WhatsApp pode permitir vendas pelo aplicativo; saiba mais

O WhatsApp pode permitir vendas pelo aplicativo até 2021. Objetivo é integrar o sistema ao WhatsApp Pay, já em fase de testes no Brasil

Karina Carneiro
Karina Carneiro

O Whatsapp pode permitir vendas direto pelo aplicativo em breve. Na fase de teste, o serviço tem previsão para ser lançado no primeiro semestre de 2021.

A proposta ganhou força após a intensificação do uso da plataforma durante a pandemia do novo coronavírus.

Continua após a publicidade

Desde abril, o aplicativo chegou a registrar mais de 100 bilhões de mensagens trocadas. Esse recorde já tinha sido alcançado em janeiro, segundo o portal TecMundo.

O principal objetivo da empresa é conseguir unificar o sistema do WhatsApp Pay, o recurso de pagamentos via WhatsApp, que começou a ser testado em agosto.

Entenda como o WhatsApp pode permitir vendas no aplicativo

O diretor de operações do Whatsapp, Matthew Idema, justifica que a integração deste serviço dentro do aplicativo de mensagens deve trazer dinamismo e rapidez às negociações.

“A maioria das pessoas prefere resolver tudo por mensagens. E isso faz sentido, já que, com o trabalho remoto, ninguém quer mais esperar a resposta de um e-mail ou fazer um contato na linha telefônica”, relatou de acordo com a divulgação da revista digital Época.

De acordo com a proposta, o Whatsapp poderá permitir a construção de catálogos de produtos no aplicativo e possibilitar que o consumidor finalize as vendas diretamente por mensagem.

Integração com outras plataformas

Segundo Idema, esse novo recurso também tem o propósito de unificar as outras plataformas da empresa, como o Whatsapp, Instagram e Facebook.

Dessa forma, será possível implementar um serviço de gerenciamento de mensagens a partir de serviços de hospedagem (API’s).

O executivo também mencionou que esse sistema só realizará a cobrança de mensagens enviadas em grandes volumes, como notificações e códigos de autorização de empresas.

WhatsApp pode permitir vendas para testes iniciais

Apesar do Whatsapp planejar vendas direto pelo aplicativo, vale lembrar que o sistema de pagamento que integra a proposta não foi totalmente aprovado no Brasil.

O uso do Whatsapp Pay foi suspenso pelo Banco Central do Brasil em junho de 2020, para “preservar um ambiente competitivo adequado, e assegurar o funcionamento do sistema”, como informou o BC em nota à época.

O bloqueio veio devido ao lançamento do PIX, previsto para ser lançado em novembro. O objetivo é fazer com que os dois serviços sejam lançados de maneira simultânea para facilitar a vida do consumidor e do empreendedor ao mesmo tempo.

Gostou do conteúdo? Não se esqueça de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações Push para receber todas as novidades.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.