Investimento no Banco Inter: saiba como funciona e o que oferece.

Existem várias formas de aplicar seu dinheiro. Há quem opte por corretoras de valores, que tendem a oferecer um portfólio diversificado.

Por outro lado, as instituições financeiras reduzem a burocracia, porque você faz tudo diretamente da sua conta. É exatamente assim que o investimento no Banco Inter funciona.

Continua após a publicidade:

Apesar dessa modalidade não existir desde o começo de sua história, as aplicações financeiras são mais um recurso dentro do aplicativo. Com isso, representam oportunidades para quem deseja ver seu dinheiro render.

Como esse processo funciona? Será que realmente vale a pena investir no Banco Inter ou é melhor procurar outra opção? Vamos explicar melhor neste artigo. Confira!

Continua após a publicidade

O Banco Inter

O Banco Inter foi criado em 1994, com o nome de Intermedium CFI. Nesse primeiro momento, funcionava apenas como financeira.

A marca pertence a família Menin, que também tem outras empresas, como a MRV Engenharia.

Devido ao portfólio de atuação do grupo dos proprietários, o Intermedium CFI tinha o objetivo de realizar operações de crédito imobiliário como prioridade.

No entanto, teve destaque no chamado middle market — que consiste em empresas com faturamento entre R$ 4,8 milhões e R$ 300 milhões ao ano, ou seja, de médio porte —e nas operações de crédito consignado.

Continua após a publicidade

Com esse sucesso, resolveu abrir o leque de opções e começou a oferecer linhas de empréstimo para empresas em 1999.

Já em 2008, pediu a autorização do Banco Central para operar como banco múltiplo. A partir disso, seu nome passou a ser Banco Intermedium.

Inter como banco múltiplo

Os bancos múltiplos são instituições financeiras públicas ou privadas autorizadas a operarem com conta-corrente e poupança, investimentos, depósitos, transferências etc.

Seu nome vem da combinação de diferentes serviços prestados ao público. Atualmente, as possibilidades de bancos são:

Continua após a publicidade

  • comercial, voltado para conta-corrente;
  • de crédito imobiliário;
  • banco de investimento e/ou desenvolvimento;
  • de financiamento.

O múltiplo tem dois ou mais dessas atuações em sua carteira de serviços. Alguns exemplos são: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Santander e Itaú.

Os investimentos começaram a ser oferecidos no Banco Inter em 2013, quando foi fundada a Intermedium Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários (DTVM).

Um ano depois, a conta digital do Inter entrou no mercado, sendo a razão do atual reconhecimento da instituição financeira hoje.

Outra novidade ocorreu em 2016, quando o banco também começou suas operações de câmbio e cartão de crédito. Atualmente, a empresa tem 6 milhões de clientes, conforme dados de julho de 2020.

Continua após a publicidade

Serviços

Além dos investimentos, o Banco Inter oferece serviços específicos para pessoas físicas e jurídicas. Para as primeiras, as operações permitidas são:

Para empresas, existem duas contas digitais: para pessoa jurídica e para MEI. A primeira oferece mais recursos. No entanto, em ambas não há cobrança de tarifa. Outros serviços oferecidos são:

  • empréstimos corporativos;
  • financiamento imobiliário;
  • seguros;
  • câmbio;
  • antecipação das vendas feitas no crédito sem aplicação de taxas;
  • empréstimo consignado privado sem custo para a empresa e voltado para os colaboradores.

Os investimentos no Banco Inter

Os investimentos estão disponíveis no Banco Inter apenas para pessoas físicas. Ao clicar no menu do site, você terá duas opções: a Plataforma Aberta Inter (PAI) e o Win. Inter Wealth Management. Confira cada uma das alternativas.

PAI

A plataforma permite investir da forma que você quiser e sem intermediários. Os produtos de investimentos estão disponíveis diretamente no aplicativo. Eles são classificados da seguinte forma:

Continua após a publicidade

Renda fixa 

Contempla aplicações financeiras conservadoras e com o mínimo de risco. As opções disponibilizadas no portfólio são:

  • Certificado de Depósito Bancário (CDB);
  • Letra de Crédito Imobiliário (LCI) e do Agronegócio (LCA);
  • Letra Imobiliária Garantida (LIG);
  • Certificado de Recebíveis Imobiliário (CRI) e do Agronegócio (CRA);
  • debêntures;
  • poupança;
  • Tesouro Direto.

Fundos de investimentos

Funcionam como um condomínio, ou seja, você compra uma cota e o dinheiro é gerenciado por um profissional especializado. Há cobrança de taxas de administração e performance, mas o Banco Inter promete devolver parte desses valores.

Previdência privada

É uma modalidade voltada para a formação da aposentadoria. Esse investimento no Banco Inter está atrelado à Icatu Seguros e permite investir um valor mensal ou fazer os aportes apenas quando você quiser.

Renda variável

São aplicações financeiras voltadas para investidores mais arrojados, isto é, que aceitam correr mais riscos para ter um potencial de retorno maior. Aqui, estão incluídos:

Continua após a publicidade

  • compra e venda de ações;
  • aluguel de ações;
  • opções;
  • termo;
  • mercado futuro.

Ofertas públicas

Consistem em títulos e valores mobiliários emitidos por empresas. Ficam disponíveis por apenas determinado período. Por isso, requer acompanhamento diário.

Em qualquer um dos casos, é preciso apenas abrir a sua conta do Banco Inter e fazer o teste do seu perfil de investidor.

A promessa é taxa zero para custódia e corretagem para títulos negociados na bolsa de valores.

Win

É voltado para quem precisa de um atendimento personalizado, a fim de aumentar e consolidar seu patrimônio.

Continua após a publicidade

O foco deste produto são os clientes com mais de R$ 1 milhão investidos, também chamados de private. 

A partir das informações repassadas, a plataforma oferece os melhores investimentos do Banco Inter, totalmente adequados aos objetivos de curto e longo prazos. Serviços disponíveis:

  • wealth planning, ou seja, um planejamento estratégico para facilitar o alcance dos seus objetivos;
  • planejamento patrimonial, para alinhar os seus ativos e garantir a otimização fiscal e o planejamento sucessório;
  • soluções em crédito, a fim de alavancar suas compras e os movimentos estratégicos sem comprometer sua liquidez, ou seja, a possibilidade de resgatar o dinheiro de forma antecipada;
  • research, que consiste em análises do cenário macroeconômico, além dos ativos de crédito e equity para gestão estratégica dos portfólios;
  • carteiras administradas e fundos exclusivos, com gerenciamento dos investimentos conforme seu perfil e com base na gestão de risco;
  • offshore, que permite definir e estruturar a possibilidade de fazer investimentos no exterior e construir uma carteira diversificada;
  • câmbio, realiza transferências internacionais pela própria plataforma do Banco Inter.

Curiosidade: Equity é uma modalidade em que você adquire parte da sociedade de uma empresa por meio de cotas, ações e outros valores mobiliários.

Vale a pena investir no Banco Inter?

Para responder essa pergunta, é preciso analisar as diferentes opções de investimentos do Banco Inter.

Continua após a publicidade

Por um lado, o portfólio é diversificado. Além disso, quem tem um perfil diferenciado é atendido de forma personalizada, o que não acontecia até pouco tempo atrás — o anúncio do Win foi feito em julho de 2020.

O banco também está sempre oferecendo novas soluções e encontrando nichos de mercado. Por exemplo, ainda em julho de 2020, também anunciou a Conta Digital Kids com cartão de débito, para incentivar a educação financeira das crianças.

Por outro lado, o site não deixa claro quais são as taxas cobradas. Apenas informa que não há taxa de corretagem e custódia para renda variável e cashback para fundos de investimentos.

Ainda assim, nesse último caso, é preciso ver se compensa esse retorno.

No Reclame Aqui, o perfil da empresa é positivo, com uma nota geral de 7,9. Nesse período de 3 anos, foram respondidas 98,8% das reclamações, sendo que 75,3% voltariam a fazer negócio. O índice de solução é de 81,7% e a nota do consumidor, de 6,65.

Continua após a publicidade

Considerando o primeiro semestre de 2020, os dados melhoraram. A nota passa para 8,1, com 99,9% das reclamações respondidas. Do total de pessoas que fizeram algum comentário, 76,2% voltariam a fazer negócio. O índice de solução é de 82,8% e a nota do consumidor passa para 6,91. 

Entre as principais reclamações, não existem menções específicas a investimentos. Portanto, essa é uma boa notícia para quem deseja alocar seu dinheiro para ganhar mais.

De toda forma, vale sempre aquela máxima: compare e veja se realmente vale a pena fazer investimentos no Banco Inter. Dessa forma, você toma sua decisão de maneira mais acertada.

Gostou de ver essa dica e quer conferir outras sugestões? Assine a newsletter do iDinheiro e receba as atualizações no seu e-mail.

Publicidade