Responsabilidade Editorial

Por que confiar no iDinheiro

O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço.

Como financiar um apartamento? Confira o passo a passo e dicas para não comprometer as finanças!

Veja como financiar um apartamento com dicas e um passo a passo completo!

Julyana Andrade
Julyana Andrade Editoria de Créditos e Seguros

Quer saber como financiar um apartamento? Então você vai gostar deste guia que preparamos!

Na hora de fazer um financiamento imobiliário, é normal surgirem dúvidas sobre como proceder com o pedido, se programar financeiramente para realizar esta compra e se será possível ter acesso ao crédito habitacional.

Esse é o seu caso? Então, aproveite nosso artigo para saber como comprar apartamento financiado e conheça dicas para contratar este serviço.

Continua após a publicidade

Afinal, como financiar um apartamento?

Para facilitar o seu entendimento e a sua jornada, vamos simplificar tudo aqui com um passo a passo simplificado. Confira a seguir!

  1. Faça uma simulação

    Informe seus dados e descubra o valor da prestação, prazo do seu contrato e outras condições para financiar um imóvel para simular o financiamento imobiliário. Inclusive recomendamos cotar com diversos cenários distintos, em diferentes instituições financeiras.
    Assim, você conseguirá ver melhor as condições de contratação e poderá escolher aquela que esteja mais alinhada com a sua necessidade.

  2. Solicite uma avaliação de crédito

    Confira as propostas dos bancos e solicite uma análise de crédito naquele (ou naqueles) que preferir. É nesse momento, portanto, que o banco identifica as possibilidades de uso do seu FGTS, sua capacidade de pagamento e o tipo de crédito mais adequado para você.

  3. Aguarde avaliação de engenharia

    Após analisar a documentação e aprovar o crédito, o banco faz uma avaliação do valor de venda e as condições de uso. Móveis muito antigos ou em áreas com riscos conhecidos (como desabamento, acidentes naturais etc) podem ser recusados, ou seja, a instituição pode não realizar o financiamento.

  4. Acompanhe o andamento da proposta

    Você pode acompanhar o andamento diretamente com o banco. É possível fazer isso diretamente com a agência ou por meio de internet banking ou aplicativo, caso a instituição ofereça essa possibilidade.

  5. Formalize a compra

    Depois que deu tudo certo com a vistoria e a linha de crédito foi aprovada, é o momento de formalizar o processo de compra. Aqui, você deve assinar o contrato de financiamento e providenciar o registro no cartório de imóveis. Lembre-se de ler tudo atentamente e, caso precise, solicite ajuda a um advogado.

  6. Faça os pagamentos em dia

    Lembre-se de pagar as parcelas do financiamento em dia, a fim de evitar a incidência de juros e multas. Se possível, coloque em débito automático.

  7. Gerencie o financiamento

    Sempre que entrar uma grana extra, você pode aproveitar para amortizar o saldo devedor. Isso também pode ser feito utilizando o FGTS de tempos em tempos.

Veja algumas dicas para comprar um apartamento financiado

Agora que você já entendeu como financiar um apartamento, vamos a algumas dicas para ajudar na busca pela melhor condição de crédito.

Continua após a publicidade

Em outras palavras, quer melhorar as chances de conseguir financiar um imóvel? Veja quais dicas podem ajudar nesse processo.

Organize suas finanças

Saiba que planejamento é a palavra-chave. Então, conheça o total dos rendimentos pessoais, familiares ou de quem realizará o financiamento em conjunto com você.

Entenda o seu orçamento e elimine o excesso de compromissos financeiros, afinal, o financiamento não pode comprometer mais de 30% dos ganhos mensais.

Muitas pessoas que procuraram informações sobre como financiar um apartamento entenderam que organizar as finanças aumenta sua capacidade de pagamento mensal.

Continua após a publicidade

Assim, se você aumenta sua capacidade de pagamento mensal, o montante do financiamento também pode aumentar.

Outra boa prática importante é fazer uma reserva financeira para dar entrada no contrato, afinal, muitas instituições exigem o sinal para realizar o financiamento.

Trabalhe sua imagem financeira

Abra o Cadastro Positivo do Serasa. Por meio dele, é possível avaliar se você tem um perfil bom pagador, já que o sistema registra as contas que são pagas em dia, por exemplo.

Faça uma consulta do seu CPF e confira o seu Score de crédito. Essas informações também ajudam a entender se você é um bom credor para as financiadoras.

Continua após a publicidade

Além disso, tenha conta no banco em que vai pedir financiamento, receba seus pagamentos na conta e contrate outros serviços da instituição.

Essa movimentação permitirá que o banco conheça mais sobre seu comportamento financeiro e, claro, queira valorizar o relacionamento com um cliente rentável para eles.

Estude sobre financiamentos

Conheça quais são os sistemas de amortização utilizados no financiamento imobiliário, faça um mapeamento das instituições financeiras que oferecem o crédito.

Avalie também a possibilidade de usar seu FGTS para dar entrada, diminuindo a dívida total ou amenizando o valor da parcela.

Continua após a publicidade

Também consulte convênios e programas de incentivos para que seu financiamento possa receber benefícios na hora da contratação, como o Minha Casa Minha Vida.

Coloque seu plano de financiar em prática

Faça simulações em diferentes instituições financeiras, inclusive as fintechs, que podem ter taxas mais atrativas para seu perfil.

Reúna as documentações necessárias, mas lembre que algumas delas devem ter um prazo de validade específico. Em outras palavras, programe-se para ter todas elas no dia certo.

Conheça as opções de financiamento

Como adiantamos, quem deseja comprar apartamento financiado precisa estudar as possibilidades.

Entre esses conhecimentos, é importante conhecer as opções de financiamento.

Usando o FGTS (Sistema SFH)

O financiamento com o uso do FGTS faz parte do sistema SFH (Sistema Financeiro de Habitação), visto que é um mecanismo do governo federal voltado para a incentivar a aquisição do imóvel próprio.

Continua após a publicidade

Mas, atenção, pois esse modelo de financiamento possui algumas características, benefícios e restrições, como:

  • o valor financiado não pode ultrapassar teto estipulado pelo banco; e
  • somente pessoas físicas podem financiar.

O comprador pode financiar em qualquer banco, com um prazo de até 35 anos para pagar (420 meses) e taxas de juros não superiores a 12% ao ano.

O FGTS pode ser utilizado com a finalidade de quitar prestações, dar entrada e reduzir valor das parcelas, diminuindo a dívida.

Negociando com as construtoras

A parte interessante de financiar diretamente com as construtoras é a flexibilidade nos valores e juros.

No entanto, os riscos são bem maiores, pois quando se financia um bem, ele ainda não é seu, ele pertence à financiadora (seja ela uma agência bancária ou construtora).

Continua após a publicidade

Ou seja, o bem fica hipotecado, em um processo chamado de alienação fiduciária. Logo, a falência da instituição financiadora pode tornar-se uma dor de cabeça para você.

Se puder, consulte um advogado imobiliário para verificar os itens contidos em seu contrato antes de assiná-lo.

E, jamais deixe de se perguntar se o financiamento imobiliário é, realmente, a melhor opção para adquirir um imóvel.

Optando pelo SBPE

O Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimos (SBPE) é aplicado quando os valores estão fora das características e limites evidenciados no SFH, e a diferença é que os juros podem ultrapassar os 12% ao ano.

Continua após a publicidade

Agora você já sabe como financiar um apartamento e que isso é um passo muito importante na sua vida financeira, certo?

Então, nossa dica final é bem prática e vai ajudar na hora de analisar as opções de financiamento: aprenda como calcular o juros do financiamento.

Além disso, para entender ainda melhor sobre o assunto, assine a nossa newsletter e receba nossos melhores conteúdos em primeira mão!

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.