Transferências entre bancos diferentes ou iguais: PIX, TED ou DOC?

TED cai no mesmo dia? Dá para cancelar um DOC? Tire suas dúvidas sobre as transferências entre bancos diferentes ou iguais.

Amanda Gusmao
Amanda Gusmão

Você não levou nem 10 segundos para ler o título deste artigo, foi super rápido. E é mais ou menos nessa velocidade que uma transação pelo PIX é realizada, sabia?

Isso é ótimo, sem dúvidas, mas os outros modelos de transferências de dinheiro entre bancos ainda são importantes e geram dúvidas. TED cai no mesmo dia? Quanto custa um DOC? Como transferir valores altos de um banco para outro, dá para fazer um PIX?

Continua após a publicidade

Tabela mostra um comparativo entre os diferentes tipos de transferências entre bancos na atualidade
Tipos de transferências entre bancos diferentes ou iguais

Primeiro, se você usa um dos tipo de transferências entre bancos mais regularmente e está preocupado se ele vai deixar de existir por causa da chegada do PIX, pode relaxar.

O PIX é mais uma alternativa que, com suas vantagens, pode ser inserida na sua forma de gestão financeira pessoal. Se você quer aumentar sua visão estratégica do seu dinheiro, veja mais detalhes a seguir.

Continua após a publicidade

O que é e como funciona o Book Transfer, DOC e TED?

Quem tem uma corrente em um banco e deseja transferir um valor para outra conta, em um banco diferente, precisa fazer uma DOC (Documento de Ordem de Crédito) ou uma TED (Transferência Eletrônica Disponível).

Ambas são modalidades de transferências entre bancos que podem ser feitas por qualquer correntista, seja pessoa física, seja jurídica.

Já as transferências entre contas no mesmo banco são chamadas Book Transfer e ganham nomenclaturas diferentes em cada instituição. No Itaú, por exemplo, chama TEF.

Por lei, pelo menos dois book transfer devem ser feitos gratuitamente. Mas, no geral, a maioria das instituições não cobra mesmo depois dessa quantidade.

Continua após a publicidade

Quais informações são necessárias para a realização da TED e DOC?

Além do saldo disponível em conta, acesso ao canal e senha para a realização da operação, será preciso indicar os dados da conta e do destinatário.

Assim, para fazer a operação de TED ou DOC, tenha em mãos:

  • dados da conta: número do banco, agência, conta e operação, se houver;
  • dados do titular da conta de destino: nome completo e CPF.

Os dados do titular da conta de destino serão utilizados para preencher o DOC e/ou para conferir se a conta identificada no sistema é, de fato, a da pessoa que deve receber a transferência.

Quais são os prazos e Limites para DOC e TED?

Quando você faz uma DOC dentro do horário limite do seu banco, isto é, até às 22hs de um dia útil, o valor é descontado automaticamente da sua conta, porém, o dinheiro só cai na conta do beneficiário no próximo dia útil.

O limite máximo para fazer uma DOC é de R$ 4.999,99. E não tem limite mínimo.

Continua após a publicidade

Já a TED tem a compensação mais rápida. O valor é descontado da conta na hora e, se for feita antes do horário limite das 17hs de um dia útil, cai no mesmo dia na conta do recebedor.

Quando a TED é feita depois do horário limite do banco, é feito um agendamento para o dia seguinte.

A TED não tem limite máximo para ser feita e, desde 2016, também não tem limite mínimo. Em outras palavras, um TED pode ser feita em qualquer valor.

Quais os horários e tarifas para TED e DOC?

Algumas regras variam de acordo com cada banco, como é o caso das tarifas e horários. Para saber quais são as tarifas para DOC e TED no seu banco, vale consultar o pacote de serviços da sua conta.

Continua após a publicidade

Isso porque alguns deles oferecem DOC e TED ilimitados, outros, estabelecem uma cota e cobram as transações realizadas além do que está incluso no pacote.

Alguns bancos digitais, inclusive, nem mesmo cobram esses valores. Por isso, aliás, se você realiza diferentes tipos de transferências entre bancos e com muita regularidade, pode ser interessante mudar para esse modelo de conta ou, é claro, aderir ao PIX.

Os horários também variam e podem ser consultados através da internet, telefone ou pessoalmente. Via de regra, um DOC pode ser emitido até as 21:59hs e um TED até as 16:59hs, com suas compensações de acordo com o que já foi informado.

Imagem mostra uma mão recusando o dinheiro sendo entregue por outra
Veja agora os motivos para devolução de TED e DOC

Meu TED ou DOC foi devolvido: como isso funciona?

Para fazer uma transferência bancária para bancos diferentes, é preciso ter em mãos todos os dados necessários (número da agência e da conta, CPF ou CNPJ do beneficiário, nome ou número do banco).

Continua após a publicidade

Além disso, é recomendável que se tenha também o nome completo do beneficiário para poder conferir antes de concluir a transação.

Se algum desses dados estiver errado, mesmo que seja por causa de um único dígito, ocorrerá a devolução do dinheiro para a conta do emitente. Esse é o principal motivo para devolução de TED e DOC.

Outro motivo para que ocorra a devolução é quando a conta não está efetivamente aberta. Alguns bancos demoram até dois dias úteis para efetivarem a abertura de contas. E caso seja feita uma transferência antes da efetivação, ocorrerá a devolução do dinheiro.

Em alguns casos, pode ocorrer a devolução de DOC e TED se não for informado o motivo da transferência. Junto com a devolução é possível verificar o motivo da mesma. Nesse caso, a devolução ocorre pelo motivo 59 (ausência do motivo do envio, natureza ou finalidade da operação).

Continua após a publicidade

Caso a conta beneficiária esteja bloqueada, por cancelamento ou ordem judicial, o valor também será devolvido.

Outro motivo de devolução de TED e DOC é se a conta beneficiária for uma conta-salário. Esse tipo de conta só recebe depósitos e transferências do empregador/empresa onde trabalha. Caso tente receber valores de terceiros, o dinheiro será devolvido para o remetente.

Em qualquer dos casos, se não foi um erro do banco, a tarifa não será devolvida, pois eles terão prestado o serviço. Muita atenção.

No caso do DOC e TED, quando utilizá-los nas suas transações financeiras?

Como você viu, o DOC e TED exigem que você insira mais dados para concluir a transferência interbancária.

Continua após a publicidade

Todavia, você já tinha costume de fazer tais conferências, certo? Então, não precisa abolir o DOC e TED das suas movimentações, apenas escolhê-los quando suas características forem mais vantajosas.

Se você está negociando a compra de algo mais valoroso, pode programar uma TED para o dia seguinte até que o resgate do seu investimento esteja na conta corrente, por exemplo.

Além disso, vale dizer que para fazer um PIX, é imprescindível que o recebedor tenha uma chave cadastrada, certo?

E se ele não tiver? Bom, simples. Você vai dazer um DOC ou TED, certo? Por mais vantajoso que o PIX pareça, ele ainda é uma ferramenta nova.

Continua após a publicidade

Principais dúvidas sobre TED e DOC

Então vamos revisar alguns pontos sobre a TED e DOC, além de pontuar algumas dúvidas comuns sobre esse tipo de transação entre bancos.

TED cai no mesmo dia?

Sim, desde que a operação seja feita antes das 17h em qualquer canal do banco, ou seja, aplicativo, internet banking, caixas eletrônicos ou na agência, se houver.

DOC cai no mesmo dia?

Não. O prazo mínimo para um DOC cair na conta é o dia seguinte. Todavia, esse tempo pode ser maior se a operação for realizada depois das 22h ou nos finais de semana e feriados.

Existe TED entre bancos diferentes gratuita?

Sim, tudo depende do pacote de serviços da instituição. Dentre os melhores bancos digitais que analisamos em 2021, quase todos oferecerem TEDs gratuitas e ilimitadas.

Continua após a publicidade

Posso fazer uma TED com a mesma titularidade?

Sim, não existe restrição. Ainda assim, será preciso preencher todos os dados da conta de destino.

Quanto tempo demora a transferência entre bancos diferentes?

Depende da operação realizada e o horário de processamento. TED são mais rápidas, podendo cair na conta de destino na mesma hora se realizado antes das 17h. O DOC pode demorar mais.

Alguma transferência de um banco para outro pode ser cancelada?

TED e PIX não podem ser cancelada até o momento, já o DOC, se solicitado na agência do titular até 16h, sim.

imagem mostra pessoas fazendo diferentes tipos de transações bancárias
Mudanças nas formas de movimentar seu dinheiro

O que é e como funciona o PIX?

O PIX é um meio de pagamento instantâneo lançado pelo Banco Central que pode ser realizado a partir de uma conta corrente, conta poupança ou de pagamento pré-paga.

Continua após a publicidade

Para que serve o PIX?

Ele tem diversas aplicações, substituindo o cartão de débito se você deseja pagar pelo abastecimento no posto de gasolina, por exemplo.

Também serve para transações entre contas bancárias, seja no mesmo banco, seja em instituições diferentes (isso vale pessoas físicas, jurídicas!).

Como funciona o PIX?

O PIX funciona a partir do uso das chaves PIX. Elas são a identificação do usuário e, portanto, determinam seu “endereço financeiro”.

Ou seja, em vez de saber qual banco, agência, conta corrente, código identificador, nome completo e CPF de quem você precisa enviar um dinheiro, só precisa perguntar qual sua chave PIX.

Continua após a publicidade

Vale lembrar que os bancos e fintechs receberam a orientação para prepararem seus sistemas para as transações de PIX.

Assim, se você está na dúvida sobre como fazer transferência pela PIX, basta acessar seu aplicativo, internet banking e demais canais da instituição, e procurar essa opção. A partir daí é muito simples:

  • insira a chave PIX do recebedor;
  • informe o valor da transferência;
  • confirme o nome do recebedor;
  • insira sua senha (a mesma que você usa no dispositivo);
  • conclua o PIX.

Pronto! Nesse mesmo momento uma mensagem de confirmação chega para quem está recebendo e você tem o registro da transação na sua conta.

Como usar o PIX?

Você pode fazer essa transação entre pessoas físicas, para estabelecimentos, entre estabelecimentos (se você tiver uma conta jurídica, é claro) e para órgãos governamentais (impostos, taxas etc).

Continua após a publicidade

Vídeo do Banco Central sobre como fazer um PIX

Principais dúvidas sobre o PIX

Vamos aos principais questionamentos sobre o PIX e suas respectivas respostas (algumas delas estão no nosso comparativo da introdução deste conteúdo, confere lá!).

Qual o limite de transferência do PIX?

Não existe uma restrição do meio de pagamento para o valor da transação, ou seja, na prática, você poderia transferir qualquer montante.

Todavia, as instituições financeiras são obrigadas a criarem estratégias para diminuir a incidência de fraudes e tentativas de lavagem de dinheiro.

E, uma dessas estratégias é, justamente, limitar o valor das transações, o que vai ser diferente em cada instituição financeira.

Continua após a publicidade

Aliás, esse limite também pode variar conforme o canal utilizado para a transação. Por níveis de segurança diferentes, o autoatendimento (caixa eletrônico) pode ter um valor máximo diferente do aplicativo do seu smartphone, por exemplo.

Quanto custa fazer um PIX?

Para pessoas físicas o PIX é gratuito, tanto para enviar, quanto para receber valores. Já no caso das pessoas jurídicas o Banco Central determinou que elas devem arcar com os custos do meio de pagamento.

Assim, fica à critério das instituições financeiras como será a cobrança do uso do PIX por seus clientes PJ. O Nubank, por exemplo, decidiu isentar seus clientes empresariais.

Como funciona a chave PIX?

Você não precisa de uma chave PIX para enviar valores por esse meio de pagamento, mas seu recebedor sim (lembra? É o endereço financeiro da conta dele).

Continua após a publicidade

Para isso, ele pode escolher cadastrar a chave como o número de seu celular, CPF, CNPJ, e-mail ou, por fim, optar pela chave aleatória.

No caso da chave aleatória, como o próprio nome sugere, uma combinação de caracteres é gerada sempre que ele quiser. Mas, outra forma de informar seu “endereço financeiro” é gerando um QRcode.

Todas essas informações são oficiais, ou seja, estão no site do Banco Central. Com elas você pode, perfeitamente, fazer transações pelo PIX.

Como usar o PIX na sua gestão financeira?

Você viu que as transferências entre bancos com o PIX é imediata, certo? Então, fica implícito que é um pagamento à vista.

Continua após a publicidade

Assim, você pode usar essa ferramenta para negociar possíveis descontos ao comprar um produto, não é mesmo?

Também pode usar o PIX no lugar do cartão de movimentação da sua conta (débito), caso tenha esquecido ou queira evitar o contato físico por conta do Covid-19.

Além disso, como ele não tem valor mínimo (você pode transferir até R$ 0,01, se quiser) ou cobrança para transações entre pessoas físicas, é o mais interessante para negociações do cotidiano.

Então, como fica a movimentação do seu dinheiro depois do PIX?

Muitas pessoas ainda questionam se o PIX é seguro, quais são suas vantagens e desvantagens para os usuários.

Continua após a publicidade

Assim, não será incomum encontrar pessoas com quem você precisa transferir dinheiro, mas ela ainda prefira os meios convencionais.

O que você, como gestor das suas finanças precisa fazer? Conhecer como funciona o PIX, TED, DOC e book transfer, quais são os cuidados para suas transações e como escolher entre eles quando tiver a opção.

Tenho certeza que com as informações desse conteúdo sobre os diferentes tipos de transferências entre bancos, ficou mais fácil fazer essas análises, não é mesmo?

Então, não deixe de assinar nossa newsletter. O iDinheiro tem o compromisso com conteúdos que vão ajudar na gestão das suas finanças e tem muito mais conteúdo bacana por vir!

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

230 comentários

  1. Thiago

    Para fazer TED na boca do caixa é necessário o cartão físico?
    Perdi meu cartão, está bloqueado aguardando um novo. Consigo transferir valor alto na boca do caixa nessa condição?

  2. Fabio pereira

    Meu fgts foi liberado no feriado, ms vinculei minha conta do itau para que a caixa transfira, quantos dias demora para cai na minha conta?

  3. Maria de

    O banco fez uma transferencia ted com um valor alto na quarta feira as 17:00 para uma conta de outro banco quanto tempo demora pra cair ?

  4. Continua após a publicidade

  5. Ana Carine

    Fiz uma transferência do Bradesco para caixa que hora cai na conta por que fiz no sábado?

  6. Abigail almeida

    Tenho o aplicativo no leu cel do bradesco, pago taxa para transferir p outra agencia? Ex: caixa itau etc?

  7. Emily

    Olá Flávio,
    Transferência para mesma titularidade porém banco diferente é cobrado tarifa ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.