Corretora de valores para PJ: onde abrir conta para empresas?

Veja opções de corretoras de valores que aceitam conta PJ e conheça a documentação necessária.

B612_20210521_152657_024_2
Melissa Nunes

Encontrar as melhores corretoras de valores para PJ é o primeiro passo para empresas que decidiram realizar investimentos com o seu recurso financeiro. Essa alternativa é interessante para companhias que desejam diversificar o seu capital, criar uma reserva de emergência ou proteger o seu patrimônio com ativos.

No entanto, para realizar esse tipo de operação, é essencial contar com uma plataforma adequada, que permita a realização de investimentos seguros e vantajosos para a pessoa jurídica.

Continua após a publicidade

Pensando nisso, listamos as principais opções em corretoras de valores para PJ, e, também, as plataformas que ainda não trabalham com essa modalidade. Veja mais detalhes sobre as gestoras mais populares para empresas e entenda qual a diferença de operar como pessoa jurídica e pessoa física.

É possível investir como PJ?

Embora seja uma possibilidade menos comum, é possível fazer investimentos como PJ. Nesse caso, a instituição que deseja adquirir ativos para a sua carteira realiza todas as negociações utilizando seu CNPJ. Assim, mesmo que existam gestores ou contadores por trás da operação, todos os documentos levam o nome da companhia.

Continua após a publicidade

Além disso, não apenas é possível trabalhar com corretoras de valores PJ, como também existe a chance de vincular outros serviços à essas plataformas. Por exemplo, a corporação está livre para utilizar sua conta bancária jurídica para receber os lucros ou pagar a compra de ativos nessas plataformas.

Dessa forma, todas as etapas de negociação são feitas com um CNPJ, em vez de utilizar o documento de pessoa física, que é mais comum entre o universo dos investidores.

A possibilidade de investir como PJ surgiu da necessidade de movimentar o capital estagnado das empresas. É comum que muitos gestores busquem ter um recurso reserva para trabalhar com imprevistos ao longo da operação. Ainda, o fluxo de caixa positivo e recebimentos que a companhia venha a ter também são saldos que podem ficar parados na conta bancária da empresa.

No entanto, esses valores não geram nenhum tipo de renda passiva, e, se porventura estiverem em uma conta poupança, apresentam um rendimento muito abaixo do esperado. Com isso, a alternativa de investir em ativos como pessoa jurídica passou a interessar os administradores, uma vez que se tornou viável multiplicar o patrimônio com mais segurança e praticidade.

Continua após a publicidade

Para atender esse novo mercado, surgem as corretoras de valores para PJ, com serviços voltados especialmente para clientes jurídicos.

Diferenças entre investir como PF e como PJ

Em um primeiro momento, as corretoras de valores para PJ não apresentaram mudanças consideráveis em relação às suas funcionalidades convencionais. Inclusive, muitas opções que trabalhavam com pessoas físicas passaram a estender seu atendimento para pessoas jurídicas, sem precisar alterar sua estrutura.

Dessa forma, as diferenças entre os serviços não são significativas, uma vez que os recursos e uso das plataformas são semelhantes.

No entanto, existem distinções quanto à realização de investimentos como pessoa física e pessoa jurídica. Nesse caso, vale a pena conhecer os principais pontos entre aplicar recursos como investidor comum, ou como instituição:

Continua após a publicidade

Investidor PFInvestidor PJ
Investimentos
disponíveis
check mark Renda fixa pública
check mark Renda fixa privada
check mark Fundos de investimentos
check mark Renda variável
negativo, falso, xis Renda fixa pública
check mark Renda fixa privada
check mark Fundos de investimentos
check mark Renda variável
TributaçãoIsenção em LCI, LCA, CRI, CRASem isenção
Documentação
exigida
Dados pessoais– DRE
– Balanço patrimonial
– Declaração de faturamento dos últimos 12 meses
– Última alteração contratual dentro da empresa

Investimentos disponíveis

A princípio, uma das principais diferenças em investir como PF e como PJ são os ativos disponíveis para cada categoria.

Em um primeiro momento, o investidor comum, que opera como pessoa física, pode ter acesso a uma grande variedade de produtos de renda fixa e variável.

Enquanto isso, investir como pessoa jurídica pode trazer algumas restrições para a companhia. Isso porque existem produtos financeiros, como o Tesouro Direto, disponíveis somente para pessoa física, o que reduz as possibilidades de aplicação.

Por outro lado, algumas corretoras de valores para PJ também oferecem ativos exclusivos para as empresas, como forma de equilibrar as alternativas para as corporações.

Continua após a publicidade

Contudo, de modo geral, existe a recomendação para que as pessoas jurídicas invistam somente em produtos de renda fixa. Uma vez que a principal meta é movimentar o capital parado, escolher produtos de renda variável pode ser mais arriscado, pois o produto é menos estável e depende de um acompanhamento mais monitorado.

Tributação

Enquanto isso, outro ponto de atenção para investimentos como pessoa física ou pessoa jurídica é a tributação relativa de cada recebimento.

O Brasil possui alíquotas diferenciadas para investidores comuns, com a possibilidade de isenção ou redução nos impostos devidos sobre determinados investimentos. Trata-se de uma forma de incentivar a aplicação de recursos dentro do país, além de facilitar o acesso para pessoas físicas no cenário financeiro nacional.

Por outro lado, investidores PJ não têm essas facilidades fiscais oferecidas às pessoas jurídicas, sendo obrigadas a pagar as alíquotas integrais, sem ofertas de redução. Assim, além de trazer mais custos em tributação, alguns investimentos, que são interessantes para as pessoas físicas, deixam de ser atrativos para as empresas.

Continua após a publicidade

Documentação e regulação

Por fim, outra diferença notável entre investimentos de pessoas físicas e pessoas jurídicas é a necessidade de documentação e regulação entre ambos.

Os investidores comuns podem realizar seu cadastro de maneira simples, informando somente alguns dados básicos e seu CPF. Com isso, existem menos burocracias para permitir seu acesso nas plataformas, uma das características que incentivam a adesão de pessoas comuns.

Enquanto isso, corretoras de valores para PJ costumam solicitar um número maior de documentações para abrir uma conta e realizar as negociações. Isso ocorre por conta da necessidade de comprovação de legalidade para os órgãos de fiscalização financeira.

Caso uma empresa esteja realizando atividades ilegais, ou deixando de cumprir com as suas obrigações tributárias, as corretoras devem identificar e informar a Receita Federal. Por esse motivo, solicitam uma série de documentos que comprovem a autenticidade da companhia, além de solicitarem vistorias periódicas.

Continua após a publicidade

Quais corretoras de valores permitem abrir conta PJ?

Agora, depois de conhecer a possibilidade e concluir que a empresa pode aproveitar os benefícios de ter investimentos como pessoa jurídica, o próximo passo é conhecer as corretoras de valores para PJ.

Não são todas as plataformas registradas no mercado que possibilitam a abertura de conta com CNPJ. Dessa forma, antes da empresa tomar uma decisão e escolher a sua alternativa, é necessário conferir quais os nomes que contam com essa modalidade de serviço.

Por isso, separamos abaixo algumas das principais opções de corretoras que trabalham com pessoas jurídicas, para orientar administradores interessados em realizar negociações como corporação. Você pode usar o link “Abrir conta PJ” para ser direcionado para o site da corretora ou clique em “Saber mais” se quiser conferir mais informações sobre a instituição.

Corretora de valoresAbertura de contaMais informações
Órama Investimentos Abrir conta PJ Saber mais
Toro Investimentos Abrir conta PJ Saber mais
Ágora Investimentos Abrir conta PJ Saber mais
Modalmais Abrir conta PJ Saber mais
BTG Pactual Abrir conta PJ Saber mais
XP Investimentos Abrir conta PJ Saber mais
Guide Investimentos Abrir conta PJ Saber mais
CM Capital Abrir conta PJ Saber mais
Warren Abrir conta PJ Saber mais
icon

Dica

Em geral, para abrir uma conta PJ em corretoras de valores, a pessoa jurídica deve entrar em contato por e-mail e enviar a documentação solicitada. Por isso, caso não consiga seguir com o processo de abertura de conta normalmente, contate a corretora do seu interesse e peça informações sobre o procedimento a ser tomado.


13 melhores corretoras de investimentos para investir em 2022


Quais corretoras não permitem abrir conta PJ?

A empresa interessada em investir pode ter algumas preferências quanto às corretoras de valores para PJ que deseja avaliar. No entanto, nem todos os principais nomes de destaque no mercado estão disponíveis para realizar essa movimentação.

Continua após a publicidade

Por esse motivo, é importante conhecer, também, as plataformas que não permitem ao investidor abrir uma conta como pessoa jurídica.

Rico

A corretora Rico é um dos nomes mais populares do segmento, criada em 2011 com intenção de revolucionar a forma como os investidores realizam suas negociações no mercado. Desde seu início, acumula uma série de pontos positivos, especialmente no quesito educação financeira, onde disponibiliza uma série de canais e conteúdos para auxiliar novos usuários.

Além de trazer ferramentas interessantes para o investidor, como simuladores e uma plataforma de fácil acesso, a Rico também é conhecida por seu blog e canais educativos, com vídeos e artigos de especialistas sobre economia. Dessa forma, pode instruir os investidores e auxiliá-los em sua jornada de aplicações.

No entanto, entre as corretoras de valores para PJ, a Rico não é uma alternativa. Isso porque a plataforma ainda não permite que empresas realizem uma abertura de conta com CNPJ.

Continua após a publicidade

Ao pesquisar na sua central de ajuda sobre a possibilidade de abrir conta PJ, a resposta obtida é: “Não. A Rico realiza apenas abertura de conta para pessoa física.”

Assim, até o momento, o foco dos seus serviços está voltado para pessoas físicas, e o cadastro só pode ser feito com CPF.

NuInvest

Enquanto isso, também temos a corretora do Nubank, chamada NuInvest. A estrutura original da plataforma era a antiga Easynvest, que atua no mercado desde 1968. No entanto, ela foi comprada pela instituição financeira em 2020, tornando-se parte do catálogo de serviços da roxinha.

Dessa forma, a NuInvest se apresenta como uma corretora relativamente nova, embora também esteja entre os nomes mais cotados do mercado. Isso porque ela se destaca com taxas relativamente baixas, alta facilidade de acesso para o investidor e atendimento diferenciado.

Continua após a publicidade

Por esses motivos, a NuInvest também pode estar entre as corretoras de valores para PJ cotadas pelas empresas que se interessam pela contratação desse serviço.

No entanto, até o momento, a corretora da Nubank ainda não trabalha com contas para pessoa jurídica. A informação é disponibilizada na própria página de suporte da instituição, uma vez que diversos gestores entram em contato com o banco digital para questionar essa possibilidade.

A adesão a essa categoria pode não ter acontecido ainda por conta do tempo de atuação da plataforma, que é recente, em comparação a outras corretoras. Contudo, não existe nenhuma justificativa oficial para a autorização somente de pessoas físicas na Nu Invest, além de não haver data de previsão para liberação dessa modalidade.

Enquanto isso, as empresas podem abrir uma conta PJ dentro do Nubank, realizando movimentações financeiras como saques, depósitos e pagamentos. Somente a aplicação de recursos na bolsa de valores e com outros ativos ainda não é permitida.

Continua após a publicidade

Clear

Por fim, a Clear também pode ser uma das opções de corretoras de valores para PJ avaliadas pelas empresas. Afinal, ela possui muitos anos de atuação no mercado, sendo administrada por um dos maiores grupos financeiros do Brasil, a XP Inc. Desde 2014, a plataforma faz parte do catálogo da gestora, sendo um serviço acessível e vantajoso para os investidores.

A Clear foi a primeira corretora a zerar as taxas de corretagem para investimentos nacionais, o que atraiu milhares de usuários. Enquanto isso, serviços como ferramentas especializadas para traders, analistas profissionais e conteúdos educativos também permitiram que a corretora se destacasse no mercado.

Dessa forma, muitos gestores podem se interessar pela alternativa na hora de procurar corretoras de valores para PJ.

No entanto, a Clear também não opera nesta modalidade ainda. Em outras palavras, não existe a possibilidade de abrir uma conta utilizando CNPJ, somente documentos de pessoa física, como a própria corretora informa no seu FAQ: “Não! Na Clear apenas abrimos contas para pessoas físicas (PF) utilizando um número válido de CPF.”

Continua após a publicidade

Além disso, assim como as demais opções que não trabalham com este nicho, a Clear não informa se existem pretensões de adotar essa nova funcionalidade em sua plataforma. Por isso, empresas que desejam começar a investir seu capital devem procurar outras corretoras de valores para PJ.

Documentos necessários para abrir conta PJ em corretoras

Além de analisar as corretoras de valores para PJ disponíveis para atender a demanda da companhia, existem outros pontos que valem a pena serem mencionados na hora de iniciar essas operações, como a documentação necessária.

Isso porque a fiscalização é mais rígida quanto à aplicação de recursos por parte de instituições, e as plataformas costumam pedir mais papéis para realizar a abertura da conta. Assim, ter todos os documentos separados previamente pode ajudar na hora de cadastrar a empresa e começar a investir como pessoa jurídica.

Veja os principais documentos que podem ser exigidos no momento de abertura:

1. Última alteração contratual

Assim como os investidores de pessoa física devem fornecer seus documentos básicos para abertura de conta nas corretoras, as empresas também precisam fazer isso.

Continua após a publicidade

Nesse caso, o papel mais comum de ser solicitado é a última alteração contratual. Dessa forma, a instituição disponibiliza suas informações mais recentes. Algumas corretoras podem pedir o contrato social original, mas fornecer a cópia com a última alteração contratual permite que as plataformas tenham todos os dados mais atuais.

Ainda, uma vez que a maioria dos processos já acontece digitalmente, esse documento pode ser fornecido de forma virtual, com assinatura eletrônica dos sócios e gestores.

2. Balanço patrimonial

O balanço patrimonial é o documento que apresenta a situação real da empresa, incluindo seus ativos e passivos. Por isso, é um dos papéis mais importantes na abertura de uma conta de investimentos, pois a plataforma pode avaliar como está a divisão do patrimônio da companhia.

Além de ser um documento que comprova as condições financeiras da corporação, também auxilia os assessores e consultores na indicação dos melhores produtos para a empresa.

Continua após a publicidade

3. Demonstração de Resultados do Exercício (DRE)

A Demonstração de Resultados do Exercício, ou DRE, é um documento que apresenta se a empresa está tendo lucros ou prejuízos.

Assim como o balanço, trata-se de um documento necessário para auxiliar a corretora na elaboração de propostas personalizadas, além de trazer mais segurança para a abertura de conta. Por esse motivo, algumas corretoras de valores para PJ podem solicitar o DRE, e é importante que o gestor acione seu setor de contabilidade para deixar esse informativo pronto.

4. Declaração de faturamento do último ano

Por fim, a declaração de faturamento é um documento exigido também para os investidores pessoa física. Isso porque diversas corretoras de valores para PJ e para usuários comuns podem apresentar divisão de contas e serviços de acordo com o recebimento do cliente.

Dessa forma, para categorizar a empresa da maneira correta, oferecendo serviços de acordo com o que ela ganha, é necessário apresentar uma declaração de faturamento.

Continua após a publicidade

Contudo, para pessoas jurídicas o comprovante deve ser mais detalhado, reunindo informações do último ano.

Vale a pena investir como pessoa jurídica?

Por fim, depois de conhecer mais sobre as corretoras de valores para PJ e o que é necessário para abrir uma conta, muitos gestores podem questionar se vale a pena investir como pessoa jurídica.

Em um primeiro momento, trata-se de uma alternativa interessante para movimentar o capital da organização e gerar renda passiva. Dessa forma, os valores não ficam parados na conta, retornando juros e multiplicando o patrimônio.

Por outro lado, existem algumas burocracias presentes nessa modalidade, além das opções de corretoras de valores para PJ serem mais restritas. Nesse caso, se a empresa estiver disposta a atuar com regularidade e fornecer todos os documentos necessários, investir como pessoa jurídica pode ser uma opção atrativa para o fluxo de caixa.

Assim, vale a pena avaliar as possibilidades disponíveis no mercado, e estudar as principais plataformas para iniciar as operações de maneira legal e adequada.

Sugestões de leitura do iDinheiro:

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.