Planejamento financeiro para viagens: 8 dicas infalíveis!

Aprenda a organizar e fazer uma viagem sem dores de cabeça!

melissa nunes perfil
Melissa Nunes

Viajar é o sonho de muita gente, e também o principal motivo para começar a economizar dinheiro. Conhecer novos lugares, fazer compras… Quem não quer que isso deixe de ser apenas um sonho e vire realidade?

No entanto, planejar o “antes, o durante e o depois” de uma viagem, não é exatamente a coisa mais simples de se fazer. Afinal, como saber quanto dinheiro devo economizar? E quanto levar para gastar no local? O que fazer para não voltar para casa no vermelho?

Continua após a publicidade

Essas são algumas das perguntas mais recorrentes sobre como se programar para uma viagem. Então, se você tem interesse em saber como fazer um planejamento financeiro para viagens de sucesso, confira a seguir algumas dicas para não acabar com o seu orçamento!

8 dicas fundamentais sobre planejamento financeiro para viagens

Viajar é tudo de bom! Mas, a etapa anterior costuma ser ignorada por muita gente, às vezes por tudo acontecer na última hora e outras vezes por uma simples falta de organização ou preguiça.

Continua após a publicidade

Muitos nem sabem como planejar uma viagem financeiramente e de forma eficiente. Fazer planos, em geral, é uma rotina de poucos que aprenderam, em casa ou na vida, que esse tempo é valioso e muito benéfico para quando as atividades forem realmente executadas.

Se você é uma das pessoas que não sabe como se organizar para uma viagem, não tem problema! Confira as dicas a seguir e comece hoje a planejar suas próximas férias.

1. Comece a economizar

O primeiro passo para viajar é, obviamente, ter algum dinheiro guardado! Geralmente, a dificuldade financeira é o que impede as pessoas de viajar mais. Isso quer dizer que vale muito a pena montar um bom planejamento financeiro desde muito tempo antes da data em que vai viajar.

Comece anotando toda a renda mensal da casa, bem como os seus gastos mais habituais. Por menores que sejam, anote, pois podem fazer a diferença no final do mês. O segredo para um bom planejamento financeiro para viagens está na reunião precisa de dados. Assim sendo, não subestime o preço daquele “cafezinho da firma” todo dia de manhã, certo?

Continua após a publicidade

A partir daí, faça uma análise do que pode ser cortado ou diminuído, a fim de poupar algum dinheiro mensalmente. O ideal é que essas economias girem em torno dos 10% da renda total da família, mas, se não conseguir, comece com menos.

Outra possibilidade é arranjar uma fonte de renda extra. Assim, você não precisa cortar muita coisa e pode destinar o dinheiro ganho todo para a viagem.

Por fim, não esqueça de deixar esse dinheiro rendendo! Nada de guardar embaixo do colchão ou no cofrinho. A poupança também não é a melhor opção, já que hoje existem alternativas bastante seguras e mais rentáveis, como:

Assim, enquanto sua viagem não chega, seu dinheiro fica trabalhando para te pagar um pouquinho mais quando chegar a hora!

Continua após a publicidade


Como economizar dinheiro a partir de hoje: 13 dicas fundamentais (Com Infográfico!)


2. Faça uma análise dos custos da viagem

Agora que você já começou a juntar dinheiro para a viagem, o próximo passo é fazer uma análise detalhada dos gastos envolvidos na empreitada.

Comece pelos custos mais básicos: passagem, hospedagem e alimentação. Entendendo os gastos que essa parte lhe traz, você já terá boa ideia sobre o montante que gastará com o seu sonho. E não tem problema se não conseguir ser 100% preciso nas contas, o que importa é que você esteja preparado de antemão.

Além disso, vale a pena decidir logo o perfil da sua viagem: ela será luxuosa ou mais simples? Você vai focar em compras ou no entretenimento? Ou prefere apenas relaxar em uma praia? Tome essa decisão como diretriz na hora de criar seu orçamento.

É importante, no entanto, não dar um passo maior do que a perna: planeje uma viagem realista para o seu padrão de vida. Caso, no momento, você não possa se dar a ostentações, não tem problema! Com um bom planejamento financeiro para viagens, essa não será a única viagem da sua vida.

Continua após a publicidade


Já imaginou uma viagem de cruzeiro nas férias? Veja dicas essenciais para fazer a sua!


3. Utilize suas milhas

Para quem utiliza muito o cartão de crédito na sua rotina, vale a pena, no seu planejamento financeiro para viagens, contar com os programas de fidelidade. Com eles, é possível trocar seus pontos acumulados por milhas aéreas, entre outros prêmios.

Isso ajudará a bancar parte das despesas da viagem, como é o caso das passagens aéreas ou aluguel de veículos, por exemplo.

Para ter certeza sobre como proceder, faça um levantamento dos seus pontos em cada cartão (não se esqueça de que, na maioria dos programas, os pontos têm uma data para expirar). Pesquise também quais benefícios pode receber de cada um deles, como sala VIP em aeroportos, serviço de concierge, descontos em atrações, entre outros.

Continua após a publicidade


Cartão de crédito sem anuidade: saiba quais são os melhores disponíveis atualmente!


4. Use a tecnologia a seu favor

Para montar sua viagem, a tecnologia pode ser uma grande aliada. Faça simulações dos preços de passagens, e um levantamento do orçamento dos hotéis em que gostaria de se hospedar.

Há ótimos mecanismos online e aplicativos que podem te ajudar nessa hora. Um exemplo são os apps de controle financeiro, que permitem que você cadastre suas despesas e receitas. Na internet, procure também por blogs de pessoas que já tenham viajado para o local, e descubra qual o preço, em média, que eles gastaram com refeições.

A partir dessas dicas, você pode montar um roteiro detalhado daquilo que pretende fazer no destino, o que facilita na hora de montar um orçamento certeiro.

Não se esqueça de descobrir, também, os preços de passeios e ingressos de onde pretende visitar. Se possível, inclua um valor a mais nessa conta, pois é bem provável que você e sua família descubram algo novo para fazer durante a viagem e que não fazia parte do planejamento.

Continua após a publicidade


31 sites e aplicativos primordiais para quem quer viajar barato


5. Leve algum dinheiro extra

Todos nós sabemos que não é só de alimentação e lazer que se faz uma viagem, certo? Por isso, deixe sempre disponível um dinheiro extra para emergências. Mesmo com seguro saúde e tudo planejado, imprevistos acontecem.

Ainda mais se sua viagem for para o exterior, não se esqueça que lidar com um problema fora do Brasil é completamente diferente do que quando está aqui: muitas vezes, lá, você não terá a quem recorrer na hora do sufoco.

Se você está viajando com seus filhos, o controle desse dinheiro extra deve ser redobrado! É muito fácil gastar dinheiro com as crianças nessas situações, mas encare a experiência como uma oportunidade de ensinar educação financeira para sua família!

Diga a eles, antes da viagem, como e quando gastar aquela verba, e não tenha medo de seguir a orientação à risca. Impor limites nos gastos é importante e uma lição valiosa que os filhos levarão para a vida.

Continua após a publicidade


Entenda como ensinar educação financeira para crianças


6. Imponha limites para as suas compras

Na dica anterior, falamos sobre a importância de ter recursos extras para gastar na viagem. Porém, cuidado para não entrar no descontrole: leve uma quantia exata que possa gastar com compras e coisas do gênero, e mantenha-se fiel a esse orçamento.

Sabemos que, nas viagem, existem muitos produtos diferentes, souvenirs, guloseimas e mais. Por isso, o ideal é que esse valor extra esteja disponível em dinheiro vivo, pois, assim, as chances de se perder nas compras diminuem.

Faça uma boa análise de quanto pretende gastar com roupas, compras em geral, presentes e lembranças, e atenha-se a cada um desses valores.

Claro que você pode manejar esse dinheiro: se não comprou muito chocolate, por exemplo, tudo bem gastar o restante do orçamento com roupas. O importante é não utilizar dinheiro que não tem, para fazer compras.

Continua após a publicidade


Consumismo: saiba como evitar o excesso de compras por impulso e viver melhor!


7. Tenha cuidado ao usar o cartão de crédito

Muitas pessoas levam cartões e cartões para usar no exterior, esquecendo que, uma hora, irão voltar das suas viagens e terão que arcar com os custos das faturas. Esse é um erro fatal para quem pretende chegar ao Brasil com tranquilidade, e sem ter arruinado sua vida financeira.

Ter cartões internacionais é ótimo, e pode, efetivamente, ajudar muito na viagem. Só não deixe de usá-los com parcimônia, certo?

Além disso, cuidado com os custos na hora de comprar no exterior. Você conhece as taxas envolvidas em usar seu cartão fora do Brasil? Se não conhece, procure se informar e entender qual a melhor forma de gastar. Às vezes, vale a pena ter um cartão pré-pago, que você apenas carrega com o dinheiro que pretende usar e vai gastando ao longo da viagem. Essa também é uma boa opção para quem tem pouco controle financeiro!


10 dicas para usar melhor seu cartão de crédito


8. Reveja tudo após a viagem

Depois de curtir sua viagem e voltar para casa, chega a hora de rever o planejamento financeiro e entender o que deu certo ou não.

Continua após a publicidade

A viagem foi bem planejada? Você ficou dentro do orçamento? Aconteceu algo que você não tinha previsto? Se gastou demais, o que aconteceu?

Colocar tudo no papel e fazer essas perguntas a si mesmo vão te ajudar a melhorar cada vez mais sua habilidade de planejamento financeiro para viagens. Futuramente, vai conseguir se organizar melhor e acertar mais.

BÔNUS: planilha para planejamento financeiro para viagens

Uma ferramenta que pode te ajudar muito na hora de entender como se programar para uma viagem é a planilha financeira. Ela já vem preparada para o seu planejamento, você coloca o orçamento desejado e vai preenchendo as despesas conforme faz o seu roteiro.

Uma ótima opção é a planilha do Excel Easy, que conta com uma separação por categorias que te ajuda a enxergar onde estão seus maiores gastos:

Continua após a publicidade

planilha de planejamento financeiro para viagens

Para baixar a planilha, acesse este link do Excel Easy

Conclusão

Viu como é fácil viajar sem enrolar a sua vida financeira? Tudo é uma questão de planejar direitinho o que você deverá gastar e, durante a viagem, não ultrapassar os limites estabelecidos.

Então, agora que você já sabe como se planejar para sua próxima viagem e como controlar os gastos durante o período em que estiver viajando, é só escolher o destino e começar a economizar.

Tenho certeza que com nossas orientações você vai viajar muito mais tranquilo e sem ter que se preocupar com as finanças na volta! Boa viagem!

 

Continua após a Publicidade

4 comentários

  1. Diogo

    Adorei! Tratou os assuntos com bastante coerência e
    clareza!

  2. Maria Celma

    Muito útil, seria muito bacana se nas escolas tivesse uma matéria sobre EDUCAÇÃO FINANCEIRA para aprender desde pequeno a controlar melhor as finanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.