AAI: como ser um Agente Autônomo de Investimentos?

Saiba tudo sobre a certificação de AAI, para quem ela é indicada, valores, validade, salário médio, detalhes sobre a prova e muito mais!

Escrito por Melissa Nunes

Por que confiar no iDinheiro?

Responsabilidade editorial: Nosso editores são especialistas nas áreas e isentos nas avaliações e informações. Nosso objetivo é democratizar e simplificar o acesso a produtos e serviços financeiros sem viés. Conheça nosso código editorial.

Como ganhamos dinheiro?

Podemos ser comissionados pela divulgação e cliques nos parceiros. Isso também pode influenciar como alguns produtos aparecem na página, sempre com a devida identificação. Entenda como o site ganha dinheiro.

Política de Cookies: Nosso site utiliza cookies para estatísticas gerais do site e rastreamento de comissões de forma anônima. Nenhum dado pessoal é coletado sem seu consentimento. Conheça nossa política de privacidade.


Se você acompanha um pouco do mercado financeiro, deve saber que existem algumas classes de profissionais que são habilitados como especialistas, consultores, gestores, analistas e/ou assessores de investimentos. Cada um deles pode exercer uma ou mais funções e, para isso, é necessário adquirir uma certificação específica.

Se você já atua na área financeira ou gostaria de fazer uma transição de carreira para se tornar um assessor de investimentos, podendo fornecer informações sobre produtos e serviços de valores mobiliários, além de captar e atender seus próprios clientes, a certificação adequada é o AAI, da ANCORD.

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext_Smart-Friday

Nesta leitura, você entenderá informações fundamentais sobre a certificação de Agente Autônomo de Investimentos, como: para quem ela é indicada, como obtê-la, quais os valores, detalhes sobre a prova, e muito mais.

O que é a certificação AAI (ANCORD)?

O AAI é a certificação de Agente Autônomo de Investimentos concedida pela ANCORD (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias).

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext

A ANCORD se consolidou como a mais importante entidade da indústria de intermediação no Brasil, ao reunir e representar corretoras e distribuidoras de valores mobiliários, corretoras de câmbio, bancos, assets e outras instituições financeiras, além dos Agentes Autônomos de Investimento, pessoas físicas e jurídicas.

O selo de AAI irá habilitar profissionais do mercado financeiro a atuarem como os popularmente conhecidos assessores (ou corretores) de investimentos. Os exames são oferecidos pela Ancord, em geral em tempo contínuo, e são realizados nos Centros de Testes da FGV.

Se você acompanha o mercado, talvez você já tenha ouvido falar em AAI como pessoa jurídica, ou seja: aqueles escritórios credenciados à bandeira de uma grande corretora. Você não está confundindo, essas empresas também têm a mesma nomenclatura. Aqui, porém, iremos nos ater ao AAI como profissional pessoa física.

Para quem é a certificação AAI?

A principal responsabilidade do agente autônomo de investimentos é intermediar a relação entre os investidores e o mercado de produtos financeiros. Ou seja, é aquele profissional que você vê atuando na linha de frente de corretoras, bancos ou demais instituições financeiras distribuidoras de valores mobiliários, fazendo o atendimento direto aos clientes.

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext

Costuma ser a profissão mais conhecida de quem têm seus primeiros contatos com o mercado financeiro, sejam os investidores ou aqueles que desejam começar a trabalhar na área.

Atribuições do AAI

Além de prestar informações sobre os produtos de investimentos oferecidos e serviços prestados pela sua instituição contratante, o AAI também pode atuar na prospecção e captação de novos clientes e na recepção, registro, e transmissão de ordens.

Vale lembrar também que essa não é uma certificação restrita a profissionais que já atuem diretamente em instituições financeiras ou na área. Quem atua em uma profissão completamente diferente e deseja migrar para o mercado financeiro, pode fazê-lo.

Inclusive, muitas corretoras trabalham com programas de transição de carreira, que treinam e buscam trabalhadores de outros segmentos para capacitá-los a atuar com investimentos. São muito desejados, por exemplo, profissionais que tenham boa capacidade comercial, para captar e reter clientes, independentemente do setor de atuação.

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext

Assim, além de investimentos, um AAI precisa gostar de lidar com atendimento e pessoas. Caso você deseje atuar na área, mas de forma mais técnica e nos bastidores, o mais indicado seria uma certificação de analista.

No entanto, nada impede que alguém, de qualquer área, possa se certificar, por diversos motivos e objetivos, como: adquirir mais conhecimento, turbinar o currículo ou para ajudar a nortear suas decisões acerca dos seus próprios investimentos.

Como obter o AAI?

Para se certificar como agente autônomo, não há pré-requisitos, bastando ser aprovado no exame da ANCORD. Veja, a seguir, os detalhes sobre a prova.

Como se inscrever e agendar o exame para AAI

No site da ANCORD, você deve seguir o seguinte caminho:

  1. Certificação e Credenciamento;
  2. AAIS;
  3. Inscreva-se no exame de certificação;
  4. Inscreva-se;
  5. AAI.

Ao cair nesta tela, você deve:

  • confirmar o aceite nos documentos do Regulamento, Termos de uso e Política de Privacidade;
  • inserir o CPF, escolher o exame (em casa ou presencial), aceitar o termo de consentimento e preencher seus dados completos;
  • após completar o processo, você receberá por e-mail um login e uma senha para acessar o sistema, onde poderá gerar o boleto para realizar o pagamento da inscrição;
  • em até 3 dias úteis, após identificar o pagamento, a FGV enviará um e-mail liberando o agendamento do exame;
  • depois de aceitar o Manual de Candidatura, você deverá escolher o local e a hora para realizar o seu exame em um centro de teste credenciado pela FGV. Você pode consultar aqui;
  • no sétimo dia que antecede a data do exame, seu agendamento entra no estado confirmado e não será mais permitido o seu cancelamento.

Uma vantagem da prova de AAI é que, além da opção presencial, o exame também pode ser feito de forma online. O processo de inscrição é o mesmo e você deve escolher a modalidade logo nos primeiros passos, antes de inserir seus dados. Para fazer de casa, é preciso seguir uma série de requisitos.

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext

Custos da certificação

O valor da taxa de inscrição para o exame AAI é de R$ 460,00.

Se você não for contratado por nenhuma instituição financeira no prazo de até 1 ano (contado a partir da data de divulgação do resultado do exame), sua certificação expira e você precisa realizar nova prova (e pagar) para renová-la.

Para manter a certificação, há somente uma anualidade a ser paga à CVM, no valor de R$ 530.

Antes de 2022, o AAI era uma certificação bem mais cara, pois essa taxa de manutenção era de R$ 634,63, a ser paga trimestralmente. Isso foi mudado com a Lei 14.317/22, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, que alterou as regras da taxa de fiscalização da Comissão de Valores Mobiliários.

Como é a prova

Você deverá comparecer no Centro de Teste escolhido com 30 minutos de antecedência, munido do documento indicado no Manual de Candidatura. Após a realização, o resultado do seu exame será disponibilizado no sistema em até sete dias e você poderá solicitar o certificado.

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext

A prova apresenta 80 questões de múltipla escolha e tem 2h30 para ser feita. O candidato precisa obter o mínimo de 70% de acertos do total de questões (56 certas), respeitado o mínimo de 50% de acertos nos Capítulos I, III, VIII e XV.

O exame é composto pelos seguintes conteúdos, pesos e exigências:

Conteúdo, peso e exigência de acertosNúmero de questões
I: A Atividade do Agente Autônomo de Investimento
– 15% do total da prova
– mínimo de acertos: 6 questões
12 questões
III: Lei nº 9.613/98; Circular BACEN 3.978/20; Resolução CVM 050/21 e Resolução 30/21
– 5% do total da prova
– mínimo de acertos: 2 questões
4 questões
IV: Economia
– 2,5% do total da prova
– mínimo de acertos: não há
2 questões
V: Sistema Financeiro Nacional
– 3,75% do total da prova
– mínimo de acertos: não há
3 questões
VI: Instituições e Intermediadores Financeiros
– 3,75% do total da prova
– mínimo de acertos: não há
3 questões
VII: Administração de Risco
– 5% do total da prova
– mínimo de acertos: não há
4 questões
VIII: Mercado de Capitais – Produtos – Modalidades Operacionais – Liquidação
– 25% do total da prova
– mínimo de acertos: 10 questões
20 questões
IX: Fundos de Investimentos
– 5% do total da prova
– mínimo de acertos: não há
4 questões
X: Outros Fundos de Investimento Regulados pela CVM
– 2,5% do total da prova
– mínimo de acertos: não há
2 questões
XI: Securitização de Recebíveis
– 1,25% do total da prova
– mínimo de acertos: não há
1 questão
XII: Clubes de Investimentos
– 2,50% do total da prova
– mínimo de acertos: não há
2 questões
XIII: Matemática Financeira – Conceitos Básicos
– 5% do total da prova
– mínimo de acertos: não há
4 questões
XIV: Mercado Financeiro – Outros produtos não classificados como valores mobiliários – Modalidades – Operacionais – Liquidação
– 8,75% do total da prova
– mínimo de acertos: não há
7 questões
XV: Mercados Derivativos – Produtos – Modalidades Operacionais – Liquidação
– 15% do total da prova
– mínimo de acertos: 6 questões
12 questões

O tema II (Código de Conduta do Agente Autônomo de Investimento) foi excluído do conteúdo programático e da prova em função do disposto no artigo 7º da Instrução CVM nº 610/19 (já em vigor) que trata da revogação da obrigatoriedade da adesão do AAI ao Código de Conduta Profissional do AAI.

Como estudar para a prova

Alguns candidatos mais preparados vão para as provas de certificação simplesmente com o que sabem, de acordo com o seu conhecimento ou experiência prévios. Para os iniciantes, existem vídeos no YouTube, pesquisas, simulados e exercícios disponíveis na internet que ajudam a obter um bom grau de conhecimento ou refinar o já existente.

Mas tem gente que prefere adquirir um curso, seja porque ainda não conhece os conteúdos ou para se preparar melhor e adquirir mais confiança.

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext

Cursos preparatórios

Para lhe ajudar, separamos algumas excelentes opções de casas que oferecem cursos para diversas certificações, entre elas, a de AAI.

Confira, no site de cada uma, quais são as modalidades oferecidas de aula (online, gravadas, ao vivo e/ou presencial, por exemplo).

Simulados

Diversas empresas que oferecem cursos preparatórios possuem também simulados abertos (completos e por módulos) em seus sites, mesmo para quem não adquiriu suas aulas. Eles são uma excelente forma de testar seus conhecimentos, se acostumar com a dinâmica da prova e verificar se você precisa se dedicar mais a um tema específico.

Confira alguns simulados disponíveis:

Apostilas

Ainda, esses sites também podem disponibilizar apostilas gratuitas para baixar, o que é uma boa alternativa para quem vai estudar por conta. Ao comprar um curso, você também deve ter acesso a uma apostila ainda mais completa.

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext

Confira algumas opções online grátis:

Qual a validade do AAI?

No caso de, em até 1 ano (contado a partir da data de divulgação do resultado do exame), você não ter sido contratado por nenhuma instituição financeira, a certificação expira e você precisa realizar nova prova para renová-la.

se você foi contratado, não há vencimento. O que você terá de fazer apenas é passar por um processo periódico de atualização. 

O prazo de validade para obtenção do credenciamento junto a ANCORD e consequente registro perante a CVM para o exercício da atividade é de 1 ano, contado a partir da data de divulgação do resultado do exame.

Se, no ato da solicitação de certificação, você optar por aderir ao Programa de Educação Continuada, o vencimento da certificação será de 5 anos, e, então, você poderá solicitar o credenciamento até o encerramento desse prazo.

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext

Qual o salário do agente autônomo de investimentos?

Estabelecer um patamar de salário de AAI é complicado, uma vez que não há um padrão e as remunerações podem variar bastante de acordo com vários fatores, como, o tamanho das empresas, a quantidade de clientes, os valores de custódia, a quantidade de operações.

Mas, de acordo com a Glassdoor, plataforma de compartilhamento de informações de empregos e empresas, a média salarial de Agente Autônomo de Investimentos é de R$ 3.589 por mês em Brasil. Isso é 52% menor do que a média salarial mensal da empresa XP Inc. para essa vaga que, ainda segundo o portal, é de R$ 7.590.

Vale lembrar que esta é uma profissão onde a remuneração vai depender da carteira de clientes formada pelo agente, além da possibilidade de comissões diversas. Por isso, não há como saber, realmente, qual será o salário de um AAI.

Quais as vantagens de obter o AAI?

Demanda: em função do crescente número de novos investidores no Brasil, desde a renda fixa até a Bolsa de Valores, esta é uma área em constante expansão. Empresas estão sendo criadas e muitas outras estão crescendo. Assim, há cada vez mais vagas e oportunidades de trabalho surgindo.

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext

Salários: embora não haja um piso de remuneração para essa profissão, é válido lembrar que o contrário também é verdadeiro, pois não há um teto salarial. Assim, você pode aumentar seus rendimentos de forma exponencial, de acordo com o crescimento da sua carteira de clientes.

Autonomia: mesmo estando ligado à uma corretora, o assessor pode contar com flexibilidade de dias e horários para trabalhar, assim como alternar entre trabalhar de casa, visitar clientes ou estar presente no escritório.

Quais as limitações do AAI?

Primeiro, para ser caracterizado como agente autônomo de investimentos, é obrigatório o registro na CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Embora o nome possa confundir, não é permitido trabalhar de forma “autônoma”, ou seja, por conta. É necessário atuar com um vínculo estabelecido com uma instituição financeira específica.

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext

Como falamos, não há um piso ou regras salariais. Como, em grande parte dos casos, o assessor assina um contrato de sócio da corretora, é bem comum que alguns profissionais iniciem sem salário, sendo remunerados apenas pela captação de clientes, tamanho sua carteira, quantidade de operações e outros bônus e premiações.

Isso pode ser bastante desafiador no começo. Com o passar do tempo, instituições que desejam contratar profissionais com mais tempo de experiência e/ou conhecimento e resultados comprovados costumam oferecer também salários fixos mais atrativos.

Por fim, o AAI não pode fazer a recomendação de títulos e valores mobiliários. Para isso, é necessário outro tipo de certificação. Fica sob o escopo do AAI orientar o cliente, de acordo com seu perfil de investidor, sobre os produtos e serviços oferecidos pela sua instituição.

Também não é o AAI que executa as ordens (de compra e venda de ações, por exemplo). Ele recebe o pedido do cliente e envia para a mesa de operações responsável.

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext

Vale a pena tirar a certificação AAI?

Para quem quer exercer a função de assessor de investimentos, a certificação AAI é obrigatória. E, atualmente, investir nesta profissão vale a pena, sim. Isso porque o mercado de capitais vem avançando muito e o agente autônomo de investimentos é uma das profissões que mais crescem nesse meio.

Para você ter uma ideia, a bolsa de valores brasileira, após atingir 1 milhão de investidores pessoa física em 2019, já ultrapassou os 5 milhões em 2022. Ao compararmos, com os EUA, por exemplo, onde 60% das pessoas por lá já investem em renda variável, aqui, esse campo ainda tem muito espaço para crescer.

Em linhas gerais, apenas cerca de 2% dos brasileiros estão na bolsa. Assim, a crescente chegada de novos investidores vai demandar cada vez mais profissionais para atender a todas essas pessoas.

Embora possa parecer difícil no começo, em função de poucas garantias salariais e talvez uma carteira ainda a ser construída, certificar-se como AAI pode render bons frutos no futuro. E tudo isso com flexibilidade e autonomia, podendo atuar como uma espécie de empreendedor dentro de grandes empresas.

Se você quer conhecer outras certificações financeiras, confira nosso conteúdo mais completo: 8 principais certificações do mercado financeiro em 2022. Assine também a nossa newsletter para receber conteúdos como esse na sua caixa de e-mails!

Perguntas frequentes

  1. O que é o AAI?

    O AAI é a certificação de Agente Autônomo de Investimentos, concedida pela Ancord, que habilita profissionais do mercado financeiro a atuarem como os popularmente conhecidos assessores (ou corretores) de investimentos. Eles irão captar, atender e orientar clientes nos bancos, corretoras e instituições financeiras e intermediar a relação entre os investidores e o mercado de produtos e serviços de valores mobiliários.

  2. Qual o salário de um AAI?

    De acordo com a Glassdoor, plataforma de compartilhamento de informações de empregos e empresas, a média salarial de Agente Autônomo de Investimentos é de R$ 3.589 por mês. Isso é 52% menor do que a média salarial mensal da empresa XP Inc. para essa vaga que, ainda segundo o portal, é de R$ 7.590.

  3. Quanto custa a prova AAI?

    O valor da taxa de inscrição para o exame AAI é de R$ 460,00. Se você não for contratado por nenhuma instituição financeira no prazo de até 1 ano você precisa fazer uma renovação. Além disso, há uma anualidade a ser paga à CVM pela manutenção da certificação, no valor de R$ 530.

Continua após a publicidade

Coinext

Continua após a publicidade

Coinext
Referências do artigo
    1. Ancord. “CERTIFICAÇÃO E CREDENCIAMENTO – Ancord”. Link.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Participe das comunidades do iDinheiro no Whatsapp