Responsabilidade Editorial

Por que confiar no iDinheiro

O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço.

Empréstimo para MEI: saiba quais são as melhores taxas de juros em 2022!

Veja a nossa análise sobre as melhores opções de empréstimo para MEI. Saiba como solicitar e quais as principais informações que você precisa saber antes de contratar esse crédito!

12669432_1218137561529803_7092902009906739723_n
Thainá Cunha Especialista em Negócios
logo do iDinheiroMelhores taxas de juros
1. Creditas a partir de 0,89% ao mês no empréstimo para MEI online com imóvel em garantia
2. Creditas a partir de 1,49% ao mês no empréstimo para MEI online com veículo em garantia
3. Caixa - Parceria com Sebrae a partir de 1,63% ao mês no empréstimo para CNPJ sem bens como garantia
4. Provu a partir de 1,99% ao mês no empréstimo para MEI online sem bens como garantia
5. Caixa - Microcrédito Produtivo Orientado 3,49% ao mês + 3% de TAC no empréstimo para CNPJ sem bens como garantia
6. Itaú 3,79% ao mês + 3% de TAC no empréstimo para CNPJ sem bens como garantia
Ranking com as melhores opções de empréstimo para MEI

O empréstimo para MEI é uma categoria de crédito mais acessível, que pode ser a solução para microempreendedores com dívidas ou dificuldades financeiras.

Criada há mais de 10 anos, a categoria de Microempreendedor Individual (MEI) atingiu, em 2020, mais de 11 milhões de inscritos, segundo dados da Receita Federal.

Continua após a publicidade

No entanto, uma pesquisa divulgada pela Agência Brasil aponta que quase um quarto (24%) das pequenas e médias empresas relataram fechamento em fevereiro de 2021, em comparação com uma média global de 16% em outubro de 2020 e de 29% em maio do mesmo ano.

O principal motivo para o encerramento nas atividades de microempreendedores é a falta de renda, especialmente potencializada pela pandemia de coronavírus nos anos de 2020 e 2021.

Contudo, para evitar o fechamento das empresas e conseguir administrar as finanças de maneira eficiente, é importante conhecer em detalhes as opções de contratação disponíveis no mercado, e como funciona, de fato, o empréstimo para MEI.

Confira o guia que preparamos sobre o assunto, e confira as principais alternativas para movimentar o capital do seu pequeno negócio e escapar do fechamento.

Quais são os tipos de empréstimo para MEI iniciante?

Para definir qual o melhor empréstimo para MEI, é necessário ir além das opções ofertadas de crédito tradicional. Afinal, existem diversas modalidades de financiamento que podem valer a pena.

Porém, nem sempre é simples encontrar as informações sobre essas alternativas. Por isso, elencamos as principais opções de crédito para MEI que estão disponíveis:

Cartão BNDES

O cartão BNDES incentiva as atividades de micro, pequenas e médias empresas. O limite contratado é de R$1 milhão. O dinheiro é disponibilizado no cartão, sendo que a fatura é paga em até 48 vezes.

Ao emitir esse cartão, é possível utilizá-lo como quiser, desde que nunca ultrapasse o limite. 

Ao solicitar o seu, será feita uma análise de crédito pelos agentes operadores. A desvantagem é que a compra só pode ser feita em fornecedores recomendados pelo BNDES.

No entanto, trata-se de uma modalidade de empréstimo para MEI interessante para comprar e reposição de materiais.

Empréstimo empresarial com garantia de imóvel

Essa opção de empréstimo para MEI apresenta vantagens interessantes, pois as taxas de juros são muito menores. Normalmente, o empréstimo com garantia de imóvel já possui uma cobrança mais baixa.

Isso acontece porque o risco também é reduzido, uma vez que, em caso de inadimplência, o imóvel é oferecido para quitar os valores em aberto.

Como o empréstimo para MEI também tem taxas de juros menores, ao reunir essas duas possibilidades, elas são imbatíveis. A vantagem é que, com o imóvel, você pode conseguir um crédito mais elevado.

Normalmente, permite-se financiar até 60% do valor da propriedade em forma de crédito, sem a necessidade de informar qual será a utilização.

Microcrédito

O microcrédito é uma linha de crédito voltada para o incentivo ao microempreendedorismo. Por isso, quanto menor for seu negócio, maior tende a ser o valor emprestado.

Para conseguir esse empréstimo, você precisa mostrar a sua situação atual e os resultados conquistados, bem como sua previsão de retorno para garantir o pagamento.

Entretanto, esse empréstimo para MEI é popular no mercado, sendo oferecido por diversas instituições financeiras e companhias com foco nos pequenos negócios.

Cheque especial pessoa jurídica

Essa alternativa funciona de maneira idêntica ao limite da conta corrente tradicional, mas é voltado para empresas.

Para ter esse suporte, é necessário apresentar a Declaração de Imposto de Renda ou a Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (DECORE). O segundo documento você consegue com um contador.

Apesar de existir, essa possibilidade nem sempre é a melhor, porque a taxa de juros é a mais alta. A média fica entre 10% e 16%. Portanto, vale a pena deixar essa alternativa entre as últimas opções.

Capital de giro

Por fim, o capital de giro é um dinheiro usado para manter o funcionamento da empresa a longo prazo, mesmo sem atividades. Porém, às vezes, ele não existe ou é insuficiente.

Em outras palavras, você tem pouco dinheiro para pagar todas as contas da empresa ou fazer um investimento.

Assim, vale a pena contratar o capital de giro. Esse empréstimo empresarial tem um período breve sem aplicação, geralmente entre 5 e 15 dias.

Depois disso, as taxas de juros ficam entre 1,5% e 2,5% ao mês. No entanto, a quantia disponível para contratação costuma ser pequena.

Como funciona o empréstimo para MEI liberado pelo governo em 2021?

Enquanto isso, existe outra linha de empréstimo para MEI liberado pelo governo em 2021.

Trata-se do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (PRONAMPE), uma iniciativa do governo federal destinado ao desenvolvimento das microempresas e empresas de pequeno porte.

Ele foi inicialmente publicado em 2020, mas passou por revisões em 2021, que permitiram a instituições do programa de forma permanente como uma política oficial de crédito.

Dessa forma, o PRONAMPE pode conferir tratamento diferenciado e favorecido às microempresas e às pequenas empresas, a fim de valorizar os pequenos negócios, uma vez que eles atuam como agentes de sustentação, de transformação e de desenvolvimento da economia nacional.

Nesse caso, as operações de crédito do PRONAMPE atuam junto com as instituições financeiras nacionais, permitindo que o MEI solicite uma proposta de avaliação e realize a contratação por meio dos requisitos do programa.

Além disso, o prazo máximo de financiamento das operações contratadas no âmbito do Pronampe é de 48 meses. 

Inicialmente, a iniciativa cobrava juros mais em conta, a partir da taxa de Selic, mais 1,25% ao ano. No entanto, o custo subiu para Selic + 6% ao ano em 2021, uma vez que a Selic saiu de 2,25% para 7,75% desde o lançamento do programa.

No entanto, o Pronampe ainda vale a pena como empréstimo para MEI, especialmente para pequenos negócios que buscam uma alternativa mais acessível de crédito adicional.

Contudo, por ser voltado para microempreendedores, às margens liberadas podem não ser muito estendidas. Assim, é importante conferir os objetivos do empréstimo e qual a situação da empresa antes de contratar o programa.

Qual banco faz empréstimo para MEI?

As alternativas para esse tipo de crédito são variadas. É possível solicitar um empréstimo para MEI em bancos tradicionais, como Caixa, Itaú e Banco do Brasil e também em fintechs, como Creditas e Lendico.

Confira um ranking com as melhores alternativas de empréstimo para MEI a partir das menores taxas de juros de cada instituição e pela facilidade de contratação.

logo do iDinheiroMelhores taxas de juros
1. Creditas a partir de 0,89% ao mês no empréstimo para MEI online com imóvel em garantia
2. Creditas a partir de 1,49% ao mês no empréstimo para MEI online com veículo em garantia
3. Caixa - Parceria com Sebrae a partir de 1,63% ao mês no empréstimo para CNPJ sem bens como garantia
4. Provu a partir de 1,99% ao mês no empréstimo para MEI online sem bens como garantia
5. Caixa - Microcrédito Produtivo Orientado 3,49% ao mês + 3% de TAC no empréstimo para CNPJ sem bens como garantia
6. Itaú 3,79% ao mês + 3% de TAC no empréstimo para CNPJ sem bens como garantia
Ranking com as melhores opções de empréstimo para MEI

A seguir, veja mais informações sobre cada uma delas!

Empréstimo PJ Creditas

O empréstimo com garantia de veículos da Creditas atende aqueles que buscam crédito com taxas acessíveis e bons prazos de pagamento.

  • EIRELI
  • MEI
  • ME

Juros mensais: A partir de 0,89% a.m.
CET: A partir de 18.52% a.a.

Valores do empréstimo: Flexíveis
Prazo de pagamento: De 18 até 60 meses

  • checkmark Facilidade de contratação.
  • checkmark Limites elevados.
  • checkmark Taxas de juros atrativas.
  • close Poucas opções de empréstimo disponíveis para PJ.
  • close Requer vistoria de automóveis ou imóveis para aprovação do empréstimo.

Além de empréstimo pessoal, a fintech Creditas conta com linha de crédito para MEI. Nessa linha, o microempreendedor pode utilizar sua casa ou carro como garantia.

Isso torna a taxa de juros do empréstimo menor em comparação à outras opções disponíveis para esse público. Com uma nota boa no Reclame Aqui, a avaliação da empresa é considerada positiva pelo site.

Para solicitar o empréstimo para MEI na Creditas, basta fazer a simulação e aguardar a análise e a aprovação.

Empréstimo PJ Caixa – Parceria com Sebrae

A parceria entre Caixa e Sebrae disponibiliza uma linha de crédito para empresas que atuam como MEI, ME e EPP. O objetivo é simplificar o acesso ao capital de giro para os pequenos negócios.

  • EIRELI
  • MEI
  • ME

Juros mensais: A partir de 1,63% a.m.
CET: A empresa não divulga taxa
Observação: O CET inclui tarifas de contrato, por isso é maior que os juros mensais

Valores do empréstimo: Flexíveis
Prazo de pagamento: De 24 até 36 meses

  • checkmark Taxas menores do que as de outros empréstimos em bancos tradicionais.
  • checkmark
  • close Burocracia durante a contratação
  • Tempo de CNPJ ativo

Para facilitar o acesso das pequenas empresas ao capital de giro, a Caixa e o Sebrae estabeleceram uma parceria que oferece um empréstimo empresarial.

Por meio do Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (FAMPE), pessoas que trabalham como MEI, ME e EPP podem fazer a solicitação.

Dessa forma, é preciso realizar uma capacitação do Sebrae e, em seguida, manifestar o interesse pelo empréstimo MEI Caixa no formulário do site.

Empréstimo PJ Provu

A Provu (antiga Lendico) oferece empréstimos pessoais que podem ser usados em pequenos negócios. Essa alternativa é ideal para quem busca agilidade na disponibilização dos recursos.

  • EIRELI
  • MEI
  • ME

Juros mensais: A partir de 1,99% a.m.
CET: A partir de 32.77% a.a.

Valores do empréstimo: Flexíveis
Prazo de pagamento: De 12 até 26 meses

  • checkmark Não é necessário ter CNPJ.
  • checkmark Agilidade na disponibilização dos recursos.
  • close Taxas de juros mais altas.
  • close A CET não é divulgada.

A fintech Provu , antiga Lendico, também oferece empréstimo para MEI online.

Após a análise de CPF do empreendedor, você pode usar o dinheiro da maneira que quiser.

A empresa realiza a pré-análise em aproximadamente 3 minutos. Em seguida, há o envio de documentos. Essa etapa demora até 2 dias úteis. Então, você assina o contrato e o dinheiro chega na sua conta no mesmo dia ou no seguinte.

Empréstimo PJ Caixa – Microcrédito Produtivo Orientado

O Microcrédito Produtivo Orientado da Caixa busca atender pequenos empreendedores que precisam investir no negócio.

  • EIRELI
  • MEI
  • ME

Juros mensais: A partir de 3,49% a.m.
CET: A empresa não divulga taxa
Observação: O CET inclui tarifas de contrato, por isso é maior que os juros mensais

Valores do empréstimo: De R$ 300,00 até R$ 21.000,00
Prazo de pagamento: De 4 até 24 meses

  • checkmark Possibilidade de contratar pelo WhatsApp.
  • checkmark Empréstimo voltado especificamente para empresas.
  • close Requer conta na Caixa.
  • close Não está disponível para negativados.
  • close Taxas de juros mais altas.
  • Fiador

A opção de Microcrédito Produtivo Orientado da Caixa também merece lugar neste ranking. Afinal, as condições podem ser vantajosas para pequenos empresários que buscam esse tipo de crédito.

Para oferecê-lo, a Caixa requer que o solicitante siga uma série de requisitos, que são listados na página da Caixa . Ter recebido orientação financeira, não ter cadastro como inadimplente e ter conta nessa instituição são algumas das condições.

O banco oferece a possibilidade de contratar o empréstimo na agência ou pelo contato no WhatsApp.

Veja também o nosso comparativo e saiba qual é o melhor banco para abrir conta MEI e qual a melhor conta digital para microempresas!

Empréstimo PJ Itaú

O Itaú oferece um microcrédito para profissionais autônomos e pequenos negócios. Esse empréstimo está disponível apenas para algumas regiões do país.

  • EIRELI
  • MEI
  • ME

Juros mensais: A partir de 3,79% a.m.
CET: A empresa não divulga taxa
Observação: O CET inclui tarifas de contrato, por isso é maior que os juros mensais

Valores do empréstimo: De R$ 400,00 até R$ 20.300,00
Prazo de pagamento: De 4 até 15 meses

  • checkmark Não é necessário ter conta em banco para solicitar crédito.
  • checkmark Atendimento personalizado.
  • close Taxas de juros mais altas.
  • close Requer uma renda ou receita bruta do negócio de até R$360.000,00 ao ano.
  • close Requer no mínimo seis meses na atividade.

Assim como a Caixa, o Itaú também possui um microcrédito para MEI. Para contratar o seu, é preciso ter 6 meses ou mais de atividade como MEI.

A desvantagem é que essa modalidade não está disponível para todas as regiões. Ela é válida para as cidades:

  • Campina Grande (PB);
  • Fortaleza (CE);
  • Teresina (PI);
  • Montes Claros (MG);
  • Grande São Paulo (SP);
  • Grande Rio de Janeiro (RJ).

Pelo site da instituição , é possível verificar se o seu CEP é atendido.

Empréstimo para MEI: simulação das melhores taxas

Antes de solicitar um empréstimo para MEI, vale a pena simular quais os valores aproximados de pagamento que o negócio deverá realizar até o final do financiamento.

No exemplo abaixo, considere um crédito de R$1.000 (mil reais), dividido em somente uma parcela. Confira a simulação de juros, na prática, entre as principais empresas:

InstituiçãoJuros ao mêsValor final devido
CreditasA partir de 0,89%A partir de R$1.008,90.
Caixa com SEBRAE1,63%R$1.016,30
Caixa Microcrédito Produtivo Orientado3,49% ao mês + 3% de TACR$1.031,9 + R$30 de abertura de crédito
Itaú3,79% ao mês + 3% de TACR$1.037,90 + R$30 de abertura de crédito
Empréstimo MEI simulação

Dessa forma, é possível verificar uma estimativa dos valores de juros de cada instituição no caso de empréstimo para MEI.

No entanto, é importante considerar que existem outros fatores que podem incidir sobre a conta. Aqui, consideramos somente as taxas de juros, mas outras variáveis, como parcelas e negociação, podem reduzir ou aumentar o valor total final.

Qual é o melhor empréstimo para MEI?

De forma geral, considerando-se as taxas de juros, a avaliação dos clientes e o processo de solicitação, em nossa análise, o melhor empréstimo para MEI é da Creditas.

Entretanto, é importante lembrar que a seleção pela opção ideal pode variar conforme os objetivos do empreendedor e os prazos de pagamento que serão adotados.

Como pegar empréstimo com o MEI?

O empréstimo para MEI é semelhante a outros tipos de crédito empresarial. A diferença é ser específica para microempreendedores. 

Por isso, comprovar que o dinheiro será usado em benefício da sua empresa é a forma mais fácil de conseguir empréstimo como MEI.

Para quem não se sente seguro em contratar um financiamento online, uma dica é observar se o governo do seu estado ou município oferece o empréstimo para MEI.

Em Santa Catarina, por exemplo, há uma linha com juro zero. O trabalhador contrata o crédito e, se pagar todas as parcelas em dia, a última é paga pelo governo, para isentar os juros.

Nesse caso, as formas de contratação são diferentes para cada localidade, mas, majoritariamente, podem ser feitas pela internet ou presencialmente nas instituições financeiras.

Qual a documentação necessária?

Independente da alternativa escolhida, é preciso apresentar alguns documentos para contratar o empréstimo para CNPJ. Entre eles, estão:

  • RG, CPF e comprovante de residência;
  • certificado do MEI, que é emitido pelo Portal do Empreendedor;
  • plano de investimento, para comprovar o que fará com o dinheiro;
  • comprovante de renda pessoal e da empresa, como extrato bancário e declaração do Imposto de Renda MEI.

Quem pode solicitar o empréstimo para MEI?

A opção é válida para qualquer pessoa que tenha seu CNPJ ativo e consiga provar a necessidade do empréstimo.

A compra de maquinário, insumos e matérias-primas são alguns dos exemplos de motivações para a solicitação.

Caso o empréstimo para MEI tenha restrições de uso, como muitos casos de bancos e o programa Pronampe, somente empreendedores com objetivos alinhados e comprovados podem contratar o crédito.

Em outras condições, qualquer micro ou pequena empresa que se enquadre nos requisitos pode seguir com o pedido.

Quem tem o nome sujo pode solicitar empréstimo para MEI?

Assim como é possível abrir um CNPJ com o nome sujo, também é possível solicitar um empréstimo para MEI.

No entanto, a política de análise de crédito da instituição financeira escolhida é mais rígida, podendo dificultar a aprovação.

Além disso, algumas instituições não permitem pendências no nome do responsável, enquanto outras podem seguir com a avaliação, mas sem muitas chances de aprovação inicial.

Quais os cuidados antes de solicitar um empréstimo empresarial?

Antes de seguir com um empréstimo para MEI, existem alguns cuidados essenciais quanto a essa operação.

Antes de mais nada, é fundamental se planejar adequadamente. O orçamento precisa estar preparado para pagar todas as parcelas, e garantir que os juros cabem na renda do negócio.

Além disso, é importante utilizar o recurso somente para operações na empresa, evitando unir gastos pessoais com empresariais.

Isso auxilia no descontrole financeiro, e pode prejudicar o empreendedor.

Finalmente, uma boa gestão financeira é fundamental para assegurar que o empréstimo MEI será vantajoso, e não trará novas dívidas no futuro.

Por isso, é indicado anotar todas as movimentações, e ter uma organização detalhada dos gastos, para não se perder no controle dos pagamentos.

Vale a pena contratar o empréstimo para MEI?

O empréstimo para MEI é uma alternativa acessível e interessante para microempreendimentos que precisam de crédito extra ou uma ajuda para sair do sufoco.

Com várias opções no mercado, pequenas empresas encontram possibilidades mais simples de contratação.

Por outro lado, é importante lembrar que essa decisão deve ser feita com atenção, para evitar dívidas no futuro.

De forma geral, essa é uma oportunidade para o empreendedor expandir suas atividades, mas com uma organização adequada dos pagamentos.

Assim, vale a pena considerar o empréstimo para MEI no caso de necessidade, investimentos ou margem para cobrir as despesas.

Assine a Newsletter do iDinheiro e receba toda semana conteúdo exclusivo sobre o que importa para o seu dinheiro.

Peguntas frequentes

  1. Qual banco faz empréstimos para MEI?

    É possível solicitar um empréstimo para MEI em bancos tradicionais, como Caixa, Itaú e Banco do Brasil e também em fintechs, como Creditas e Provu.

  2. Como conseguir empréstimos para MEI?

    É preciso apresentar alguns documentos para contratar o empréstimo, como: RG; CPF; comprovante de residência; certificado do MEI; plano de investimento; comprovante de renda pessoal e da empresa e declaração do Imposto de Renda MEI.

  3. Qual banco tem a menor taxa de juros para MEI?

    Dentre os bancos tradicionais, a menor taxa de juros é do empréstimo para MEI da Caixa em parceria com o Sebrae, que custa 1,63% ao mês.

  4. Qual o melhor empréstimo para MEI?

    De forma geral, considerando-se as taxas de juros, a avaliação dos clientes e o processo de solicitação, em nossa análise, o melhor empréstimo para MEI é da Creditas. Em seguida, estão a Caixa, Provu e Itaú.

Continua após a Publicidade

Sobre “Empréstimo para MEI: saiba quais são as melhores taxas de juros em 2022!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.
Peça seu Empréstimo Online Solicitar
Emprestimo
Peça seu empréstimo com taxas especiais no site da Geru