33 milhões de brasileiros devem ter acesso ao auxílio emergencial em 2021

Cerca de 33 milhões de brasileiros participarão do auxílio emergencial 2021, diz fonte do governo. Regras ainda estão indefinidas.

Fabiola Thibes
Fabíola Thibes

O governo projeta uma nova modalidade de pagamento do auxílio emergencial em 2021. No entanto, nem todos os beneficiários vão receber o benefício. A expectativa é que 33 milhões de brasileiros tenham acesso a esse direito.

O número é aproximado e inclui os 14 milhões de participantes do programa Bolsa Família. Esse total foi alcançado a partir de uma análise minuciosa que fez o cruzamento de 11 bancos de dados. Entre eles estão:

Continua após a publicidade

  • Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged);
  • Instituto Nacional do Seguro Social (INSS);
  • Microempreendedor Individual (MEI);
  • Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

Ainda foi utilizada uma plataforma elaborada pelas secretarias de Governo Digital e Previdência e Trabalho. Esse sistema também será usado para outros programa de renda e emprego a serem lançados.

Em 2020, cerca de 65 milhões de pessoas receberam o benefício a partir de abril. A segunda rodada do auxílio emergencial foi iniciada em setembro e incluiu 57 milhões de contribuintes.

Continua após a publicidade

Em outras palavras, uma prorrogação do benefício em 2021 deverá diminuir pela metade o total de beneficiários.

As informações foram obtidas pelo G1 por meio de fontes ligadas ao governo.

Seleção prévia

Antes de lançar a nova rodada do auxílio emergencial 2021, o governo federal está fazendo uma seleção prévia de quem já participou do benefício. Somente depois disso haverá a autorização do pagamento pela Caixa Econômica Federal.

A expectativa é que os novos valores comecem a ser pagos a partir de março de 2021. Para a seleção prévia, estão sendo utilizados os cadastros e a autodeclaração realizada no ano anterior.

Desse modo, a tendência é que os repasses de valores sejam automáticos, sem necessidade de um novo registro. Apesar disso, as regras e os detalhes para a concessão do benefício ainda não estão claros.

Continua após a publicidade

Por exemplo, não há informações sobre o pagamento dobrado das mães solteiras. Por outro lado, quem tem vínculo empregatício ativo de qualquer forma está fora do novo repasse.

Orçamento para o pagamento do auxílio emergencial 2021

A tentativa do governo é fazer a nova rodada do auxílio emergencial em 2021 sem ultrapassar R$ 50 bilhões no ano. Para isso, a aposta até agora é que sejam pagas quatro parcelas de R$ 250 uma quantia menor que a repassada no ano passado.

A execução do pagamento deverá ocorrer por cronograma ainda não divulgado pelo Ministério da Cidadania.

O crédito do saldo, como nas outras rodadas, deve ocorrer em poupança virtual. O saque dependerá da data de nascimento do contribuinte, a fim de evitar aglomerações.

Continua após a publicidade

Em 2020, a sistemática de pagamentos era igual, mas o custo do benefício chegava a R$ 30 bilhões ao mês. Durante o ano, foram repassados quase R$ 300 bilhões.

Para o auxílio emergencial 2021, as diretrizes serão determinadas por meio de uma Medida Provisória (MP). Assim, as regras entram em vigor de maneira imediata.

Apesar de ser uma boa notícia para quem precisa, ainda há dúvidas sobre o pagamento do auxílio emergencial. No começo de fevereiro, foi divulgado que ele poderia se tornar o Bônus de Inclusão Produtiva (BIP).

Quer continuar acompanhando esse assunto? Então, assine a newsletter do iDinheiro e ative as notificações push.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

16 comentários

  1. Jefferson cruz

    Nunca dei entrada tenho direto mas não fiz o cadastro viu poder me cadastrar??

  2. Wagner s

    Deus ajude q saia mesmo .pois eu já estou a 2 anos e meio desempregado

  3. Continua após a publicidade

  4. Luiz paulo

    Boa tarde tudo bem deus amem ola deus Obrigado deus

  5. luciene freitas

    eu ja era. beneficiaria tenho que. cadastrar de novo em 2021 ou nao

  6. Cleia Cristina

    ESTOU PASSANDO NECESSIDADES RECEBI O CARTÃO DO PRATO CHEIO DO BRB E NESTE MÊS O SALDO TA DE 0,00 ESTOU DESESPERADA

  7. Teresa Cristina

    Meu nome é Teresa Cristina Rangel sou Dona de casa nasci 23/7/1964 quando recebeu o auxílio emergencial de 2021

  8. Lucas rafael

    A conta digital vai continuar existindo
    Seria uma boa sempre quando for fazer uma transferência

  9. Marcelo da

    Oi bom dia. Gostaria de saber se vou ter direito de receber o auxílio emergencial agora pois minha primeira tentativa foi negado. O motivo foi quem 2018 minha renda foi maior que o índice que o governo estipulou. 28 mil e pouco. Mas na verdade foi inferior e esse valor foi de 27 e pouco conforme minha declaração imposto de renda. Há um erro na dataprev. Estou desempregado desde abril 2019. Agora espero que eles regularizem as informações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.