Máquina de cartão Minizinha: confira como funciona e se vale a pena!

Veja as principais características, custos, vantagens e desvantagens da máquina de cartão Minizinha. Além disso, entenda as diferenças entre a Minizinha Chip 2 e a Minizinha NFC!

12669432_1218137561529803_7092902009906739723_n
Thainá Cunha

O PagSeguro oferece diversos recursos para microempreendedores e pessoas físicas que desejam simplificar os pagamentos. Uma dessas soluções é a máquina de cartão Minizinha.

Nessa linha, estão a Minizinha Chip 2 e a Minizinha NFC, que funcionam com Wi-Fi e 3G e não cobram aluguel pelo uso. Além disso, suas taxas são atraentes e as máquinas aceitam cartões com as principais bandeiras do mercado. 

Continua após a publicidade

A seguir, preparamos um um conteúdo que vai explorar melhor as funcionalidades e características para te ajudar a escolher a que melhor se encaixa às necessidades do seu negócio. Quer saber mais? Então, continue a leitura!

Como funciona a Minizinha?

A Minizinha PagSeguro é ideal para quem está começando a vender, para quem tem um pequeno negócio ou trabalha fazendo atendimento de porta a porta.

Continua após a publicidade

A diferença desse modelo para as demais maquininhas do PagSeguro está na quantidade de recursos, na capacidade de atender as demandas dos usuários e, principalmente, nos valores de cada equipamento. 

No geral, as versões da Minizinha são voltadas para quem tem um faturamento menor, utiliza menos funcionalidades e precisa contar com a praticidade para levá-las a qualquer lugar.

Já outros tipos, como a maquininha PagSeguro Smart e a Moderninha Plus são ideais para quem busca soluções integradas para realizar as vendas.

Outra diferença da Chip 2 e NFC para as demais, está no modo de impressão do comprovante de pagamento, que é enviado por SMS ou e-mail. Dessa forma, você não conseguirá imprimir para entregar ao cliente.

Continua após a publicidade

A versatilidade na hora de receber é um recurso importante da Minizinha. Tanto a versão Chip 2 quanto a NFC funcionam com pagamento por aproximação.

Porém, apenas a primeira opção permite que os recebimentos também sejam feitos inserindo o cartão. Além disso, ela funciona com diferentes tipos de bandeiras, sendo as principais:

  • Mastercard;
  • Visa;
  • Elo;
  • American Express;
  • Hipercard;
  • Diners;
  • Entre outros.

Fora essas opções apresentadas, as máquinas aceitam vouchers, como vale-alimentação e refeição. Algumas das bandeiras permitidas, são:

  • Alelo;
  • Sodexo;
  • Ticket;
  • VR;
  • Ben.

Após a aquisição dessa máquina, você ganha uma conta digital PagSeguro gratuitamente e ainda pode baixar o aplicativo PagVendas na loja do seu smartphone. 

Continua após a publicidade

Esse app te ajuda a gerenciar seu negócio, auxiliando no controle de vendas, estoque e gestão de clientes. Além disso, ele permite a análise de informações dos consumidores, como data de nascimento e histórico de compras, facilitando a criação de campanhas e promoções.

A Minizinha PagSeguro vale a pena?

Antes de decidir se a Minizinha PagSeguro é boa e vale a pena, é importante conhecer bem as características e as vantagens dos seus modelos, para saber se eles se encaixam às necessidades da sua empresa. 

Uma grande vantagem do modelo é que nenhuma das duas versões cobra aluguel ou taxa de adesão de seus clientes. Assim, é necessário pagar apenas o valor de compra da máquina e as taxas de juros por transações, que podem variar entre 1,99% e 5,59%, para ambas as máquinas.

Outro benefício está na praticidade, já que elas são pequenas e fáceis de levar para qualquer lugar. Com isso, se tornam ideais para quem trabalha na rua, atendendo à domicílio ou sem um estabelecimento fixo. 

Continua após a publicidade

A Minizinha Chip 2 funciona tanto por Wi-Fi quanto por 2G (que já vem com chip integrado e plano de dados grátis). Já a NFC tem conexão bluetooth e você precisa conectá-la a um smartphone ou tablet para poder realizar os recebimentos.

Então, no geral, a Minizinha PagSeguro vale a pena para quem não precisa de recursos muito avançados e que possui necessidades que podem ser supridas por máquinas mais baratas e simples.

Reclame Aqui

Outro fator que pode ser levado em consideração durante a análise é a situação da empresa no site Reclame Aqui. A nota do PagSeguro é 8,0 que é considerada ótima pela plataforma.

Os principais índices da empresa no site são:

  • 99,7% das reclamações respondidas;
  • 85,2% de índice de soluções encontradas;
  • 70% dos consumidores voltariam a fazer negócio com a empresa;
  • 6,77 é a nota dada pelos próprios consumidores.

Esses índices mostram que a empresa se interessa pelos problemas enviados à plataforma e procura manter um bom relacionamento com seus consumidores, respondendo a maioria dos questionamentos e solucionando a maioria deles. Resultado disso, é que grande parte dos clientes voltariam a utilizar os serviços e produtos do PagSeguro.

Continua após a publicidade

Quais os modelos da máquina de cartão Minizinha?

Atualmente fazem parte da linha Minizinha PagSeguro, dois modelos: Chip 2 e NFC. Os recursos dessas duas versões atendem a diferentes tipos de clientes .

imagem

Máquina de cartão Minizinha Chip 2

Aqui no iDinheiro, já avaliamos se Minizinha Chip 2 é boa e como ela pode contribuir para aqueles que estão no início do negócio.

Essa máquina aceita pagamentos por meio de débito e crédito, que podem ser feitos por aproximação (NFC) ou inserindo o cartão.

A Minizinha Chip 2 tem um design compacto, o que facilita o transporte para qualquer lugar e é ideal para quem trabalha com entregas em domicílio ou faz atendimento externo. As suas características são:

Continua após a publicidade

  • conexão Wi-Fi ou chip, com pacote de dados grátis;
  • conta digital gratuita;
  • teclas físicas e display monocromático;
  • acesso ao aplicativo PagVendas;
  • envio de comprovante por SMS;
  • pagamento por aproximação ou inserção de cartão;
  • 5 anos de garantia;
  • sem taxa de aluguel;
  • duração da bateria de até 10h.

O preço dessa maquininha é de R$58,80 à vista ou 12x de R$4,90 no cartão de crédito e você ainda recebe isenção de taxas nos primeiros 30 dias, em compras de até R$1.500, desde que usadas na função chip e senha.

width=

Máquina de cartão Minizinha NFC

É considerada uma das maquininha com NFC mais baratas do mercado. Assim como a Chip 2, a Minizinha NFC também ideal para quem está começando o próprio negócio e ainda não tem capital de giro suficiente para fazer maiores investimentos.

Porém, um ponto negativo dessa alternativa é a duração da bateria, que não funciona por mais de 4h sem a necessidade de recarga. Isso faz com que seja preciso gerenciar muito bem seu uso. O mais aconselhável, é manter o carregador por perto para não ter dores de cabeça.

Ela também é compacta e ideal para levar a qualquer lugar, seja para uma entrega de delivery ou atendimento externo. Para funcionar, esse modelo precisa de um aparelho celular ou tablet, já que sua conexão é bluetooth.

Continua após a publicidade

Os principais recursos dessa versão, são:

  • conexão Bluetooth;
  • teclas físicas e display monocromático;
  • pagamento por aproximação;
  • conta digital gratuita;
  • 5 anos de garantia;
  • envio de comprovante por SMS ou e-mail;
  • acesso ao app PagVendas;
  • sem taxa de aluguel;
  • duração da bateria de até 4h.

Quanto ao custo dessa máquina, seu valor é de R$39,60 à vista ou 12x de R$3,30 no cartão de crédito e a isenção de taxa nos 30 primeiros dias para vendas até R$1.500 também é aplicada. 

Quais as vantagens e desvantagens da Minizinha?

Um dos principais motivos que fazem a Minizinha ser uma boa opção são os preços aplicados para aquisição do aparelho e as taxas de juros sobre as operações.

A variedade de bandeiras, vouchers e formas de pagamento, que podem ser tanto por cartão ou NFC, também são um grande atrativo para os clientes, pois permite mais facilidade na hora das vendas.

Outros pontos positivos que podem contar ao optar pela máquina de cartão Minizinha, são:

  • funcionamento via Wi-Fi e GPRS (2G) ou Bluetooth (modelo NFC);
  • conta digital grátis, com cartão internacional PagBank livre de anuidade e TED’s ilimitadas.

Porém, a máquina de cartão Minizinha também tem alguns pontos negativos que devem ser levados em consideração, tais como:

Continua após a publicidade

  • não imprime comprovante;
  • necessita de um celular ou tablet (modelo NFC);
  • pagamento apenas por aproximação (modelo NFC);
  • bateria de pouca duração (modelo NFC).

Qual a taxa de juros da Minizinha PagSeguro?

As taxas de juros da máquina de cartão Minizinha são as mesmas para os dois modelos da categoria. Entenda!

  • Débito (recebendo na hora) — 1,99% durante um ano.
  • Crédito (recebendo na hora) — 4,99% à vista e 5,59% parcelado.
  • Crédito (recebendo com 14 dias) — 3,99% à vista e 4,59 parcelado.
  • Crédito (recebendo com 30 dias) — 3,19% à vista e 3,79% parcelado.

Como adquirir a máquina de cartão Minizinha?

A compra da Minizinha pode ser feita pelo site do PagSeguro, seguindo os procedimentos abaixo:

  1. acesse o site do PagSeguro;
  2. posicione o cursor sobre a opção “Para o seu negócio”;
  3. vá até a opção “Maquininhas”;
  4. escolha o modelo que deseja adquirir;
  5. clique em “Peça Já”;
  6. confira as informações que estão no carrinho e, caso esteja tudo certo, clique em “Continuar”;
  7. preencha o cadastro com as informações solicitadas para criação da conta;
  8. finalize o pagamento.

A máquina de cartão Minizinha é boa?

O baixo custo de investimento faz com que a compra da Minizinha valha a pena, ainda mais se você está começando agora e não tem muito capital para investir e nem fluxo de caixa suficiente, que justifique o uso de máquinas mais robustas. 

Outro fator que pode pesar positivamente na sua decisão é a isenção de aluguel, tendo apenas as taxas de juros cobradas por operação. Nesse sentido, é importante lembrar que há outras opções de máquinas com taxas menores.

Continua após a publicidade

Ainda, a baixa duração da bateria e a necessidade de utilização de um smartphone ou tablet no modelo NFC, pode ser algo a se considerar negativamente.

Para isso, uma boa saída é levar junto com a maquininha o carregador, para que você não tenha problemas com a carga durante o uso.

Portanto, se você é pessoa física, autônomo ou tem uma pequena empresa, a Minizinha PagSeguro é boa e, provavelmente, atenderá às suas exigências.

Afinal, os pontos positivos se sobrepõem aos negativos, principalmente se você está iniciando agora sua jornada como empreendedor.

Agora, se você tem uma empresa de porte maior, onde a demanda de pagamentos é grande, o ideal é investir em uma máquina que ofereça recursos mais avançados e que seja mais adequada para as suas necessidades.

Continue se informando sobre o assunto e leia também o nosso artigo sobre as melhores maquininhas de cartão! Além disso, assine a nossa newsletter e ative as notificações push!

Perguntas frequentes

  1. Como funciona a máquina de cartão Minizinha?

    A Minizinha PagSeguro é ideal para quem está começando a vender, para quem tem um pequeno negócio ou trabalha fazendo atendimento de porta a porta. São máquinas mais baratas, mas que possuem menos recursos. Por isso, a linha Minizinha atende quem realiza um baixo volume de transações.

  2. Quais as taxas da Minizinha?

    No débito, a Minizinha possui uma taxa a partir de 1,99% e a tarifa é a partir de 3,19% nas transações de crédito.

  3. Quais as vantagens da Minizinha?

    Baixo preço de aquisição da maquininha, diversidade de bandeiras, vouchers e formas de pagamento, além dos benefícios da conta digital PagSeguro.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.