Bandeira vermelha 2 começa a valer nesta terça-feira; saiba como isso afeta a conta de luz

A partir desta terça-feira, 1º, haverá cobrança extra de R$ 6,243 a cada 100 kWh consumidos na conta de luz devido à bandeira vermelha 2. Entenda.

Cindy Damasceno
Cindy Damasceno

A partir desta terça-feira,1, o consumo elétrico será calculado a partir da bandeira vermelha com patamar 2. O anúncio é da Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel. Com isso, a cada 100kWh consumidos será cobrado o R$ 6,243. Crise hídrica está por trás da alta, aponta a Agência, e o incremento pode afetar o valor da conta de luz.  

O patamar 2 da tarifa vermelha é o nível mais alto do sistema desenvolvido pela Aneel para acompanhar o consumo de energia. A tarifa é nivelada nas cores verde, amarela ou vermelha, cada uma possuindo os patamares 1 e 2. 

Continua após a publicidade

A metodologia indica se a energia custará mais ou menos, e depende das condições de geração de eletricidade no Brasil. Atualmente, a maior parte da produção elétrica do país é baseada na geração de usinas hidrelétricas. 

A bandeira verde significa que o custo para produzir energia está baixo e não há necessidade de adicionar tarifas; as bandeiras amarela e vermelha representam um aumento no custo da geração, influenciado pela quantidade de água nos reservatórios e pelo período chuvoso. 

Crise hídrica em 2021 e aumento na conta de luz

Acontece que, desde maio, o país está com condições desfavoráveis para produção elétrica. A avaliação do Sistema Interligado Nacional (SIN) é que o Brasil está em período de seca. Sem poder contar com os reservatórios de água, a necessidade de produção termelétrica cresce. Essa alternativa de geração é mais cara do que a hidrelétrica, e, com isso, a conta de luz pode encarecer. 

Fora isso, o preço comercial da energia elétrica também subiu: os levantamentos mais recentes da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), publicados nesta segunda-feira, 31, mostram que o valor comercial no setor elétrico está em alta desde a segunda semana de março

A CCEE é responsável por acompanhar o Preço de Liquidação de Diferenças (PLD), indicador que baliza a cobrança da energia elétrica no curto prazo.  

Como reduzir o valor da conta durante a bandeira vermelha 2? 

A Aneel destaca alguns cuidados sobre consumo consciente durante a alta da tarifa. Confira o que indica a Agência: 

  • As casas com chuveiro elétrico podem reduzir a duração do banho para, no máximo, cinco minutos.
  • Não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado.
  • Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário. Além disso, evitar colocar alimentos quentes dentro do aparelho. 
  • Utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo; pintar o ambiente com cores claras.
  • Juntar roupas para passar de uma só vez.
  • Fazer manutenção rotineira em aparelhos eletrônicos, como máquina de lavar, geladeira e ar condicionado. 

Quer continuar acompanhando as notícias como essa? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro e ativar as notificações push.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

6 comentários

  1. Adonias

    Na minha opinião tudo isso é o reflexo da corrupção da roubalheira de políticos que deveriam estar longe do poder . Muitos impostos cobrados . Ao menos deveriam diminuir o valor .

  2. Elias soares

    Como faço pra parcelar minha divida com a cemig?

  3. Continua após a publicidade

  4. Mayra

    Se Deus quiser isso vai passar vai voltar tudo ao normal é nome de Jesus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.