Melhor banco para investir: o ranking 2021

Grandes bancos ainda são os preferidos de muitos. Mas será que vale a pena investir por eles?

melissa nunes perfil
Melissa Nunes
Melhor banco para investir
1. Bradesco
2. Banco do Brasil
3. Santander
4. Itaú
5. Caixa Econômica Federal

Melhor banco para investir: o que avaliar antes de começar!

Não é novidade para ninguém que a maioria dos brasileiros não tem o hábito de poupar. Segundo uma pesquisa do SPC, realizada em 2018, 54% do público entrevistado não guardava nenhuma quantia em dinheiro. Quando consegue juntar, o investimento escolhido por 66% é a poupança.

Os dados são compreensíveis, afinal, o estímulo ao consumo é uma herança deixada pelos tempos de hiperinflação, nos anos 1980 e 1990. Além disso, a possibilidade de perda de capital não é nem mesmo considerada, por isso o perfil mais conservador para investir.

Continua após a publicidade

Mesmo assim, para quem começa, a pergunta “qual o melhor banco para investir” é bastante relevante, já que as opções de investimento variam de uma instituição para a outra. Portanto, continue lendo para entender melhor:

  • quais são os principais bancos brasileiros;
  • o ranking dos bancos tradicionais;
  • quais as vantagens e desvantagens de investir em um grande banco;
  • o que avaliar antes de investir;
  • se vale mais a pena investir em um banco digital ou uma corretora de investimentos.

Quais os principais bancos brasileiros?

Quando falamos em grandes bancos, mesmo com o crescimento dos bancos digitais, os tradicionais ainda ocupam as primeiras posições. Por passarem mais confiança, também são os escolhidos pela maioria da população, não só para adquirir uma conta corrente, mas também para fazer investimentos.

Continua após a publicidade

Atualmente, os 5 maiores bancos brasileiros são: Itaú Unibanco, Bradesco, Banco do Brasil, Santander e Caixa Econômica Federal. Juntos, eles detêm mais de 80% de todos os depósitos e empréstimos do país, segundo o último Relatório de Economia Bancária do Banco Central.

Diante disso, é fácil entender como esses bancos ainda são bastante relevantes e influenciam os hábitos de investimento do brasileiro.

Qual o melhor banco para investir?

Em uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2018 elegeu o Santander como “O Melhor Banco Para Você Investir”, seguindo diversos critérios. Veja como ficou o ranking:

ranking dos melhores bancos para o investidor eleitos pela FGV em 2018
Fonte: Istoé Dinheiro.

Para a nossa análise, usamos os 5 primeiros colocados. Porém, nosso ranking está um pouco diferente. Veja os resultados a seguir, baseados nos aspectos que tratamos no tópico anterior.

Continua após a publicidade

1º lugar – Bradesco

logo do banco bradescoAcesse o site
TaxasCadastro: R$ 30
Custódia: não há
Corretagem (Ágora): máx R$ 4,50
InvestimentosRenda fixa
Renda variável
Fundos de investimentos
Tesouro Direto
Previdência
AtendimentoNota geral reclame aqui: 7,6
Índice de reclamações: 22,78
PlataformasBradesco Corretora
Ágora Investimentos
Aplicativo do banco

Outras tarifas: clique aqui.

Em relação ao site da Bradesco Corretora, não há muitas opções e achamos o layout pouco intuitivo. Porém, a parceria com a Ágora Investimentos fornece uma plataforma bem mais moderna e fácil de usar, mas deixa o cliente sujeito às tarifas da corretora. Por fim, o aplicativo é bastante fácil de usar e permite fazer diversos tipos de aplicações.

2º lugar – Banco do Brasil

logo do banco do brasilAcesse o site
TaxasCadastro: R$ 30
Custódia: não há
Corretagem: R$ 4,90 + 0,02%
InvestimentosRenda fixa
Renda variável
Fundos de investimentos
Tesouro Direto
Previdência
AtendimentoNota geral reclame aqui: 7,0
Índice de reclamações: 21,25
PlataformasPortal do investidor
Aplicativo de investimentos

Outras tarifas: clique aqui.

Quanto às plataformas, o “Portal do investidor” é um portal próprio para fazer investimentos de todos os tipos, parece bastante fácil de utilizar e o home broker é simplificado. Já o aplicativo de investimentos tem boa usabilidade e consolida todas as aplicações do cliente e permite investir em todos os tipos de produtos. Além disso, possui uma calculadora de IR para auxiliar nas contas.

3º lugar – Santander

logo do banco santanderAcesse o site
TaxasCadastro: não há
Custódia: não há
Corretagem: R$ 10 + 0,5%
InvestimentosRenda fixa
Renda variável
Fundos de investimentos
Tesouro Direto
Previdência
AtendimentoNota geral reclame aqui: 7,1
Índice de reclamações: 31,38
PlataformasToro Investimentos
Santander Corretora
Aplicativo do banco

Outras tarifas: clique aqui.

A Toro Investimentos é uma corretora que foi recentemente adquirida pelo Santander, dando acesso à todo tipo de investimento e corretagem zero. Já a Santander Corretora dá acesso ao home broker, que tem uma estrutura relativamente simples e apresenta, também, os gráficos dos ativos. Quanto ao app, para investir basta acessar a aba de “investimentos” no menu lateral, onde é possível fazer aplicações em todos os tipos de produtos.

4º lugar – Itaú Unibanco

logo do banco itaúAcesse o site
TaxasCadastro: R$ 30
Custódia: não há
Corretagem: 0 para fundos imobiliários, outros R$ 10 + 30%
InvestimentosRenda fixa
Renda variável
Fundos de investimentos
Tesouro Direto
Previdência
AtendimentoNota geral reclame aqui: 7,5
Índice de reclamações: 19,72
PlataformasÍon Itaú
Itaú Corretora
Aplicativo do banco

Outras tarifas: clique aqui.

A Íon é uma plataforma exclusiva para o investimento em fundos de investimentos que permite acompanhar a evolução da carteira do usuário. Já a Ítau corretora dá acesso ao home broker, que é um pouco diferente dos comuns, mas com uma estrutura bastante simplificada. Finalmente, o aplicativo é bastante simples e fácil de usar, mas não recomendamos para as operações em bolsa por ser pouco prático.

Continua após a publicidade

5º lugar – Caixa Econômica Federal

logo da caixa econômica federalAcesse o site
TaxasCadastro: não há
Custódia: não há
Corretagem: R$ 4,49 + 0,02%
InvestimentosRenda fixa
Renda variável
Fundos de investimentos
Tesouro Direto
Previdência
AtendimentoNota geral reclame aqui: sem nota
Índice de reclamações: 36,20
PlataformasInternet banking
Aplicativo do banco

Outras tarifas: clique aqui.

Apesar das tarifas mais baixas, a Caixa deixa bastante a desejar no atendimento. Para investir pelo aplicativo, a usabilidade é ok, porém, para usar o home broker o cliente passa por um processo bastante longo e com muita lentidão. Além disso, há relatos de muitos erros e travamentos na plataforma. Por isso, não recomendamos a Caixa como plataforma de investimentos.


Após a nossa análise, não fica difícil entender as limitações dos bancões. Mesmo que eles estejam evoluindo e melhorando suas plataformas, ainda há cobrança de taxas que são dispensáveis e que as fintechs já abandonaram.

Veja, por exemplo, esse ranking do buscador de investimentos Yubb, disponível no site deles e atualizado conforme as avaliações dos usuários:

ranking-yubb
Fonte: Yubb.

Como você pode ver, quando comparamos os grandes bancos com os bancos médios e as corretoras, as notas dos bancões deixam muito a desejar, não passando de 3 estrelas. Já nos outros rankings, nenhuma instituição possui menos de 4 estrelas.

Continua após a publicidade

Quais as vantagens e desvantagens de investir em um grande banco?

Ser um grande banco não é garantia de qualidade. Como qualquer outra instituição, existem aspectos bons e ruins em deixar seu dinheiro na mão de um dos “bancões” citados acima.

Vantagens

Como pontos positivos, podemos destacar:

  1. comodidade: se você já tem sua conta no banco, para investir, basta fazer uma aplicação. Além disso, o resgate também cai direto na sua conta;
  2. assistência: é comum que gerentes e assessores de conta façam recomendações de investimentos que eles acreditam ser adequados ao perfil do cliente. Assim, você não precisa dedicar muito tempo para estudar os produtos;
  3. segurança: os maiores bancos são os mais seguros, pois têm menores chances de vir à falência caso o país enfrente uma crise muito séria que afete as instituições financeiras;
  4. agências: os 5 maiores bancos também são bancos físicos, ou seja, possuem agências de atendimento aos clientes. Então, caso queira resolver algum problema pessoal ou precise conversar com seu gerente, você pode se deslocar até uma agência, em vez de precisar lidar com ligações ou chats online.

Desvantagens

Mas não se iluda pelas vantagens citadas acima, pois há muito o que se considerar aqui:

  1. taxas: a não ser pelo pacote de serviços essenciais, todos os grandes bancos cobram taxas pela utilização dos seus serviços. Geralmente, esses custos são altos e, hoje em dia, bastante desnecessários, visto que há muitos bancos digitais sem tarifas ou com preços bastante acessíveis;
  2. baixa rentabilidade: justamente por serem tão seguros, os maiores bancos podem oferecer uma remuneração ridiculamente baixa nos seus investimentos. O rendimento é um prêmio dado pelo risco que assumimos ao investir, por isso, faz sentido que os juros sejam pequenos. Além disso, a cobrança de taxas também pode prejudicar bastante a rentabilidade dos produtos;
  3. atendimento ineficiente: além de enfrentar filas nas agências, não há garantias de que seu gerente fará um bom atendimento. Inclusive, alguns têm pouco conhecimento sobre produtos de investimento e não sabem responder perguntas ou indicar boas opções;
  4. conflito de interesses: com a possibilidade da ineficiência no atendimento vem o conflito de interesses. Muitas vezes, seu gerente oferece seguros e títulos de capitalização que não são vantajosos para você, mas que o ajudam a bater metas estabelecidas pelo banco. Por isso, mesmo com orientação e assessoria, precisamos conhecer um mínimo sobre aquele produto para entender se ele faz sentido para nós ou não.

O que avaliar no melhor banco para investir?

Caso você decida investir em um dos grandes bancos, não esqueça de fazer uma boa avaliação das características abaixo, não só para evitar dores de cabeça, mas também para valorizar seu dinheiro da melhor forma possível.

Taxas

Infelizmente, isso é algo difícil de fugir nos bancões. Normalmente, qualquer serviço além daqueles incluídos na conta essencial sofre cobrança. Por isso, fique atento a tarifas como:

  • taxa de cadastro;
  • taxas de administração de fundos muito altas;
  • taxa de custódia para produtos de renda fixa e variável;
  • tarifas de manutenção de conta, saques e transferências.

As taxas relacionadas a investimentos, inclusive, podem reduzir bastante seus resultados e até deixá-los negativos. Portanto, sempre pergunte sobre custos como administração, imposto de renda, custódia e afins.

Continua após a publicidade

Investimentos oferecidos

Também é importante decidir em que tipos de produtos você pretende investir. Poupança? Tesouro Direto? Fundos de investimento? Ações? Essa delimitação vai te ajudar a procurar o banco que é mais vantajoso nesse sentido.

Na renda variável, especialmente, pode haver cobrança de taxas de corretagem bastante altas. A boa notícia, no entanto, é que essas taxas vêm sendo reduzidas nos últimos anos, devido ao crescimento dos bancos menores, que normalmente oferecem preços bastante competitivos.

Atendimento ao cliente

Uma das reclamações mais comuns sobre os grandes bancos é o atendimento, que deixa bastante a desejar. Nesse sentido, podemos considerar filas intermináveis, atendentes rudes ou desinformados, longas esperas ao telefone e dificuldade para resolver problemas.

Para avaliar esse aspecto, existem algumas opções possíveis:

  • pesquisar a empresa no Reclame Aqui, observando a nota geral, se a empresa costuma responder e resolver os problemas dos usuários e quais tipos de reclamações são relatadas;
  • levar em consideração o ranking de reclamações do Banco Central, levando em conta o índice de reclamações (quanto menor, melhor);
  • testar você mesmo, ligando para o SAC do banco e fazendo perguntas ou usando o chat disponibilizado no site da empresa.

Plataformas do banco

Continua após a publicidade

Já que você provavelmente vai utilizar o site ou aplicativo da instituição com frequência, não esqueça de avaliar a usabilidade das plataformas. Pense sobre:

  • o site tem um aspecto agradável?
  • as informações estão disponíveis e são facilmente encontradas?
  • o que os usuários dizem sobre o aplicativo e o internet banking?

Aproveite, também, para procurar reviews e opiniões no Youtube, por exemplo, onde você pode ver vídeos das pessoas utilizando os recursos e decida se faz sentido para você.

É melhor investir nos grandes bancos ou em bancos digitais?

Na lista da imagem acima, todos os bancos médios são, também, bancos digitais. Nesse caso, não é só o atendimento ou a plataforma que faz diferença, mas também os investimentos disponíveis.

Lembra que uma das desvantagens dos bancões é a baixa rentabilidade das aplicações? Nos bancos digitais, existem opções muito mais interessantes e com nível de risco bastante semelhante. Além disso, a maioria cobra muito pouco ou é totalmente isenta de taxas, tanto de manutenção de conta, quanto de transferências, saques e outros serviços.

Se quiser saber mais sobre qual o melhor banco digital para investir, dê uma olhada neste artigo completo.

É melhor investir nos grandes bancos ou nas corretoras de valores?

Essa é outra pergunta que você pode se fazer, afinal, corretoras não são bancos, certo? Isso é verdade, pois são instituições financeiras com diferentes objetivos.

Continua após a publicidade

Mas não há com o que se preocupar, já que as corretoras são, também, empresas seguras e reguladas pelo Banco Central e pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Além disso, a grande vantagem em investir em uma corretora de valores está na grande oferta de produtos de investimento. Isso porque elas funcionam como um supermercado, onde você encontra opções variadas e para todos os perfis e objetivos.

Aliás, as corretoras reúnem aplicações de diversos bancos, eliminando, assim, a necessidade de você abrir conta em vários lugares.

Caso queira entender mais sobre essas instituições e como avaliá-las, veja nosso texto sobre as melhores corretoras de valores para pequenos investidores.

Afinal, vale a pena investir nos grandes bancos?

Depois da leitura deste artigo, você já deve saber a resposta para essa pergunta.

Apesar de ser bastante cômodo fazer investimentos pelo seu banco tradicional, essa escolha pode custar caro (em taxas e baixa rentabilidade) e trazer arrependimentos. E não é que tudo o que tem no bancão é ruim, mas precisa ser muito bem avaliado e comparado com as outras opções que mencionamos nos tópicos anteriores.

Assim, mesmo tomando mais tempo e energia, a decisão de onde colocar seu dinheiro é muito importante e pode fazer a diferença entre lucrar ou ficar no vermelho, no fim das contas. Afinal, economizar exige muita disciplina e tempo de trabalho, certo? Não vale a pena fazer tanto esforço para não ter nenhum resultado.

Por fim, caso você ainda precise de ajuda para organizar suas finanças e juntar mais dinheiro, pode contar também com um aplicativo de controle de gastos para ajudar no seu planejamento mensal e, consequentemente, conseguir investir mais no fim do mês.

Esse texto te ajudou? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter para receber outros conteúdos como esse na sua caixa de entrada toda semana!

Continua após a publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

2 comentários

  1. Manoel Carlos

    Boa Tarde.
    A minha filha fez um investimento de R$ 9.500,00 com uma corretora no dia 17/12/20
    e no dia 26/07/21 no seu extrato tem um saldo bruto de R$ 14.751,45 e saldo líquido de
    R$ 13.963,77.
    Pois bem, são sete meses e considero uma rentabilidade alta.
    Isso está correto? É normal essa rentabilidade?
    Obrigado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.