Simulador de IPVA

Simule o cálculo do seu IPVA a pagar em 2022.

Simulador de IPVA

Valor de mercado do veículo
Insira o valor de mercado de seu veículo usado ou o valor da nota para veículos novos.
Consulte a tabela FIPE.
Selecione o tipo de veículo de acordo com a documentação. Diferentes categorias têm taxas distintas.
Escolha o estado ou unidade da federação em que o veículo está licenciado.

Faça uma cotação de seguro auto e economize!

Seguro AutoSeguro Auto
Seguro Auto barato

Contratação Online

Pagamento Mensal

Faça uma cotação de seguro auto e economize!

Seguro AutoSeguro Auto
Seguro Auto barato

Contratação Online

Pagamento Mensal

Quanto pagar de IPVA?

Descrição Valor a ser pago Base de cálculo
Valor estimado do IPVA
Pagamento com desconto
Valor das parcelas

Onde consultar o IPVA 2022?

Para quem deseja consultar o valor individual do imposto do seu veículo antes de realizar o pagamento ou o simulador de IPVA, é possível acessar o site do DETRAN de cada estado. A plataforma possui uma ferramenta de busca que permite ao usuário conhecer os detalhes do seu IPVA, por meio do documento e número da placa do veículo cadastrado.

Para isso, basta acessar o endereço correspondente ao estado do automóvel e seguir com a busca dentro do site.

Continua após a publicidade

EstadoSite do DETRAN
AcreDETRAN AC
AlagoasDETRAN AL
AmapáDETRAN AP
AmazonasDETRAN AM
BahiaDETRAN BA
CearáDETRAN CE
Distrito FederalDETRAN DF
Espírito SantoDETRAN ES
GoiásDETRAN GO
MaranhãoDETRAN MA
Mato GrossoDETRAN MT
Mato Grosso do SulDETRAN MS
Minas GeraisDETRAN MG
ParáDETRAN PA
ParaíbaDETRAN PB
ParanáDETRAN PR
PernambucoDETRAN PE
PiauíDETRAN PI
Rio de JaneiroDETRAN RJ
Rio Grande do NorteDETRAN RN
Rio Grande do Sul DETRAN RS
RondôniaDETRAN RO
Roraima DETRAN RR
Santa CatarinaDETRAN SC
São PauloDETRAN SP
SergipeDETRAN SE
TocantinsDETRAN TO

É importante ressaltar que a consulta do IPVA 2022 deve ser feita no estado onde o carro está registrado. Assim, mesmo que o motorista seja residente de outra localidade, a busca válida é na plataforma de registro.

Como usar o simulador de IPVA?

Usar o nosso simulador de IPVA para saber quanto você vai pagar em 2022 é muito simples. Basta preencher os três campos da calculadora:

Continua após a publicidade

  • valor de mercado do veículo (veja mais abaixo como descobrir);
  • tipo de veículo (de acordo com a documentação); e
  • estado de registro do veículo.

Clicando em “calcular”, você vê quanto pagar de IPVA:

exemplo de uso do simulador de IPVA

Dessa forma, você pode entender:

  • o valor estimado do IPVA, já com a alíquota por estado incluída;
  • quanto pagaria à vista, com o desconto por estado;
  • o valor das parcelas, caso deseje parcelar seu pagamento e abrir mão do desconto.

Como descobrir o valor do meu automóvel?

Caso o motorista deseje utilizar o simulador de IPVA ou determinar seu imposto manualmente, sem consultar o site do DETRAN, precisará conhecer o valor venal do seu automóvel.

No caso de veículos novos, o preço costuma acompanhar o documento emitido pelos órgãos responsáveis, pois ainda não sofreu nenhum tipo de reajuste.

No entanto, outros veículos podem ter seu preço médio alterado, de modo que é importante que o motorista conheça seu valor. Para isso, o motorista deve ter em mãos o modelo do veículo e o ano de fabricação. Com esses dados, será possível realizar uma consulta na tabela FIPE, seguindo o passo a passo abaixo:

  1. acesse o site da FIPE;
  2. no final da página, selecione “Consulta de carros e utilitários pequenos”;
  3. preencha o campo “Digite ou selecione a marca do veículo”;
  4. em seguida, preencha: “Digite ou selecione o modelo do veículo”;
  5. por fim, selecione “Digite ou selecione o ano modelo do veículo”;
  6. basta clicar em “Pesquisar” e localizar o valor atual do veículo.

É importante lembrar que a tabela FIPE pode sofrer correções mensais, de modo que é importante verificar o preço médio do automóvel com o passar do mês, especialmente antes de usar o simulador de IPVA.

Continua após a publicidade


Comprar ou alugar um carro? Entenda as vantagens e desvantagens


Como é calculado o valor do IPVA?

Atualmente, existem ferramentas que podem ajudar o motorista a determinar o valor do seu imposto. No entanto, é importante entender como é calculada essa tributação sobre cada veículo, para compreender o valor devido e ter um melhor controle financeiro no início do ano, quando é necessário fazer o pagamento.

Em um primeiro momento, o cálculo do IPVA 2022 é feito a partir do valor venal do veículo, disponibilizado na tabela FIPE de cada ano. Este preço é definido a partir de diferentes fontes e depende da situação do veículo.

O valor venal é uma estimativa que o Poder Público confere sobre o preço de alguns bens, incluindo automóveis. Nesse caso, a tabela FIPE realiza pesquisas para determinar a média dos preços e disponibilizar publicamente. Por exemplo, um veículo novo terá valor venal apresentado diretamente no documento fiscal da compra, pois o preço válido é do mesmo ano. Enquanto isso, um veículo usado possui seu preço médio vigente a partir do mesmo mês do ano anterior.

Além disso, veículos de um leilão também possuem IPVA 2022 diferenciado, pois é com base no valor arrematado mais despesas cobradas.

Continua após a publicidade

Por fim, carros importados também possuem valor venal para o cálculo do IPVA, que consta no documento, acrescido dos valores de tributos de importação.

Dessa forma, é importante descobrir, antes de mais nada, o valor venal do seu automóvel, para, então, utilizar o simulador de IPVA ou outros métodos de cálculo.

IPVA mais caro

Para motoristas que vão calcular o IPVA 2022, é importante saber que os valores estão mais caros.

De acordo com informações divulgadas pela FIPE, por meio do portal Extra, a alta se dá pela supervalorização dos carros usados. Com isso, todos os preços médios sofrem reajuste, e o mesmo acontece com carros novos e importados, por exemplo.

Continua após a publicidade

Além disso, a crise econômica vivenciada no país nos últimos anos impactou significativamente o cenário automotivo, elevando os valores de compra de novos e seminovos. Consequentemente, o valor do IPVA também aumenta.

Outros fatores, como desvalorização do real e aumento do preço da matéria-prima, também influenciam nesse encarecimento. No entanto, o principal diferencial ainda é a valorização acima da média dos carros usados. Entre fevereiro de 2020 e julho de 2021, a alta registrada foi de 24%.

Tabela IPVA 2022 por estado

Além do valor venal dos veículos, outro componente importante para calcular o IPVA 2022 é a tabela de alíquotas de cada Estado. Trata-se das porcentagens de contribuições definidas pelo governo estadual, que podem mudar anualmente. Confira a tabela IPVA de 2022 para cada localidade:

EstadoParticular
e Passeio
Caminhonetes
e Utilitários
Motocicletas
e Quadriciclos
Acre2,00%1,00%1,00%
Alagoas3,00%3,25%2,75%
Amazonas3,00%3,00%2,00%
Amapá3,00%3,00%1,50%
Bahia2,50%2,50%2,50%
Ceará3,00%3,00%2,00%
Distrito Federal3,50%1,00%2,00%
Espírito Santo2,00%2,00%1,00%
Goiás3,75%3,45%3,00%
Maranhão2,50%2,50%1,00%
Minas Gerais4,00%3,00%2,00%
Mato Grosso3,00%2,50%1,00%
Mato Grosso do Sul3,50%3,50%2,00%
Pará2,50%2,50%1,00%
Paraíba2,50%2,50%2,50%
Paraná3,50%3,50%3,50%
Pernambuco3,00%3,00%2,50%
Piauí2,50%2,50%2,00%
Rio de Janeiro4,00%3,00%2,00%
Rio Grande do Norte3,00%3,00%2,00%
Rio Grande do Sul3,00%3,00%2,00%
Rondônia3,00%3,00%2,00%
Roraima3,00%2,00%2,00%
Santa Catarina2,00%2,00%1,00%
Sergipe2,50%2,50%2,00%
São Paulo4,00%2,00%2,00%
Tocantins2,00%3,00%2,00%

Como fazer o cálculo do IPVA 2022?

Por fim, depois de saber o valor venal do seu veículo e verificar a alíquota do seu Estado, basta multiplicar os dois valores, para descobrir o seu IPVA 2022.

Continua após a publicidade

Por exemplo, considere um carro seminovo, com valor de tabela FIPE no total de R$ 30 mil, adquirido no Estado de Minas Gerais. Em 2022, a alíquota de Minas Gerais é de 4%. Assim, o IPVA total será de R$ 30 mil multiplicado por 4%, totalizando R$ 1.200 de imposto.

Esse valor se altera de acordo com o total atribuído ao carro e a alíquota do Estado, mas o cálculo básico é feito dessa forma.

Quem tem direito à isenção do IPVA?

Embora o IPVA seja um imposto obrigatório para a maioria dos motoristas, existem algumas situações especiais onde existe a possibilidade de isenção. Nesse caso, é importante que o condutor busque procurar mais informações sobre as circunstâncias que possibilitam o desconto integral.

Contudo, da mesma forma que a alíquota muda de acordo com cada Estado, o governo estadual também possui autonomia para definir quais as condições de isenção do IPVA. Assim, antes de determinar seu direito, o motorista deve procurar saber se a sua localidade possui essa possibilidade válida.

Continua após a publicidade

Por outro lado, o benefício de isenção costuma ser o mesmo na maioria dos Estados. Veja algumas das situações onde não é necessário calcular o imposto, por meio de calculadora IPVA ou manualmente, nem realizar o pagamento:

1. Deficiência

Motoristas portadores de algum tipo de deficiência costumam ter isenção no IPVA, e a maioria dos Estados permite o desconto integral nesses casos. Usualmente, motoristas com deficiência possuem carteira de habilitação especial, que já se enquadra na isenção automaticamente. No entanto, também é importante procurar saber como solicitar o desconto todos os anos, para não correr o risco de ter complicações com os órgãos de trânsito posteriormente.

2. Limitação física

O mesmo é válido para pessoas com limitações físicas. Esses casos também contemplam deficiências físicas, e não somente deficiências mentais. Além disso, alguns Estados podem ceder a isenção para pessoas com limitações físicas temporárias, como no caso de acidentes devidamente comprovados pelo condutor.

3. Doença crônica

Motoristas que atestam doenças crônicas também podem ter direito à isenção IPVA 2022, de acordo com as regras de desconto de cada Estado. Usualmente, não existe período limite para indicar o início da doença crônica, desde que o condutor possua todos os documentos necessários para comprovar sua condição.

Continua após a publicidade

4. Ano de fabricação do veículo

Finalmente, a condição mais popular de isenção do IPVA é para veículos fabricados há mais tempo. Nesse caso, automóveis antigos costumam não exigir a obrigatoriedade do IPVA, embora seja necessário pagar outros tributos e documentos, como o DPVAT. 

Assim, o motorista pode optar por utilizar o simulador de IPVA e outras ferramentas para verificar os valores devidos. No entanto, esse requisito também apresenta maior variação de acordo com o Estado, e nem todas as localidades seguem as mesmas regras de período de fabricação.

Atualmente, a idade dos veículos que permitem a isenção do IPVa segue as seguintes determinações:

  • 10 anos: Rio Grande do Norte, Roraima e Goiás;
  • 15 anos: Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Sergipe e Tocantins;
  • 18 anos: Mato Grosso;
  • 20 anos: Acre, Alagoas, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Dessa forma, caso o condutor possua um veículo mais antigo, vale a pena procurar saber das condições do seu Estado, para verificar se a isenção já é um direito, de acordo com o ano de fabricação do seu carro.

Continua após a publicidade

Como solicitar isenção do IPVA 2022?

Depois de verificar se possui direito à isenção do IPVA 2022, o condutor deve iniciar o processo de solicitação pelo site da Secretaria da Fazenda do seu Estado. Pelo portal, será possível encontrar todas as informações sobre os pré-requisitos necessários de cada localidade, além dos documentos e formulários que devem ser preenchidos.

Além disso, pode ser preciso anexar outros tipos de comprovantes, como laudos médicos que comprovem condições médicas, por exemplo. Ainda, muitos Estados exigem anexo da CNH especial para cada situação.

Em seguida, o motorista deverá aguardar a verificação dos seus documentos, para receber a aprovação ou recusa do seu pedido. Caso seja aprovado, o condutor não precisará se preocupar com o pagamento do IPVA. No entanto, se o Estado não deliberar a solicitação, é necessário verificar o valor anual e seguir com a contribuição normalmente, utilizando a calculadora IPVA para determinar o total devido.

Como fazer o pagamento do IPVA 2022?

Por fim, ao utilizar o simulador de IPVA e determinar o total do seu imposto, é possível fazer o pagamento em diversos canais. A princípio, o boleto integral pode ser pago em qualquer rede bancária autorizada, incluindo:

Continua após a publicidade

Além disso, também permite o pagamento em casas lotéricas, utilizando o código RENAVAM do automóvel, que consta no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).

O site da Receita Federal recomenda que o condutor não realize o pagamento do IPVA por vias não oficiais, por risco de fraude e enganações. Assim, caso emita o boleto para imprimi-lo, é fundamental verificar as informações que constam no documento antes de fazer o pagamento.

Como parcelar o IPVA 2022?

Enquanto isso, ao utilizar o simulador de IPVA e definir o valor do seu imposto anual, é possível optar pelo parcelamento. Dessa forma, o condutor poderá ter maior autonomia ao organizar suas finanças.

O parcelamento fica a critério de cada Estado, geralmente sendo realizado diretamente pela Secretaria da Fazenda estadual. Assim, o motorista deverá entrar em contato com a Secretaria, presencialmente ou por meio do site de cada Estado, e verificar a possibilidade.

Continua após a publicidade

Ainda, alguns sites indicam parceiros autorizados que realizam o parcelamento. Nesse caso, o usuário pode conferir os estabelecimentos que oferecem essa opção no site da Secretaria da Fazenda da sua localidade.

É fundamental realizar o pagamento de todas as parcelas corretamente, para evitar complicações e multas.

Como pagar IPVA atrasado?

Titulares que não se atentaram para a data de pagamento podem realizar a quitação do IPVA com atraso. Nesse caso, a forma mais simples é acessar o site da Secretaria da Fazenda e preencher o formulário de atraso.

Ao informar os dados do veículo, a própria plataforma oferece a opção de baixar o boleto do IPVA em atraso. Em seguida, basta realizar o pagamento da forma que preferir, com os devidos juros.

Continua após a publicidade

O documento está disponível na “Guia para Regularização de Débitos (GRD)“, com acesso gratuito para todos os motoristas. No entanto, é importante verificar o novo valor devido, com todos os encargos de atraso. Para usuários que utilizaram o simulador de IPVA para determinar o preço previamente, vale a pena conferir as porcentagens de multa para o novo imposto.

Como parcelar IPVA atrasado?

Enquanto isso, para quem deseja parcelar o IPVA atrasado, a opção é comparecer presencialmente em uma Secretaria da Fazenda. Dessa forma, o proprietário poderá verificar suas propostas de parcelamento liberadas, e optar pela opção que melhor atende seu caso.

É preciso portar todos os documentos originais do veículo e conversar com um atendente especializado. Isso é necessário para autenticar a identidade do condutor, e evitar possíveis fraudes relacionadas ao imposto.

No balcão da Secretaria, o motorista poderá conferir todos os débitos em aberto, bem como negociar o montante total da dívida, com acréscimos e juros. Ainda, é fundamental realizar o pagamento de todas as parcelas dentro do prazo, pois corre o risco da negociação ser cancelada.

Perguntas frequentes

  1. Como consultar o IPVA do meu estado?

    É possível verificar o IPVA de cada Estado por meio da tabela de alíquotas, ou conferindo mais detalhes nos sites do DETRAN e Secretaria da Fazenda.

  2. Como descobrir o valor do meu automóvel?

    O valor venal do automóvel é calculado e divulgado pela tabela FIPE mensalmente. É possível verificar o preço médio consultando o site da instituição.

  3. Como ter desconto no IPVA?

    A Secretaria da Fazenda disponibiliza desconto de até 5% para quem pagar o IPVA 2022 à vista e antecipadamente. Após liberar a tabela de datas de pagamento, basta que o motorista realize a quitação integral antes do vencimento para ter desconto.

  4. Por que o IPVA está mais caro em 2022?

    Por conta da valorização de seminovos, principalmente. A crise econômica e a alta nos preços de carros novos também contribuíram para o encarecimento do imposto em 2022.

Continua após a Publicidade