Responsabilidade Editorial

Calculadora do Milhão

Calcule quanto tempo levará para chegar a um milhão de reais ou quanto precisa investir para cumprir a meta

Calculadora do Milhão

O que você quer calcular?

R$
R$
DescriçãoValor
Poupança: (false ao ano)
Tesouro SELIC: (false ao ano)
CDBs 120% do CDI: (false ao ano)
CDBs 150% do CDI: (false ao ano)
* Indica a porcentagem da expectativa de rentabilidade bruta ao ano sem descontar taxas e impostos.

A Calculadora de Poupança utiliza-se da taxa de juros estimada para o rendimento da poupança hoje. Para calcular investimentos com taxas de juros diferentes da Caderneta de Poupança, visite nossa calculadora de juros compostos.

Vai investir? Veja as corretoras disponíveis e encontre a melhor opção:

Nota do Reclame Aqui

8,6

Taxa de corretagem:

Não é cobrada

Nota do Reclame Aqui

8,3

Taxa de corretagem:

Não é cobrada

Nota do Reclame Aqui

8,0

Taxa de corretagem:

Valores variáveis

Quer mais opções de corretoras? Compare lado a lado as taxas, benefícios e produtos de investimento:


A Calculadora de Poupança utiliza-se da taxa de juros estimada para o rendimento da poupança hoje. Para calcular investimentos com taxas de juros diferentes da Caderneta de Poupança, visite nossa calculadora de juros compostos.

Vai investir? Veja as corretoras disponíveis e encontre a melhor opção:

Nota do Reclame Aqui

8,6

Taxa de corretagem:

Não é cobrada

Nota do Reclame Aqui

8,3

Taxa de corretagem:

Não é cobrada

Nota do Reclame Aqui

8,0

Taxa de corretagem:

Valores variáveis

Quer mais opções de corretoras? Compare lado a lado as taxas, benefícios e produtos de investimento:


Como usar a calculadora do milhão?

Para usar a calculadora do milhão, escolha o que você quer calcular:

  1. o prazo para atingir seu primeiro milhão; ou
  2. quanto você precisa investir mensalmente para alcançar o milhão dentro de um prazo.

Abaixo, veja exemplos dos dois cálculos:

1. Em quanto tempo serei um milionário?

Continua após a publicidade

Essa simulação é útil para que você saiba, dentro das suas condições de investimento atuais, em quanto tempo será um milionário.

Suponha, então, que você vai começar com R$ 1.000 e investir o mesmo valor todos os meses. Dessa forma, você terá o seguinte resultado em diferentes investimentos:

simulação de investir mil reais para ter 1 milhão

Continua após a publicidade

Veja que, ao encontrar investimentos que paguem, pelo menos, o equivalente à Selic ou ao CDI, seu tempo de espera diminui bastante!

Porém, caso já tenha um patrimônio acumulado de, digamos, R$ 50.000 e possa investir R$ 1.000 mensalmente, o resultado é um pouco mais favorável:

simulação de investir 50 mil para atingir 1 milhão

Esse é o poder dos juros compostos: quanto maior o montante, mais juros ele rende. Então, quanto mais dinheiro você acumular, mais rápido chegará no seu primeiro milhão.

2. Quanto preciso investir ao mês para juntar 1 milhão?

Selecionando "Investimento mensal", você pode preencher parâmetros de taxa de juros mensal ou anual e o tempo, em meses ou anos, em que quer atingir seu milhão.

Continua após a publicidade

Por exemplo, se você tem os mesmos R$ 50.000 anteriores, consegue um rendimento mensal de 0,6% (que é bastante possível) e quer ser milionário em 10 anos, esta é a quantia que precisaria investir todos os meses para chegar na sua meta (desconsiderando a inflação do período):

simulação na calculadora do milhão de quanto investir para atingir 1 milhão de reais em 10 anos

É bastante dinheiro, certo? Então, caso não possa investir tudo isso, tente ajustar os parâmetros para que represente melhor a sua realidade. Por exemplo, você pode abrir mão do seu milhão por mais 5 anos, enquanto trabalha para conseguir sua renda:

quanto investir para atingir 1 milhão em 15 anos

Veja com o valor a investir praticamente cai pela metade! Já ficou bem mais possível, certo?

Por isso, na hora de simular valores na calculadora do milhão, procure estabelecer características realistas e que estejam de acordo com a sua capacidade de investimento. Além disso, evite simular taxas de juros muito mais altas, pois lembre-se que quanto maior é o retorno de um investimento, maior também é o seu risco.

Como juntar meu primeiro milhão?

Continua após a publicidade

Chegar ao primeiro milhão é a meta financeira de muitas pessoas. Para a maioria, é um objetivo bastante audacioso, o que não significa que é impossível, mas vai exigir bastante planejamento e, talvez, alguns sacrifícios.

Uma coisa é certa: ganhar mais dinheiro é o caminho mais rápido para chegar ao seu 1 milhão, e o quanto antes você começar, melhor. Mesmo investindo, seus aportes é que vão fazer a diferença e garantir que você consiga alcançar sua meta no tempo desejado.

Para te ajudar nesta empreitada, separamos um passo a passo para seguir e usar a calculadora do milhão.

Primeiro passo: organize as finanças

Antes de pensar em como ser milionário, você precisa ter um controle financeiro pessoal. Por isso, defina algumas coisas:

  • quanto você ganha mensalmente (líquido);
  • qual o seu custo de vida mensal;
  • se sua renda está adequada ao seu estilo de vida (e vice-versa);
  • como é possível melhorar sua relação entre receitas e despesas;
  • quanto dinheiro pode destinar ao investimento;
  • se é possível ganhar mais dinheiro de alguma maneira.

Continua após a publicidade

Sem saber de onde vem e para onde vai seu dinheiro, ficará muito difícil definir uma meta de investimento para o seu primeiro milhão. A partir dessas definições é que você conseguirá ter uma ideia do valor que vai usar na calculadora do milhão.

Aqui estão alguns conteúdos para te ajudar nesta etapa:

Segundo passo: tenha uma segurança

Dizemos que o primeiro investimento de todas as pessoas deve ser sempre a reserva de emergência. Isso porque é ela quem vai "segurar a barra" quando houverem gastos inesperados, em caso de perda da renda principal ou situações emergenciais.

Então, caso você esteja partindo do zero, deve priorizar a formação do seu fundo de emergência. Caso contrário, em um mês que precisar gastar mais, seu aporte do milhão ficará prejudicado e você provavelmente precisará estender a sua meta.

Continua após a publicidade

Para saber mais como formar a sua reserva, dê uma olhada nestes conteúdos:

Terceiro passo: planeje-se

Depois de se organizar financeiramente e preparar a sua reserva, chegou a hora de planejar o primeiro milhão.

Agora que você já sabe quanto do seu orçamento mensal pode destinar para a sua meta, pense sobre os seguintes tópicos:

  • em quantos anos quer ter seu primeiro milhão?
  • esse prazo é viável para a sua meta de investimento mensal?
  • se não, é possível aumentar o prazo ou o aporte?
  • qual meu nível de conhecimento sobre investimentos?

Depois de definir seus parâmetros pessoais, use a nossa calculadora do milhão para simular a sua meta. Observe se o resultado faz sentido para o que você está planejando, e, se não fizer, repense os pontos acima.

Continua após a publicidade

Caso você tenha dificuldade em se planejar, veja os textos abaixo:

Quarto passo: invista

Com o plano pronto, é hora de começar a investir para juntar 1 milhão de reais. Mas vamos com calma: que tal cortar essa meta em pedacinhos?

Um milhão é bastante dinheiro, concorda? Então, para não correr o risco de ficar desmotivado no meio do caminho, experimente planejar metas de investimento mais razoáveis, como:

  1. 10 mil reais;
  2. 50 mil reais;
  3. 100 mil reais;
  4. 250 mil reais;
  5. 500 mil reais;
  6. 1 milhão de reais.

Assim, seus objetivos ficam mais tangíveis e as chances de você gastar tudo ou desistir antes do tempo são menores. Isso é especialmente importante se você tem aportes pequenos e vai levar algumas décadas até o primeiro milhão.

Continua após a publicidade

Por fim, chega a hora de escolher onde investir seu dinheiro. Nesse momento, considere sempre seu nível de conhecimento acerca do assunto e fuja de promessas duvidosas e rentabilidades absurdas. Tenha paciência e persistência, pois a ganância pode custar muito caro e empurrar sua meta mais adiante ainda.

Se você nunca investiu, considere uma rentabilidade igual à da Taxa Selic, que encontramos nos investimentos mais conservadores e simples da renda fixa. Aos poucos, vá diversificando e aprendendo sobre outros tipos de investimento, como fundos de investimento, ações e outros.

Conforme você aumenta seu nível de conhecimento e, se possível, os aportes, volte à calculadora do milhão e reveja sua meta.

Para te ajudar a aprender sobre investimentos, consulte os seguintes artigos:

7 dicas para juntar um milhão de reais

  1. comece o quanto antes: quando falamos em investimento, o tempo é o seu melhor amigo;
  2. não espere o melhor momento para investir, pois ele foi ontem. O segundo melhor é hoje;
  3. foque em ganhar mais e aportar mais, em vez procurar a maior rentabilidade;
  4. economize e/ou faça renda extra para aumentar seus aportes;
  5. não deixe as outras metas ou o lazer de lado, o dinheiro também é para viver no presente;
  6. tenha um propósito para o seu 1 milhão, em vez de apenas juntar por juntar;
  7. estude, aprenda e reavalie: metas audaciosas exigem disciplina e foco, levam tempo e precisam ser revistas de tempos em tempos. Por isso, reavalie seu planejamento conforme evolui seus conhecimentos e de acordo com os ciclos econômicos do país.

Perguntas frequentes

TUDO O QUE IMPORTA PARA O SEU DINHEIRO.


Disclaime: O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço. Acreditamos que transparência, correção e cuidado são fundamentais para cumprirmos nossa missão. Por isso, descrevemos a seguir os princípios que buscam estabelecer nosso compromisso editorial . Como parte do compromisso de transparência e isenção do iDinheiro, acreditamos que também é fundamental deixar sempre muito claro de que forma este site busca se manter financeiramente.

© 2022 iDinheiro. Gana Internet S.A faz parte do grupo CASH3 sob o CNPJ 37.675.515/0001-00. Todos os direitos reservados..