Cálculo do Salário Bruto

Cálculo do valor do salário bruto necessário para se obter um salário líquido específico.

Cálculo de salário bruto

Salário líquido
Salário líquido desejado
Descontos
Descontos não oficiais e obrigatórios. Descontos alternativos acordados com a sua empresa ou determinação jurídica específca como pensão alimentícia.
Pessoa da qual o trabalhador seja tutor ou curador. Pessoa que pode ser incluída no Imposto de Renda do trabalhador como dependente.

Resultado

Eventos Ref. Proventos Descontos
Salário Bruto - -
Outros - -
INSS - -
IRRF -
Totais
Valor salário liquido

O que é salário bruto?

O salário bruto, também conhecido como salário base, é a remuneração recebida sem nenhum desconto ou adicional.

Ou seja, trata-se do salário inicial, acordado no momento da contratação, e que consta na carteira de trabalho e outros documentos de identificação do funcionário.

Continua após a publicidade

Assim como seu nome indica, essa remuneração não possui nenhuma interferência externa, sendo “bruta”.

No entanto, o salário bruto não costuma ser a quantia final que o empregado recebe. Isso porque existem outros fatores que incidem sobre esse valor.

Esta remuneração base costuma ser fixa, ou constante e o salário bruto normalmente é considerado em outras situações.

Continua após a publicidade

Por exemplo, em caso de empréstimos ou financiamentos , as instituições financeiras consideram a remuneração bruta.

Em documentos como o holerite, também é importante que o salário base esteja discriminado, permitindo que o funcionário possa identificar os descontos e adicionais do seu salário.

Quais as diferenças entre salário líquido e salário bruto?

Ambos os conceitos são importantes para o trabalhador. Por isso, é fundamental conhecer a diferença entre eles.

Como explicamos, o salário bruto é a remuneração sem nenhum tipo de interferência.

No entanto, existe uma série de incidências sobre o salário mensal, como obrigações trabalhistas. Ou mesmo adicionais, como hora extra.

Continua após a publicidade

Dessa forma, depois que o salário bruto passa por todos os acréscimos e decréscimos necessários, resta o chamado salário líquido .

Ou seja, o resultado de todas as alterações, sendo o valor que o empregado tem acesso, efetivamente.

Por esse motivo, não é comum que o salário líquido seja incluído na carteira de trabalho, ou utilizado como base para avaliações de operações financeiras.

Considere um empregado que recebe R$1.500 de salário. Em um mês, ele faz determinado número de horas extras, chegando a receber R$1.700.

Continua após a publicidade

No entanto, no mês seguinte, ele faz um número menor de jornada excedente, e sua remuneração final é de R$1.600.

É possível perceber que existiu uma variação considerável no salário, de um mês para outro. Isso não ocorre com o salário bruto. Nesse exemplo, o valor base é R$1.500, invariavelmente.

O que altera o valor são as horas extras, descritas apenas no salário líquido.

Apesar da diferença, ambos os conceitos devem constar em documentos trabalhistas, como o holerite, para que o empregado possa verificar a diferença entre os valores.

Quais são os descontos no salário bruto?

Apesar de ser a remuneração paga pelo empregador, dificilmente o funcionário receberá o salário bruto integralmente.

Continua após a publicidade

Isso porque, como já mencionado, existe uma série de descontos que incidem sobre esse valor, até chegar no salário líquido.

Confira alguns dos principais descontos antes de utilizar a calculadora de salário bruto:

INSS

A princípio, um dos descontos que afetam o salário bruto é a contribuição previdenciária feita ao Instituto Nacional de Seguridade Social, ou INSS.

Essa dedução é essencial para garantir benefícios trabalhistas, como:

O desconto é feito pelo próprio empregador na folha de pagamento, atingindo o salário bruto de acordo com a faixa de remuneração.

Se você desejar, pode fazer o cálculo da sua contribuição utilizando nossas outras calculadoras.

Imposto de renda

Alguns salários brutos também podem ter descontos referentes ao Imposto de Renda . No entanto, ao contrário dos demais, essa incidência não ocorre em todas as remunerações.

Continua após a publicidade

Para isso, é necessário saber se a base salarial atinge o teto estabelecido pela Receita Federal.

Se for o caso, existe a contribuição de uma porcentagem do salário bruto. Do contrário, o funcionário está isento da dedução.

Como o nome indica, trata-se de uma tributação sobre os rendimentos, tanto de pessoas físicas quanto jurídicas.

Esse desconto é essencial para todos os profissionais assalariados, e também é importante para a declaração anual obrigatória .

Continua após a publicidade

Por isso, incide sobre o salário bruto, para calcular a base corretamente.

Descontos da empresa

Por fim, um dos principais descontos sobre o salário bruto são as deduções feitas pela própria empresa.

Isso ocorre em caso de atrasos ou faltas, por exemplo. Em alguns casos, dependendo do acordo entre as partes, existem descontos do plano de saúde e vale-transporte.

Assim, a remuneração base também pode ter abatimentos sem relação com órgãos externos.

O financiamento é calculado em cima do salário bruto ou líquido?

Muitos buscam utilizar a calculadora de salário bruto para determinar a remuneração necessária para financiamentos .

Dessa forma, é possível adquirir bens como imóveis e veículos, com um parcelamento de longo prazo.

Continua após a publicidade

No entanto, as instituições financeiras costumam avaliar uma série de itens no momento da proposta, sendo um deles o salário.

Por conta da semelhança entre os conceitos de salário bruto e líquido, é comum que algumas pessoas confundam qual a remuneração que é levada em consideração nesses casos.

Porém, operações financeiras como financiamento e empréstimos costumam considerar apenas o salário bruto.

Isso acontece por conta dessa remuneração ser constante, como mencionado anteriormente.

Além disso, existe a chance do salário bruto receber adicionais diversos, o que eleva a quantia final. Nesse caso, o financiamento é pensado visando diminuir as chances de endividamento.

Enquanto isso, outras situações, como abertura de contas e procedimentos financeiros também analisam o salário bruto. Inclusive, solicitam comprovação de renda que demonstre esse valor, sem descontos.

Continua após a publicidade

Como usar a calculadora de salário bruto?

Por fim, a calculadora de salário bruto pode ser utilizada para determinar a remuneração mensal sem descontos.

A princípio, o salário base é definido pelo empregador no momento da contratação. Ou seja, depende da empresa ou do contratador.

Além disso, raramente ocorrem alterações no salário bruto, a não ser em caso de promoções ou aumentos, que também são determinados previamente.

Por isso, é possível descobrir o salário bruto analisando algum desses documentos. É importante que essa remuneração esteja descrita, pelo menos, na carteira de trabalho e no holerite mensal.

Continua após a publicidade

Se for necessário, também vale a pena procurar o seu empregador e confirmar o valor do salário base, essencial para diversos cálculos.

Enquanto isso, a calculadora de salário bruto pode ser utilizada em outros casos. Confira alguns:

Remuneração por hora

Muitas categorias profissionais costumam receber pagamentos por hora de trabalho, e não um salário bruto fixo.

Nesse caso, a calculadora de salário bruto pode ser útil para fazer o cálculo rápido e simples do montante total a cada mês.

Continua após a publicidade

Para isso, é importante saber qual o valor da hora de trabalho, que também é fixa e determinada pelo contratante.

Por exemplo, um professor que recebe R$15 por hora/aula, sabendo que sua rotina é composta por 8 aulas diárias, 5 dias por semana.

Nesse caso, a calculadora de salário bruto poderá determinar o valor da sua remuneração no mês.

Fazendo o cálculo manual, basta multiplicar o valor para descobrir a quantia diária, semanal e mensal. No exemplo, o professor receberá R$120 por dia e R$600 por semana. Em um mês, sua remuneração será de R$2.400.

Continua após a publicidade

No entanto, o salário bruto pode ser considerado o valor da hora de trabalho, pois ele é fixo. Embora a remuneração possa ser constante, em alguns casos existe a possibilidade de variação.

Prestadores de serviço fixo

Outro caso que pode utilizar a calculadora de salário bruto são os prestadores de serviço fixo.

Esses profissionais costumam atuar de maneira independente, como autônomos, por exemplo. Assim, não existem vínculos empregatícios formais, que determinem um salário bruto oficial.

Porém, existem casos onde o prestador de serviço pode ter uma atuação fixa, seja para pessoas físicas ou jurídicas.

Continua após a publicidade

Dessa forma, a calculadora de salário bruto pode ser útil para determinar a remuneração base mensal.

Por exemplo, um jardineiro que presta serviços semanais para uma empresa, com remuneração de R$200 por semana. Em um mês, seu salário bruto pode ser de R$800.

De forma geral, é importante considerar o valor fixo como salário bruto, pois ele não sofre com descontos, adicionais ou variações do tempo de trabalho.

Se for o caso, é possível usar a calculadora de salário bruto para ter uma determinação mais concreta da remuneração.

Continua após a Publicidade