Viver de renda é possível?

Já ouviu falar em renda passiva? Entenda se viver de renda é possível por meio de investimentos para ter uma aposentadoria tranquila.

Tiago Reis Suno
Tiago Reis

Viver de renda é possível? Eis uma pergunta que escuto muito, sobretudo dos investidores que estão entrando agora no mundo dos investimentos. Parece um sonho distante, algo muito difícil de ser alcançado, exclusivo para quem tem muito dinheiro.

Mas esta não é a verdade. A verdade é que é possível, sim, viver de renda e todo mundo deveria buscar este objetivo o mais cedo possível. Não duvide: você também pode alcançar a sua independência financeira, não é necessário ser herdeiro para isso. 

Continua após a publicidade

Mas há alguns pontos muito importantes que você precisa saber: primeiro, que não existe fórmula mágica de enriquecimento. Esqueça isso e fuja de quem promete muito dinheiro rapidamente. É cilada, é golpe, é furada. Para ter renda passiva de verdade é preciso considerar o tempo. Você planta hoje e colhe amanhã. Não dá para plantar hoje e colher hoje mesmo, certo? Não se esqueça disso. 

Outro ponto importante é a constância: se você quer viver de rendimentos um dia, você precisa ser constante nos seus investimentos. Todos os meses deve aplicar dinheiro na sua carteira, aumentando, assim, seus ativos e sua exposição ao mercado. Isto é fazer o certo, um pouco e sempre. Dessa forma, seu retorno no futuro será maior. 

A ideia de possuir ativos geradores de rendimentos é obter uma renda capaz de pagar suas contas mensalmente sem você precisar trabalhar em um emprego fixo para isso. Por este motivo é um conceito muito associado à aposentadoria, tanto que muitos investidores montam uma carteira previdenciária, ou seja, com foco justamente na aposentadoria.

Afinal, no Brasil, depender do INSS para se aposentar não é uma boa ideia. A renda do aposentado, muitas vezes, mal paga os remédios e a compra básica do mês. É por isso que sempre que me perguntam se é possível viver de renda eu me pergunto o contrário, como é possível não viver de renda passiva no Brasil?

Olha, o melhor conselho que os mais velhos podem dar aos mais jovens, sem dúvida, é: pensem na sua aposentadoria, invistam hoje para no futuro terem renda passiva e viverem a velhice com dignidade. 

Mas, para isso, meus caros, o investidor que busca geração de renda passiva na bolsa precisa ter em mente que se trata de um caminho longo e árduo. Por mais que seja um caminho simples, não é fácil e, muitas vezes, é preciso abdicar de várias coisas para conseguir chegar nesse objetivo. Abrir mão de consumo, de coisas supérfluas e às vezes até mesmo de coisas que são importantes para ele, como viagens, por exemplo. É um sacrifício, mas é necessário para quem não quer correr risco de perder trabalho e ter que pedir empréstimo para o banco ou para parente.

Mas, como posso alcançar este objetivo? Quais são as fontes de renda passiva disponíveis?

A forma mais prática de obter rendimentos passivos é com investimentos no mercado financeiro. Investir parte da sua renda todos os meses formando uma carteira previdenciária que vai gerar renda, reinvestir os dividendos, ter também parte dessa carteira em ativos que vão se valorizar acima da média, as chamadas empresas de crescimento. Assim, ao longo de muitos anos, o investidor consegue formar uma coluna de ativos geradores de renda que vão formatar um fluxo que no futuro pode ser um complemento de renda ou até mesmo a renda principal da pessoa.

Diversificar os investimentos em diferentes classes de ativos ajuda a maximizar ganhos e a minimizar perdas. Fundos imobiliários, ações de empresas brasileiras, ações negociadas no exterior, renda fixa, dólar, tudo isso ajuda você a alcançar sua independência financeira. Colocar os ovinhos em diversas cestas é o caminho para o sucesso.

Mas, claro, viver de renda pode ser bem subjetivo. Para alguns, é necessário ter milhões, para outros, alguns poucos salários mínimos já são suficientes para garantir a vida sem precisar de um emprego. 

É preciso saber o que quer, definir o quanto busca de renda e então encontrar a melhor forma de chegar lá.

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.