Consórcio de carros: saiba o que é e como fazer o seu.

Muitos têm como objetivo a compra de um automóvel zero quilômetro, porém, nem todos possuem o valor necessário disponível para a realização desse sonho e, na maioria das vezes, optam pelo financiamento

No entanto, há outra modalidade de crédito, o consórcio de carros, que pode tornar essa meta real.

Continua após a publicidade:

Se você está cogitando a possibilidade de efetuar a contração desse consórcio, leia este artigo e confira todas as informações necessárias.

Assim, sua decisão será tomada com total discernimento e conhecimento sobre o assunto. 

O que é o consórcio de carros?

O consórcio de carros é um tipo de modalidade de crédito onde pessoas se juntam e cada uma paga uma parte do bem.

Continua após a publicidade

O consórcio funciona de forma contrária ao financiamento tradicional. Uma vez que, este consiste em te emprestar o dinheiro, para você pagar posteriormente com juros.

No consórcio, sobretudo, você paga ao banco antes de adquirir o bem e obtém o dinheiro para efetuar a compra à vista.

Entretanto, também tem a possibilidade de ser contemplado através do sorteio e receber o bem antes.

Se isso acontecer, você continua pagando as prestações após a contemplação.

Como o consórcio de carros funciona?

O consórcio de carros funciona como um financiamento em grupo. Você juntamente com outras pessoas que compartilham do mesmo desejo de adquirir um veículo, contribuem mensalmente com uma parcela para criar um tipo de poupança conjunta.

Continua após a publicidade

Todo mês há um sorteio, onde uma pessoa do grupo é escolhida para receber a carta de crédito.

Melhor dizendo, ela recebe o dinheiro para efetuar a compra do seu carro. 

Entretanto, se você não quiser ficar a mercê da sorte e também não quer esperar até o final do consórcio para receber o dinheiro, existe a opção do lance livre, que pode ser oferecido por qualquer consorciado e não tem limite do valor.

Sendo assim, o consorciado que oferecer o maior valor é contemplado com a carta de crédito.

Como se dá o processo

Quando você opta pelo consórcio de carro, na hora de definir os valores que pagará, você primeiro escolhe o tipo de veículo que quer adquirir e paga através do consórcio o valor do bem com preço de tabela. 

Continua após a publicidade

Os consórcios mais confiáveis e seguros são os administrados pelos bancos. 

Nesse caso, você paga somente a mensalidade, a administração do consórcio fica sob a responsabilidade deles.

Consórcio em andamento, é uma boa opção?

Na grande maioria das vezes, entrar em um consórcio desde o início é mais barato, e se não há urgência da sua parte para adquirir o automóvel, pode ser uma excelente opção. 

Ser inserido em um consórcio em andamento, em contrapartida, costuma ser um pouco mais caro. 

Porém, se você tem pressa em adquirir o bem, esta pode ser uma opção mais viável do que dar uma entrada e financiar o restante ou, até mesmo, do que entrar em um consórcio de carro do início.

Continua após a publicidade

Isso porque as chances de ser contemplado via sorteio – ou através de um lance vencedor – com o consórcio já em andamento são bem maiores.

Quando você adere a um consórcio de carro que já está em andamento, é muito importante se informar de tudo que já aconteceu durante o processo, antes que você fizesse parte do grupo. 

A dica nestes casos é procurar por informações detalhadas sobre assembleias que já ocorreram, por exemplo.

Quais são os custos do consórcio de carros?

Custo menor

Como já vimos, no consórcio não há cobrança de juros, porém, o consorciado pagará outras taxas. 

Continua após a publicidade

Contudo, o valor da parcela e o custo total do consórcio é bem menor do que o de um financiamento tradicional.

As taxas do consórcio são as seguintes:

Fundo de reserva

Como quase tudo na vida, os grupos de consórcios também estão sujeitos a situações inesperadas, como a inadimplência de alguns membros. 

Consequentemente, o objetivo do fundo de reserva é garantir o funcionamento de forma regular do grupo em casos assim.

Fundo comum 

O fundo comum, também chamado de fundo de aquisição, é formado pelos recursos que realmente serão usados na compra do bem pelo consorciado contemplado. 

Continua após a publicidade

Logo, essa taxa é destinada à criação do caixa do grupo, caracterizando a maior parte da composição das prestações. 

Seguros

Os contratos dos consórcios podem também prever o pagamento de seguros. Os mais normais são: seguro de vida, seguro desemprego e seguro de quebra de garantia.

Taxa de adesão

Normalmente essa taxa costuma ser cobrada quando a contratação do consórcio é adquirida através de representantes autônomos da administradora. 

Esses profissionais intermedeiam e se responsabilizam por toda a negociação.

Reajuste do valor da carta de crédito

Regularmente, a carta de crédito é reajustada para que o consorciado não perca o poder de compra do bem e, também, para assegurar ao participante a garantia que o valor à disposição será suficiente para adquirir o automóvel desejado.

Continua após a publicidade

Esse reajuste é realizado de acordo com índice de mercado registrado em contrato, por esse motivo, é importante ler todas as cláusulas. 

Essas alterações normalmente acontecem a cada 12 meses, o que significa que o primeiro reajuste do consórcio será feito um ano depois do pagamento da primeira parcela.

Normalmente a tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) é usada como parâmetro, visto que é ela que dita os valores dos veículos que são comercializados no País.

Quais as vantagens do consórcio de carro?

O consórcio é uma modalidade que oferece muitas vantagens para o integrante e, por consequência, a principal delas é a não cobrança de juros, como acontece nos financiamentos tradicionais.

Continua após a publicidade

Para a pessoa que valoriza a disciplina e a economia com os custos, esse modelo de compra parcelada é a melhor opção.

A seguir, vamos listar algumas das principais vantagens de adquirir um consórcio:

Menos burocracia

Um ótimo benefício do consórcio é o fato de ele ser menos burocrático do que o financiamento.

Essa vantagem beneficia a pessoa que não consegue comprovar renda através do contracheque. 

Não há taxa de juros

O consórcio de carro é uma modalidade livre de juros e não possui parcelas intermediárias.

O consorciado paga apenas as taxas administrativas, que são bem menores do que os juros que são cobrados pelas instituições financeiras, e são diluídas nas mensalidades do consórcio.

Continua após a publicidade

Liberdade de escolha do bem

Ao ser contemplado, o consorciado tem por direito o valor do crédito escolhido, entretanto, não fica “preso” na marca.

Na hora de retirar o veículo, ele tem livre escolha para escolher a marca e modelo do automóvel que desejar.

Quais as desvantagens do consórcio de carro?

Seguramente, as vantagens do consórcio de carro são muito maiores do que as desvantagens. 

O não recebimento do automóvel de forma imediata pode ser considerado uma desvantagem, entretanto, nem todos os consorciados podem enxergar dessa maneira.

Por esse motivo, podemos citar como desvantagens do consórcio:

Prazo maior para o recebimento do bem

De forma contrária ao financiamento, em que é possível retirar o veículo logo no pagamento inicial das parcelas, no consórcio isso vai depender de quando o participante será sorteado. 

Continua após a publicidade

Entretanto, isso pode ocorrer logo no início ou somente no final do grupo.

Risco maior de inadimplência

O risco de inadimplência no consórcio de carro é bem maior, devido ao fato de não depender somente de um membro do grupo do consórcio. 

Por esse motivo, é sempre importante procurar saber de que forma o grupo poderá ser atingido pela inadimplência de outros participantes, como por exemplo se o valor individual sofrerá algum tipo de reajuste.

Além de tudo, o consórcio não é como um financiamento, que permite a você quitar parcelas eventualmente atrasadas. 

No consórcio de carro, caso você deixe de efetuar o pagamento de algumas parcelas, estará correndo risco de perder todo o valor que investiu.

Continua após a publicidade

Possibilidade de golpes

Como sabemos, existem criminosos que se aproveitam de qualquer tipo de situação, e com os consórcios de carros não é diferente. 

Eles vendem consórcios falsos e desaparecem com o dinheiro que você já investiu.

Por esse motivo, é muito importante ficar bem atento à reputação da empresa que você vai contratar.

Vale a pena contratar um consórcio de carros?

Em resumo, a resposta é sim, pois — como vimos — as vantagens são maiores que as desvantagens e, para quem não tem pressa e quer pagar mais barato que um finamento, vale a pena.

A principal dica para quem busca um consórcio de carro é: conhecer a fundo a administradora do mesmo.

Para te ajudar com isso, na nossa sessão de financiamentos temos vários textos falando detalhadamente de várias opções de mercado: acesse!

Agora que você já sabe tudo sobre o consórcio de carros, assine a newsletter do iDinheiro para receber nossos artigos por e-mail e se manter atualizado sobre o setor financeiro em geral. 

Publicidade