Responsabilidade Editorial

Por que confiar no iDinheiro

O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço.

Day trade é furada? 7 dicas para iniciantes!

Entenda de uma vez por todas se o day trade é furada mesmo, além de conferir dicas para evitar prejuízos e começar uma carreira com mais segurança.

B612_20210521_152657_024_2
Melissa Nunes Especialista em Finanças Pessoais e Investimentos

Se você atua no mercado financeiro ou está considerando começar uma carreira na área, provavelmente já ouviu que day trade é furada. Mas será que essa atividade realmente traz tantos prejuízos?

É comum que iniciantes procurem dicas e opiniões de especialistas sobre qual o melhor segmento para começar a investir, seja ele o mais acessível, mais seguro ou que oferece mais retorno. No entanto, algumas recomendações estão gerando alvoroço no mercado financeiro, como o trading.

Continua após a publicidade

De lado, cresce o número de adeptos dessa atividade, que se tornou consideravelmente popular nos últimos anos. Enquanto isso, do outro lado temos investidores que afirmam que o day trade é furada, e que não vale a pena aprender sobre essa modalidade.

Com tantas opiniões controversas, pode ser difícil para iniciantes saberem do que se trata, de verdade, essa prática, e se ela é realmente tão prejudicial quanto dizem. Nesse caso, o melhor a se fazer é procurar entender o que é o trade diário, como ele funciona e porque algumas pessoas afirmam que essa atividade não é confiável.

Continua após a publicidade

E para te ajudar, preparamos um guia especial com tudo que você precisa saber sobre o assunto, além de dicas para não cair em armadilhas financeiras e ter prejuízos. Continue acompanhando e descubra de uma vez por todas: o day trade é furada?

O que é day trade?

Basicamente, day trade é uma atividade especulativa realizada a partir de operações que começam e terminam no mesmo dia na Bolsa de Valores. Em outras palavras, podemos dizer que day trader é o investidor que compra e vende ações e outros ativos no mesmo pregão, geralmente iniciado às 10h e encerrado às 17h do mesmo dia.

Essa técnica já era utilizada por atuantes mais experientes, pois conta com a volatilidade do mercado para gerar lucro em operações dentro da Bolsa.

Por exemplo, se um investidor compra uma ação durante a parte da manhã por R$ 100,00, e vende esta mesma ação por R$ 110,00 na parte da tarde, ele obteve um lucro de R$ 10,00 com day trade.

Continua após a publicidade

Além disso, também conta com outras operações que auxiliam o trader em seu dia a dia, como ordens de parada, o stop loss, e a alavancagem, que permitem investimentos maiores, mesmo sem o capital integral no momento.

No entanto, embora pareça uma atividade atraente, a fama de que day trade é furada se consolidou por conta de alguns entendimentos equivocados. Apesar das possibilidades de lucro a curtíssimo prazo, o day trade é uma operação arriscada, e não é indicada para quem deseja um investimento de longo prazo.

Trade x investimento

Para entender se day trade é furada, é essencial entender esse conceito de fato. 

Muitas pessoas confundem o trading com um investimento. No entanto, trata-se apenas de uma atividade especulativa, e não um investimento de fato. Não é possível montar uma carteira de ativos somente com essa operação, de forma que é difícil multiplicar o patrimônio realizando apenas compras e vendas diárias.

Por esse motivo, é comum que muitas pessoas se frustrem ao terem resultados menos positivos ou terem menos rentabilidade ao se tornarem day traders. Na prática, muitos buscam atuar no mercado financeiro para gerar uma renda extra. Mas, para ter estabilidade e segurança, é preciso pensar a médio e longo prazo, pensando na construção real do patrimônio.

Continua após a publicidade

Assim, o day trade não se configura como um investimento, e, embora essa atividade possa ser lucrativa, ela não deve ser pensada como única atuação a longo prazo.

Day trade é furada?

Depois de definir o conceito dessa atividade e estabelecer as diferenças entre especulação e investimento, chegou o momento de entender se day trade é furada.

Nos últimos anos, essa operação ganhou notável visibilidade, especialmente pelo número crescente de investidores bem-sucedidos na área. Por outro lado, muitos relatam terem prejuízos com essa operação, o que faz com que muitas pessoas acreditem que day trade é furada.

Esse pensamento também é corroborado por estudos na área, como um feito pela FGV, publicado em 2019, que afirma que 97% dos day traders perdem dinheiro na bolsa e os que ganham, ganham pouco.

Continua após a publicidade

Assim, é importante pontuar algumas considerações antes de decidir a confiabilidade dessa atividade.

Um dos principais motivos que levam as pessoas a acreditarem que o trading não é garantido são as falsas promessas de simplicidade, ganhos rápidos e fáceis. Hoje em dia, existem diversos falsos especialistas que vendem ideias de que é possível enriquecer em pouco tempo com essa prática.

No entanto, o que muitos deixam de considerar é que, para ser um trader bem-sucedido, é preciso tempo, dedicação e estudo. Assim como todo investimento de risco, é necessário experiência para começar a se tornar um profissional e ver os rendimentos.

Além disso, não são todas as pessoas que estão habilitadas a trabalhar com day trade. Isso porque a atividade também demanda um perfil específico de investidor. Então, caso o indivíduo não apresente os alinhamentos que correspondem à essa área, pode ter mais dificuldade de operar, o que leva a resultados menos favoráveis, e consequente desaprovação da prática.

Assim, ao entrar nessa modalidade, que não é condizente com o perfil ou rotina do investidor, os praticantes não obtêm os rendimentos prometidos, e passam a afirmar que day trade é furada. Contudo, como qualquer outra atividade financeira, o day trade é reconhecido, válido e confiável, desde que seja realizado de maneira correta.

Continua após a publicidade

Por que o day trade é tão atraente?

Embora seja uma atividade difícil, que demanda estudo e conhecimento de mercado, o day trade se tornou atraente para novos investidores no mercado. Isso ocorre por conta de uma série de motivos, como, por exemplo:

  • falsas promessas feitas por pessoas que se passam por especialistas;
  • cursos irresponsáveis e programas de ensinamento prometem ganhos a curto prazo, e multiplicação do patrimônio em pouquíssimo tempo;
  • a possibilidade de atuar sem sair de casa, podendo ganhar dinheiro diariamente na Bolsa de Valores;
  • alavancagem, que possibilita operar com um dinheiro que o indivíduo não possui;
  • baixa margem de garantia exigida pelas corretoras e gestoras que lidam com essa prática.

Embora seja possível atingir esses objetivos, não se trata de uma regra absoluta no trading, e um número consideravelmente pequeno de investidores realmente alcança esses resultados, e somente depois de anos de experiência e estudo.

Por conta desses critérios, muitos consideram a atividade interessante, e acabam por acreditar que é possível, de fato, fazer dinheiro rápido e fácil. No entanto, ao sofrerem golpes e terem muita ganância, sofrem prejuízos, e passam a afirmar que o day trade é furada, embora seja uma atividade reconhecida, legal e até mesmo rentável, para aqueles que sabem como fazer e estão dispostos a aprender pacientemente.

Day trade para iniciantes: como começar?

Depois de entender o verdadeiro conceito dessa prática e porque muitos acreditam que o day trade é furada, parte dos investidores pode se interessar pela atividade. Afinal, ela se trata apenas de uma forma diferente de operar na Bolsa de Valores, sendo dinâmica e que combina com perfis mais arriscados e agressivos.

Continua após a publicidade

Nesse caso, existem algumas dicas que podem ajudar traders iniciantes, que realmente desejam atuar dessa forma, mas com segurança. Por isso, veja como começar a praticar compras e vendas no mesmo pregão da maneira correta, para deixar de acreditar que o day trade é furada:

Entenda como o mercado funciona

Antes de mais nada, é impossível iniciar uma nova atividade financeira, especialmente tão arriscada como o trading, sem entender como o mercado funciona. E isso não se aplica somente às práticas que envolvem a compra e venda de ações diariamente, mas sim todo o mecanismo que envolve a Bolsa de Valores.

Afinal, o trader precisará de grande conhecimento para ser capaz de interpretar corretamente os sinais da bolsa e como ela opera, além de entender quando agir e quando esperar.

Por esse motivo, ao decidir se tornar um day trader, o primeiro passo é entender como o mercado financeiro mais volátil funciona, e quais as suas características. Até mesmo investidores mais conservadores, que estão começando sua carreira, devem procurar mais informações sobre a área.

Continua após a publicidade

Dessa forma, as primeiras experiências, em qualquer atividade, não serão negativas, e ajudarão a construir uma carreira mais segura e rentável para o operador, mesmo no trading.

Aprenda análise técnica

Após compreender o funcionamento do mercado como um todo, o próximo passo é entender como realizar análises técnicas voltadas para a prática.

Muitas pessoas acreditam que day trade é furada por não saberem como avaliar tecnicamente as movimentações do mercado, e, com isso, acabam perdendo patrimônio.

Operar com ações já demanda, por si só, grande conhecimento profissional, por ser um investimento de maior risco e dinamismo. O mercado está em constante movimento, e pequenas alterações podem elevar ou derrubar os papéis em questão de minutos. Por esse motivo, é importante que o trader saiba interpretar esses pontos durante sua análise, para que sua atividade seja rentável.

Continua após a publicidade

Por exemplo, identificar as ações com maiores chances de volatilidade ao longo do dia, entender quais pontos gráficos são importantes ou mesmo saber quais os eventos que irão influenciar no mercado naquele período.

Sem essa visão técnica, torna-se ainda mais difícil trabalhar com o trading, o que pode levar a uma opinião negativa sobre a prática, como achar que o day trade é furada.

Pratique, pratique, pratique

Um dos grandes defeitos de investidores iniciantes que acham que day trade é furada é acreditar que seu patrimônio irá multiplicar do dia para a noite.

Entretanto, um dos principais pontos dessa prática é que ela precisa de experiência e prática. Isso significa que, para que o investidor se torne um day trader bem-sucedido, é preciso treinar muito no dia a dia.

Continua após a publicidade

Apenas realizando várias operações durante muito tempo será possível entender, na prática, como as coisas funcionam. Além disso, também agrega conhecimento para o trader, que começará a ser capaz de identificar as variáveis necessárias para acertar em suas previsões e investimentos.

Por isso, para iniciantes, uma das melhores dicas é praticar bastante. Mesmo com resultados desfavoráveis, a consistência é a chave para se tornar um profissional de sucesso e experiência.

Fique longe dos picaretas vendedores de curso

Finalmente, uma recomendação importantíssima para iniciantes é ficar longe de picaretas, falsos especialistas que vendem cursos supostamente infalíveis.

Esse é um dos grandes motivos para que as pessoas acreditem que day trade é furada, e tenham tantos prejuízos financeiros. A ganância e a ansiedade por aprenderem como o mercado funciona na prática leva à compra de cursos que não são reais. Afinal, não é possível se tornar um profissional experiente e bem-sucedido em poucos dias, especialmente em uma área tão agressiva e volátil quando o trading diário.

Continua após a publicidade

Por isso, é fundamental ter em mente de que não existem cursos que possam ajudar a ganhar dinheiro do dia para a noite nesse segmento.

Fugir de vendedores de cursos e falsos especialistas é fundamental para se manter no caminho certo, evitando problemas como armadilhas da Bolsa de Valores e ações precipitadas que levam ao prejuízo. É claro que existem cursos bons, com conteúdo valioso e que vão ajudar o trader a evoluir e aprender cada vez mais, mas esses são dados por analistas e traders com experiência de mercado e ensinam o essencial para qualquer tipo de trade.

7 dicas para quem quer fazer day trade

Por fim, agora que determinamos os motivos de acreditarem que day trade é furada, e desmentir essa afirmação, chegou o momento de conferir algumas dicas para quem quer atuar na área.

Além de conhecer melhor sobre esse conceito e abrir os olhos para algumas práticas não profissionais, existem recomendações que podem ajudar iniciantes nessa carreira. Claro, a vivência e experiência de cada investidor é fundamental para determinar a melhor forma dele atuar na área. No entanto, para quem está perdido ou ainda não sabe se day trade é furada, seguir essas dicas pode ajudar na sua jornada.

Continua após a publicidade

1. Day trade não é para amadores

Apesar de popular e parecer simples, a atividade de day trade não é para amadores. Em outras palavras, trata-se de uma prática profissional, e, por isso, exige tempo de estudo e prática.

Para se tornar um trader de sucesso e que alcance resultados efetivos, é importante se dedicar na área. Além disso, pode levar tempo até que você seja capaz de avaliar o mercado adequadamente, e ver os primeiros rendimentos entrando. Em geral, podemos dizer que leva cerca de 2 anos para se tornar um trader profissional.

Nesse caso, é importante não achar que day trade é furada, e continuar se esforçando na atividade para se profissionalizar corretamente.

2. Você não precisa de um curso de day trade

Caso o seu interesse tenha despertado em uma propaganda de curso ou programa especial de treinamento, saiba que isso não é necessário.

Continua após a publicidade

Você não precisa de um curso específico de day trade para se tornar um especialista da noite para o dia. É importante, sim, aprender sobre o mercado financeiro e análise técnica, mas isso pode ser feito por meio de cursos certificados pelos órgãos responsáveis e/ou ministrados por profissionais formados e autênticos.

Cursos de day trade oferecidos por nomes que acabaram de se consolidar no mercado não oferecem as dicas e instruções necessárias para auxiliar o investidor. Por isso, não procure cursos de day trade, especificamente, antes de realizar outros programas confiáveis de conhecimento.

3. Comece no simulador 

Muitas pessoas acabam achando que day trade é furada por começarem diretamente na Bolsa de Valores, atuando sem qualquer experiência.

No entanto, existem ferramentas que ajudam iniciantes, e muitas plataformas gráficas oferecem modos de simulação que permitem que o usuário “finja” estar operando, com recursos falsos, ou “dinheiro de mentira”.

Continua após a publicidade

Pode ser surpreendente, mas essas simulações realmente podem ajudar iniciantes a entender na prática como o trading funciona. Além de serem dinâmicas e simularem a Bolsa de Valores com veracidade, também permitem uma atuação mais real, sem comprometer os recursos financeiros reais do investidor. Além disso, ajudam o trader a se preparar emocionalmente para perdas financeiras, já que fatores psicológicos também são responsáveis por prejuízos não planejados.

4. Experimente estratégias menos arriscadas

O day trade te atrai, mas você ainda é iniciante nesse ramo, pode ser melhor experimentar algumas estratégias menos arriscadas.

Existem outras modalidades do trading, como swing trade e position trade, por exemplo. Essas categorias permitem a venda de ações a curto e médio prazo, seguindo alguns dos parâmetros do trading diário, mas com menos riscos. Assim, para investidores que estão começando a se aventurar no trading, podem ser opções vantajosas, além de não comprometer tanto o capital e não apresentar tantos riscos elevados.

5. Viver de day trade não é tão simples assim

Muitas pessoas entram nessa atividade acreditando que se trata de uma operação simples e fácil, acabando por achar que o day trade será fonte de sustento pessoal e familiar.

Continua após a publicidade

Por isso, é importante ter em mente que não é tão simples viver somente com trading diário. Isso porque, para tirar uma renda somente dessa operação, é necessário ser extremamente eficiente nisso, e ter outras reservas de segurança.

Mesmo que pareça uma operação simples, ela demanda muita análise e conhecimento profissional para ser minimamente efetiva. Assim, é fundamental desmistificar que day trade é furada, mas entendendo que se trata de uma atividade complexa e que demanda atenção e esforço constante.

6. Siga a estratégia à risca 

O psicológico é um dos principais fatores responsáveis por perdas consideráveis e investidores iniciantes. Isso se dá pelo fato de que perder dinheiro é algo que mexe muito com o emocional das pessoas. Assim, muitos traders acabam virando “torcedores” e ignoram os pontos de entrada e saídas das operações que haviam traçado.

No entanto, é essencial ter uma estratégia clara, e não deixar que o emocional interfira nisso. Resultados desfavoráveis são comuns, e é por esse motivo que os profissionais de trading devem continuar praticando constantemente, sem trocar de estratégia.

Continua após a publicidade

Somente assim será possível se especializar em determinada abordagem, e começar a ver os rendimentos, que podem vir depois de muito tempo. Deixar o emocional interferir acaba prejudicando a experiência do investidor, que se desespera e abandona sua abordagem, passando a acreditar que o day trade é furada.

7. A alavancagem não é sua melhor amiga 

Por fim, embora a alavancagem seja uma prática disponível para traders, isso não significa que ela deva ser usada constantemente.

Ela permite que o investidor invista um capital que ele não possui, para devolver em determinado período. Por exemplo, um trader que tem um capital de R$ 5 mil pode ter permissão da corretora para alavancar seu capital. Assim, compra um lote de R$ 20 mil em ações com alavancagem, e vende o mesmo lote posteriormente, pelo valor de R$ 21 mil.

Embora ele não tenha esse valor, ele conseguiu recuperar o total e um lucro de R$1 mil.

Continua após a publicidade

Mesmo que essa situação seja possível, o inverso também pode acontecer, e o investidor não conseguir o suficiente para cobrir a alavancagem. Dessa forma, ele começará a operar com um dinheiro que não lhe pertence, e pode ser uma prática perigosa, comprometendo seu patrimônio e toda a sua atuação, se for mal utilizada.

Por isso, o mais recomendado é não contar com essa técnica, especialmente sendo um day trader iniciante.

Conclusão: vale a pena aprender day trade?

Ultimamente, a internet se divide em opiniões opostas, afirmando que day trade é furada, e que se trata de uma atividade lucrativa. No entanto, a realidade é que o trading diário é uma operação como qualquer outra no mercado. Trata-se apenas de uma modalidade voltada para perfis mais agressivos que operam na Bolsa de Valores.

Isso significa que não é uma atividade indicada para todas as pessoas, especialmente para as que não possuem um perfil de acordo.

Cair em mentiras e falsas promessas de dinheiro fácil pode trazer mais prejuízos do que lucros, contribuindo para a imagem de que day trade é furada. Entretanto, profissionais qualificados do mercado financeiro podem, e devem, aprender mais sobre day trade, se desejarem atuar na Bolsa de Valores de forma mais dinâmica e agressiva.

Se feito da forma correta, o day trade pode ser uma ferramenta potencial para otimizar a rentabilidade das ações. Mas é importante ter consciência de que não se trata de uma operação milagrosa, e demanda tempo, esforço e experiência para começar a trazer resultados verdadeiramente seguros.

Sugestões de leitura do iDinheiro:

Perguntas frequentes

  1. É possível viver de day trade?

    Sim, mas isso é recomendável apenas para profissionais já experientes, que atuam na área há muito tempo e possuem outras formas de renda, além de ter uma boa reserva para imprevistos, que não comprometam sua segurança.

  2. Quanto ganha um trader experiente?

    Os valores oscilam bastante, pois dependem da abordagem, forma de trading e capital investido. No entanto, a renda varia entre R$7 mil e R$11 mil, de acordo com estimativas de profissionais já consolidados.

  3. Quais as vantagens de fazer day trade?

    O day trade permite uma atuação mais dinâmica na Bolsa de Valores, com controle de perdas, possibilidade de ganhos consideráveis e maior autonomia.

  4. Em quais ativos geralmente se faz day trade?

    Geralmente, o day trade é feito com ativos como ações e contratos futuros. No entanto, o trading diário de criptomoedas também está se popularizando.

Continua após a Publicidade

3 comentários

  1. Luiz.

    Obrigado pelo post. Bastante encorajador. Se tiver alguma estratégia e puder compartilhar, agradeço.

  2. Jose Domingos

    Ótima matéria, estão de parabéns! Sou day trader e é bejJose DjoJosr Domingos seomingososem isso mesmo!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.