627 mil pessoas terão que devolver o dinheiro do auxílio emergencial

Saiba quais grupos terão que devolver o dinheiro do auxílio emergencial. Mensagens de texto serão enviadas pelo governo ao longo desta semana.

LilianCH
Lilian Calmon

Ao longo desta semana, 627 mil pessoas receberão mensagens de texto para devolver o dinheiro do auxílio emergencial recebido indevidamente. Esse é o segundo lote de SMS no ano de 2021. Em agosto, 650 mil pessoas foram comunicadas e até o dia 21 de setembro, foram restituídos cerca de R$ 40,6 milhões aos cofres públicos.

As mensagens incluirão orientações sobre a devolução voluntária dos recursos, a denúncia de fraudes ou o pagamento de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) do auxílio emergencial.

Continua após a publicidade

Saiba quais grupos terão que devolver o dinheiro do auxílio emergencial

Confira, abaixo, quais grupos terão que devolver o dinheiro do auxílio emergencial:

  • Trabalhadores que, ao declarar o Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), geraram DARF para restituição de parcelas do auxílio emergencial, mas ainda não efetuaram o pagamento.
  • Quem recebeu recursos de forma indevida por não se enquadrar nos critérios de elegibilidade do programa.

Entre os critérios que caracterizam o recebimento indevido estão: acumular outros benefícios assistenciais do governo, como aposentadoria, seguro-desemprego ou o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEm); ter um emprego com carteira assinada no período do pagamento do auxílio ou renda incompatível com o programa, entre outros.

Mensagens serão enviadas pelos números 28041 ou 28042

O Ministério da Cidadania esclarece que as mensagens serão enviadas pelos números 28041 ou 28042, terão o registro do CPF do beneficiário e o link iniciado com gov.br. Assim, qualquer SMS com esse intuito e de número diferente deverá ser desconsiderado.

Para o grupo que recebeu fora das regras do auxílio, a mensagem será: “O CPF ***.456.789-** recebeu auxilio emergencial indevidamente. Devolva voluntariamente o auxílio em gov.br/devolucao e/ou denuncie fraude em gov.br/falabrae”.

Já o grupo relacionado à Declaração de IRPF e com DARF emitida, receberá a seguinte mensagem: “O CPF ***.456.789-** possui DARF do Imposto de Renda em aberto relativo ao auxilio emergencial. Pague o valor ou denuncie fraude. Acesse gov.br/dirpf21ae”.

Quer continuar acompanhando as notícias sobre o auxílio emergencial? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro, ativar as notificações push, se inscreva, também, no nosso canal do Telegram.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.