Corretoras para investir no exterior: conheça as 9 melhores!

Para quem quer construir uma carteira internacional, escolher a corretora ideal é um passo muito importante.

melissa nunes perfil
Melissa Nunes
1. Avenue6. Tastyworks
2. Passfolio7. Saxo Bank
3. Stake8. Zacks Trade
4. TD Ameritrade9. DriveWealth
5. Interactive Brokers

Se você deseja dar mais um passo na sua vida de investidor e se arriscar no mercado internacional, vale a pena conhecer algumas das melhores corretoras para investir no exterior.

Afinal, assim como no Brasil, as transações financeiras em países estrangeiros também devem ser feitas por meio de plataformas certificadas, com toda a segurança e garantia.

Continua após a publicidade

E, para atender a demanda de outros mercados, várias dessas empresas disponibilizam seus serviços para usuários brasileiros.

No entanto, muitos investidores podem não conhecer essas alternativas, por acreditarem que investimentos internacionais são restritos somente a grandes personalidades e especialistas do cenário econômico. Essa crença pode fazer com que percam grandes oportunidades de diversificação da carteira com produtos estrangeiros atrativos e rentáveis.

Continua após a publicidade

A boa notícia é que o mercado externo já é acessível para todos os tipos de investidores, por meio de plataformas especializadas nessas operações.

Se você está interessado em ampliar sua carreira para outros mercados, mas não conhece muitas corretoras para investir no exterior, confira o guia especial que preparamos sobre o assunto. Veja as principais vantagens e desvantagens das melhores empresas do segmento, e avalie a que melhor combina com o seu perfil.

Melhores corretoras para investir no exterior

No passado, investir diretamente no mercado estrangeiro parecia impossível para brasileiros, ou, no mínimo, extremamente burocrático. Entretanto, esse cenário muda com o surgimento de corretoras para investir no exterior, plataformas especializadas que facilitam o acesso do investidor a produtos internacionais.

Com a popularização desse serviço, investidores nacionais passaram a contar com novas possibilidades para aplicar recursos em ativos de fora, de forma mais simples e acessível.

Continua após a publicidade

Mesmo assim, muitos investidores ainda se sentem receosos em contratar esses serviços, por não entender como as plataformas estrangeiras funcionam, ou quais são as melhores opções. Por isso, uma das melhores alternativas é conhecer mais sobre as corretoras mais conceituadas, e avaliar seus pontos positivos e negativos.

No entanto, é importante ressaltar que a avaliação das melhores corretoras para investir no exterior depende, acima de tudo, das impressões individuais de cada investidor. Isso porque é preciso considerar os recursos que cada opção oferece, e se podem atender às demandas do cliente.

Por outro lado, vale a pena conferir alguns detalhes técnicos sobre as principais empresas, para realizar a sua análise com mais confiança e fundamentos. Então, para te ajudar nesse processo, veja as informações que separamos sobre as 9 melhores corretoras para investir no exterior:

A Avenue Securities é uma das principais corretoras para investir no exterior, pois foi criada exclusivamente para atender ao público brasileiro.

Continua após a publicidade

Seu foco de atuação é no mercado de ações dos Estados Unidos, e oferece diferentes planos, inclusive com taxa zero de corretagem e transações gratuitas nas primeiras semanas.

A empresa é regulada pelos órgãos norte-americanos, e é interessante para investidores iniciantes.

Produtos e serviços oferecidosInvestimentos nas bolsa de valores dos EUA (ações, REITs, ETFs e ADRs);
banking;
câmbio;
relatórios do mercado financeiro;
auxílio na declaração de imposto de renda;
portfólio;
pacote gratuito e premium.
Taxas cobradasaté 10 ordens com corretagem grátis;
depósito e retirada grátis pelos sistemas da corretora;
via sistemas de terceiros:
– depósito doméstico US$ 8 e internacional US$ 14
– retirada doméstica US$ 25 e internacional US$ 45
Nota geral (Reclame Aqui)9,0
Aplicativo (nota)Android (4,7) e iOS (4,2)
Sitehttps://avenue.us/ 
icon

Prós

Site em português; realiza câmbio direto e sem tarifa; transferência em TED; foco no público brasileiro, com suporte mais fácil de ser acionado; boas condições de gratuidade (conta, cartão, corretagem, depósito e retirada); sem investimento mínimo; bem avaliada pelos usuários.

icon

Contras

Taxa de spread pode ser elevada; investimento mínimo de US$ 100; alguns investidores relatam problemas em transações na plataforma; relatório de IR pode conter inconsistências.


A Passfolio também é uma das corretoras para investir no exterior que disponibiliza seus serviços para o Brasil.

Foi fundada em 2018 em São Francisco, nos Estados Unidos, sendo relativamente nova. Além disso, também é considerada uma startup, ou seja, uma empresa jovem de atuação diferenciada no mercado acionário americano.

Atualmente, inclui 170 países em seu catálogo, e se destaca por trabalhar com diferentes moedas, inclusive Bitcoin.

Continua após a publicidade

Produtos e serviços oferecidosinvestimentos nas bolsa de valores dos EUA (ações, ETFs, REITs);
criptoativos;
modalidade Pro para assinantes;
blog de conteúdos;
carteira inteligente.
Taxas cobradasações de valor igual ou inferior a 5 dólares: $0.02 por ação
negociação de cripto: 0,5% + taxa (a mercado) e 1,5% por encomenda (limite)
taxa de depósito: 1.45% + IOF 0.38% via TED/PIX
taxa de saque: 1,45% + IOF 0,38% + R$2,00
Nota geral (Reclame Aqui)5,8
Aplicativo (nota)Android (4,4) e iOS (4,6)
Sitehttps://pt.passfolio.com/ 
icon

Prós

Suporte em português; cadastro simples, sem precisar enviar documentações imediatamente; sem taxa de corretagem para ações acima de US$ 5; investimentos a partir de $1 dólar; aceita depósito por TED e PIX.

icon

Contras

Permite negociações apenas pelo aplicativo; usuários acham a interface mais pesada e lenta; taxas de saque e depósito; mal avaliada pelos usuários.


Entre as opções de corretoras para investir no exterior, é possível destacar a Stake, uma plataforma diferenciada na área. Trata-se de uma corretora internacional australiana, que lançou seu aplicativo oficialmente no Brasil em 2019.

Surgindo como uma opção distinta das plataformas norte-americanas, a Stake possui licenciamento de reguladores da Austrália, Reino Unido e na América do Norte.

Além disso, também possui um custo-benefício atrativo, sem taxas de corretagem e negociações.

Produtos oferecidosações e ETFs
Taxas cobradassem taxas de corretagem e negociação
taxa de saque e depósito: 1,6%
Nota geral (Reclame Aqui)Não possui página
Aplicativo (nota)Android (4,3) e iOS (3,8)
Sitehttps://hellostake.com/pt 
icon

Prós

Taxa zero; atendimento e suporte em português; alternativa de câmbio; mais de 6.000 ações.

icon

Contras

Sem suporte de Imposto de Renda no Brasil; pouca diversidade de produtos; valor mínimo sugerido de depósito é de R$ 500.


logo

4. TD Ameritrade

A TD Ameritrade é uma das corretoras para investir no exterior mais antigas e tradicionais, fundada em 1975, com mais de 11 milhões de clientes em todo o mundo.

Com corretagem zerada para ações e serviços nos Estados Unidos e Canadá, a empresa se destaca entre as opções de plataformas disponíveis para investidores estrangeiros.

Continua após a publicidade

Além disso, também investiu em uma forte atuação nas redes sociais, oferecendo suporte e atendimento rápido por canais como Twitter e Facebook.

Produtos e serviços oferecidosinvestimentos nas bolsa de valores dos EUA (ações, ETFs, opções);
contratos futuros;
criptoativos;
serviços de saque;
portfólio inteligente;
diferentes tipos de contas.
Taxas cobradasmercado futuro: US$ 2,25 + taxas por contrato
taxa de contrato: US$ 0,65
comissão para transação online: US$ 6,95
assistência ao investidor: US$25,00
suporte inteligente: US$ 5,00
Nota geral (Reclame Aqui)Não possui página
Aplicativo (nota)Android (3,3) e iOS (4,8)
Sitehttps://www.tdameritrade.com/ 
icon

Prós

Não cobra taxas de corretagem; atendimento 24 horas nas redes sociais; abertura de conta também é gratuita e sem depósito mínimo obrigatório.

icon

Contras

Plataforma em inglês; não oferece operações de câmbio, tornando necessário o uso de plataformas de transferência; não fraciona ações, permitindo a compra apenas em lotes.


logo

5. Interactive Brokers

Assim como a TD Ameritrade, a Interactive Brokers também é uma das corretoras para investir no exterior com maior tempo de estrada. Fundada em 1970, ela se destaca por sua solidez e segurança em investimentos, mesmo no mercado internacional.

Atua em mais de 135 ambientes estrangeiros e mais de 33 países atuam em parceria com o serviço. Ou seja, além de ativos nos Estados Unidos, os investidores também podem acessar produtos em outros lugares, com a mesma praticidade.

Produtos e serviços oferecidosinvestimentos nas bolsa de valores dos EUA e outros países (ações, ETFs, opções);
contratos futuros e de opções;
fundos de multimercado;
análise de carteira.
Taxas cobradastaxa de corretagem para ações: US$1,00
taxa de corretagem para opções: US$0,70 por contrato
taxa de saque: U$25,00
Nota geral (Reclame Aqui)Não possui página
Aplicativo (nota)Android (3,2) e iOS (3,0)
Sitehttps://www.interactivebrokers.com/en/home.php 
icon

Prós

Atuação em diversos mercados; experiência na área; planos com serviços adicionais sem taxas.

icon

Contras

Não oferece operação de câmbio dentro da plataforma; sem suporte em português, apenas inglês e espanhol; usuários indicam que a abertura de conta é burocrática para brasileiros; pode ter depósito mínimo de US$ 2.000, dependendo da localidade.


logo

6. Tastyworks

A Tastyworks também é uma das corretoras para investir no exterior disponíveis para brasileiros.

A plataforma pertence à Tastytrade, uma rede financeira de conteúdos para usuários norte-americanos.

Continua após a publicidade

Em um primeiro momento, não existem restrições de valor mínimo para abrir uma conta, o que torna o serviço ainda mais acessível.

Produtos oferecidosações e ETFs;
fundos de multimercado;
mercado futuro e de opções;
criptoativos.
Taxas cobradastaxa de corretagem: U$5,00
taxa de contratos de opções: U$1,00
saques: entre U$0,25 a U$1,00
Nota geral (Reclame Aqui)Não possui página
Aplicativo (nota)Android (2,6) e iOS (2,8)
Sitehttps://tastyworks.com/ 
icon

Prós

Taxa zero de custódia; sem valor mínimo para investir.

icon

Contras

Plataforma apenas em inglês; precisa de passaporte para abrir uma conta; taxas de corretagem.


Para quem busca corretoras para investir no exterior e se interessa por opções diferenciadas, o Saxo Bank pode ser uma alternativa.

A corretora dinamarquesa atua nos mercados dos principais países de primeira categoria, como Austrália, Alemanha, Japão e Suíça.

Além disso, atua no segmento desde 1990, sendo uma das corretoras com maior experiência na área.

Produtos e serviços oferecidosações e ETFs;
fundos de multimercado;
contratos futuros e de opções.
Taxas cobradastaxa de corretagem: US$ 18,00
taxa de custódia: 0,25%
taxa de inatividade (6 meses sem negociações): US$ 100
Nota geral (Reclame Aqui)Não possui página
Aplicativo (nota)Android (4,4) e iOS (4,6)
Sitehttps://www.home.saxo/
icon

Prós

Atuação em vários mercados internacionais; mais de 19 mil ações disponíveis; abertura de conta com menor burocracia.

icon

Contras

Taxas consideravelmente altas; não apresenta suporte em português;


logo

8. Zacks Trade

Para pequenos investidores que buscam corretoras para investir no exterior, a ZacksTrade pode ser uma plataforma interessante.

Continua após a publicidade

Ela apresenta taxas competitivas em relação a outras corretoras, além de atuar em 19 países, com amplo alcance.

Seus serviços de custódia são feitos pela Interactive Brokers, de modo que a tecnologia e as garantias dessa plataforma também se aplicam na ZacksTrade.

Produtos oferecidosações e ETFs;
fundos de multimercado;
mercado de opções.
Taxas cobradastaxa de corretagem: U$3,00
taxa de contratos de opções: U$3,00
comissões: 1% do valor
Nota geral (Reclame Aqui)Não possui página
Aplicativo (nota)Android (3,9), não possui opção para iOS
Sitehttps://www.zackstrade.com/ 
icon

Prós

Operação em vários países; plataforma de acompanhamento por desktop, tablet e aplicativo.

icon

Contras

Taxas de corretagem e custódia; não possui suporte em português; pouca variedade de ativos; valor mínimo de investimento é de U$2.500.


logo

9. DriveWealth

Por fim, a DriveWealth também se enquadra entre as corretoras para investir no exterior com recursos interessantes para brasileiros.

Continua após a publicidade

Embora a plataforma ainda esteja ganhando espaço no segmento, seus serviços podem atender satisfatoriamente clientes de países estrangeiros.

Fundada em 2015, com sede nos Estados Unidos, possui boa exposição ao mercado norte-americano e suas movimentações.

Produtos oferecidosações e ETFs;
fundos multimercado.
Taxas cobradastaxa de corretagem: US$ 0,0125
taxa de custódia: US$ 5,00
Nota geral (Reclame Aqui)Não possui página
Aplicativo (nota)Não possui aplicativo
Sitehttps://drivewealth.com/
icon

Prós

Opção de plataforma Pro; parceria com outras empresas; taxas acessíveis; sem investimento mínimo.

icon

Contras

Não tem suporte em português; não apresenta grande variedade de produtos; sem aplicativo; serviços ainda em expansão.

Quais as vantagens de investir no exterior?

Mesmo conhecendo as melhores corretoras para investir no exterior, muitas pessoas ainda ficam receosas quanto à essa possibilidade. No entanto, aplicar recursos diretamente no mercado estrangeiro pode trazer uma série de benefícios para o investidor.

Para realizar uma análise mais concreta sobre essa alternativa, e determinar qual corretora oferece os melhores recursos de acordo com o que você busca, confira as principais vantagens de investir no exterior:

Rentabilidade

A rentabilidade dos investimentos no exterior certamente é um dos pontos mais positivos dessa alternativa. Isso porque grande parte das operações são feitas em dólar, a moeda mais valorizada do mundo. Dessa forma, os ganhos, juros e dividendos também são distribuídos em dólar, o que potencializa os lucros, especialmente no momento da conversão para real.

Continua após a publicidade

Além disso, a bolsa de valores estadunidense é considerada a mais prestigiada do mercado global.

Assim, utilizar corretoras para investir no exterior permite aplicar recursos diretamente nessas plataformas, aproveitando ativos valorizados e em alta.

Enquanto isso, muitas plataformas também apresentam taxas acessíveis para investidores brasileiros, de modo que os custos de operação não são consideravelmente altos, e permitem um bom resgate dos rendimentos no futuro.

Diversificação de investimentos

Procurar corretoras para investir no exterior e consolidar uma carteira internacional permite que o investidor diversifique ainda mais os seus ativos.

Continua após a publicidade

Existem inúmeras possibilidades de investimento em bolsas de valores estrangeiras, que, muitas vezes, não estão disponíveis no mercado de ações nacional. Além disso, bolsas de valores como as dos Estados Unidos atraem ativos de todas as partes do mundo, o que aumenta ainda mais o catálogo de opções.

Muitas plataformas que oferecem serviços para brasileiros disponibilizam milhares de ações, além de ETFs, mercados futuros e fundos multimercado.

Desde empresas locais, até grandes multinacionais listadas na bolsa americana, ter uma carteira internacional oferece uma maior variedade de produtos para o investidor.

Ativos com maior liquidez

Liquidez é uma característica de investimentos que indica a facilidade com que o investidor pode resgatá-los na forma de dinheiro.

Continua após a publicidade

Nesse caso, diversos produtos brasileiros contam com uma taxa de liquidez reduzida, sendo difícil restituir o valor antes do prazo indicado pelo contrato ou negociar na bolsa.

No entanto, muitas corretoras para investir no exterior e bolsas de valores internacionais disponibilizam uma maior liquidez em suas ações e contratos. Isso ocorre por conta da quantidade de investidores nos mercados internacionais, em um volume maior do que no Brasil.

Assim, oportunidades diferenciadas de resgate são mais acessíveis, mesmo para estrangeiros.

Facilidade

É claro, também vale a pena mencionar a facilidade com que os investidores brasileiros podem aplicar recursos em ativos internacionais, principalmente no momento atual. Isso é possível não apenas por conta das corretoras para investir no exterior, mas também pela acessibilidade proposta pelos mercados estrangeiros.

É interessante atrair outros públicos, vindo de países do exterior, para aumentar a valorização dos ativos e incentivar a globalização dos investimentos.

Continua após a publicidade

Dessa forma, a facilidade para investir no exterior aumentou consideravelmente nos últimos anos, e é uma vantagem para quem deseja se arriscar nesse segmento. Em alguns casos, adquirir ativos de fora é tão simples quanto investir nacionalmente, além de ser um procedimento seguro e com todas as certificações necessárias.

Com menos burocracia e mais alternativas, o investidor estrangeiro pode aproveitar todos os benefícios de maneira mais prática, enquanto beneficia também o mercado financeiro que disponibiliza esses ativos.

Outras formas de investir no exterior

Agora, caso o investidor ainda esteja em dúvida sobre começar a aplicar recursos diretamente no mercado internacional, ou não consiga escolher entre as corretoras para investir no exterior, existem outras alternativas disponíveis.

Trata-se de produtos com aplicação indireta, disponíveis no mercado brasileiro, que facilitam esse acesso a produtos estrangeiros.

Continua após a publicidade

Veja mais detalhes sobre algumas alternativas para investir no exterior:

Fundos de investimento

Os fundos de investimento são ativos que reúnem vários investidores em um ativo, com recursos administrados por um gestor especializado e profissional.

Um dos benefícios desse produto é a possibilidade de diversificação, uma vez que eles podem incluir diversos ativos ao mesmo tempo, inclusive do mercado internacional. Por exemplo, é possível criar fundos de várias ações, incluir multimercados e ativos ligados ao dólar, como nos fundos cambiais.

No entanto, o investidor não precisará se expor diretamente ao cenário financeiro, nem procurar corretoras para investir no exterior.

Todo o procedimento é administrado pelo gestor, e os investidores recebem apenas a distribuição dos rendimentos seguindo o acordado pelo coletivo.

Continua após a publicidade

Embora os ganhos possam ser reduzidos, por conta da divisão entre todos os participantes, trata-se de uma alternativa interessante para investir no mercado exterior com menor exposição. Os riscos são diluídos entre todos os participantes, e a existência de um gestor profissional diminui as responsabilidades do investidor.

Dessa forma, mesmo os iniciantes podem escolher essa opção, se quiserem investir em outros mercados fora do Brasil.

BDR

BDR é a sigla para Brazilian Depositary Receipt, ou Recibo de Depósito Brasileiro, em tradução livre. Como o nome indica, trata-se, realmente, de um recibo de compra. Nesse caso, ele é adquirido a partir do investimento em ações no exterior, mas de forma indireta.

O investidor que deseja aplicar seus recursos no mercado internacional, mas sem precisar de corretoras para investir no exterior, pode optar por um BDR. O ativo está disponível no mercado nacional, e, a partir dele, é possível expor os recursos em ações de determinadas empresas.

No entanto, vale a pena destacar que o investidor não se torna um sócio efetivo da companhia. Ele apenas expõe seus recursos em dólar, por exemplo, e pode receber rendimentos de acordo com a valorização indireta.

Em 2020, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) liberou o BDR para o público comum, o que impulsionou o produto no Brasil.

Entretanto, investidores que desejam, realmente, ter ações estrangeiras podem não se contentar inteiramente com o que os BDRs oferecem. Dessa forma, o mais indicado é procurar corretoras para investir no exterior de forma mais direta.

ETF

Por fim, uma das alternativas mais populares de investimento que englobam o mercado internacional são os ETFs. Os Exchange Traded Fund, também conhecidos como Fundos de Índice, são ativos que podem replicar a performance de empresas internacionais no mercado brasileiro.

Esses fundos acompanham o desempenho de carteiras teóricas, criadas por determinados indicadores com base em critérios de avaliação. Nesse caso, os índices avaliam as companhias que atendem aos requisitos, e criam uma carteira teórica, reproduzida pelos ETFs no mercado nacional.

A princípio, é possível investir em fundos de índice de várias origens, desde indicadores brasileiros, de mercados alternativos e também baseados em mercado internacionais.

Dessa forma, investidores que desejam adquirir ações ou produtos do exterior, mas de maneira indireta, podem contar com os fundos de índice como alternativa.

No entanto, os rendimentos também são reduzidos, por se tratar de uma exposição menos direta.

Quanto custa investir no exterior?

Ao avaliar corretoras para investir no exterior, é importante considerar os possíveis custos dessa operação.

Em um primeiro momento, grande parte das plataformas que oferecem esses serviços não possuem cobrança de abertura de conta. Desse modo, o investidor pode iniciar uma carteira sem taxas.

Posteriormente, será necessário se atentar para as tarifas de cada corretora, como taxa de corretagem e de custódia. Algumas também podem apresentar custos de saque e depósito. Por isso, o investidor deve avaliar cada alternativa, e verificar as tarifas para utilizar os serviços no exterior.

Além disso, é fundamental ressaltar que a maioria dos custos são cobrados em dólar, o que potencializa a taxa no momento da operação.

Ainda, um dos principais custos ao investir no exterior são as taxas de câmbio, para realizar a conversão entre moedas, como dólar e real. Para mandar dinheiro para a corretora, por exemplo, a taxa pode chegar a cerca de 1,7%, entre custo de spread e IOF.

Nesse caso, o investidor pode ter algumas despesas com seus investimentos no mercado estrangeiro, e vale a pena fazer todos os cálculos antes de iniciar as transações, para não ter surpresas no meio do caminho.

Como declarar investimentos no exterior? 

Finalmente, uma das preocupações do investidor que deseja aplicar recursos no exterior também pode envolver a declaração dos rendimentos no Imposto de Renda. Afinal, todos os tipos de investimentos devem estar no documento anual, para não ter problemas com a fiscalização e com a Receita Federal.

No entanto, embora as transações pareçam mais burocráticas, a declaração é relativamente simples.

O programa disponibilizado pelo governo possui diferentes abas e códigos para abranger o máximo de ativos possíveis. Dessa forma, basta localizar o item correspondente ao investimento durante o preenchimento, e inserir todas as informações necessárias.

Em geral, investimentos no exterior ocuparão a aba “Bens e Direitos”. Clicando em “Novo”, escolha o código correspondente ao ativo que deseja declarar e informe o país do investimento. Depois, basta inserir o valor e o câmbio no dia do investimento.

De qualquer forma, muitas das corretoras para investir no exterior também costumam disponibilizar suporte para essa declaração. Assim, o investidor pode contar com a ajuda de especialistas e documentos com todas as transações detalhadas, para não errar no momento da declaração.

Vale a pena contratar corretoras para investir no exterior?

Investidores que se interessam pelo mercado internacional já podem iniciar sua carreira com muito mais facilidade, graças às corretoras para investir no exterior.

O cenário de globalização está se transformando cada vez mais, tornando os mercados internacionais cada vez mais acessíveis, e com mais vantagens para o investidor.

No entanto, para aplicar recursos com a devida segurança e todas as garantias, é fundamental utilizar plataformas certificadas, e que ofereçam as ferramentas adequadas para essas operações.

A exposição direta ao mercado internacional pode trazer muitas vantagens para o investidor, mas é importante tomar as devidas garantias. Para isso, vale a pena conhecer as principais corretoras para investir no exterior, e escolher uma plataforma que combine com o seu perfil, e possa te ajudar a adquirir produtos no mercado estrangeiro.

Dessa forma, você poderá diversificar a sua carteira com segurança e tranquilidade, potencializando seus rendimentos com uma carreira internacional.

Sugestões de leitura do iDinheiro:

Continua após a publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.