pagamento em uma única parcela é ilegal, estando o empregador sujeito à multa. Muitas pessoas não sabem disso e geralmente querem pagar os funcionários em uma única parcela em dezembro.

Outras dúvidas sobre o décimo terceiro

Com as informações que listamos acima, você já está por dentro de como é o funcionamento básico do décimo terceiro salário.

Entretanto, existem alguns detalhes que merecem sua atenção. Por isso, fizemos uma lista com algumas perguntas e respostas bem úteis.

Como é a tributação do 13º salário?

O valor que você receberá à título de 13º salário terá descontos de:

Entretanto, esses tributos não são debitados na primeira parcela do décimo terceiro e sim, integralmente, na segunda.

Continua após a publicidade

Dessa forma, você vai receber um valor líquido maior na primeira parcela, ok?

Em 2020 teremos décimo terceiro salário no Bolsa Família?

A medida provisória que criaria, em definitivo, o pagamento do décimo terceiro salário no Bolsa Família perdeu a validade antes de ser votada em 2020.

Porém, o governo indicou que poderia haver o pagamento de uma “surpresinha” para os beneficiários do Bolsa Família.

Se isso acontecer, o décimo terceiro salário do Bolsa Família ou, abono natalino, deve ter o valor do benefício duplicado em dezembro.

Estagiários recebem 13º salário?

Como não são registrados como funcionários em regime CLT, os estagiários não têm direito ao décimo terceiro salário. Seus contratos, na verdade, são realizados seguindo a Lei de número 11.788.

Continua após a publicidade

Portanto, fica à critério de cada empresa pagar, ou não, a bonificação para seus estagiários.

Profissionais em licença-maternidade também recebem décimo terceiro salário?

Sim, a contagem permanece a mesma para colaboradores da iniciativa privada que estejam em licença-maternidade.

No caso de profissionais do lar com carteira devidamente assinada, o recebimento também é válido. Entretanto, o INSS é o responsável pelo pagamento.

Assim, o profissional do lar em licença-maternidade deve fazer o requerimento em uma das Agências da Previdência Social ou pela internet.

Continua após a publicidade

Então, agora que você já sabe como funciona o décimo terceiro salário e viu as respostas para dúvidas mais específicas, podemos partir para as estratégias de como utilizá-lo eficientemente para suas finanças.

Dicas de mestre para você utilizar o 13º salário com sabedoria

A primeira coisa que você deve fazer é organizar as finanças pessoais. Assim, você saberá exatamente para onde deve ir cada parte do décimo terceiro.

Obviamente que todo mundo quer comemorar o Natal e o Ano Novo, mas você só deve comprar presentes e até mesmo programar uma viagem, levando em consideração a capacidade financeira apresentada no seu orçamento.

Isso porque, o início do ano exige o pagamento de várias despesas como IPTU, IPVA, matrículas, material escolar, uniforme entre outras.  

Continua após a publicidade

Presentes

mulher segurando um presente

Claro que você pode comprar alguns presentes, mas deve ter bastante critério e ponderação no momento das compras.

Muitas vezes, um presente de menor valor pode ser bem mais importante do que um presente caro e luxuoso. Aquilo que possui sentimento e consideração sempre será melhor!

Lembre-se que você não é o Papai Noel e não deve sair por aí distribuindo presentes para todos. Faça uma lista apenas com as pessoas que realmente merecem e que são próximas de você.

Viagens

mulher segurando um globo

Caso você consiga separar uma parte do 13º para viagens, ótimo.

Se não for possível realizar a viagem nesse momento, guardar o dinheiro e esperar é a melhor solução para o futuro.

Continua após a publicidade

Viagens de fim de ano requerem um planejamento de meses antes, pois, como é alta temporada, os preços são maiores e tudo esgota mais rápido.

Além disso, com os adventos da pandemia da COVID-19, alguns passeios e cidades ainda estão com restrições de acesso.

Se essa é a sua escolha para usar seu décimo terceiro salário de 2020, aproveite para colocá-lo em uma aplicação e deixar que renda até o momento de viajar.

Também é importante lembrar que, quanto antes você se preparar, maiores serão as chances de encontrar descontos e conseguir reservar passeios, passagem e o hotel.

Continua após a publicidade

Caso tenha interesse em começar a programar uma viagem, não deixe de ler o artigo: 31 sites e aplicativos primordiais para quem quer viajar barato.

Festas

várias mulheres segurando taças para um brinde

Eu não sei vocês, mas gostamos muito das festas de fim de ano por aqui! Entretanto, 2020 é um ano atípico que pede cuidados com o isolamento social, não é mesmo?

Assim, as comemorações vão ficar mais restritas, o que pode reduzir as despesas que normalmente gastamos no fim de ano.

Ainda assim, algumas famílias optarão por fazer comemorações restritas ou até por videoconferência para não deixar de celebrar.

Continua após a publicidade

Dessa maneira, vale alguns cuidados na hora de gastar o décimo terceiro com as celebrações.

Planejamento é a palavra de ordem para aproveitar bem o dinheiro destinado às festas.

Anote tudo que você deverá comprar e registre o valor de cada item. Procure, claro, por promoções e lugares que vendam em atacado.

Ademais, a dica é sempre dividir os gastos com a família e amigos. Todos querem curtir uma boa festa.

Quais devem ser as prioridades para usar o décimo terceiro salário?

Tudo vai depender da realidade de cada um, de cada família.

Por isso, listamos alguns exemplos de utilização que podem ser mais adequados, dependendo da situação financeira em que você se encontra. 

Continua após a publicidade

Quite as dívidas

Se você está endividado, o mais importante é pagar dívidas, o máximo possível.

Comece por aquelas que cobram os juros mais altos, como as dos cartões de crédito e as do cheque especial. Elas são as principais responsáveis por você estar no vermelho.

Você também deve dar preferência ao pagamento de débitos que possibilitem que seu nome seja “limpo” em cadastros de inadimplentes como SPC, Serasa e Boa Vista.

Monte uma reserva de emergência

Ter uma reserva de emergência é essencial para qualquer um e qualquer família.

Ninguém sabe o que acontecerá no futuro, então, é melhor “prevenir do que remediar”.

Sua reserva financeira deve ficar em investimentos que tenham alta liquidez, baixo risco e uma rentabilidade adequada.

No momento, algumas indicações são o Tesouro Selic, o RDB da NuConta e alguns CDBs que pagam porcentagens maiores do CDI.

Continua após a publicidade

Mesmo que a poupança ainda seja uma das aplicações mais utilizadas pelos brasileiros, vale dizer que em 2020, principalmente nos últimos meses, seu rendimento foi inferior à inflação.

Ou seja, quem depositar a primeira parcela do décimo terceiro salário na poupança, provavelmente verá seu dinheiro perder poder de compra.

Aumente seu orçamento mensal do ano que vem

Já pensou em aumentar seus ganhos mensais do ano que vem sem ter que contar com a promoção de cargo que gostaria de receber?

A matemática é simples: basta dividir o décimo terceiro em 12 partes e permitir que esse valor seja utilizado no seu orçamento mensal do ano que vem.

Continua após a publicidade

É claro que você vai deixar esse valor em uma aplicação que tenha liquidez diária e, não faz sentido colocar essa estratégia em prática se você já consegue viver confortavelmente e, ainda mais, investir parte dos seus ganhos, certo?

No entanto, se você planeja desacelerar ano que vem para fazer um curso ou reduzir sua carga horária de trabalho para estudar para um concurso, ter um adicional no orçamento mensal vai ajudar, concorda?

Abra ou expanda seus negócios

Para quem está de olho na renda extra pela internet, ou já está empreendendo e quer que seu negócio gere ganhos mais substanciais, o décimo terceiro salário pode ser o incentivo financeiro necessário.

Ou seja, em vez de tomar empréstimo no mercado ou procurar um investidor que vai pedir parte dos seus ganhos em troca, você mesmo pode injetar recursos e aumentar seus lucros.

Continua após a publicidade

É claro que é importante fazer um estudo e plano de negócios antes, combinado?

Pague os impostos e o material escolar

Guarde parte do dinheiro para arcar com os gastos com matrícula e material escolar dos filhos, pagar impostos como IPVA e IPTU.

Além disso, não se esqueça que essa receita extraordinária não irá se repetir nos próximos meses.

O restante do dinheiro, se sobrar, pode ser direcionado para encaminhar, sem necessidade de parcelamento, as próximas férias em família. 

Guarde para suas metas e objetivos

O que deseja realizar no ano novo que está próximo? Fazer uma especialização? Comprar um carro? Seja o que for, você pode começar a juntar a partir de agora com a ajuda do seu décimo terceiro salário.

Continua após a publicidade

Então, lembre-se que é muito importante você sempre manter metas e objetivos, seja a curto, médio ou longo prazo.

Comece a investir

O 13º salário é uma excelente oportunidade para começar a investir ou para turbinar os investimentos. Nem que você invista apenas o dinheiro que sobrar após todos os gastos já previstos.

Se você é iniciante, o mais indicado é que comece com os investimentos de renda fixa, como o Tesouro Direto e CDB, por exemplo.

Contudo, se você já está nesse mundo de investimento, que tal arriscar com os investimentos de renda variável? Fundos imobiliários e ações são ótimas alternativas.

Continua após a publicidade

O que NÃO fazer com o seu 13º salário?

Você não pode, sob hipótese alguma, gastar todo o décimo terceiro salário em compras sem se preocupar com o que você realmente já tem.

Isto é, contas no início do ano, dívidas com cheque especial ou cartão de crédito.

Se agir assim, você somente irá criar novas dívidas, fazendo com que sua crise financeira se prolongue.

Não ceda a tentações de consumo, como comprar uma nova TV ou trocar de aparelho celular se você, de fato, não precisa daquilo. 

Continua após a publicidade

Conclusão

E então, calculou quanto você deve receber de décimo terceiro salário? Se você ainda tem alguma dúvida sobre esta gratificação, nos deixe um comentário que vamos ter o maior prazer de responder.

Lembre-se que controle financeiro requer disciplina e pensar a médio e longo prazo.

Para isso, você tem que começar a modificar seus hábitos de consumo já!

Se refletir bem sobre os pontos abordados neste artigo, este 13º poderá ser realmente útil e até mudar o seu modo de ver as coisas.

Gostou das dicas para seu décimo terceiro salário? Então, assine a newsletter o iDinheiro e receba outras dicas especialmente selecionadas para o que importa para seu dinheiro.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *