Responsabilidade Editorial

Por que confiar no iDinheiro

O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço.

Nota de corretagem: o que é e como interpretar? Veja um exemplo!

Se você já fez investimentos na bolsa de valores, provavelmente já se deparou com alguma […]

B612_20210521_152657_024_2
Melissa Nunes Especialista em Finanças Pessoais e Investimentos

Se você já fez investimentos na bolsa de valores, provavelmente já se deparou com alguma nota de corretagem. É nela que ficam registradas as operações de cada dia, sejam elas de compra ou venda. Assim, é muito importante entender cada parte das suas notas, já que elas servem como um documento oficial das negociações.

Mesmo assim, muitos investidores iniciantes no mercado de ações ficam confusos com as informações descritas, enquanto outros sequer sabem como acessá-las na corretora.

Continua após a publicidade

Porém, a nota de corretagem é fonte para cálculos de preço médio, tributação e taxas, então, não pode ser ignorada. Continue lendo para aprender tudo o que você precisa sobre esse documento!

O que é a nota de corretagem?

A nota de corretagem é o documento gerado por uma corretora de valores quando o investidor faz uma operação de compra ou venda de ativos na bolsa de valores. Em geral, é emitida no mesmo dia, ou então no dia seguinte ao pregão.

Continua após a publicidade

Nela constam todas as informações referentes à operação, como:

  • dados da corretora;
  • dados do investidor;
  • valor de compra ou de venda do ativo e sua quantidade;
  • custos, como corretagem e emolumentos;
  • se pode haver cobrança de IRRF.

Vale ressaltar que o IRRF só aparece na nota quando há venda de ativos que podem gerar cobrança de imposto. No entanto, se houver venda de ações, esse valor pode estar apenas destacado, já que sua liquidação só é feita posteriormente e na conta do investidor, caso ele venda mais de R$ 20.000 no mês.

O que é a corretagem?

A taxa de corretagem é o valor cobrado pela corretora para fazer a intermediação da operação. Em outras palavras, ela é a remuneração pelo trabalho dessas instituições e pode ser fixa ou variável.

No caso da fixa, para cada ordem enviada é cobrado uma taxa, independentemente do valor. Já na variável, como o próprio nome sugere, a taxa vai variar de acordo com o valor total da operação.

Antigamente, havia uma tabulação dos valores a serem cobrados, chamada de Tabela Bovespa. Porém, essa padronização não existe mais, de modo que cada corretora pode escolher o quanto cobrar na sua corretagem variável. Em geral, esse tipo de cobrança incide sobre operações no mercado futuro ou ordens enviadas via mesa de operações, ou seja, quando o cliente se comunica com os operadores da corretora, em vez de operar sozinho via home broker.

Continua após a publicidade

Ainda assim, é possível escolher uma corretora taxa zero que não cobra corretagem para os clientes que utilizam apenas o autoatendimento. Veja aqui a lista completa dessas instituições: Corretoras com corretagem zero: a lista completa 2022!

Para que serve a nota de corretagem?

A nota de corretagem serve como um registro das operações de cada cliente. Ela contém todas as informações comprobatórias da negociação e pode servir para várias ocasiões, como:

  • cálculo de preço médio de um ativo;
  • checagem de taxas cobradas;
  • documento de contestação em caso de inconsistências;
  • busca por informações sobre a corretora;
  • referência para encontrar o número do cliente.

Assim, a nota de corretagem é o melhor documento para ajudar na hora de fazer a declaração do IR e de calcular o imposto devido ou para buscar seu número de investidor na hora de fazer uma portabilidade de ativos para outra corretora.

Caso tenha que fazer o pagamento de uma DARF por lucro tributável, por exemplo, os valores da nota serão sua referência, inclusive para considerar o imposto retido na fonte.

Continua após a publicidade

Onde encontrar as notas de corretagem na corretora?

Atualmente, as corretoras e bancos de investimentos disponibilizam as notas de corretagem em versão online em seu home broker. Além disso, algumas instituições enviam o documento por e-mail ao fim do pregão ou no dia seguinte. Ainda, pode ser possível encontrar suas notas na área de extratos da corretora.

De qualquer forma, caso não encontre, é possível solicitá-las à sua respectiva instituição.

Como interpretar uma nota de corretagem?

Já explicamos lá em cima que uma nota de corretagem é semelhante a uma nota fiscal ou extrato financeiro dos seus investimentos em cada dia de negociação. Porém, na hora de procurar pelas informações, é possível que você fique perdido, então, vamos detalhar, a seguir, cada parte de uma nota de corretagem da Clear Corretora, que se parece com essa imagem:

exemplo de nota de corretagem da corretora Clear
Exemplo de nota de corretagem

Para facilitar a explicação, vamos dividir a nota em 3 quadrantes: A, B e C. Veja abaixo cada parte em detalhes.

detalhamento de nota de corretagem

No quadrante A, logo no topo da nota, é onde você encontra alguns dados que vão se repetir em qualquer nota de corretagem, enquanto no quadrante B ficam as especificações de cada operação. Acompanhe pelos números:

Continua após a publicidade

  1. número da nota, número de folhas na nota e data do pregão referente às operações descritas;
  2. dados da corretora de valores;
  3. número do cliente, que é único para cada pessoa e cada corretora (é dele que você precisa para preencher um formulário STVM para fazer uma portabilidade de ações, por exemplo);
  4. dados do cliente;
  5. onde ocorreu a negociação;
  6. se foi uma operação de compra (C) ou de venda (V) e o mercado (padrão ou fracionário);
  7. nome dos ativos negociados;
  8. quantidade de cada ativo negociado;
  9. preço unitário de cada ativo negociado;
  10. valor total negociado de cada ativo (quantidade x preço);
  11. se o valor representa um crédito (em caso de venda) ou um débito (em caso de compra).

Ao pé da nota, ou, às vezes, na segunda folha, temos um detalhamento dos valores cobrados:

detalhamento de taxas na nota de corretagem

No quadrante C, você vê o valor referente ao que foi negociado na nota, podendo ser debêntures, ações (mercado à vista), opções, termo ou títulos públicos.

Por fim, no quadrante D, temos as taxas cobradas pela B3 ou pela corretora, acompanhadas de um C, caso represente um crédito ao investidor (operações de venda), ou um D, caso represente um débito (operações de venda). Dentre os custos, vale destacar os seguintes:

  • taxa de liquidação: 0,0250% sobre o valor total (volume financeiro) da nota;
  • emolumentos (ou taxa de negociação): 0,0050% sobre o valor total (volume financeiro) da nota;
  • execução (ou taxa de corretagem): referente a cada ordem executada;
  • impostos (ou ISS): imposto sobre serviço, só é cobrado quando há corretagem;
  • IRRF: imposto destacado a ser retido na fonte, sendo 1% no day trade e 0,005% no swing trade.

Na última linha você encontra o total que será creditado ou debitado da sua conta, considerando todas as informações listadas acima.

Conclusão

Se você leu até aqui, já sabe o que é nota de corretagem, para que serve, onde encontrá-la e, também como interpretá-la. Não se esqueça de que, ao fazer a declaração do IR, os valores informados devem ser os mesmos da nota de corretagem. Caso contrário, o investidor pode cair na malha fina.

Por isso, vale a pena investir na organização financeira pessoal para não ter dor de cabeça no futuro, ok? Conte com os nossos materiais para ajudar nisso!

Sugestões de leitura do iDinheiro:

Perguntas frequentes

  1. Quando é emitida a nota de corretagem?

    Em geral, a nota de corretagem é emitida no mesmo dia em que o investidor realiza a operação, ao fim do pregão, ou no dia seguinte.

  2. Preciso salvar as notas de corretagem?

    Sim, tenha um arquivo organizado com as suas notas de corretagem, pois elas podem ser necessárias na hora de fazer a declaração do Imposto de Renda.

  3. Onde encontrar as notas de corretagem?

    As notas podem ser encontradas no home broker e/ou no seu extrato da corretora, sendo que algumas permitem baixar todas as notas de uma só vez. Ainda, certas corretoras enviam as notas via e-mail, mas elas também podem ser solicitadas no atendimento.

Continua após a Publicidade

Sobre “Nota de corretagem: o que é e como interpretar? Veja um exemplo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.