Previdência Privada

Como cancelar previdência privada? Entenda agora mesmo!

Luana de Oliveira
Luana de Oliveira
Imagem de uma mulher pesquisando sobre como cancelar previdência privada

Neste artigo você vai aprender como cancelar a Previdência Privada, de forma geral, já que o processo pode se diferenciar de acordo com as instituições financeiras.

Como cancelar previdência privada? Entenda agora mesmo!

Se você contratou um plano de previdência privada e se arrependeu, a dúvida mais comum, obviamente, diz respeito ao cancelamento.

A verdade é que existem diversas formas de seguir com o procedimento. Isso acontece porque cada empresa tem seus processos específicos, além de condições para fazê-lo.

Continua após a publicidade

Nesse sentido, apresentamos um panorama geral para que você tenha um ponto de partida.

Fizemos um conteúdo que explica como cancelar a previdência privada e, além disso, apresenta vantagens e desvantagens do investimento.

O que é Previdência Privada

Inicialmente, vamos relembrar o conceito de previdência privada. Este é um tipo de investimento a longo prazo, utilizado como alternativa ou complemento de renda.

Continua após a publicidade

Ela não possui ligação ao sistema do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Portanto, é necessário procurar uma agência ou instituição financeira para adquirir esta aplicação.

Não existe uma idade mínima para começar o investimento na Previdência Privada.

Por exemplo, você pode começar esta aplicação para os seus filhos, ou então quando estiver com renda o suficiente para garantir o pagamento mensal das parcelas.

Outro ponto interessante desta aplicação, é a possibilidade de escolher a modalidade, valor, prazo e até mesmo a instituição que confia.

E claro, se desejar ainda pode realizar portabilidade para outra instituição ou até mesmo solicitar o cancelamento.

Continua após a publicidade

Como este investimento funciona?

Basicamente, o investimento funciona como um acumulador de capital para futuramente realizar o seu resgate, acrescido de juros.

Para fazer a compra de uma previdência, inicialmente é preciso que se faça uma escolha da instituição financeira e o tipo de aplicação.

A partir daí, configure os valores das aplicações mensais, apresente os beneficiários e entre outros dados importantes e solicitados.

Com ela aprovada e ativa, chegou o momento de realizar os pagamentos mensais para acumular dinheiro até o prazo estipulado.

Continua após a publicidade

Nesse sentido, após o prazo definido, faça a solicitação do resgate e pontue como gostaria de receber o dinheiro: integral ou parcelado.

Viu como é fácil investir?

Como cancelar a previdência privada?

Para as pessoas que desistiram deste investimento, é possível cancelar a previdência privada.

No entanto, recomendamos que entre em contato com a instituição financeira de origem para entender melhor sobre as regras e prazos para a desistência.

Normalmente, o cancelamento de um produto contratado pode ser realizado através da internet, telefone de atendimento ou até mesmo pessoalmente, caso a empresa tenha um local fixo.

O cancelamento pela internet costuma ser bastante simples e bem intuitivo. Geralmente a pessoa precisa apenas fazer o login na plataforma, selecionar o produto que deseja cancelar e confirmar o cancelamento.

Continua após a publicidade

Para as pessoas que optarem por cancelar a previdência privada, mas não possuem um objetivo de imediato com esta quantia de dinheiro, recomendamos que não deixe o dinheiro parado em sua conta.

Sabe por que? Esta quantia não vai estar rendendo, ou então você pode utilizar este valor em situações não necessárias.

Neste caso, o ideal é que o valor recebido pelo cancelamento da previdência privada seja utilizado em outra aplicação financeira, que possui a mesma segurança, mas com um rendimento mais vantajoso.

Vantagens e desvantagens em investir na Previdência Privada

Mesmo que a Previdência Privada seja um investimento versátil, é importante que se faça uma análise aprofundada para entender os pontos positivos e os que pesam contra ele.

Continua após a publicidade

Diante disso, selecionamos 5 vantagens e 5 desvantagens da Previdência Privada.

Indicada para o longo prazo

Esta é uma ótima opção para as pessoas que não possuem o hábito de poupar dinheiro e buscam por investimentos de longo prazo.

Normalmente, as aplicações são realizadas em forma de pagamento contínuo e automático, contribuindo assim com a obrigatoriedade.

Planos personalizados

Os planos da previdência são personalizados, portanto o investidor pode utilizar o seu dinheiro em um plano que melhor atenda a suas necessidades.

Então, a aplicação pode ser realizada em médio ou longo prazo, ou pode ser deduzida ou não no Imposto de Renda.

Continua após a publicidade

Portabilidade

Não é necessário permanecer em um único banco por todo o período combinado. Ou seja, se existir outra instituição que ofereça melhores taxas e condições, você pode mudar para lá.

Direcionamento do dinheiro

O dinheiro aplicado é utilizado em fundos de investimentos. Esta situação acontece e é gerida por um profissional capacitado para acompanhar o desempenho das aplicações.

Portanto, o rendimento da previdência é diretamente relacionado com a alocação do capital nesses investimentos.

Repasse do investimento

Com o falecimento do titular, os benefícios são automaticamente repassados para os beneficiários, que podem ser os filhos, pais ou a pessoa estipulada no contrato.

Continua após a publicidade

Esta situação é interessante, pois não há a necessidade de incluir o título no inventário.

5 desvantagens da Previdência Privada

Vamos, agora, para a lista de desvantagens.

Impostos

Os impostos e taxas cobradas pela Previdência Privada podem ser um pouco altos, principalmente para quem deseja realizar esta aplicação em um curto prazo.

Então, este investimento se torna inviável para quem deseja retirar o dinheiro antes do prazo.

Rendimentos

Os rendimentos estão relacionados diretamente com a composição do fundo.

Então, se você adquire uma previdência sem o conhecimento dos ativos que ela é composta, é possível que você não consiga a rentabilidade desejada.

Continua após a publicidade

Carência

Existe um período mínimo de carência para o resgate das parcelas pagas.

Sendo assim, o investidor não pode utilizar este valor em uma emergência, caso a aplicação ainda esteja no prazo de carência.

Tributação

A previdência privada possui dois tipos de tributação, a regressiva e a progressiva.

Nesse sentido, se você resolve resgatar o dinheiro no curto prazo, possivelmente será taxado com uma alíquota maior.

Riscos

Caso a instituição em que você adquiriu o plano sofra de falência, então você pode perder o seu dinheiro, tendo em vista que, nesse caso, não existem garantias, como o FGC, para recuperação dos seus recursos.

Conclusão: como cancelar previdência privada?

Entendeu como o processo de como cancelar previdência privada pode ser simples? Pois é!

No entanto, conforme já reforçamos, é importante buscar pela empresa de forma direta. Por mais que você já tenha um panorama inicial, entenda que algumas particularidades podem ser diferentes.

Caso você esteja optando pelo cancelamento para mudar para outra empresa, lembre-se de fazer uma boa pesquisa! Assim, não terá a necessidade de passar por tudo novamente.

Se você gostou deste conteúdo, que tal continuar recebendo outros materiais completos sobre o assunto? É só assinar a nossa Newsletter para garanti-los em primeira mão!

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *