Calculadora Dias Úteis

A Calculadora de Dias Úteis te ajudará a descobrir o número de dias úteis no período escolhido. Assim, você sabe quanto considerar em seus cálculos e evita problemas no pagamento de benefícios trabalhistas e previdenciários. Saiba mais!

Cálculo de dias úteis

Data inicial
Data final

Resultado

Descrição Dias
Dias úteis
Dias corridos
Sábados
Domingos
Feriados nacionais

Calculadora de dias úteis: o que são os dias úteis?

Os dias úteis são aqueles considerados para a semana de trabalho. Tradicionalmente, são compostos por segunda, terça, quarta, quinta e sexta.

No entanto, algum feriado que caia nessas datas o exclui da contagem. Por isso, os dias úteis são aqueles em que o trabalho não está suspenso.

Continua após a publicidade

Nessas datas, os estabelecimentos estão com seu funcionamento normal. Devido a esse motivo, o sábado também pode ser considerado dia útil, a depender do caso.

Calculadora de dias úteis: como fazer a conta?

Para fazer o cálculo de dias úteis de forma manual, você deve verificar o período considerado e excluir todos os dias de sábado, domingos e feriados.

Continua após a publicidade

Por exemplo, em 2020, há 366 dias no total. Como o ano contém 52 sábados, 52 domingos e 12 feriados nacionais, os dias efetivamente trabalhados chegam a 251.

Essa é a contagem feita pela calculadora de dias úteis. Porém, o que você precisa fazer é apenas colocar a data de início e a data final que deseja analisar.

Por exemplo, imagine que você quer saber quantos dias terá que trabalhar em janeiro de 2021. Nesse caso, coloque:

  • data de início: 01/01/2021;
  • data final: 31/01/2021.

Depois é só clicar em “Calcular”. Ao fazer isso, receberá o resultado dividido da seguinte forma:

Continua após a publicidade

  • dias úteis: 19;
  • dias corridos: 31;
  • sábados: 5;
  • domingos: 6;
  • feriados nacionais: 1.

Calculadora de dias úteis no Excel: como fazer?

Se você tem o Excel instalado no seu computador, também pode usar o programa como uma calculadora de dias úteis. Nesse caso, você deve usar a função:

=DIATRABALHOTOTAL.INTL()

A vantagem é que ela avalia os dias úteis e desconsidera feriados e finais de semana. A sintaxe da função — ou seja, sua sequência de caracteres — é a seguinte:

  • data_inicial: é o começo do intervalo de tempo;
  • data_final: geralmente, sábados e domingos são utilizados como referência, mas você pode alterar conforme a necessidade. Nesse caso, use 1. Caso sua empresa tenha folgas no domingo e na segunda, coloque 2. Se for segunda e terça, 3. E assim por diante;
  • [feriados]: é preciso indicar as datas que são feriados, já que isso pode mudar de acordo com a cidade. Nesse exemplo que vamos apresentar, consideramos apenas os nacionais.

A partir disso, é preciso colocar em prática os passos abaixo:

Passo 1. Coloque cinco colunas

Elas são: data inicial, data final, feriados (tem duas colunas) e dias úteis. Na parte de feriados, escreva em uma linha qual é a data e na do lado, o dia específico.  

Assim, a disposição deve ser a seguinte:

  • data inicial: coluna B;
  • data final: coluna D;
  • feriados: colunas F e G;
  • dias úteis: coluna I.

Para entender a parte dos feriados, imagine que você quer avaliar o mês de janeiro de 2021. Assim, temos:

Continua após a publicidade

  • data inicial: 01/01/2021;
  • data final: 31/01/2021;
  • feriados: ano novo na coluna F e 01/01/2021 na G.
  • dias úteis: fica em branco para aparecer o resultado.

2. Insira a fórmula

Na planilha, clique na coluna I. Escolha a célula logo abaixo daquela com o nome “Dias úteis”. Geralmente, é a I3. 

Ou seja, a primeira linha fica em branco. A segunda tem a denominação. A terceira é a que está em branco e receberá o seu clique.

Nesse campo, coloque a fórmula:

=DIATRABALHOTOTAL.INTL

Em seguida, pressione TAB para abrir a função. Aparecerá um espaço cinza para colocar as células de forma ordenada e garantir o cálculo correto.

Para isso, faça as seguintes etapas:

  • clique na célula da data inicial, que está na coluna B. Será acrescentado à fórmula. Então, coloque um ponto e vírgula, isto é, “;”;
  • clique na célula da data final, que está na coluna D. Novamente, coloque ponto e vírgula;
  • digite 1 para o final de semana e insira mais um ponto e vírgula;
  • escolha o intervalo dos feriados, colocando de uma célula a outra. Por exemplo, G3:G5, que se lê: da célula G3 à G5. Como em janeiro de 2021 há apenas um feriado, basta clicar sobre a célula em que ele está definido.
  • feche o intervalo e dê enter para finalizar.

Automaticamente, o resultado dos dias úteis aparecerá na coluna I. Apesar desse dado ser válido, não é tão simples colocar esse passo a passo em prática, certo?

Continua após a publicidade

É por isso, que existem as calculadoras de dias úteis online. Elas automatizam a contagem e evitam erros devido ao esquecimento de algum feriado, por exemplo.

Calcular dias úteis no vale-transporte: como fazer?

Se mais do que os dias úteis, você quer calcular as datas válidas para o vale-transporte, você deve saber alguns detalhes.

O primeiro deles é que esse benefício não é considerado parte do salário. Por isso, está fora dos cálculos de descontos de FGTS ou de tributos.

Além disso, a empresa pode deduzir até 6% do valor do salário bruto. Para ficar mais claro, imagine que a passagem de ônibus custe R$ 3,70 por viagem.

Continua após a publicidade

Isso significa que, usando dois por dia, o gasto é de R$ 7,40. Agora, considere o salário como R$ 2.000.

Primeiro, você deve saber quanto resulta 6% de R$ 2.000. O cálculo a ser feito é o seguinte:

R$ 2.000 x 0,06 = R$ 120

Portanto, o máximo a ser descontado da folha de pagamento desse colaborador é R$ 120. O próximo passo é calcular os dias úteis.

Voltamos a considerar o mês de janeiro de 2021. Levando em conta 19 dias úteis e sabendo que o gasto diário é de R$ 7,40, temos:

Continua após a publicidade

R$ 7,40 x 19 = R$ 140,60

Assim, a empresa fará o desconto de R$ 120, que é o máximo. Agora imagine outra situação.

O salário do colaborador é de R$ 3.500. O restante das condições é igual. Nesse caso, o limite a ser deduzido é:

R$ 3.500 x 0,06 = R$ 210

Se ele gastar os R$ 7,40 por dia, será menos do que o máximo passível de desconto. O que fazer? A empresa simplesmente deduzirá R$ 140,60.

Conclusão

A calculadora de dias úteis é mais importante do que parece. Com ela, você sabe quantas datas terá que efetivamente trabalhar em determinado período

Além disso, também pode fazer outros cálculos trabalhistas e previdenciários, como o do vale-transporte.

Então, que tal experimentar? Use a calculadora de dias úteis acima e entenda melhor!

Continua após a Publicidade