Consórcio de dinheiro: conheça a alternativa para quem quer juntar um patrimônio

Consórcio de dinheiro é possível? Saiba mais sobre essa opção para quem deseja poupar dinheiro e suas alternativas.

Escrito por Eduarda Fernandes

Por que confiar no iDinheiro?

Responsabilidade editorial: Nosso editores são especialistas nas áreas e isentos nas avaliações e informações. Nosso objetivo é democratizar e simplificar o acesso a produtos e serviços financeiros sem viés. Conheça nosso código editorial.

Como ganhamos dinheiro?

Podemos ser comissionados pela divulgação e cliques nos parceiros. Isso também pode influenciar como alguns produtos aparecem na página, sempre com a devida identificação. Entenda como o site ganha dinheiro.

Política de Cookies: Nosso site utiliza cookies para estatísticas gerais do site e rastreamento de comissões de forma anônima. Nenhum dado pessoal é coletado sem seu consentimento. Conheça nossa política de privacidade.


Sugestão iDinheiro

Consórcio Rodobens

Consórcio Rodobens

Consórcio Rodobens Solicitar
  • A partir de R$ 203,01
  • 216 Meses
  • A partir de 15,00%
Voltar ao topo

Juntar dinheiro ainda é um desafio para muitos, principalmente para cumprir um objetivo específico, como comprar uma casa, carro ou fazer a viagem dos sonhos. Mesmo com a poupança ou outros títulos de renda fixa, algumas pessoas ainda têm dificuldade de criar o hábito de guardar dinheiro ou dedicar uma parte da renda para isso, necessitando de incentivos externos.

Para este caso, existe o consórcio de dinheiro, onde é possível recorrer a administradoras de consórcio como uma outra alternativa para poupar, trazendo mais disciplina e respeito a prazos. Saiba mais!

O que é um consórcio de dinheiro?

Um consórcio de dinheiro é uma modalidade de consórcio em que o objetivo principal não é a aquisição de um bem específico, pois o consorciado utiliza o contrato para poupar dinheiro para bens diversos. Em alguns casos, esse método é mais efetivo que guardar em um banco, pois o contrato estabelece a quantia de que deve ser paga, estabelecendo um compromisso por parte do consorciado.

Como funciona o consórcio de dinheiro?

O consórcio de dinheiro funciona da mesma forma que os outros tipos de consórcio: é uma modalidade de compra cooperativa na qual um grupo de pessoas se une com o objetivo de adquirir um bem ou serviço específico, como um carro, uma casa, uma viagem, entre outros, mas nesse caso o cliente busca o consórcio como forma de juntar dinheiro.

Assim, o consórcio de dinheiro funciona como uma espécie de poupança em grupo, na qual os participantes contribuem mensalmente com parcelas para formar um fundo comum. Esse fundo é utilizado para contemplar um ou mais participantes por meio de sorteios ou lances mensais.

A administradora de consórcios é responsável por essa união, organizando e gerenciando os grupos de consorciados. Os participantes podem ser pessoas físicas ou jurídicas com interesses em comum, como adquirir um mesmo tipo de bem.

Ao ingressar no consórcio, cada participante escolhe o valor da carta de crédito que deseja receber caso seja contemplado. A carta do valor da carta de crédito é o montante que possibilita a aquisição do bem ou serviço desejado, então se o objetivo for juntar dinheiro, é necessário fechar um contrato que tenha o valor que deseja ser poupado. 

Como acontece a contemplação do consórcio?

Mensalmente, todos os consorciados devem pagar uma parcela que corresponde ao valor da carta de crédito dividida pelo número de meses do plano. Essas parcelas compõem o fundo do consórcio que será usado no momento da contemplação, no qual um ou mais consorciados são selecionados para receber a carta de crédito e, assim, adquirir o bem desejado. Existem duas formas principais de contemplação: sorteio ou lance. 

A administradora realiza sorteios periódicos entre os consorciados ativos para definir quem será contemplado. A chance de ser sorteado aumenta com o decorrer do tempo, uma vez que os participantes que ainda não foram contemplados entram automaticamente em cada sorteio. 

Além dos sorteios, os consorciados têm a opção de dar lances, ou seja, ofertar um valor adicional à sua parcela mensal para tentar antecipar a contemplação. Assim, o consorciado que der o maior lance é contemplado.

Uma vez contemplado, o consorciado recebe a carta de crédito com o valor escolhido no início do contrato. Com essa carta, ele pode adquirir o bem ou serviço que deseja, mas, no caso do consórcio de dinheiro, a carta será equivalente ao valor poupado. 

Mesmo após ser contemplado, o consorciado continua pagando as parcelas até o final do prazo estipulado no contrato, a menos que escolha adiantar as parcelas e quitar o consórcio. As contribuições dos demais participantes também continuam para que todos possam ser contemplados ao longo do período do consórcio. O consórcio chega ao fim quando todos os participantes foram contemplados ou quando o prazo do contrato é encerrado. 

Afinal, tem como fazer consórcio de dinheiro?

Para quem escolhe consórcio de dinheiro como forma de guardar dinheiro, existem duas opções após o encerramento do consórcio: venda da carta ou recompra.

O consorciado pode optar por vender a sua carta de crédito para terceiros interessados em adquirir o bem que foi acordado em contrato. Essa venda é permitida por lei, e pode ser realizada diretamente entre o consorciado contemplado e outra pessoa, se tiver o aval da administradora de consórcios e todos os documentos legalizados.

No entanto, esse tipo de transação exige mais atenção, tanto de quem compra quanto de quem está vendendo, pois se o processo não for feito com segurança, pode ocorrer o golpe da carta contemplada, muito comum em operações de consórcio.

Outra alternativa é o consorciado entrar em contato com a administradora responsável pelo consórcio para verificar a possibilidade de recompra da própria carta de crédito. A recompra garantida é super comum em financiamentos, como por exemplo no financiamento de carros, onde o cliente tem a possibilidade de vender o carro direto para a concessionária, até mesmo para usar de entrada.

Nesse caso, se a administradora possui essa opção, ela pode oferecer ao consorciado a opção de adquirir a sua própria carta de crédito por um valor pré-estabelecido, que pode ser igual ou menor do que o valor integral da carta, uma vez que ela já foi contemplada. 

O que considerar antes de fazer um consórcio de dinheiro? 

Se você está pensando em contratar um consórcio de dinheiro para economizar, saiba que essa opção é possível, mas com algumas ressalvas. Abaixo, detalhamos os prós e contras da operação para te auxiliar no momento da decisão. Confira.

icon

Vantagens do consórcio

• Disciplina financeira;
• Possibilidade de antecipar a contemplação;
• Não há pagamento de juros.
  • Disciplina financeira: O consórcio incentiva a disciplina de poupar regularmente, o que pode ser difícil para algumas pessoas ao pouparem sozinhas.
  • Possibilidade de antecipar a contemplação: Os participantes têm a opção de dar lances com recursos próprios para tentar antecipar a contemplação.
  • Não há pagamento de juros: Diferentemente de empréstimos ou financiamentos, não há a cobrança de juros no consórcio. Você paga apenas o valor da carta escolhida e a taxa administrativa. 
icon

Desvantagens do consórcio

• Ausência de rentabilidade;
• Burocracia;
• Possibilidade de inadimplência.
  • Ausência de rentabilidade: Existem outras opções de renda fixa que valorizam melhor o dinheiro. Enquanto o dinheiro fica no consórcio, não há rentabilidade direta sobre ele, o que pode levar a uma perda de poder de compra ao longo do tempo.
  • Burocracia: Quando o consorciado decidir vender sua cota, tanto para outra pessoa quanto para a recompra, será necessário obedecer os prazos e acordos com a administradora.
  • Possibilidade de inadimplência: Caso não seja possível manter o pagamento das parcelas em dia, o participante pode ser excluído do grupo, perdendo o sentido de usar o consórcio como forma de disciplina financeira.

Parei de pagar o consórcio. Posso resgatar o dinheiro?

Sim, você pode resgatar o dinheiro do consórcio. Se você cancelou seu consórcio direto com a administradora, você pode esperar até a contemplação da sua cota para receber o valor que já foi pago, mas é importante lembrar que este valor não é recebido integralmente, pois são descontadas as taxas de administração.   

Administradoras que fazem consórcio de outros bens

Abaixo, listamos algumas administradoras confiáveis do mercado. Essas empresas não necessariamente oferecem consórcio de dinheiro, mas sim de bens específicos, como carros, imóveis, eletrodomésticos, entre outros, e após a contemplação o consorciado recebe uma carta de crédito que permite adquirir o bem desejado.

Nesse momento, existe a opção de vender o bem recém adquirido e, assim, ter o dinheiro em mãos para utilizar conforme suas necessidades. Algumas empresas também oferecem a modalidade de recompra garantida. Veja então algumas possibilidades. 

Consórcio Rodobens
Consórcio Rodobens

A Rodobens oferece uma ampla gama de soluções financeiras, sendo uma boa opção para quem quer usar o consórcio como forma de juntar dinheiro, pois a empresa possui consórcios para imóveis, veículos e serviços, com uma diversidade de planos e opções que se adequam a diferentes perfis de clientes. 

Além disso, existem opções ainda mais específicas, como para estudos, viagens e cirurgias estéticas, ideal para quem pensa em juntar dinheiro para esses objetivos. Ou seja, você pode contratar uma carta com um valor menor ou maior, dependendo da sua situação financeira. 

No Reclame Aqui, a Rodobens possui nota 8.9 e selo RA1000, com cerca de 92,4% dos problemas resolvidos.

Consórcio de veículos Porto Seguro
Consórcio Porto Seguro

Com 75 anos de experiência no mercado, a Porto Seguro é conhecida por sua atuação nos setores de seguros, planos de saúde, financiamentos e consórcios. Existem cartas para vários tipos de objetivos financeiros, como os mais tradicionais consórcios de imóveis e automóveis, até as opções de instalação de placas solares, ideal para quem quer reformar ou para empreendedores que queiram investir em energia renovável no seu negócio. 

A Porto Seguro Consórcios possui nota 6.1 no Reclame Aqui, com índice de solução de 68.7%. 

Consórcio de bens móveis Banco do Brasil
Consórcio Banco do Brasil

O consórcio Banco do Brasil é mais uma opção para quem quer usar o consórcio para economizar, pois a variedade de serviços permite contratação de cotas de valores mais acessíveis, sendo possível contratar consórcios para eletrônicos, computadores, consoles e móveis, com várias opções de planos acessíveis.

O Banco do Brasil possui nota 7.8 no Reclame Aqui, com cerca de 78,1% dos problemas resolvidos.

Consórcio de Veículos Magalu
Consórcio Magalu

O consórcio do grupo Magalu é mais um serviço versátil, pois as opções vão desde veículos a eletrodomésticos. Para quem quer juntar dinheiro, seus planos são um diferencial, pois permitem pagamentos mais flexíveis, como no caso do plano 50/50, no qual você paga metade da parcela até ser contemplado e completa a diferença no resto do consórcio. 

O Consórcio Magalu possui nota 8.6 no Reclame Aqui, com índice de solução de 91,3% e selo de qualidade RA1000.

Consórcio imobiliário Santander
Consórcio Santander

O Santander é mais um dos bancos que possuem seu próprio consórcio, com planos para automóveis, reformas, construção e até mesmo embarcações. Também é possível fazer uma simulação prática no site ou aplicativo, onde você preenche seus dados e analisam qual a opção mais adequada a seu perfil. 

O Santander possui nota 6.4 no Reclame Aqui, com cerca de 63.5% no índice de aprovação.

Conclusão

Em resumo, o consórcio é uma ótima alternativa para pessoas que desejam poupar dinheiro, mas encontram dificuldades para fazer isso sozinhas. Ao fazer parte de um grupo de consórcio, os participantes são incentivados a poupar mensalmente, desenvolvendo uma disciplina financeira que pode ser desafiadora de ser mantida individualmente. 

No entanto, é fundamental destacar que o consórcio não deve ser visto como um investimento em si, pois não oferece rentabilidade direta sobre o valor investido. Embora seja uma maneira segura de alcançar uma meta que envolva dinheiro, os consorciados não têm a valorização do dinheiro durante o período em que ele permanece no consórcio, como no caso de outros investimentos de renda fixa.

Se você está interessado em participar de um consórcio e deseja simular diferentes opções, utilize nosso simulador de consórcio. Com ele, você poderá avaliar as diversas alternativas e tomar uma decisão mais informada e alinhada com suas metas financeiras!

Perguntas frequentes sobre consórcio de dinheiro

  1. Existe consórcio de dinheiro?

    Sim. Não existe uma carta específica para isso, mas você pode conseguir juntar o dinheiro através de recompra.

  2. Se eu desistir do consórcio recebo o dinheiro de volta?

    Sim, você recebe o dinheiro de volta, mas com o desconto das taxas.

  3. Como resgatar dinheiro de consórcio cancelado?

    Você deve esperar sua cota ser comtemplada ou esperar até o final do grupo.

  4. Posso usar o crédito do consórcio de dinheiro para qualquer finalidade?

    Sim, quando você transforma sua carta em dinheiro, pode usá-la para qualquer finalidade, mas não é possível usar uma carta de imóveis para comprar um carro, por exemplo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Participe das Comunidades do iDinheiro.