Como montar uma distribuidora de bebidas lucrativa? Veja o passo a passo!

Entenda como montar uma distribuidora de bebidas e fazer desse um negócio lucrativo e com chances de crescimento em qualquer lugar!

12669432_1218137561529803_7092902009906739723_n
Thainá Cunha

Saber como montar uma distribuidora de bebidas pode ser o passo que falta para ter sucesso em sua jornada de empreendedor. 

O mercado de bebidas está sempre aquecido no Brasil e a venda desses produtos em distribuidoras, mercados e lojas especializadas aumentou nos últimos anos, segundo pesquisas.

Continua após a publicidade

Assim, aquilo que já era parte dos hábitos do brasileiro, que é o consumo de bebidas em casa, seja para ficar mais à vontade ou para economizar, se popularizou ainda mais com as medidas de lockdown e distanciamento social. 

Dessa forma, entender como montar uma distribuidora de bebidas pode ser justamente o conhecimento necessário para abrir um novo negócio de sucesso. 

Continua após a publicidade

Como montar uma distribuidora de bebidas?

Para montar uma distribuidora de bebidas, é preciso ter atenção a muitos pontos, assim como acontece em negócios de todas as áreas. 

É preciso que, em primeiro lugar, se conheçam os pré-requisitos básicos para montar o negócio, como a legislação, uma estimativa do investimento inicial e um modelo de negócios bem estruturado. 

Também é essencial saber se o mercado de onde se pretende empreender é receptivo para o tipo de negócio que está sendo planejado. 

Não só os consumidores, mas a própria infraestrutura do bairro ou cidade como um todo pode ser primordial para o sucesso ou não do empreendimento. 

Continua após a publicidade

Por exemplo, é preciso notar a segurança, a limpeza das vias e ruas, a manutenção de vias e calçamentos, iluminação, possibilidades para estacionamento e muito mais. 

Assim, montar uma distribuidora de bebidas pode, sem dúvida alguma, ser um negócio lucrativo, mas é preciso planejar bem os passos a seguir a fim de que isso seja alcançado. 

A seguir, trataremos com mais detalhes de alguns desses pontos de atenção que podem decretar o sucesso ou falência de seu empreendimento. 

Conheça a legislação para esse tipo de negócio

Como bem já mencionamos, o primeiro passo para montar uma distribuidora de bebidas e qualquer outro tipo de negócio é entender a legislação que rege essa área de atuação. 

Continua após a publicidade

Isso envolve tanto a documentação para regularizar a atividade e o local de funcionamento quanto outras normas, como de segurança e zoneamento. 

Em geral, os pontos de atenção quanto à legislação são:

  • registro na junta comercial concernente;
  • inscrição junto à Prefeitura Municipal a fim de ter a liberação do alvará de atividade comercial;
  • Cadastro Nacional de Pessoa Física (CNPJ) junto à Receita Federal;
  • registro na Secretaria de Fazenda do estado;
  • registro no conselho regional de administração;
  • solicitação de vistoria para a obtenção de alvará de funcionamento junto ao Corpo de Bombeiros local;
  • observar as regras e normas do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

É importante se atentar também às normas específicas a negócios como distribuidoras de bebidas, sendo uma delas a proibição de abrir esse tipo de estabelecimento perto de vias federais e escolas.

Outro ponto é a sinalização da proibição de venda de bebidas alcoólicas para menores de dezoito anos, que precisa estar exposta em lugar bem visível no estabelecimento. 

Um adendo importante é que aquele que desejam montar uma distribuidora de bebidas não podem fazer isso como MEI nem optar pelo Simples Nacional, de acordo com a Lei Complementar 123/2006.

Continua após a publicidade

Faça uma pesquisa de mercado

Antes de abrir qualquer tipo de negócio é essencial a realização de uma pesquisa de mercado que permita compreender o perfil do consumidor da localidade em que se pretende empreender. 

Nessa pesquisa, é importante tentar compreender os hábitos de consumo, os produtos mais procurados, as tendências de mercado, os preços que o público está disposto a pagar por determinados produtos, o interesse por itens exclusivos, entre outros. 

Hoje, com o crescimento do segmento de delivery, principalmente por meio de aplicativos, é importante também averiguar o mercado em relação à busca por esse tipo de serviço. 

Busque os melhores fornecedores

Os fornecedores são um elemento fundamental de qualquer negócio e, por isso, é essencial estabelecer um bom relacionamento com eles. 

Continua após a publicidade

Encontrar um bom fornecedor não significa se contentar diante do menor preço, outras características são essenciais para o sucesso da parceria, como os prazos e condições de pagamento e o tempo e custos de entrega. 

Após achar um fornecedor que apresente essas qualidades, é importante investir na construção de um bom relacionamento. 

Isso pode ser feito se mostrando um bom pagador e negociador, além de um parceiro que apresente benefícios. 

Com isso, pode ser possível fechar parcerias exclusivas e ter acesso a condições promocionais, e preços especiais. 

Continua após a publicidade

Pesquise o local ideal para trabalhar

Ao montar uma distribuidora de bebidas é importante observar o local em que se pretende montar o negócio. 

Em primeiro lugar, deve-se notar os impedimentos legais de certas áreas, como aquelas próximas a vias federais e escolas. 

Em seguida, é importante pesquisar por locais que atendam a certas recomendações. 

O imóvel, por exemplo, deve ter, no mínimo, 50m² para que possa haver uma boa disposição de prateleiras, refrigeradores e balcão e ainda haja espaço suficiente para a livre circulação dos clientes pelas gôndolas. 

É preciso estar atento também aos arredores do estabelecimento, fatores como segurança da área, manutenção das vias públicas, iluminação pública, facilidade de acesso e trânsito no trajeto, entre outras. 

Continua após a publicidade

Por fim, é importante lembrar que distribuidoras precisam de locais com lugar disponível para armazenamento de estoque, bem como espaços reservados e de fácil acesso para veículos de carga e descarga. 

Como pode ser difícil atender a todos esses pontos, por isso, é importante ter em mente sempre o seu plano de negócios a fim de adaptar essas recomendações a esse contexto.

Obtenha os alvarás de funcionamento

Para que seu negócio tenha potencial para crescimento, é fundamental considerar a regularização do estabelecimento. 

Esse processo envolve todos os documentos já mencionados no primeiro dos tópicos, como abrir o CNPJ e se registrar na SEFAZ do estado. 

Continua após a publicidade

Entretanto, existem documentações específicas para estabelecimentos que terão um ponto físico, que são os alvarás de funcionamento. 

O primeiro alvará que se deve buscar é o concedido pela prefeitura para regularização da atividade e devido recolhimento dos impostos municipais. 

É preciso também buscar o alvará de funcionamento junto ao Corpo de Bombeiros do local, para que o estabelecimento seja considerado seguro para funcionamento. 

Os bombeiros farão uma inspeção no local e notificarão sobre possíveis modificações que precisam ser feitas.

Continua após a publicidade

Após todos os pontos serem resolvidos, o empreendedor poderá ter seu alvará de funcionamento permanente. 

Defina o valor a ser investido e a projeção de lucro

O investimento para montar uma distribuidora de bebidas pode ultrapassar os R$100 mil, o que é um valor bastante elevado. 

Por isso, todo investimento e gastos precisam ser muito bem planejados, assim como a projeção dos lucros, para pagar o que foi investido e trazer rendimentos que permitam a continuidade da empresa. 

É preciso, em primeiro lugar, planejar de onde irá sair o dinheiro para investir na abertura da distribuidora. 

Continua após a publicidade

Se for preciso buscar por um empréstimo, é preciso fazer uma extensa busca e analisar o valor das parcelas, as taxas de juros e o CET e encontrar uma proposta que tenha certeza que conseguirá honrar. 

A margem de lucro também é um fator muito importante, que está entre os que vão determinar a continuidade da empresa.

Uma boa margem de lucro para o comércio deve estar entre os 15% e 20% e, para se decidir, é preciso entender os custos das mercadorias e do funcionamento da empresa e quanto o mercado está disposto a pagar.

Para calcular a margem de lucro bruta da empresa, ou seja, aquela que não considera os custos e outras despesas (o chamado lucro líquido), basta fazer uma operação simples: lucro bruto/receita total x 100.

Continua após a publicidade

Ainda, é essencial ter em mente o preço de venda que poderá ser cobrado pelas bebidas.

Crie uma estratégia de divulgação e marketing

Já dissemos que o mercado de distribuição de bebidas recebeu um grande impulsionamento nos últimos anos e ainda está em pleno crescimento. 

Por um lado, isso é uma ótima notícia para quem deseja montar uma distribuidora de bebidas, porque denota que ainda há espaço para que esse tipo de negócio venha a prosperar. 

Entretanto, isso também significa um mercado altamente competitivo, no qual são necessárias estratégias muito bem planejadas para atrair clientes para escolherem o seu negócio ao invés do concorrente. 

Continua após a publicidade

Por isso, uma estratégia de marketing bem posicionada é completamente essencial, o que não significa que seja necessário prejudicar o orçamento da empresa com campanhas caríssimas. 

Hoje, uma das coisas mais importantes no marketing é marcar a sua presença digital, estando presente nas redes sociais e nos aplicativos mais utilizados. 

Nas redes, é preciso investir em um feed organizado, chamativo e que produza conteúdo de qualidade, além de se comunicar direta e constantemente com os clientes. 

Outra ótima estratégia é realizar parcerias com outros comércios locais e oferecer descontos em compras de itens complementares, por exemplo. 

Continua após a publicidade

Uma ideia é fechar parceria com um açougue e formar um kit de churrasco misto, com produtos fornecidos por ambos os estabelecimentos a um preço especial. 

Quanto custa para montar uma distribuidora?

O capital inicial para montar uma distribuidora pode ser bem alto, principalmente pelo fato de ser necessário um espaço um pouco maior para abrigar uma grande variedade de itens. 

Há estimativas que chegam a colocar o capital inicial necessário para abrir uma distribuidora acima dos R$50 mil e até dos R$100 mil. 

No entanto, o valor real do investimento para montar um negócio depende de muitos fatores que mudam drasticamente a depender da região e das características do contexto onde se pretende empreender. 

Continua após a publicidade

Por exemplo, os custos em grandes centros e capitais é muito maior do que em cidades menores, embora os lucros, no primeiro caso, geralmente também sejam maiores. 

Para levantar uma estimativa de quanto será necessário para montar uma distribuidora em seu contexto, alguns valores deverão ser considerados:

  • aluguel;
  • condomínio;
  • contas de consumo (água, luz, internet);
  • segurança (sistema de alarme ou monitoramento);
  • gestão (software de gestão, contador);
  • custos de cartório;
  • custos de abertura e regularização da empresa junto aos órgãos competentes;
  • compra ou aluguel de freezers e refrigeradores, prateleiras, computador e mobiliário em geral;
  • custo das mercadorias junto a possíveis fornecedores;
  • salário de funcionários;
  • material de limpeza e higiene e outros.

Caso o valor seja maior do que o esperado para a sua realidade, confira também as nossas sugestões de negócios com pouco investimento e retorno rápido!

Qual é a margem de lucro de uma distribuidora?

A margem de lucro de empresas no setor de bebidas é considerada baixa, estando em torno dos 16%, que é quase o limite inferior da margem ideal para um empreendimento. 

Continua após a publicidade

No entanto, as vendas desse setor costumam ser bastante altas, o que normalmente gera um faturamento muito mais atrativo aos empreendedores. 

Em relação à distribuidoras de pequeno porte, estima-se que seu faturamento mensal possa estar entre R$10 mil e R$15 mil. 

Como se destacar nesse mercado?

Como vimos, quem deseja montar uma distribuidora de bebidas está prestes a entrar em um mercado bastante competitivo. 

Isso, no entanto, não deve desanimar o empreendedor e sim motivá-lo a oferecer diferenciais para seu público e atrair uma clientela fiel. 

Continua após a publicidade

É preciso, em primeiro lugar, apresentar um espaço e atendimento agradáveis e receptivos à clientela que irá até seu estabelecimento. 

Manter as gôndolas e expositores organizados, limpos, os itens bem dispostos e com espaço suficiente para transitar, inclusive com carrinhos, se possível, na loja, é um dos pontos primordiais. 

Ter funcionários receptivos, que atendam com simpatia e prontidão além de oferecer serviços diferenciados como entregas à domicílio são pontos também inegociáveis. 

Se deseja atender clientes que querem consumir no local, ter um espaço com mesas altas e banquetas, além de bebidas geladas com preço diferenciado e produtos complementares, como salgadinhos, amendoim e outros acompanhamentos, é sempre um atrativo. 

Continua após a publicidade

Um mercado que vem crescendo muito é o de cervejas artesanais, o que pode ser um alvo de investimento do negócio. 

Para outro público, mas também em expansão é o mercado de bebidas funcionais e saudáveis, como chás e sucos naturais e kombuchá, por exemplo.

Vale a pena montar uma distribuidora de bebidas?

Montar uma distribuidora de bebidas exige bastante planejamento e um investimento considerável para começar. 

Embora esse seja um mercado altamente competitivo, também está em constante expansão já há alguns anos, o que torna um bom meio para empreender. 

Mesmo quem só tem recursos para começar com uma empresa de pequeno porte, com as estratégias certas e serviço de qualidade, pode crescer muito e ganhar notoriedade nesse mercado. 

A distribuidora de bebidas ainda é um negócio que pode ser lucrativo e crescer em muitos contextos e mercados diferentes. 

Assim, quem deseja empreender neste ramo pode descobrir que é de fato uma atividade que vale a pena e pode trazer bons retornos. 

Perguntas frequentes

  1. Quanto custa para montar uma distribuidora?

    Os custos variam muito principalmente com a região em que o negócio será montado. Se, por exemplo, é um local mais próximo ou mais afastado de grandes centros, com bom ou mau acesso e outros fatores, vão influenciar em valores como aluguel, frete de fornecedores, entre outros. 

  2. O que é preciso para abrir uma distribuidora?

    Para abrir uma distribuidora é preciso estar atento às regulamentações desse tipo de negócio, como as inscrições federais e municipais, os impostos e alvarás de funcionamento que precisam ser emitidos, entre outros. 

  3. Qual é a margem de lucro de uma distribuidora?

    A estimativa da margem de lucro de um distribuidora fica em torno dos 16%, o que é considerado ligeiramente baixo para os padrões gerais do mercado, que variam de 15% a 20%.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.