Veja quais são os melhores negócios online para investir em 2021

Se você está em busca de ideias de negócios online, confira quais são as melhores e com mais chances de lucro! Além disso, entenda o que você precisa saber antes de começar a empreender na internet.

12669432_1218137561529803_7092902009906739723_n
Thainá Cunha

Se você está pensando em se tornar um empreendedor ou procura formas de ganhar dinheiro na internet, conhecer algumas ideias de negócios online é o primeiro passo para iniciar a sua nova jornada.

Com o avanço da tecnologia e o crescimento do mercado digital, surgem cada vez mais oportunidades de empreendimento, nas mais diversas áreas, trazendo infinitas possibilidades para quem deseja atuar no ambiente virtual.

Continua após a publicidade

No entanto, mesmo com o sonho de ter o próprio negócio, muitas pessoas podem não saber por onde começar. Afinal, esse mercado também possui sua complexidade, e, com tantas opções, fica difícil saber qual se enquadra melhor no seu perfil.

Pensando nisso, nós preparamos um guia especial com as melhores ideias de negócios online, além de dicas para você começar o seu próprio empreendimento e outros detalhes importantes para iniciar essa jornada.

Continua após a publicidade

Continue acompanhando para conferir as principais vantagens e desvantagens desse tipo de atividade e as ideias mais lucrativas que separamos para você!

Quais são os melhores negócios online?

Ao falar sobre negócios online, podemos trazer uma infinidade de possibilidades, em diferentes segmentos e atuações.

Isso porque várias atividades comerciais realizadas na internet podem se tornar um empreendimento virtual.

No entanto, se você busca as melhores oportunidades para ganhar dinheiro ou deseja ser bem-sucedido nesse segmento, existem algumas ideias que podem ser mais vantajosas e lucrativas.

É claro, todos os negócios online dependem do esforço e dedicação do empreendedor, mas determinados nichos possuem uma receptividade maior, com mais oportunidades de atuação e, assim, mais chances de rendimentos.

Continua após a publicidade

Além disso, algumas ideias de negócios online também são mais simples de serem executadas e podem se adaptar melhor aos diferentes perfis de empreendedorismo que existem.

Pensando nisso, nós separamos uma lista com as 6 melhores sugestões de empreendimentos para iniciar no mercado digital com maiores probabilidades de lucro real. Confira a partir de agora!

1. Redação de conteúdos freelancer

Com a popularização crescente dos negócios online, o mercado de freelancers foi um dos que mais ampliou a sua atuação.

Esses profissionais independentes encontraram no ambiente virtual uma oportunidade de desenvolver suas atividades com mais facilidade, além de poderem atender ao surgimento de novas demandas.

Continua após a publicidade

Mesmo assim, muitas pessoas deixam de associar esse segmento à possibilidade de desenvolver um empreendimento virtual.

No entanto, atuar com a redação de conteúdos pode ser uma alternativa para quem quer abrir um negócio na internet, seja como microempreendedor individual ou como trabalhador informal.

Em um primeiro momento, pessoas que sentem facilidade ou proximidade com a área de criação de conteúdos digitais podem encontrar diversos serviços que utilizam essas habilidades.

Redação de artigos, notícias, conteúdos para blogs e copywriting são apenas algumas das modalidades que englobam essa vasta categoria, além das plataformas que tornaram essa atuação ainda mais prática e acessível, como Workana e Fiverr.

Continua após a publicidade

Entretanto, um freelancer que trabalha com redação de conteúdos pode expandir as suas atividades e iniciar seu próprio negócio no segmento.

A criação de contatos, interação com clientes e a construção de uma boa reputação permitem aumentar o número de trabalhos, por exemplo.

Com isso, é possível criar uma pequena empresa ou a sua própria agência de criação de conteúdos.

Além disso, essa é uma das ideias de negócios online mais acessíveis, que dependem de um baixo investimento, cujas oportunidades surgem ao longo da atuação.

Continua após a publicidade

E, claro, quanto mais o redator atuar, mais dinheiro pode ganhar, enquanto constrói sua reputação, o que permite o desenvolvimento efetivo de um empreendimento.

2. Criação de conteúdos em vídeo

Assim como a criação de conteúdos como redator, é possível criar negócios online a partir da criação de conteúdos em vídeo.

Muitas pessoas podem associar esse segmento apenas à ideia de falar em frente às câmeras, mas também existem outras modalidades que podem ser lucrativas e expansivas. Por exemplo, na edição de vídeos ou na criação de roteiros.

Continua após a publicidade

Nesse caso, o princípio é o mesmo, com oportunidades de crescimento que permitem a criação do seu próprio negócio na área.

Ao se tornar conhecido no mercado de criação de vídeos, é possível alcançar cada vez mais públicos, se consolidando no segmento, com maiores chances de lucro.

Além disso, os influenciadores digitais, personalidades que atuam nas redes sociais e constroem uma carreira na publicidade, marketing e parcerias, também precisam de habilidades nessa área.

Dessa forma, você também pode empreender em negócios online a partir de outras atividades, que permitem desenvolver um negócio lucrativo.

3. Mercado de afiliados

Se você está buscando ideias de negócios online para empreender, provavelmente deve ter ouvido falar sobre o mercado de afiliados.

Continua após a publicidade

Esta é, sem dúvidas, uma das áreas que mais cresceram nos últimos anos, impulsionadas pelo surgimento de novas demandas e novos públicos na internet.

Basicamente, trata-se de uma atividade que possibilita a venda de infoprodutos de terceiros, por meio de links personalizados, que oferecem uma porcentagem de comissão a cada venda.

Em outras palavras, é uma maneira de ganhar dinheiro com a venda de produtos digitais elaborados por outras pessoas.

Continua após a publicidade

Essa alternativa não é apenas prática e bastante acessível, como também traz possibilidades interessantes de construção de negócios online.

Assim como a criação de conteúdos freelancer, o usuário pode se especializar na área, e construir um empreendimento mais completo e elaborado nesse segmento.

Por exemplo, existem afiliados que vendem uma série de produtos, que podem ser da mesma área, ou não. Com isso, eles investem em canais de comunicação, marketing e publicidade para alcançarem o maior número de públicos-alvo.

Dessa forma, a atividade permite o crescimento do empreendedor, que pode ter uma nova carreira apenas no mercado de afiliados.

Além disso, essa ideia também é bastante acessível, devido ao número de plataformas disponíveis que oferecem essa oportunidade, mesmo para iniciantes.

Continua após a publicidade

O investimento inicial é relativamente baixo, mas as possibilidades são diversas.

4. E-commerce e loja virtual

Ao falar sobre ideias de negócios online, é quase impossível deixar de mencionar o e-commerce e as lojas virtuais, uma das atividades que possibilitou o crescimento extraordinário do mercado digital.

E-commerce nada mais é do que uma loja virtual, um comércio de vendas que atua na internet, e que vem apresentando números cada vez mais expressivos.

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), divulgado pelo portal G1, cerca de 150 mil lojas passaram a vender pelas plataformas digitais em 2020.

Além disso, estima-se que serão realizadas mais de 301 milhões de compras pela internet em todo o ano.

Continua após a publicidade

Por isso, muitas pessoas que sonham em ter o próprio negócio investem em um e-commerce.

Embora existam diversos fatores que possibilitem a criação de uma loja virtual profissional, é possível começar com um investimento inicial muito baixo, principalmente se você já possuir um negócio físico ou trabalhar com vendas de produtos.

Por exemplo, é comum que pessoas que desenvolvem artesanato, receitas culinárias ou confecção de roupas criem sua própria loja virtual.

Trata-se de uma maneira simples e prática de alcançar os clientes, além de facilitar o acesso aos produtos.

Continua após a publicidade

Caso não tenha um negócio físico, não precisa desistir da ideia do e-commerce. Muitas pessoas compram produtos em atacados e varejos e revendem em suas lojas virtuais, o que também é um negócio lucrativo.

Outra opção é criar uma loja online que revenda produtos de grandes e-commerces. No Magazine Luiza, por exemplo, é possível criar uma loja virtual gratuitamente com os produtos da empresa e receber comissões pelas vendas.

5. Dropshipping

Seguindo a mesma lógica do e-commerce, o Dropshipping é uma categoria de negócios online que torna as vendas eletrônicas ainda mais simples e acessíveis para novos empreendedores.

Isso porque é possível vender sem ter um estoque próprio. Nesse caso, o empreendedor fecha uma parceria com fornecedores que são responsáveis pelos produtos e também pelo armazenamento e entrega.

Continua após a publicidade

Assim, a responsabilidade do empreendedor se converte em outras áreas, como divulgação, atendimento e negociações, por exemplo.

Essa é uma das ideias de negócios online mais lucrativas e práticas de serem colocadas em ação.

O empreendedor não precisa se preocupar com produtos ou logísticas de entrega, dedicando seus esforços para potencializar as vendas, e, assim, aumentar seus rendimentos.

6. Consultorias

Finalmente, uma das melhores ideias de negócios online é realizar consultorias online.

Essa alternativa de empreendimento mostra que não é preciso atuar com vendas, necessariamente, para ter um negócio rentável na internet.

Continua após a publicidade

Nesse caso, se você possui conhecimentos ou habilidades específicas, pode atuar como consultor e orientador sobre esses assuntos.

Muitas pessoas buscam especialistas para conselhos e ensinamentos, especialmente na internet, que traz ainda mais praticidade para o segmento.

Dessa forma, investir em consultorias pode ser uma opção interessante para quem busca ideias de negócio próprio.

Além disso, é possível investir em diferentes áreas para potencializar seus resultados, como divulgação, marketing, um site próprio e conteúdos de curiosidade para atrair seu público.

Continua após a publicidade

Como começar negócios online do zero?

Depois de conferir algumas ideias de negócios online, muitos empreendedores podem não saber quais são os próximos passos.

No entanto, é fundamental ter essas etapas bem definidas para que o processo de abertura do empreendimento seja o mais completo e prático possível.

Cada negócio online possui demandas diferentes, e, com isso, procedimentos diferentes para iniciar suas atividades, efetivamente.

Contudo, existem algumas dicas que podem ajudar qualquer empreendedor a começar sua jornada nesse mercado, além de possibilitar o desenvolvimento de outras etapas secundárias, conforme a necessidade.

Por isso, confira como começar seu próprio negócio pela internet:

1. Explore o mercado e as suas alternativas

Depois de conhecer algumas ideias de negócios online e decidir a melhor opção que combina com o seu perfil, é necessário explorar o mercado escolhido.

Dessa forma, será possível conhecer melhor quais as demandas e as características do segmento, além de poder conferir as alternativas mais lucrativas na sua área.

Por exemplo, se você optar por atuar com e-commerce, deverá escolher um nicho em que irá focar suas vendas.

Além disso, mesmo uma categoria de produtos demanda outros conhecimentos. Não basta decidir que irá montar uma loja virtual para vender roupas, por exemplo. Você também precisará definir detalhes como:

  • qual o tipo de roupa?
  • quem é seu público-alvo?
  • existem demandas específicas para esse público?
  • o mercado de e-commerce de roupas está saturado? Em expansão?

Essas são apenas algumas perguntas que ajudam a explorar o mercado escolhido, e faz toda a diferença na hora de montar negócios online bem-sucedidos.

2. Faça um planejamento detalhado para construir um negócio online

Qualquer empreendimento demanda um planejamento extremamente detalhado, especialmente negócios que atuam no mercado digital.

Mesmo os pequenos negócios precisam de documentos bem elaborados, para terem uma base sólida onde se apoiar durante seu desenvolvimento.

É o planejamento do seu negócio que permite a visualização de todos os obstáculos e pontos fortes da sua ideia.

Também é possível determinar detalhes técnicos, como os procedimentos de inauguração e alimentação do negócio, quais as etapas para alcançar seus objetivos, quais os custos e o capital existente.

Basicamente, é o planejamento que organiza as suas ideias de negócios online, e torna o projeto mais real e palpável.

Por isso, para começar um empreendimento digital, é essencial elaborar uma organização eficiente do que você almeja, e quais serão seus passos para conquistar isso.

3. Tenha uma estratégia de conteúdo

A próxima etapa para começar o seu negócio online é estabelecer quais serão suas estratégias de conteúdo.

Isso é necessário porque todo empreendimento digital precisa de divulgação, para alcançar seu público-alvo.

Uma vez que o negócio estará competindo com uma série de concorrentes e outros fatores de distração, é fundamental que seus conteúdos sejam engajados e assertivos, para atrair os clientes.

Essa etapa é importante para todos os nichos de empreendimento que atuam na internet, pois seja qual for seu foco ou objetivos, ele precisa ser conhecido.

Dessa forma, um planejamento de conteúdo pode ajudar a encontrar as melhores estratégias que tornarão o seu negócio mais lucrativo.

Além disso, é importante acompanhar as campanhas conforme elas são colocadas em prática, para entender o que está, ou não, funcionando.

Essa atuação no nicho de marketing e publicidade é essencial para começar um negócio online com maiores chances de sucesso.

4. Conheça o público do seu negócio online

Todas as ideias de negócios online acompanham um determinado público, que você deverá atingir para ter um empreendimento rentável.

No entanto, para isso, é fundamental conhecer os seus clientes, e entender o que eles buscam em um produto, para poder oferecer isso.

Assim, ao começar uma nova atividade na internet, procure pesquisar mais sobre as pessoas que irão consumir seus conteúdos, produtos e serviços.

Entenda seus hábitos, pensamentos e o que buscam no mercado digital. Dessa forma, será mais fácil elaborar um planejamento assertivo, além de poder elaborar as melhores estratégias de venda.

O conhecimento do seu público é um processo que acontece com o tempo. Embora seja importante entender seus clientes antes de iniciar o negócio, só será possível traçar perfis completos ao longo da sua atuação.

Por isso, procure dar especial atenção nesse quesito, afinal, atingir o seu público é um dos principais objetivos de qualquer empreendimento.

5. Seja consistente

No mercado digital, consistência é a chave para não desaparecer no algoritmo.

Na era dos empreendimentos online, é difícil competir com o número de empresas concorrentes, além de elementos distratores que afastam o público dos seus serviços.

Por isso, ser consistente é uma estratégia eficiente para se manter sempre nas páginas de busca, nas redes sociais e no alcance do seu público.

Procure postar conteúdos frequentemente, manter sua presença marcante no ambiente virtual e estar sempre em contato com os clientes.

Assim, eles irão se lembrar da sua marca quando precisarem de algum produto ou serviço, garantindo mais lucros e o crescimento do seu negócio.

Quais são os custos para manter negócios onlines em funcionamento?

Planejar negócios online também demanda uma análise financeira detalhada. Esse é um dos principais fatores que influenciam em um empreendimento, e podem fazer com que ele seja mais, ou menos, bem-sucedido.

Por isso, antes de começar o seu negócio e colocar suas ideias em prática, vale a pena conhecer os principais custos para manter suas atividades.

Confira alguns dos gastos mais relevantes:

Custos básicos dos negócios online

Os custos básicos, como o próprio nome indica, são as despesas mais simples, que fazem parte da rotina de atuação do empreendimento.

Trata-se dos custos de energia elétrica, internet, manutenção de telefone e quaisquer outros custos semelhantes no dia a dia.

Caso o seu empreendimento cresça e demande outros tipos de investimento, como um escritório, custos como aluguel também são necessários para manter suas atividades.

Estoque e produtos para negócios online

Enquanto isso, os custos com estoque e produtos são fundamentais para manter os negócios online.

As despesas com esse quesito são variáveis, e nem todos os empreendimentos podem ter esse custo. Por exemplo, atividades de criação de conteúdo não demandam estoque nem produtos físicos.

Dessa forma, dependendo do nicho escolhido, será necessário separar determinado valor do orçamento para manter o negócio na ativa, para não ter nenhum tipo de imprevisto.

Custos de plataformas

Uma das principais características dos negócios online é a necessidade de plataformas específicas para que possam atuar no mercado.

Mesmo que sejam nichos distintos, quase todos os empreendimentos virtuais dependem desse componente.

Por exemplo, produtores de conteúdo podem precisar de cadastros em plataformas de freelancer, ou manter um site para portfólio.

Enquanto isso, lojas virtuais também precisam de plataformas especializadas em vendas, como os gateways de pagamento e outras soluções com as ferramentas básicas para atuar no segmento.

Essas plataformas dependem de hospedagem, domínios próprios, montagem de design e outros custos fundamentais para manter o negócio online.

Por isso, é importante considerar os valores de manutenção desses elementos.

Contratação de equipe

Negócios online de sucesso costumam expandir seu alcance, e, com isso, exigem a contratação de uma equipe de profissionais.

No mercado digital, isso nem sempre significa colaboradores diretos, como vendedores, por exemplo.

Essas equipes podem conter suporte técnico para o site, monitoramento de tráfego, produtores de conteúdo para alimentar o site, até mesmo profissionais de design.

Assim, custos com contratações também são importantes, e devem ser considerados na sua conta.

Quais as vantagens e desvantagens de ter um negócio digital?

Depois de entender mais sobre os negócios online, avaliar as melhores ideias para o seu perfil e conferir algumas das etapas necessárias para colocar em prática, vale a pena conhecer as vantagens e desvantagens de ter um empreendimento digital.

Muitos empreendedores têm o desejo de seguir com seu próprio negócio, mas ainda estão em dúvida sobre os benefícios desse investimento.

Por isso, confira os pontos positivos e negativos dos negócios online, e veja o que esperar ao ter um empreendimento da internet.

Vantagens dos negócios online

A princípio, os negócios online são conhecidos por sua praticidade e acessibilidade.

No passado, abrir um empreendimento possuía uma série de burocracias, além de altos investimentos.

Agora, é possível começar o próprio negócio com uma quantidade consideravelmente baixa de dinheiro, além da possibilidade de altos lucros.

Além disso, diversos nichos virtuais oferecem grande acessibilidade para o interessado. Por exemplo, produtores de conteúdo podem se inscrever gratuitamente em plataformas de freelancer, para entrar em contato com os clientes.

Dessa forma, os negócios online se mostram alternativas interessantes para quem quer ganhar dinheiro na internet, ou busca novas carreiras.

Desvantagens dos negócios online

Por outro lado, existem alguns pontos menos positivos sobre os negócios online, e é importante que o empreendedor esteja atento para eles.

Por conta da acessibilidade e da praticidade desses negócios, a competitividade também se tornou um fator presente em vários nichos.

Muitas pessoas optam por investir no próprio negócio na internet, e, com isso, precisam competir com inúmeros empreendimentos que também atuam na mesma categoria.

Além disso, o tempo de retorno pode ser maior do que se espera, principalmente em alguns nichos.

Produtores de conteúdo, por exemplo, precisam construir sua reputação, alcançar clientes e investir pouco a pouco no seu negócio até que se torne, de fato, um empreendimento sólido.

O mesmo é válido para e-commerce, cujo investimento pode ser mais elevado, com mais competitividade.

Dessa forma, é preciso muita dedicação e esforço, e muitos empreendedores acabam desistindo antes de atingir seus objetivos e metas.

Por fim, a multiplicidade de atuação também é um fator negativo. Para atuar na internet, muitas vezes é preciso dominar mais de uma habilidade.

Com isso, o empreendedor pode encontrar dificuldades de desenvolver suas atividades, pois precisa ter conhecimentos de marketing, métricas, vendas e outros tipos de rotinas.

Vale a pena investir em negócios online?

Apesar de todos os apontamentos, os negócios online podem representar o futuro das atividades comerciais, e vale a pena investir nesse ramo o quanto antes.

Mesmo empreendimentos físicos já estão migrando para a internet, por conta do seu alcance e da presença virtual, que se tornou necessária para atingir novos públicos.

Dessa forma, se você busca novas oportunidades de ganhar dinheiro ou desenvolver o próprio negócio, certamente o mercado digital é uma boa opção.

No entanto, ao longo do conteúdo você pôde perceber que existe uma série de etapas até que o empreendimento esteja pronto para operar.

Por isso, é fundamental ter um modelo de negócios eficiente, e conhecer todas as nuances que podem interferir no sucesso das suas atividades.

Existe uma série de ideias de negócios online que são mais lucrativas e fáceis de colocar em prática, mas também precisam de dedicação, esforço e paciência para terem resultado.

Assim, o primeiro passo é avaliar os seus objetivos, e ter firmeza nas suas metas, para que o seu empreendimento virtual tenha força o bastante para alcançar o sucesso.

Perguntas frequentes

Quais são os melhores negócios online?

Dentre as áreas de atuação disponíveis, algumas das melhores são: redação de conteúdos freelancer; criação de conteúdos em vídeo; mercado de afiliados; dropshipping e consultorias.

Como começar seu próprio negócio pela Internet?

  1. Explore o mercado e as suas alternativas

    Conheça melhor quais as demandas e as características do segmento e veja as alternativas mais lucrativas na sua área de atuação.
    imagem ilustrativa sobre negócios online com ícones de sapatos, celulares, computadores e outros produtos

  2. Faça um planejamento detalhado para construir um negócio online

    É o planejamento do seu negócio que permite a visualização de todos os obstáculos e pontos fortes da sua ideia. Também é possível determinar detalhes técnicos, como os procedimentos de inauguração e alimentação do negócio, quais as etapas para alcançar seus objetivos, quais os custos e o capital existente.

  3. Tenha uma estratégia de conteúdo

    Essa etapa é importante para todos os nichos de empreendimento que atuam na internet, pois seja qual for seu foco ou objetivos, ele precisa ser conhecido.

  4. Conheça o público do seu negócio online

    Entenda seus hábitos, pensamentos e o que buscam no mercado digital. Dessa forma, será mais fácil elaborar um planejamento assertivo, além de poder elaborar as melhores estratégias de venda.

  5. Seja consistente

    Procure postar conteúdos frequentemente, manter sua presença marcante no ambiente virtual e estar sempre em contato com os clientes.

Gostou do conteúdo? Não se esqueça de ativar as notificações do Push e assinar a newsletter do iDinheiro para receber todas as novidades!

Continua após a publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.