Calculadoras

Calculadora Décimo Terceiro

Este simulador de décimo terceiro (gratuito) vai te mostrar o valor exato que você irá receber a título de 13º salário, seja ele proporcional ou referente ao ano todo. Para isso, basta que você informe o seu salário bruto, número de dependentes, número de meses trabalhados e se a parcela é única, a primeira ou a segunda.

Cálculo de décimo terceiro

Salário bruto
Salário registrado na carteira de trabalho, remuneração que um trabalhador recebe por mês, sem considerar os descontos oficiais obrigatórios.
Número de dependentes
Pessoa da qual o trabalhador seja tutor ou curador. Pessoa que pode ser incluída no Imposto de Renda do trabalhador como dependente.
Número de meses trabalhados
Número de meses durante o ano que o trabalhador trabalhou na empresa atual.
Parcela
O recebimento do 13º pode acontecer em duas parcelas, com a primeira antecipada, ou em uma única parcela no fim do ano.

Resultado

Eventos Ref. Proventos Descontos
Salário bruto - -
INSS -
IRRF -
Totais
Valor salário líquido

O que é o décimo terceiro?

O décimo terceiro salário foi instituído no Brasil pela Lei 4.090 e é uma gratificação de fim de ano. Com ela, o trabalhador que tenha a carteira assinada terá a garantia do recebimento de 1/12 da remuneração por mês trabalhado.

Em outras palavras, é um “salário extra” pago ao funcionário no final do ano. A partir de apenas 15 dias trabalhados, o direito já é garantido por lei. Aposentados e pensionistas também podem recebê-lo.

Continua após a publicidade

Quando o 13º deve ser pago?

O décimo terceiro salário deve ser pago em duas parcelas pelo empregador. A primeira deve ser paga entre o dia 1º de fevereiro e 30 de novembro. A segunda, por sua vez, deve ser paga até o dia 20 de dezembro.

Nesse sentido, o pagamento em uma parcela única é ilegal, e o empregador está sujeito a multas. É importante ressaltar esse ponto, já que muitas empresas podem fazer o processo sem saber exatamente como funciona a lei, recebendo prejuízos futuros.

Continua após a publicidade

O que você deve fazer se a empresa não pagar o 13º salário no prazo?

A empresa que não seguir com os prazos previstos em lei será penalizada com uma multa administrativa no valor de R$ 170,16 por empregado contratado.

Além da multa administrativa, aplicada pelo Secretaria de Trabalho, podem existir cláusulas na Convenção Coletiva da categoria do trabalhador, definindo a correção do valor pago em atraso para o empregado.

Nesse valor, são acrescentados o Imposto de Renda e o desconto do INSS na segunda parcela.

Por isso, se você não receber o 13º salário da forma correta, deverá buscar pelas autoridades legais e relatar o ocorrido.

Continua após a publicidade

Como calcular o décimo terceiro?

Existem duas formas de calcular o décimo terceiro salário, e vamos falar sobre cada uma delas de forma detalhada agora mesmo.

Cálculo da primeira parcela do 13º

A primeira parcela é chamada de adiantamento e corresponde à metade da remuneração do mês anterior ao mês de recebimento. É importante ressaltar que ela não sofre descontos.

Se uma pessoa recebeu R$ 2.000 em setembro, em outubro receberá R$ 1.000 apenas referente ao 13º, fora seu salário normal.

Cálculo da segunda parcela do 13º

A segunda parcela, por sua vez, equivale ao salário bruto do mês de dezembro. Somam-se os descontos do adiantamento da primeira parcela, o INSS e o Imposto de Renda.

Continua após a publicidade

Funcionários contratados no meio do ano terão um benefício menor. Nesse caso, é recebido o 13º proporcional ao número de meses trabalhados.

Como calcular décimo terceiro proporcional?

Adiantamos acima, mas agora vamos falar exatamente como funciona o pagamento do décimo terceiro proporcional.

Pessoas que começaram a trabalhar na empresa há mais de 12 meses terão o cálculo tradicional aplicado.

Se você entrou no mesmo ano em que o décimo terceiro será pago (entrou em fevereiro de 2020 e receberá em novembro), deverá fazer o cálculo proporcional.

Continua após a publicidade

Ele funciona da seguinte maneira:

  • divida o salário bruto por 12;
  • multiplique o resultado pelo número de meses trabalhados;
  • substitua do resultado o adiantamento e descontos do INSS e Imposto de Renda.

Trabalhei 6 meses, quanto recebo de décimo terceiro?

Vamos, agora, a um outro exemplo para facilitar a compreensão. Uma pessoa começou a trabalhar em maio. Ou seja: em outubro, mês de referência, terá 6 meses de exercício. Seu salário é de R$ 3.000.

Dividindo por 12, o valor é R$ 250. Multiplicando por 6, o montante fica em R$ 1.500. Por fim, dividindo por 2, a primeira parcela é de R$ 750,00.

Para calcular a segunda parcela, você deverá fazer os descontos respectivamente sobre o INSS e Imposto de Renda, mas com o exemplo acima, a visualização fica muito mais simples e intuitiva.

Os descontos do INSS podem ser de 8%, 9% ou 11%, dependendo da sua faixa salarial. O IR, por sua vez, é descontado sobre o salário bruto e considera:

Continua após a publicidade

  • o INSS;
  • contribuição para a previdência privada, como o fundo de pensão da empresa;
  • descontos eventuais de pensão alimentícia ou dependentes.

Cálculo do décimo terceiro com horas extras

Para fazer o cálculo do décimo terceiro com horas extras, some todas as horas a mais feitas até outubro e divida por 12.

Depois, multiplique o valor encontrado pelo custo da sua hora extra. Ao fim, some o valor ao salário bruto, usado no cálculo da primeira parcela do 13º.

Em dezembro, a conta é feita mais uma vez. Assim, será incluído no pagamento da segunda parcela aquelas horas extras que foram feitas em novembro.

O mesmo acontece em janeiro, para pagar o complemento das horas trabalhadas em dezembro, que não entraram na conta do benefício.

Continua após a publicidade

Calculadora de décimo terceiro: como usar?

O uso da calculadora de 13º é muito simples. Você deverá informar o seu salário bruto, número de meses trabalhados, número de dependentes e parcelas.

Por fim, terá uma resposta automatizada, simples e rápida, para saber definitivamente quanto vai receber de décimo terceiro.

Não é preciso informar questões referentes ao IR e INSS, já que com o valor do seu salário e número de dependentes, permitirá que o cálculo seja feito pelo simulador.

Quem paga o décimo terceiro, a empresa ou o INSS?

Quem é responsável pelo pagamento do décimo terceiro é a empresa.

O INSS é responsável por pagamentos quando existem questões de saúde, como afastamento do trabalho por doença, invalidez ou licença-maternidade, por exemplo.

Publicidade