Como comprar dólar com cartão de crédito? Saiba o que fazer!

Quer aprender como comprar dólar com cartão de crédito? Nós explicamos tudo sobre esse assunto! Confira o passo a passo em detalhes.

Escrito por Heloisa Moraes

Por que confiar no iDinheiro?

Responsabilidade editorial: Nosso editores são especialistas nas áreas e isentos nas avaliações e informações. Nosso objetivo é democratizar e simplificar o acesso a produtos e serviços financeiros sem viés. Conheça nosso código editorial.

Como ganhamos dinheiro?

Podemos ser comissionados pela divulgação e cliques nos parceiros. Isso também pode influenciar como alguns produtos aparecem na página, sempre com a devida identificação. Entenda como o site ganha dinheiro.

Política de Cookies: Nosso site utiliza cookies para estatísticas gerais do site e rastreamento de comissões de forma anônima. Nenhum dado pessoal é coletado sem seu consentimento. Conheça nossa política de privacidade.


Consumidores que estão envolvidos com o mundo das finanças ou pretendem comprar no exterior podem aprender como comprar dólar com cartão de crédito. O câmbio feito com esse recurso como intermediário é uma prática que pode gerar dúvidas, já que muitas pessoas não sabem se é possível realizar a conversão com esse meio de pagamento.

Por isso, compradores que precisam da moeda americana acabam não recorrendo à alternativa para adquiri-lo, sem saber como optar por essa operação. Pensando nisso, preparamos um conteúdo especial para te mostrar como é feita essa compra, quais os detalhes que envolvem a atividade e as melhores maneiras de fazer o câmbio.

Mulher mexendo no computador

Acesse o nosso
Recomendador de Cartões

Ainda está em dúvida sobre qual cartão da lista escolher? Acesse nosso recomendador! Lá você poderá escolher os atributos importantes para você e baseado nas suas respostas, entregaremos sugestões personalizadas ao seu perfil!

Ir para o recomendador

É possível comprar dólar com cartão de crédito?

Atualmente, é possível comprar dólar com cartão de crédito. Essa é uma alternativa interessante para quem está planejando viajar ou comprar no exterior, mas ainda não realizou o câmbio. Na falta de dinheiro em espécie, as companhias e bancos aceitam a compra da moeda por esse meio de pagamento, aproveitando a vantagem do formato.

Leia também: Cartão de crédito internacional: saiba como funciona e conheça opções!

Além disso, também podem existir taxas mais atrativas, por conta da cobrança na fatura. Assim, é uma opção que foi implementada pelos órgãos que realizam esse tipo de atividade.

Quais tarifas são cobradas na hora de comprar dólar com cartão de crédito?

Além de conferir como comprar dólar com cartão de crédito, quem se interessa pela alternativa também deve se atentar aos custos dessa operação. Afinal, o uso do serviço para adquirir a moeda sofre a incidência de uma série de tarifas que se relacionam com a movimentação financeira.

Saiba mais: Como é cobrado o IOF do cartão de crédito? Entenda como funciona e descubra!

Enquanto isso, também pode influenciar diretamente no montante de quem está realizando a transação. Por esse motivo, veja quais são as taxas que incidem sobre a operação de compra de dólares!

Taxa de câmbio

A taxa de câmbio é o custo da moeda que está sendo adquirida em relação à espécie nacional, indicando o valor que deverá ser pago. Por exemplo, considerando que o dólar custe R$ 5, caso queira comprar US$ 10, deverá desembolsar R$50. Essa diferença é chamada de taxa de câmbio.

Essa cobrança é variável e pode mudar todos os dias. Por isso, é fundamental acompanhar o mercado caso esteja pensando em adquirir a moeda americana, para pagar um valor mais em conta nos dias de baixa.

IOF

O Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) é uma taxa que incide sobre todas as transações e possui uma alíquota específica para operações cambiais.

Seus custos são de:

  • 1,1% quando o dólar é comprado em moeda em espécie;
  • 6,38% para compras por cartão de crédito ou recargas em cartões pré-pago.

Esses valores costumam ser fixos, mas é recomendável verificar o total no momento da compra.

Spread

O spread, ou taxa de ágio, como também é conhecido, é a diferença de valor de compra e venda. Ou seja, é uma tarifa praticada pela casa de câmbio ou instituição financeira que visa subsidiar a operação.

Esse custo varia de uma empresa para outra. Por isso, é importante pesquisar qual oferece o melhor custo-benefício. Inclusive, o portal Forbes indica que essa é uma tarifa que sempre deve ser avaliada no momento de escolher qual é o lugar ideal para a compra de dólares.

Como comprar dólar com cartão de crédito?

Para aprender como comprar dólar com cartão de crédito, basta conferir as etapas do procedimento que são semelhantes com uma aquisição tradicional. No entanto, a principal diferença é que associado ao total do custo da moeda, serão inseridas as tarifas relacionadas à aquisição, como a taxa de câmbio, o IOF e o spread.

A maneira correta de realizar a compra de dólar com cartão de crédito é comparecendo diretamente em uma companhia ou instituição financeira que realize essa operação. Isso porque esses lugares oferecem um trabalho especializado e regulamentado, de modo que você terá toda a segurança para realizar a sua compra, pagando as tarifas de maneira correta.

Dicas

Sendo assim, quando se decidir pela compra, procure qual é a alternativa certificada mais próxima. Ainda, lembre-se de verificar se ela é registrada nos órgãos oficiais e se cobra a taxa cambial adequada para o valor do dólar.

Como comprar dólar parcelado no cartão de crédito?

Uma alternativa para quem deseja suavizar os custos quando estiver pesquisando como comprar dólar com cartão de crédito, é recorrer ao parcelamento do valor total. Algumas casas de câmbio oferecem a alternativa de dividir o montante em até 12 vezes.

Leia: Parcelamento de fatura do cartão de crédito: descubra como fazer em seu banco!

O pagamento é feito da mesma maneira que outras compras parceladas, sofrendo, inclusive, a incidência de tarifas e juros extras relacionados ao parcelamento. No entanto, em relação à variação cambial, os interessados não precisam se preocupar, já que o valor final é invariável de modo a impedir um descontrole com os custos da operação.

Quais as vantagens de comprar dólar com cartão de crédito?

A principal vantagem de comprar dólar com cartão de crédito é poder se proteger da variação cambial, mesmo que o pagamento da moeda não seja feito imediatamente. Isso porque o total que permanece computado na fatura é o valor praticado na data da compra.

icon

Prós

Outro benefício é a possibilidade de parcelar o montante adquirido de dólares, o que pode favorecer para que o interessado adquira um volume maior.

Qual é a melhor maneira de comprar dólar?

Para quem está em busca de aprender como comprar dólar com cartão de crédito, vale a pena conferir outras formas de pagamento, para saber se essa é a melhor alternativa. A primeira e mais conhecida delas é usando dinheiro em espécie. Até pouco tempo, essa era a única forma de poder realizar transações cambiais com outras moedas.

Inicialmente, é vantajosa, pois não gera cobranças de tarifas que vão além do câmbio. Contudo, pode ser menos prática. Enquanto isso, alguns viajantes têm aproveitado as alternativas mais modernas de levar dinheiro em seus passeios.

Por exemplo, recorrem às contas globais, onde o depósito em real pode ser convertido diretamente para dólar com a vantagem do IOF reduzido. Ainda, existem os “travel moneys”, cartões pré-pagos especialmente voltados para essas viagens, recarregados em real e convertidos com base no spread e na taxa de câmbio da instituição emitente.

Afinal, vale a pena comprar dólar com cartão de crédito?

Saber como comprar dólar com cartão de crédito é importante para quem tem o hábito de adquirir essas moedas ou está precisando delas para compras no exterior. Afinal, essa é uma alternativa que facilita o acesso ao meio de pagamento de maneira segura e facilitada. Inclusive, com a possibilidade de dividir o custo da operação total em parcelas.

Além disso, algumas operadoras ainda oferecem vantagens extras na compra dos dólares usando esse método, como o acúmulo de milhas, por exemplo. Contudo, vale reforçar que os interessados devem ficar atentos às tarifas cambiais e aos juros de parcelamento, que podem interferir no valor final da operação.

Quer continuar acompanhando as novidades sobre o universo financeiro e as melhores oportunidades? Então não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e entre em nosso canal exclusivo do Telegram.

Referências do artigo

2 comentários

  1. Antonio Rodrigues

    Muito bons seus esclarecimentos. Obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Participe das comunidades do iDinheiro no Whatsapp