Cartão BNDES MEI vale a pena? Descubra como funciona e quais os benefícios!

Procurando uma opção de crédito para seu negócio? Conheça o cartão BNDES MEI, suas principais vantagens e veja o que avaliar antes de contratar o serviço!

12669432_1218137561529803_7092902009906739723_n
Thainá Cunha

Se você é microempreendedor e está em busca de crédito para investir no seu negócio, o cartão BNDES MEI pode ser uma boa alternativa.

Segundo pesquisa do Sebrae, durante a pandemia, 60% dos pequenos negócios que buscaram empréstimo tiveram crédito negado. Esse levantamento evidencia a dificuldade de acesso aos recursos financeiros para investimento no negócio.

Continua após a publicidade

Entretanto, para quem não sabe, o cartão BNDES faz parte de um catálogo que oferece condições especiais de juros e parcelamentos para pequenas empresas.

Além disso, são disponibilizados cartões de crédito para microempreendedores, com parcerias em todo o Brasil, o que possibilita um leque de possibilidades de compras.

Continua após a publicidade

Esse guia especial sobre o cartão BNDES MEI traz as principais informações que você precisa saber antes de contratar essa opção de crédito para investir no seu negócio. Acompanhe a leitura!

Como funciona o cartão BNDES?

O cartão BNDES MEI é um produto do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a categoria de microempreendedores individuais. Ele faz parte da linha de crédito para MEI e conta com a parceria com diversos bancos nacionais.

Atualmente, as principais instituições credenciadas são:

  • Itaú;
  • Banco do Nordeste;
  • Santander;
  • Banrisul;
  • Sicredi;
  • Bradesco;
  • Santander;
  • Sicoob.

Assim, a boa notícia é que, caso sua a proposta seja negada por um banco, é possível optar pelo cartão BNDES MEI em outro, ampliando, assim, as suas oportunidades.

Vale deixar claro que o cartão BNDES MEI funciona como uma linha de empréstimo para pessoas jurídicas, logo, conta com algumas restrições de utilização.

Continua após a publicidade

Dessa forma, o cartão só pode ser utilizado para aquisição de equipamentos ou materiais, além de compras que estejam relacionadas ao empreendimento, por exemplo.

Quem pode solicitar?

O cartão BNDES MEI é voltado para pessoas jurídicas enquadradas na categoria de microempreendedor individual (MEI). O limite de faturamento é R$ 81 mil, teto da categoria.

Para solicitá-lo, é preciso estar em dia com as certidões negativas de débitos e possuir um certificado de regularidade do FGTS e da RAIS, no caso de contratação de funcionário registrado em carteira.

É necessário ainda possuir uma conta corrente ativa no banco emissor do cartão, como uma conta empresarial. Isso porque a cobrança das faturas posteriores é realizada em débito automático.

Continua após a publicidade

O pedido do cartão BNDES pode ser feito de forma simples e acessível no site do BNDES por meio de um formulário com encaminhamento para o banco escolhido.

Qual o limite do cartão BNDES para MEI?

O limite do cartão BNDES MEI pode chegar a R$ 2 milhões, com parcelamento máximo de 48 meses e taxa de juros pré-fixada. No entanto, cada banco emissor é responsável pela margem do cartão, que é oferecida mediante avaliação de perfil e demais fatores.

Por isso, a dica é verificar o limite inicial do cartão junto à instituição emissora e confirmar a possibilidade de aumento no futuro.

Quais as vantagens do BNDES MEI?

Veja, a seguir, as principais vantagens do cartão BNDES MEI:

  • é um produto acessível para MEIs;
  • não há cobrança de mensalidade ou anuidade;
  • as taxas de juros são mais acessíveis do que outras modalidades de crédito PJ;
  • os cartões emitidos com a bandeira Visa contam com benefícios, como o programa de fidelidade Vai de Visa.

Quando solicitar o cartão BNDES MEI?

Contratar um cartão empresarial ou de pessoa jurídica é um passo importante para qualquer empreendedor, certo? Dessa forma, primeiro, é necessário analisar o seu planejamento financeiro.

Continua após a publicidade

Afinal, o cartão BNDES é uma forma de empréstimo para sua empresa, por isso, requer um controle apropriado.

Também é necessário ter clareza em relação aos seus objetivos para saber se eles combinam com o que o produto financeiro oferece.

Isso porque esse cartão é exclusivo para compras relacionadas ao negócio, como materiais, equipamentos e matéria-prima para produção. Se você deseja fazer outros tipos de investimentos, a opção de empréstimo para MEI pode ser mais vantajosa.

Qual a diferença entre o empréstimo BNDES MEI e o cartão BNDES MEI?

O empréstimo para MEI oferecido pelo BNDES funciona como um crédito convencional por meio de avaliação e liberação do recurso em conta corrente.

Continua após a publicidade

Ele é feito em dinheiro e o empreendedor tem autonomia para realizar saques, transferências e demais operações envolvendo esse recurso.

Já o cartão BNDES MEI atua como um cartão de crédito PJ convencional disponível para pagamento de contas em estabelecimentos credenciados.

Em relação aos valores liberados, o empréstimo oferece um limite reduzido, enquanto o cartão pode ter uma margem consideravelmente superior.

Vale ter em mente que tanto o empréstimo BNDES MEI como o cartão BNDES são produtos que fazem parte da linha de crédito BNDES e têm como proposta facilitar o acesso de pequenos empreendedores a recursos para investimento em seus negócios.

Continua após a publicidade

Quais os bancos emitem o cartão BNDES MEI?

Segundo o site da instituição, o Banco do Brasil, o Santander e o Banrisul emitem o cartão BNDES MEI com a bandeira Visa, o Sicoob e o Sicredi são emissores com a bandeira Cabal e o Bradesco emite com a bandeira Elo.

Vale a pena contratar o cartão BNDES MEI?

A linha de crédito do BNDES foi criada para facilitar o acesso de microempreendedores a produtos financeiros. E, nesse catálogo, o cartão BNDES é uma opção interessante.

Como citamos acima, ele possui taxas taxas de juros mais acessíveis do que outras modalidades de crédito PJ, além de parcelamento máximo de 48 meses e limite que pode chegar a R$ 2 milhões.

No entanto, lembre-se de que contratante não tem autonomia para gastar o recurso em quaisquer investimentos, somente na compra de materiais e insumos para expansão do próprio negócio.

Portanto, se você se encaixa nesse perfil, vale a pena considerar o cartão BNDES MEI entre suas opções sim!

Quer continuar acompanhando conteúdos como esse? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push. Se inscreva, também, no nosso canal do Telegram para receber todas as novidades.

Perguntas frequentes

  1. Qual o limite do cartão BNDES para MEI?

    Segundo informações da instituição, o limite do cartão BNDES MEI pode chegar a R$2 milhões.
    Cada banco emissor é responsável pela margem do cartão que oferece, diante da avaliação do perfil e de outros fatores que influenciam no serviço.

  2. Como conseguir o Cartão BNDES para MEI?

    É preciso ter um faturamento de até R$81 mil, estar cadastrado como MEI e ter o CNPJ ativo. Além disso, existem outras condições para solicitar o cartão BNDES MEI.

  3. Como funciona o cartão BNDES para MEI?

    A emissão e administração do cartão não é responsabilidade do BNDES, mas sim do banco parceiro, de modo que o empreendedor tem autonomia para escolher a agência de sua preferência. O cartão possui taxas de juros mais acessíveis e limite que pode chegar a R$ 2 milhões para adquirir insumos pro negócio.

Continua após a Publicidade

2 comentários

  1. Manoel Dias

    O cartão é muito bom, como adquirir?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.