Fazer compras usando o cartão de débito é uma prática cada vez mais comum entre os consumidores. É mais prático e muito mais seguro, pois evita que você saia de casa com dinheiro na bolsa ou na carteira.

Algumas pessoas ainda têm receio de usar o cartão de débito com medo de ser cobrado pela transação. Se esse é o seu caso, pode ficar tranquilo! A compra na função débito não tem nenhum tipo de cobrança. Pagando pelas suas compras usando o cartão, só será debitado da sua conta o valor total da compra, nenhuma taxa a mais.

Continua após a publicidade:

Esse receio acontece porque algumas pessoas ainda confundem o cartão de débito com o cartão de crédito. Na compra com débito em conta, o valor é descontado automaticamente da sua conta, e não tem fatura, nem juros, nem parcelamento. É como se você tivesse retirado o dinheiro no caixa eletrônico e fizesse o pagamento à vista.

Já com o cartão de crédito é diferente, pois a sua compra só será cobrada na próxima fatura e ainda pode ser parcelada, dependendo das condições da sua bandeira e do estabelecimento onde efetuou a compra. Nesse caso, a compra é paga através de uma fatura do cartão de crédito.

Mas apesar da compra com débito em conta ser muito prática e segura, pode ocorrer algum problema. Se o valor digitado na máquina estiver errado, e o cliente confirmar a conta sem reparar no erro, será debitado o valor informado à máquina. E não são raros os casos de pessoas que cometem esse tipo de erro. É mais comum do que podemos imaginar, pois as pessoas nem sempre estão tão atentas ao que estão fazendo e podem se distrair facilmente com outras coisas.

Aí vem a dúvida: o que fazer se for debitado um valor maior da minha conta?

Como Fazer o Estorno de Débito?
Saiba como fazer um estorno de débito em conta

Estorno de Débito em Conta

Quando ocorre esse tipo de erro, é necessário pedir um estorno. Estornar significa restituir o valor debitado indevidamente, e esse recurso é utilizado justamente para corrigir esses tipos de erros.

Ao verificar que foi debitado um valor indevido, o cliente deve avisar ao lojista imediatamente. Na própria máquina é possível solicitar o estorno, passando o cartão do cliente novamente. Feito o estorno, o lojista irá entregar um comprovante, que deve ser bem guardado, pois é a garantia de que o procedimento de devolução do dinheiro foi realizado.

O valor não volta para a conta imediatamente, é preciso aguardar um prazo para isso, que pode ser de no máximo 30 dias. Por isso, o melhor é ficar sempre atento e conferir o valor digitado antes de digitar a senha e confirmar a venda.

O estabelecimento não pode se negar a fazer o estorno, já que no caso de erro, isso é um direito do consumidor, mas caso a loja não consiga realizar o estorno diretamente na máquina, é preciso que o cliente procure o seu banco para solicitar o procedimento.

Publicidade