Como funciona o parcelamento da fatura do cartão de crédito

 

Se usado corretamente, o cartão de crédito poderá ser seu aliado em situações de apuros. Apesar da taxa de juros sobre o atraso praticada pelos cartões não ser das melhores, há alguns alternativas que podem deixar os juros abaixo da média.

O recomendado sempre é buscar uma taxa de juros menor. Financiamentos de carro ou crédito consignado são linhas de crédito que você pode tranquilamente trocar pela do cartão.

Continua após a publicidade:

Mas, se você não tem para onde correr, não possui nenhuma outra linha de crédito disponível e está enrolado com seu orçamento a única saída é recorrer a uma das opções de pagamento do cartão.

Veja, logo em seguida, como funciona o parcelamento da fatura do cartão de crédito e quais são outras opções de pagamento oferecidas.

Continua após a publicidade

É possível parcelar a fatura do cartão de crédito?

Sim, é possível fazer isso! Mesmo que essa prática não seja tão recomendada, já que ela traz uma série de desvantagens que iremos explicar, a quantidade de pessoas que utilizam essa possibilidade cresce a cada dia.

O parcelamento desse tipo de pagamento depende, prioritariamente, do banco em questão. Cada instituição oferece uma forma de dividir essa conta, sendo extremamente importante entrar em contato com a empresa e saber quais são as condições que ela oferece.

Para aqueles que precisam fazer esse tipo de procedimento com urgência, independente da justificativa, busque pelo aplicativo do banco ou, até mesmo, pelo site oficial. As informações costumam estar disponíveis nesses canais para os clientes da instituição.

Por que parcelar a fatura do cartão de crédito?

O parcelamento da fatura do cartão pode ser necessário por diversos motivos. Dentre eles, os mais comuns são a falta de controle financeiro e de uma reserva de emergência.

Continua após a publicidade

Fatores externos ou imprevisíveis também podem levar à falta de dinheiro para o pagamento completo da fatura, como a crise que a Covid-19 trouxe no primeiro semestre de 2020. 

Assim, uma das formas para não ter seu nome negativado é renegociando essa parcela junto ao banco e pagando a quantia necessária num prazo de tempo combinado entre ambas as partes. 

Como funciona o parcelamento da fatura do cartão de crédito?

Se você é uma pessoa que está interessada em parcelar a fatura do cartão de crédito separamos algumas dicas essenciais antes de realizar esse procedimento, para que você pense se realmente vale a pena e faça tudo corretamente.

É importante salientar que cada instituição financeira possui um método para fazer esse tipo de processo, porém algumas ações são padrão, assim você pode entender melhor como funciona e fazer tudo da forma mais adequada. 

Continua após a publicidade

1. Juros de acordo com a instituição

Em primeiro lugar, você precisa entender que ao parcelar a fatura do cartão de crédito estará concordando em pagar juros nas parcelas. Nenhuma instituição financeira brasileira oferece essa opção sem o acréscimo de uma taxa, pois caso isso acontecesse, seria desvantajoso para o banco.

Observe a seguir algumas taxas praticadas, de acordo com o Banco central do Brasil.

Como funciona o parcelamento da fatura do cartão de crédito
Fonte: Bacen

Busque saber se a empresa que você é vinculado cobra valores altos para esse parcelamento e se realmente vale a pena adquirir esse serviço para fugir de problemas financeiros.

2. Pagamento mínimo

Além disso, para realizar o parcelamento do seu cartão é necessário ceder um pagamento mínimo para o banco. Mesmo que a quantia seja ínfima, mudando de instituição para instituição, essa atitude é obrigatória para que o procedimento seja aceito.

Novamente vamos destacar que todos os valores são estabelecidos pela instituição em questão. O banco Itaú, por exemplo, cobra um pagamento mínimo, diferente da Caixa Econômica Federal. Porém, todas as cobranças devem estar dentro das leis, protegendo empresas e consumidores.

Continua após a publicidade

3. Número de parcelas

Por último, muitas instituições controlam o número de parcelas que o consumidor pode fazer na hora de dividir o pagamento da fatura do cartão de crédito.

Isso ocorre pelo simples fato: quanto mais tempo pagando, mais o banco ganha em cima disso, por conta dos juros. Por isso, esse tipo de serviço pode ser prejudicial para o cliente, mas é muito vantajoso para a instituição bancária.

Imagine que você queira parcelar uma fatura e que a cada mês haja o acréscimo de 10 reais. Para que eles ganhem em cima disso, colocam regras como número fixo de parcelas, estímulo para um maior prazo de pagamento, entre outros.

Por isso é muito importante tomar cuidado na hora de optar por esse procedimento, pois ele pode se tornar uma dívida ainda mais difícil de quitar! 

Continua após a publicidade

Tipos de pagamento da fatura do cartão de crédito com e sem parcelamento

Agora que já explicamos como funciona o parcelamento da fatura do cartão de crédito, queremos mostrar outras formas de quitar essa conta.

Pagamento Parcial – Crédito rotativo

Se você só precisa de um fôlego extra, o pagamento parcial pode te ajudar a manter as contas em dia. Com ele você tem a flexibilidade de escolher quanto pagar, entre o mínimo e o total da sua fatura, e o restante é automaticamente financiado para o mês seguinte, acrescido de juros e IOF.

Dica: Utilize esta forma de pagamento somente quando souber que em breve poderá quitar o valor da fatura, pois as taxas de juros são muito altas nesta modalidade, alguns cartões ultrapassam os 20% ao mês!

Como contratar: Com a fatura em mãos, você simplesmente paga o valor desejado. Na fatura já constará qual é o valor mínimo que é aceito.

Continua após a publicidade

Pagamento Avulso

Os pagamentos avulsos servem para você diminuir o valor devedor de sua fatura. Ele pode ser realizado a qualquer momento e não tem um valor definido.

Dica: Usando o pagamento avulso para reduzir algum saldo que foi financiado, economizará nos juros.

Ex.: suponhamos que no início do mês você só tenha pago o valor mínimo da sua fatura, e agora, na metade do mês você tem condições de pagar o restante, você pode quitar o restante através do pagamento avulso. Assim, você conseguirá diminuir os juros que pagaria na próxima fatura.

Pagamento da fatura
Confira as opções de Pagamento da Fatura do Cartão de Crédito

Parcelamento da Fatura

Ao parcelar sua fatura, você divide o saldo em parcelas fixas, acrescido de juros e IOF e ganha um pouco mais de tempo para se reorganizar.

Continua após a publicidade

O seu cartão ainda fica disponível normalmente, conforme limite disponível. O parcelamento precisa ser liberado, por isso, verifique se a sua fatura oferece algum tipo de informação sobre parcelamentos disponíveis. Se não houver, ligue para a central e solicite o parcelamento da fatura.

Dica: Os juros nesta modalidade costumam ser mais interessantes do que o crédito rotativo, portanto, se perceber que terá problemas com sua fatura, não deixe de solicitar o parcelamento junto a operadora de cartões.

Veja algumas das taxas mais baixas praticadas no rotativo.

Como funciona o parcelamento da fatura do cartão de crédito
Fonte: Bacen

Atenção! O parcelamento da fatura só divide o valor referente ao mês vigente. Ou seja, você receberá uma fatura com o valor cheio no próximo mês e ainda será acrescido da primeira mensalidade do parcelamento.

Os gastos continuarão se acumulando e, pode ser preciso ajustar um pouco seu padrão de consumo com o cartão até que a fatura caiba no orçamento.

Continua após a publicidade

Total Parcelado

Se as coisas saíram do controle e você quer reorganizar tudo, o Total Parcelado é a sua opção certa. Isso porque você pode parcelar o saldo total do seu cartão, que é composto pelo valor da sua fatura atual mais as parcelas a vencer.

Você escolhe o plano com a quantidade de parcelas mais adequada ao seu orçamento e poderá contar com uma taxa de juros mais acessível.

Em alguns casos, você não conseguirá mais utilizar seu cartão até que pague todo o valor parcelado. Para saber se isso acontecerá com você, fale com sua central de cartão ou com seu gerente.

Fique de olho em sua fatura

Para saber se compensa fazer esses tipo de pagamento consulte sua própria fatura. Veja quais são as informações importantes que devem constar nela:

Continua após a publicidade

  • Limite de crédito total e limites individuais para cada tipo de operação de crédito passível de comparação;
  • Gastos realizados com o cartão, por evento, inclusive quando parcelados;
  • Identificação das operações de crédito contratadas e os respectivos valores;
  • Valores relativos aos encargos cobrados, informados de forma separada, de acordo com os tipos de operações realizadas com o cartão;
  • O valor dos encargos a serem cobrados no mês seguinte, no caso de o cliente optar pelo pagamento do valor mínimo da fatura;
  • O Custo Efetivo Total (CET) para o próximo período das operações de crédito passíveis de contratação.

Enfim, é bom se informar e checar todas as possibilidades para tomar uma decisão mais acertada.

O valor da fatura muda muito com o parcelamento?

Para encerrar precisamos dizer que, sim, o valor da sua fatura aumenta na hora de realizar esse processo. Os bancos cobram juros em cima de cada parcela, alterando a quantia final a ser paga, além de colocarem limites de número de parcelamento.

A conta final pode ter uma diferença quase ínfima, porém isso varia de banco para banco. É muito importante pesquisar sobre qual instituição oferece o melhor serviço, visto que caso você decida realizar esse tipo de quitação em uma empresa pouco favorável, muito provavelmente vá se enrolar em dívidas.

Conclusão

Agora que você já sabe como funciona o parcelamento da fatura do seu cartão de crédito e prestou atenção nas nossas dicas, pode analisar mais tranquilamente qual a melhor forma de pagar a sua fatura.

Continua após a publicidade

No entanto, sempre tenha cautela ao utilizar essa linha de crédito, já que esse serviço pode ser uma ajuda muito grande para quem está precisando urgentemente, porém, caso não seja feito da maneira correta, provavelmente se transformará numa dor de cabeça.

O parcelamento é um auxílio ao cidadão, mas precisa de cuidados na hora de ser realizado. Seja responsável com o seu cartão de crédito e busque sempre as melhores empresas para se vincular!  

Não esqueça de assinar a newsletter do iDinheiro e receber as melhores dicas de como lidar melhor com seu dinheiro!

 

Publicidade