Óleo de soja e arroz lideram alta de preços em 12 meses, mostra IBGE

Na alta de preços em 12 meses, óleo de soja teve avanço de 82,34% e, o arroz, de 56,67%. Veja as listas das maiores altas e quedas no período.

LilianCH
Lilian Calmon

O óleo de soja e o arroz seguem liderando a alta de preços em 12 meses, mostrou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ao divulgar os dados da inflação nesta terça-feira, 11.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é considerado a inflação oficial do país, ficou em 0,31% em abril, passando a acumular alta de 6,76% em 12 meses. Essa é a maior taxa em quatro anos e meio.

Continua após a publicidade

Alta de preços em 12 meses: óleo de soja tem avanço de 82,34% e, o arroz, de 56,67% no acumulado em 12 meses até abril

No acumulado em 12 meses até abril, o óleo de soja teve avanço de 82,34% e, o arroz, de 56,67%. Entre produtos que têm maior peso na composição do IPCA, vale destacar a disparada nos preços das carnes e os combustíveis, com alta de 35% no ano.

Na outra ponta, os itens com a maior queda em 12 meses são: cenoura (-36,48%), transporte por aplicativo (-22,23%) e passagem aérea (-19,37%).

Veja as listas das 10 maiores altas e quedas de preços em 12 meses

Abaixo, confira as listas das 10 maiores altas e quedas em 12 meses.

Maiores altas

  1. Óleo de soja: 82,34%
  2. Arroz: 56,67%
  3. Colchão: 52,75%
  4. Feijão-macáçar (fradinho): 50,74%
  5. Peito: 46,17%
  6. Manga: 45,19%
  7. Feijão – preto: 42,06%
  8. Músculo: 40,9%
  9. Lagarto comum: 39,57%
  10. Lagarto redondo: 39,13%

Maiores quedas

  1. Cenoura: -36,48%
  2. Transporte por aplicativo: -22,23%
  3. Passagem aérea: -19,37%
  4. Morango: -15,6%
  5. Abobrinha: -15,09%
  6. Tomate: -12,59%
  7. Goiaba: -11,88%
  8. Ônibus interestadual: -11,47%
  9. Alho: -10,5%
  10. Abacate: -10,47%

Aproveite e leia também: “Com inflação e alta nos alimentos, o que dá para comprar com auxílio emergencial em 2021?”.

Quer continuar acompanhando as notícias sobre a alta de preços em 2021? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push para se manter atualizado sobre tudo o que importa para o seu dinheiro.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.