Rendimento da poupança hoje: Com a Selic em 2%, poupança passa a render 0,11% ao mês. Entenda como calcular!

Diante do cenário atual de crise e pandemia você deve estar se perguntando: Qual o rendimento da poupança em 2020? Ainda vale a pena investir na poupança hoje? 

Continua após a publicidade:

Se você tem essas dúvidas… Fica comigo até o final desse artigo, pois irei te explicar tudo que você precisa saber para que nunca mais tenha dúvidas quando o assunto for rendimento da poupança e o juros que ela rende.

O que é e como funciona a poupança?

A poupança​, ou caderneta​ de poupança​, como é chamada por muitos, é o investimento mais popular do Brasil, já que segundo a pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) feita em 2019, essa é a escolha de 65% das pessoas como opção de onde guardar dinheiro

Continua após a publicidade

Ao depositar dinheiro na poupança você receberá um rendimento mensal.

A rentabilidade da poupança é a​ mesma em qualquer banco​ que ofereça esse tipo de aplicação, pois as suas taxas são definidas e reguladas pelo Banco Central do Brasil.

Quanto rende a poupança?

Atualmente, de acordo com a nova regra, a poupança rende 70% da taxa Selic se a mesma tiver abaixo de 8,5%.

Hoje, a taxa Selic, taxa básica de juros da economia brasileira, encontra-se em 2% (Definida na última reunião do Copom, em 05 de agosto de 2020). 

Desta forma, o rendimento da poupança é de 1,4% ao ano; já o juros da poupança mensal é de 0,11%.

Continua após a publicidade

Na prática, isso significa que ao investir 1 mil reais na caderneta de poupança após um ano, o rendimento em juros desse investimento seria de 14,00 reais, totalizando assim 1.014,00 reais ao final do período. 

Como o juros mensal da poupança hoje é de 0,11%, então, com 1 mil reais depositados, após 1 mês esse valor será de R$1001,10, gerando de juros somente 1 real e 10 centavos. 

Muito pouco, não é mesmo? O rendimento da poupança realmente nunca esteve tão baixo.

Isso se deve ao fato de estarmos atualmente na menor taxa Selic da história, impactando assim diretamente o rendimento de diversos investimentos de renda fixa, incluindo a poupança. 

Agora você sabe exatamente quanto rende a poupança hoje. Veja, a seguir, como calcular.

Como é calculado os juros da poupança?

Desde maio de 2012, entrou em vigor a nova regra para rendimentos da poupança que ficou conhecida como a poupança nova.

Continua após a publicidade

Com isso, para se calcular o seu rendimento é importante saber a data do depósito, pois a depender da data, a regra dos juros aplicados é diferente.

Regra nova

Para depósitos a partir do dia 4 de maio de 2012;

Se a taxa Selic estiver igual ou abaixo de 8,5%.

  • Rendimento da poupança é de 70% da taxa Selic + TR (Taxa referencial)

Já se a taxa Selic estiver acima de 8,5% ao ano;

  • Rendimento da poupança é 0,5% ao mês + taxa referencial

Como a taxa Selic hoje está em 2% ao ano, a rentabilidade da nova poupança é de 70% da taxa Selic (0.7 x 2%) rendendo assim 1,4% ao ano, que equivale a 0,11% ao mês. 

Observação: É importante lembrar que a poupança é um investimento isento de impostos.

Ilustração sobre a nova regra da poupança

Regra antiga

Válida para depósitos feitos antes de 4 de maio de 2012.

Em depósitos anteriores a 4 de maio de 2012, a rentabilidade da poupança é fixada em 0,5% ao mês + taxa referencial (que hoje está zerada).

Dessa forma, a também conhecida como poupança antiga, tem o rendimento de 6,16% ao ano (uma excelente rentabilidade diante do cenário atual).

Continua após a publicidade

Aprenda a simular o rendimento da poupança

Agora que você já sabe que a poupança hoje rende 1,4% ao ano, que equivale a 0,11% ao mês, vou te ensinar como você pode simular alguns cenários através de uma calculadora de juros compostos.

Primeiro passo: acessar a calculadora; o segundo é preencher os campos Valor inicial e Valor mensal (caso vá depositar dinheiro mensalmente). Confira a aparência da calculadora na imagem a seguir.

Rendimento da poupança hoje: Com a Selic em 2%, poupança passa a render 0,11% ao mês. Entenda como calcular!

Lembrando que, se você quiser simular o rendimento em anos, deve selecionar % anual no campo Taxa de juros. Já se quiser simular em meses, deve selecionar % mensal.

Para % anual, deverá colocar a taxa de juros de 1,40. Por outro lado, para % mensal, deve colocar a taxa 0,11. Por fim, basta selecionar o número de anos ou de meses. 

Continua após a publicidade

Pronto, agora você está pronto para fazer projeções e ver os resultados.

Fiz um exemplo simples para você ver como funciona. Coloquei o valor de 1 milhão de reais como valor inicial, sem definir valor mensal, e um prazo de 5 anos.

O resultado dessa simulação foi que ao final dos 5 anos o total ganho em juros será R$ 71.987,22.

Sendo o valor em juros do primeiro mês R$ 1.400,00. 

Essa foi uma simulação simples para você ver quanto rende 1 milhão na poupança, fique à vontade para fazer simulações com 100 mil, 10 mil e até de 1 mil reais e ver a simulação que mais se encaixa no seu perfil.

Se você gostou da nossa calculadora de juros compostos, ela também está disponível para aplicativos Android e iOS.  Você pode baixar gratuitamente!

Continua após a publicidade

Qual o rendimento da poupança em 2020?

O rendimento hoje da poupança é de 1,4% ao ano. Para calcular o rendimento de 2020 temos que esperar o fechamento mês a mês. Você pode acompanhar que iremos atualizar os juros a cada mês.

Segue a tabela do rendimento da poupança mês a mês para o ano de 2020.

Mês/2020Rendimento mês da poupança nova
Janeiro0,25%
Fevereiro0,25%
Março0,24%
Abril0,22%
Maio0,17%
Junho0,13%
Julho0,13%
AgostoEm breve
SetembroEm breve
OutubroEm breve
NovembroEm breve
DezembroEm breve

Fonte: Banco Central 

Qual foi o rendimento da poupança em 2019?

Em 2019, a poupança teve um rendimento de 4,26% no ano.

Como você já sabe, o rendimento da nova poupança é atrelado à taxa Selic e, no transcorrer do ano de 2019, a mesma sofreu cortes consecutivos que fizeram com que de 6,5% do início do ano terminasse em 4,5% ao final de 2019 (Fonte: Banco Central).

Como calcular a rentabilidade real levando em conta a inflação

É importante lembrar que até aqui estamos sempre falando de rentabilidade nominal, ou seja, não estamos levando o efeito da inflação nas nossas simulações e exemplos.

Continua após a publicidade

Porém, é muito importante você levar em conta a inflação, que é o aumento generalizado de preços em um período de tempo.

Quando você subtrai a rentabilidade nominal da inflação, o resultado é a rentabilidade real.

Para ajudar você a ver essas simulações na prática, preparei a tabela abaixo que trás a rentabilidade nominal, inflação e rentabilidade real da nova poupança desde 2012.

AnoRentabilidade NominalInflaçãoRentabilidade Real
20194,26%4,31%-0,05%
20184,62%3,75%0,84%
20176,61%2,95%3,55%
20168,30%6,29%1,89%
20158,15%10,67%-2,28%
20147,16%6,41%0,71%
20136,37%5,91%1,43%
20126,47%5,84%0,60%

Fonte: Banco Central

Como podemos notar, o efeito da inflação tem um resultado interessante quando olhamos para a rentabilidade real, pois anos como 2015, onde a rentabilidade nominal foi maior que a maioria dos anos por conta da inflação, fizeram com que a rentabilidade real fosse negativa em 2,28%.

De forma prática, quem investiu somente na poupança em anos de rentabilidade real negativa, como os de 2015 e 2019, perdeu poder de compra por causa do efeito da inflação.

Continua após a publicidade

Ainda vale a pena investir na poupança hoje?

Não espere utilizar a poupança com a finalidade de multiplicar seu dinheiro ou mesmo ter bons rendimentos, já que o rendimento esperado da poupança em 2020 é abaixo de 2%, rendimento inferior à inflação projetada para este ano.

A caderneta é a porta de entrada para criar o hábito de guardar dinheiro e investir, mas se você deseja ter resultados e rentabilidades maiores com seu patrimônio, vai precisar procurar outras opções de investimentos.

Se tratando de uma reserva de emergência, ela pode ser uma boa opção para parte do seu dinheiro, por conta do rendimento (mesmo que este seja pequeno), da facilidade de acesso e liquidez.

Eu costumo dizer que “melhor a poupança do que guardar dinheiro em casa ou mesmo títulos de capitalização”.

Continua após a publicidade

Como funciona o aniversário da poupança?

É um conceito bem simples e importante para você entender como funciona o rendimento da poupança.

O aniversário da poupança é o dia em que seu dinheiro irá gerar a rentabilidade. 

Para ficar mais claro, se você realiza uma aplicação na poupança no dia 5 de um determinado mês, esse será o dia em que a cada mês subsequente irá gerar os juros da rentabilidade da sua aplicação. 

Assim, se você investiu 100 reais na poupança no dia 5 de agosto, somente no dia 5 setembro que será acrescido o rendimento ao valor investido inicialmente. 

Continua após a publicidade

Melhores opções de bancos para ter uma conta poupança

Você já pode ter se perguntado qual o banco com a maior taxa de juros para poupança?

A resposta correta para essa pergunta é: todos possuem a mesma taxa, pois os juros são os mesmos em qualquer instituição, uma vez que as regras são regulamentadas e definidas pelo Banco Central do Brasil. 

Então, como escolher em qual banco devo guardar o meu dinheiro? Coloque naqueles que são os bancos mais consolidados e tradicionais. 

Algumas opções são poupança Caixa, poupança Itaú, poupança Banco do Brasil, poupança Bradesco e poupança Santander. 

Continua após a publicidade

Mas lembre-se que escolher entre essas opções não fará muita diferença em termos de rentabilidade.

O ideal é buscar benefícios (com as instituições com que você tem relacionamento) como cortar taxas por investir seu dinheiro com eles.

O que é preciso para abrir uma conta poupança?

De forma geral, os documentos necessários para abrir uma conta são RG, CPF e comprovante de residência. 

Normalmente, você pode abrir conta poupança mesmo com o nome negativado e não precisa comprovar renda. Em alguns bancos, já é possível abrir uma conta de forma totalmente online.

Continua após a publicidade

Posso utilizar a poupança para reserva de emergência?

Sim, você pode utilizar a poupança para montar sua reserva financeira.

No entanto, apesar de ser sim uma opção você pode estar se perguntando se, diante do cenário atual, existem aplicações melhores do que a poupança? Será que ainda vale a pena investir na poupança hoje?

A realidade é muito simples: mesmo sendo a queridinha de grande parte dos brasileiros, a poupança não é a melhor opção para deixar as economias rendendo.

Isso porque a caderneta pode oferecer rendimentos muito baixos em comparação a outras modalidades disponíveis no mercado.

Atualmente, com o avanço da tecnologia, está muito mais fácil ter acesso a outros tipos de investimento com rentabilidades bem mais interessantes.

Continua após a publicidade

Vou te mostrar agora 4 modalidades de investimento que são parecidas com a poupança e que podem oferecer segurança atrelada a melhores rentabilidades, ideais para a reserva de emergência:

  • Tesouro Selic
  • CDB com liquidez diária
  • LCI
  • Fundos DI com liquidez diária

Para se aprofundar no assunto, eu recomendo fortemente nosso artigo melhores investimentos para sua reserva de emergência.

Conclusão

Viu como não é tão difícil começar a entender o funcionamento dos investimentos e como calcular a rentabilidade da poupança?

Para concluir, fica aqui algumas vantagens e desvantagens da famosa caderneta de poupança.

Como principal vantagem, fica a facilidade e rapidez no resgate para ter o dinheiro disponível quando você precisar em imprevistos. Outro ponto a favor é a segurança. 

Continua após a publicidade

Já a grande desvantagem é a baixíssima rentabilidade, visto que facilmente é possível encontrar opções tão seguras quanto e com rentabilidades ligeiramente maiores.

Meu último conselho é para você que está dando seus primeiros passos no mundo dos investimentos.

Lembre-se sempre que poupar todos os meses e fazer seu planejamento financeiro é o fator de maior importância no início da sua trajetória. 

Para lhe ajudar, você pode utilizar um aplicativo de controle financeiro e começar hoje a organizar suas finanças, para ver seu dinheiro render muito mais.

Quer ter acesso a outros conteúdos como esse? Assine a newsletter do iDinheiro e receba atualizações sobre os mais variados assuntos envolvendo o tema dinheiro!

Publicidade