Como funciona o pagamento da fatura do cartão? Conheça as opções e avalie qual é a melhor pra você!

Conheça as opções de pagamento da fatura do cartão de crédito e para quais situações elas são mais indicadas.

pp
Heloisa Moraes

Sabemos que as taxas de juros dos cartões de crédito não são as mais atrativas. No entanto, em casos de emergência, é possível que seja preciso fazer uso. Hoje em dia, existem muitas opções para que você realize o pagamento da fatura do seu cartão da maneira mais adequada à sua necessidade.

Recomenda-se que, sempre que possível, o consumidor busque por uma taxa de juros menor do que o cartão de crédito, usando o valor de um empréstimo, por exemplo, para pagar a dívida do cartão. Assim, você estaria “comprando uma dívida mais barata”.

Continua após a publicidade

No entanto, se você não consegue recorrer ao empréstimo no momento, a saída é encontrar por maneiras de pagar valores menores da fatura do cartão. Neste artigo, te ajudaremos a entender e encontrar a melhor solução para você quitar sua dívida. Continue lendo!

Afinal, o que é a fatura do cartão de crédito?

A fatura é o documento que apresenta todos os gastos do cartão de crédito no período de um mês. Todas as compras dentro desse tempo, parceladas ou à vista, serão contabilizadas para que você possa realizar o pagamento dentro da data de vencimento estabelecida pela instituição financeira.

Continua após a publicidade

A data de fechamento da fatura e a de vencimento, geralmente, possuem 7 dias de diferença. O ideal é que você solicite que essas datas estejam de acordo com seu dia de recebimento para que não haja dificuldades na hora de pagar.

Por exemplo: se o seu salário cai na conta no dia 5, não é interessante que a data de vencimento do cartão seja nos dias 1, 2, 3 ou 4. Hoje em dia, é muito simples alterar essa data, recorrendo ao app do banco ou ligando na central de atendimento.

Quais são as opções de pagamento da fatura?

Iremos te explicar detalhadamente as seguintes opções:

  • pagamento total;
  • pagamento adiantado e avulso;
  • parcelamento da fatura;
  • pagamento mínimo e parcial;
  • total parcelado.

O que é o pagamento total da fatura?

O pagamento total da fatura acontece quando é quitado o valor completo dentro da data de vencimento. Essa deveria ser sempre a primeira opção, pois assim você evita acréscimo de juros e outros encargos. Para efetuar o pagamento total, observe o valor do pagamento e a data de vencimento e, por fim, pague todo o valor antes da data.

icon

Dica

Busque sempre ter uma boa organização dos seus gastos no cartão de crédito, verificando a fatura regularmente. Para não perder o controle das datas, ajuste o débito automático para o dia correto e fuja da cobrança de taxas e juros desnecessários!

Como adiantar o pagamento da fatura do cartão de crédito?

Para antecipar o pagamento da fatura, será necessário entrar em contato com o banco correspondente ao seu cartão de crédito e solicitar quantas parcelas você deseja quitar adiantado. Essa é uma opção interessante para quem quer liberar limite de crédito ou diminuir os valores das faturas que vão vencer nos meses seguintes. Além disso, também é uma forma de ficar livre de imprevistos, aliviando suas contas do futuro.

Continua após a publicidade

Ele é semelhante ao pagamento avulso, pois também serve para você diminuir o valor devedor de sua fatura, podendo ser realizado a qualquer momento e ser de qualquer valor. Contudo, aqui estamos pensando em um débito junto ao banco de alguma fatura que ficou aberta.

Também é possível solicitar o adiantamento da fatura diretamente no aplicativo. Usando como exemplo o Nubank: ao abrir o app, o cliente consegue escolher qual produto comprado que será antecipado, quantidade de parcelas e valor que será economizado. Isso porque o banco oferece “desconto” para quem fizer uso desse recurso.

O que é pagamento mínimo ou parcial da fatura?

O pagamento mínimo é o valor mínimo da fatura a ser pago. Atualmente, corresponde à 15% do valor total: se sua fatura é R$ 800, o pagamento mínimo é de R$ 120. Entretanto, o restante será cobrado com juros na fatura seguinte, em uma espécie de “financiamento automático”.

Na fatura seguinte, você terá ficado no rotativo do cartão e deverá quitar o saldo da fatura anterior, os encargos, os parcelamentos e novamente no mínimo 15% da fatura atual.

Continua após a publicidade

O pagamento parcial da fatura é quase o mesmo que o pagamento mínimo, mas nesse caso você tem a flexibilidade de escolher quanto pagar, entre o valor mínimo e o total da sua fatura. Contudo, essa opção é interessante apenas se você tiver certeza que não terá condição para quitar seu cartão no mês seguinte.

Como funciona o parcelamento da fatura do cartão de crédito?

O parcelamento da fatura do cartão de crédito divide o saldo referente ao mês vigente em parcelas fixas, acrescido de juros e IOF. Essa é a opção para aqueles que precisam ganhar um pouco mais de tempo para se reorganizar.

Ao fazer isso, o seu cartão fica liberado para uso normalmente, conforme limite disponível. Para realizá-lo, verifique se a sua fatura oferece algum tipo de informação sobre parcelamentos disponíveis ou entre em contato com sua instituição financeira.

icon

Atenção

É importante levar em conta que você receberá uma fatura com o valor cheio no próximo mês e ainda será acrescido da primeira mensalidade do parcelamento. Se perceber que precisa parcelar sua fatura, pode ser mais interessante procurar por alternativas de crédito mais baratas.

O que é o total parcelado? Vale a pena recorrer?

Se as coisas saíram do controle e você quer reorganizar tudo, o total parcelado pode ser a opção certa. Pois, se trata de parcelar o saldo total do seu cartão, composto pelo valor da sua fatura atual acrescido das parcelas a vencer.

icon

Prós

Você escolhe o plano com a quantidade de parcelas mais adequada ao seu orçamento e poderá contar com uma taxa de juros mais acessível.

icon

Contras

Em alguns casos, você não conseguirá mais utilizar seu cartão até que pague todo o valor parcelado. Para saber se esse pode ser o caso, fale com sua central de cartão.

Gostou do conteúdo? Não esqueça de assinar a newsletter do iDinheiro para continuar acompanhando os melhores conteúdos pertinente à finanças!

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.