Leilão de imóveis da caixa 2021: antes de comprar, tire suas dúvidas

Confira neste artigo, como funciona o leilão de imóveis da caixa 2021. Aproveite para tirar todas as suas dúvidas. Veja!

Victor Leitao
Victor Leitão

Leilão de imóveis da caixa 2021: antes de comprar, tire suas dúvidas

O leilão de imóveis da Caixa 2021 vai continuar ofertando casas, apartamentos, lotes e estabelecimentos comerciais com um preço abaixo do mercado.

Todavia, quem não tem experiência na área precisa aprender sobre o seu funcionamento e alguns detalhes para não fazer mal negócio com as suas economias.

Continua após a publicidade

Por conta disso, vamos mostrar neste artigo as principais dicas que você precisa saber antes de comprar um imóvel por meio de leilão. Vamos lá?

O que é o leilão da Caixa 2021?

O leilão da Caixa é a forma que a instituição financeira arrumou para disponibilizar imóveis usados (casas, apartamentos e terrenos aptos para uso), que estão em seu nome, para serem comprados de diversas formas, entre elas, o leilão.

Continua após a publicidade

Como funciona o leilão de imóveis da Caixa

O leilão de imóveis da Caixa funciona da seguinte forma: conforme a lei de garantia de alienação fiduciária, quando um imóvel é devolvido para a Caixa Econômica Federal, é possível que seja feito até dois leilões. Então:

  • o primeiro pode ocorrer 30 dias após a sua devolução. Assim, caso o imóvel não receba nenhum lance, outra rodada pode ser feita 15 dias depois.
  • sem a venda em nenhum dos dois leilões, então ele vai para a licitação aberta, fechada ou venda on-line.

O leilão de imóveis da Caixa em 2021

A primeira especulação de leilão de imóveis 2021 do banco Caixa Econômica Federal será no mês de janeiro em Pernambuco.

De acordo com a instituição, os interessados podem encontrar imóveis de diversos valores e com descontos que podem variar até 77%.

Assim, neste leilão, serão disponibilizados casas, apartamentos e terrenos no site da Gracie Leilões e quem tiver interesse, vai poder dar o seu lance por meio do site.

Continua após a publicidade

Isto mesmo! Todo o evento vai ser realizado 100% online. Para isso, vai ser preciso cadastrar e apresentar o seu lance no imóvel até o dia 11 de janeiro, às 10h.

Leilão de imóveis da Caixa e o saldo do FGTS

A maioria dos lotes apresentados no leilão podem ser adquiridos com o saldo do FGTS ou por financiamento de até 95% do valor do imóvel.

Porém, vale ressaltar que esta situação precisa de aprovação da Caixa Econômica.

Além disso, o banco vai quitar as parcelas do IPTU e taxas de condomínios dos imóveis que forem arrematados no leilão. Mas caso o comprado seja o próprio ocupante ou ex-mutuário do imóvel, então o banco não vai realizar a quitação desses débitos.

As ofertas de imóveis da Caixa 2021

No site da Caixa, é possível encontrar os imóveis que estão à venda, com preços atrativos e condições especiais.

Continua após a publicidade

Além disso, hoje em dia você pode conferir as 4 cidades em destaque:

leilão da Caixa 2021
Opções do leilão da Caixa 2021

Mas para analisar as opções de imóveis em outra localidade, basta utilizar o campo de busca e preencher com o estado e a cidade de sua preferência.

ferramenta para buscar imóveis disponível no leilão da CEF
Campo para buscar imóveis do leilão da Caixa em outras cidades

Como participar do leilão da Caixa 2021

Está liberado a participação do leilão qualquer pessoa, física ou jurídica, com exceção de empregados vinculados à Superintendência Nacional de Infraestrutura e Patrimônio e à Superintendência Nacional de Rede Negocial e Executiva Habitação, além de dirigentes da Caixa e seus cônjuges e/ou companheiros.

Os interessados vão precisar seguir os 3 passos abaixo:

1: Primeiramente, é importante que se tenha conhecimento do edital do leilão da Caixa. Isso porque nesse documento é possível ter noção das regras e informações úteis, como o local, data e formas de pagamento do evento.

2: Na sequência, com todas as informações sobre o leilão, chega o momento de comparecer ao local indicado para o leilão. Lembrando que este evento pode ser realizado exclusivamente online ou em um endereço físico.

Continua após a publicidade

3: Por fim, vai ser preciso aguardar para saber se a oferta apresenta foi a melhor do leilão. Isto significa que o imóvel é vendido para a pessoa que apresentou a maior proposta, no período estimado.

Se por acaso um imóvel receber apenas uma proposta, então a venda será realizada com base na proposta apresentada, mas obedecendo o valor mínimo estipulado no edital.

Outros bancos que oferecem imóveis em leilão

Além da Caixa Econômica Federal, é possível conferir outros bancos que também oferecem este tipo de serviço. Dentre eles, são:

Lembrando que cada banco possui suas regras e particularidades. Portanto, a nossa recomendação é que você acesse o site da instituição para conferir as informações detalhadas do leilão 2021.

Continua após a publicidade

7 dúvidas sobre imóveis de leilão da Caixa 2021

Separamos algumas dúvidas que muitas pessoas têm sobre imóveis de leilão na Caixa. Confira a seguir:

1. Leilão de imóveis são aprovados por lei?

Sim. Os leilões de imóveis são uma prática legal e assegurada em lei desde 1997. Desde então, este serviço se popularizou no mercado brasileiro e também vem acompanhando as novidades tecnológicas.

Portanto, hoje em dia é possível participar de leilões por meio de plataformas e sites online.

2. Quem pode comprar os imóveis da Caixa?

De acordo com o site da Caixa, está liberado o leilão de imóveis para qualquer pessoa física ou jurídica, desde que não sejam empregados vinculados à SULOG, SUGAD, SUHAB e os dirigentes da Caixa.

Continua após a publicidade

Além disso, não está liberado a participação as pessoas que possuem relação de parentesco de até terceiro grau com esses empregados da Caixa.

3. Quais são os tipos de leilão de imóveis?

É possível encontrar dois tipos de leilão: leilão judicial e leilão extrajudicial. Nesses dois tipos, o imóvel vai para leilão pois não houve quitação de uma dívida.

Porém, o leilão judicial leva o imóvel a julgamento, enquanto o extrajudicial, o imóvel é entregue para leilão sem o envolvimento da justiça.

4. O que fazer quando compro um imóvel ocupado?

Caso você tenha adquirido um imóvel no leilão da Caixa e ele está ocupado, então você deve comparecer ao Cartório de Registro de Imóveis e fazer o registro de propriedade do bem.

Continua após a publicidade

Desta forma, você vai comprovar por meio de documentos que este imóvel atualmente é de sua responsabilidade.

Então, a partir daí você pode solicitar ao juízo o pedido de desocupação do imóvel. Mas lembre-se, esta situação vai requerer um apoio de um advogado.

5. Quem fica responsável pelas dívidas existentes depois da compra do imóvel no leilão?

A responsabilidade pelas dívidas existentes do imóvel é da Caixa Econômica. Então, fica entendido que qualquer imóvel com débitos em atraso de taxa de condomínio ou IPTU, vai ser repassado para o comprador com nenhum desses boletos em atraso.

6. O imóvel que vinha acompanhando saiu do site. E agora?

Podemos pensar nas seguintes hipóteses para um imóvel ser retirado do site do leilão:

  • o imóvel foi vendido;
  • suspensão da venda do imóvel por meio de uma ordem judicial;
  • correção de informação ou outros ajustes;
  • reavaliação da área por uma empresa especializada. Nesses casos, o valor do bem pode sofrer alteração;
  • algum problema com a plataforma do leilão.

7. Existe valor mínimo para a entrada?

Sim. De acordo com a Caixa, o valor mínimo de venda se inicia em 5%, podendo sofrer variações de acordo com a modalidade e tipo do imóvel escolhido.

Continua após a publicidade

Vale a pena comprar imóveis no leilão

Assim, após a leitura deste artigo, você deve estar se perguntando se vale realmente a pena comprar um imóvel pelo leilão da Caixa 2021.

Então, podemos dizer que vale a pena adquirir um imóvel por meio do leilão da Caixa, desde que ele esteja de acordo com as suas necessidades e você esteja confortável com alguns cuidados que precisa tomar, como:

  1. Esteja ciente das regras do edital do leilão desejado. Além disso, se for possível, faça uma visita com profissional para conhecer de perto o imóvel desejado.
  2. Antes de afirmar que o imóvel leiloado está com um ótimo preço, faça um levantamento prévio sobre o seu valor no mercado.
  3. Verifique se existem dívidas perante o imóvel escolhido. Mesmo que na regra o IPTU e condomínio são de responsabilidade da Caixa, por exemplo, na prática você pode ter um pouco de dor de cabeça para garantir a quitação dessas dívidas.
  4. Avalie se vale a pena adquirir um imóvel ocupado. Apesar dele apresentar um valor mais abaixo do mercado, esteja ciente que vai ter que desembolsar dinheiro com advogados e, em alguns casos, vai vivenciar situações indelicadas para conseguir o seu imóvel desocupado.

Caso o seu interesse em comprar um imóvel no leilão da Caixa 2021 seja para utilizar este bem como investimento, então a nossa recomendação é que você conheça outras alternativas de aplicações que podem ser até mais rentáveis, como por exemplo o Fundo Imobiliário.

Interessou? Então assine a newsletter do iDinheiro para receber conteúdos sobre investimentos e gestão financeira no seu e-mail.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.