Simulador de Imposto de Renda

Simulador de Imposto de Renda

Rendimentos Tributáveis

Adicione os seus rendimentos tributáveis na declaração de imposto de renda

R$
R$

Deduções

Agora preencha os campos com seus gastos dedutíveis na declaração

R$
R$
R$
R$

Já acertou suas contas com o Leão? Pelo cronograma da Receita Federal, os contribuintes têm até o dia 29 de abril para enviar sua declaração de Imposto de Renda (IR). Depois de dois anos de prazo ampliado por conta da pandemia, a entrega voltou ao período tradicional. Então, fique atento!

Tenha em mente também de que, quem envia o IR logo no início acaba por ter mais chance de entrar nos primeiros lotes de restituição. Além disso, reduz o risco de preenchimento de alguma informação errada por conta da pressa. São erros assim que levam as pessoas a caírem na malha fina.

Continua após a publicidade

Mas calma, não se preocupe. Nós, da equipe iDinheiro, preparamos um material completo para você tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto. Ficou curioso? Então, continue a leitura!

Como fazer a simulação de Imposto de Renda?

Você sabia que o iDinheiro conta com um simulador de Imposto de Renda para ajudá-lo a entender o que paga de tributos por mês ou por ano? Para isso, basta inserir o valor dos seus rendimentos tributáveis como salário bruto e outros como aluguéis, pensões, prêmios e demais direitos.

Em seguida, preencha os campos com seus gastos dedutíveis, por exemplo, número de dependentes, gastos com estudos (creche, ensino infantil, fundamental, médio ou ensino superior), pensão alimentícia, gastos com saúde (plano de saúde, consultas, exames, procedimentos e internações).

Por fim, adicione no Carnê Leão o imposto pago sobre a linha de os outros rendimentos tributáveis.

Quem precisa declarar IR em 2022?

Confira, a seguir, quem é obrigado a fazer a declaração do IR 2022:

  • Quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2021. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado.
  • Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado.
  • Quem obteve, em qualquer mês de 2021, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.
  • Quem teve isenção de imposto sobre o ganho de capital na venda de imóveis residenciais, seguido de aquisição de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias.
  • Quem teve, em 2021, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural.
  • Quem tinha, até 31 de dezembro de 2021, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil.
  • Quem passou para a condição de residente no Brasil em qualquer mês e se encontrava nessa condição até 31 de dezembro de 2021.

O que é possível deduzir do Imposto de Renda 2022?

Continua após a publicidade

Há dois tipos de dedução que você pode incluir no IR: gastos dedutíveis e deduções do imposto devido. Ficou difícil? Nós explicamos!

Os gastos dedutíveis reduzem a base do cálculo do IR. São eles estudos, saúde, previdência privada (que correspondam a até 12% da renda tributável), dependentes (filhos ou pais no valor máximo de R$ 2.275,08 por dependente) e contribuição ao INSS. Já as deduções de imposto devido reduzem direto o valor do imposto a ser pago. São elas as doações e aluguel (em caso de sublocação).

Como consultar meu Imposto de Renda?

Você quer consultar seu IR para ter certeza de que foi enviado corretamente? Então, acesse seu extrato, é bem simples. Para tanto, o primeiro passo é gerar um código de acesso ou certificado digital no portal e-CAC, neste link.

Depois disso, entre no portal e-CAC, faça seu login e insira a senha. Assim que logar, será possível ver uma tela com diferentes opções, clique em "Declaração e demonstrativos". Em seguida, selecione “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)”.

Você verá uma linha do tempo e um item chamado "Serviços" dividido em categorias. Basta gerar a sua declaração e checar se está tudo correto.

Pronto, confira o status da sua declaração: em processamento, processada, em fila de restituição, com pendência, em análise, retificada, cancelada ou tratamento manual. Se não estiver tudo certo, é possível realizar as correções necessárias, ok?

Perguntas Frequentes

TUDO O QUE IMPORTA PARA O SEU DINHEIRO.


Disclaime: O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço. Acreditamos que transparência, correção e cuidado são fundamentais para cumprirmos nossa missão. Por isso, descrevemos a seguir os princípios que buscam estabelecer nosso compromisso editorial . Como parte do compromisso de transparência e isenção do iDinheiro, acreditamos que também é fundamental deixar sempre muito claro de que forma este site busca se manter financeiramente.

© 2022 iDinheiro. Gana Internet S.A faz parte do grupo CASH3 sob o CNPJ 37.675.515/0001-00. Todos os direitos reservados..