Responsabilidade Editorial

Por que confiar no iDinheiro

O iDinheiro tem o propósito de democratizar e simplificar os serviços financeiros. Nossa missão é te ajudar a fazer as melhores escolhas, a partir das mais completas informações e recomendações sobre cada serviço.

Franquia Outback existe? Saiba quanto custa para você investir!

Conheça a franquia Outback em nosso guia completo e veja como se tornar sócio de uma das redes de restaurantes mais famosa do Brasil!

vitor braga
Vitor Braga Estagiário de Negócios
Nome da marcaOutback
Investimento inicialR$60 mil
Faturamento médio mensalR$10 mil + 8% sobre os lucros
Prazo de retorno6 a 12 meses
Nota no Reclame AquiCerca 7.5/10
VantagemAcessível para investir, rede consolidada no Brasil
DesvantagemFaturamento médio relativamente baixo, análise criteriosa para aprovação

A franquia Outback pode ser a alternativa ideal para empresários interessados em expandir sua carteira de investimentos com um negócio lucrativo e em expansão no Brasil.

Essa rede inspiração na culinária australiana conquista cada vez mais clientes, não apenas pelo preparo de seus produtos, mas também pelo modelo de atendimento e experiência que oferece ao público.

Continua após a publicidade

Por esse motivo, se tornar um investidor dentro dessa corporação pode ser uma opção considerável para ampliar seus lucros e desenvolver um negócio lucrativo.

Afinal, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA), o setor de food service teve um crescimento de 9,1% em relação a 2021.

Continua após a publicidade

E, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), as franquias de alimentação obtiveram um faturamento de R$7,1 trilhões no segundo trimestre de 2022.

Assim, se tornar um franqueado nesse segmento não apenas é atrativo, como também se apresenta como um mercado em constante crescimento, cada vez mais em destaque no cenário de franchising.

Nesse caso, vale a pena conhecer mais sobre uma das redes de maior sucesso no ramo alimentício, a franquia Outback.

Veja como se tornar um investidor e quais os benefícios que esse empreendimento pode trazer para você.

Continua após a publicidade

Origem da franquia Outback: conheça a história desse fast-food com tema australiano!

A franquia Outback Steakhouse é uma cadeia de restaurantes norte-americana classificada como “jantar casual”, com origem na Flórida. 

Sua primeira unidade foi criada em 1988, mas, atualmente, já conta com mais de mil unidades espalhadas por 22 países, nas Américas, Europa, Ásia e Oceania.

Especialistas estimam que a receita obtida anualmente pela franquia Outback está na casa dos U$4 bilhões.

O grande diferencial desse restaurante é a sua especialização em culinária americana tematizada com cultura australiana nos nomes e na decoração.

Continua após a publicidade

Além disso, também traz receitas diversas, com temperos característicos e uma experiência exclusiva para o cliente.

Esses particularidades atraem muitos interessados na sua franchising, embora a empresa não seja uma franquia comum, mas sim uma rede de lojas joint venture.

A chegada do Outback no Brasil

Apesar de o Outback ter sido inaugurado em 1988, nos Estados Unidos, a primeira unidade brasileira foi aberta somente em 1997, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

No entanto, não demorou para que outros estados abrissem suas lojas. Sendo assim, atualmente, o Brasil conta com mais de 100 restaurantes em funcionamento, espalhados por 15 regiões.

Continua após a publicidade

Além disso, a operação no Brasil é reconhecida pela matriz americana como “uma das mais rentáveis do mundo”, por conta do número de clientes conquistados pela rede nacionalmente.

O faturamento da companhia cresce, em média, 20% ao ano no país. Ainda, dos 10 restaurantes mais rentáveis da rede, 9 estão em solo brasileiro. 

A unidade com maior faturamento da rede no mundo está no Shopping Center Norte, na cidade de São Paulo.

De forma geral, o Brasil é o terceiro país em quantidade de restaurantes do Outback, perdendo somente para os EUA e Coreia do Sul.

Continua após a publicidade

Contudo, a forma de atuação no país é a mesma de outros locais, não seguindo, exatamente, um modelo de franquia convencional, mas sim o que é chamado de “expansão de rede”, ou joint venture.

Entenda a diferença entre a “Franquia Outback” e uma rede joint venture!

Em um primeiro momento, interessados em adquirir um negócio de franchising, como a franquia Outback, buscam um modelo específico de negócio.

Ele é caracterizado pelo fornecimento da licença de venda dos produtos, da marca e dos serviços de uma empresa, além de receber o know-how da corporação, que ensina o novo franqueado as técnicas de vendas específicas daquele negócio.

No entanto, embora receba o nome de franquia, a rede Outback não trabalha com esse regime, mas sim com um modelo denominado joint venture.

Continua após a publicidade

Trata-se de um empreendimento conjunto ou empresa conjunta com ações estratégicas de parceria comercial ou aliança entre empresários.

Dessa forma, o modelo visa uma colaboração para ampliar o faturamento ou mesmo para expandir sua atuação no mercado.

Atualmente, a franquia Outback se enquadra dentro dessa categoria.

Isso porque a sociedade que administra os restaurantes formam uma espécie de rede que é proprietária de todas as unidades, no Brasil e no exterior.

Quando um empreendedor deseja se tornar parte da rede Outback, ele ingressa com um capital para se tornar gestor, uma espécie de sócio.

Continua após a publicidade

No entanto, esse valor de investimento inicial é consideravelmente inferior ao que seria necessário para montar toda a estrutura do restaurante da companhia.

Nesse caso, o valor de contribuição permite que o empresário se torne sócio do Outback, e, com isso, tenha autorização para construir o restaurante e operar vendendo seus produtos, comprometendo-se a alavancar a empresa.

O parceiro entra como sócio-proprietário, e não como franqueado.

Embora o modelo também permita o uso dos produtos e da marca, o suporte e as características de operação são diferentes do franchising, o que distingue a franquia Outback de um modelo convencional, de fato.

Qual o valor da franquia Outback Steakhouse?

Depois de definir corretamente o conceito de franquia Outback, é possível compreender que seu valor de investimento inicial é, na verdade, um percentual para se tornar sócio-gestor.

Continua após a publicidade

Nesse caso, para quem deseja saber quanto custa uma franquia Outback, é necessário conferir a taxa cobrada pela companhia. Atualmente, ela está no valor de R$60 mil.

Para a franquia Outback, o preço é somente para que o empresário se torne parte da equipe corporativa, uma vez que o total não cobre integralmente os custos da estrutura de um novo restaurante.

Dessa forma, o investimento para se tornar um franqueado, de modo geral, é mais acessível do que outros valores de empresas no segmento de alimentação.

Contudo, é fundamental que o gestor entenda que esse total diz respeito ao sistema de joint venture, de modo que o empreendedor não será dono do negócio, mas sim um sócio.

Continua após a publicidade

Como funciona o faturamento e a remuneração dos sócios? Veja aqui o tempo de retorno!

Além disso, outro ponto de avaliação importante para interessados na franquia Outback é o faturamento e remuneração dos sócios.

Uma vez que o franqueado não se torna dono do negócio, mas sim um gestor-proprietário, ele passa a receber parte dos lucros quando ocorre a distribuição.

Por conta do seu modelo de joint venture, o Outback estabeleceu um valor de pró-labore fixo, de R$10 mil, além da possibilidade de pagamento de 8% dos lucros da unidade.

Nesse caso, o faturamento também pode variar conforme o funcionamento da unidade.

Para algumas pessoas, especialmente as que avaliam as possibilidades de franchising no segmento de alimentação, o retorno pode ser consideravelmente menor do que em outras corporações.

Continua após a publicidade

Contudo, também é importante manter em mente que o sistema segue o padrão de joint venture, sendo mais semelhante a uma colaboração comercial do que uma rede de franquia.

Além disso, existe a possibilidade de recebimento mesmo quando os lucros são reduzidos, o que confere um diferencial interessante ao sócio-gestor.

Como funciona e como abrir um restaurante Outback ?

Uma das características que mais se destacam na franquia Outback é seu processo de abertura de restaurante para novos sócios.

Isso porque existe um processo seletivo rigoroso para aceitar os candidatos e realizar a avaliação de perfil.

Continua após a publicidade

Inicialmente, o interessado deve enviar seu currículo para a empresa por meio de uma plataforma externa de verificação.

Nesse caso, o processo não se inicia dentro do portal da companhia, como é comum em outros exemplos de franquias.

Posteriormente, os responsáveis pela seleção aplicam uma série de requisitos para a triagem de currículos, identificando se o empreendedor possui o perfil necessário.

Se aprovado, o empresário deverá passar por 10 etapas de avaliação, considerando entrevistas, análises de perfil e outras interações com a equipe.

Continua após a publicidade

Por fim, se for selecionado, a franquia Outback realiza o devido suporte para abertura do restaurante no local indicado, além de realizar treinamentos e outras orientações para iniciar o atendimento.

As etapas específicas do processo seletivo não são divulgadas, mas a empresa mantém contato com o empreendedor selecionado para indicar o restante da seleção diretamente com o indicado.

Perfil de um sócio do Outback

Um dos pontos avaliados para autorizar a solicitação de sociedade do empreendedor é o perfil de sócio. Isso porque a franquia Outback apresenta uma seleção rigorosa quanto a isso.

Afinal, o empresário se tornará um gestor representante da empresa, e deve ter características que sejam compatíveis com a atividade, como boa liderança e conhecimento em gestão.

Continua após a publicidade

Além disso, também será avaliada possíveis atuações anteriores nesse segmento, e se o perfil já possui outros investimentos semelhantes.

De forma geral, é indicado que o sócio seja um profissional de gestão, capacitado para administrar a unidade da empresa da melhor forma possível.

Outras etapas da análise também podem considerar as skills e habilidades individuais do candidato, a fim de obter uma base mais concreta sobre seu perfil.

Vantagens e desvantagens dessa rede de fast-food

Por fim, vale a pena conhecer algumas das vantagens e desvantagens da franquia Outback, considerando-as antes de tomar uma decisão e se candidatar como sócio.

Continua após a publicidade

Os pontos positivos que se destacam é que a rede já é conhecida pelos consumidores, tendo seus produtos e serviços reconhecidos no mercado, o que promove um público mais fidelizado, principalmente no Brasil.

Com isso, as chances de ter um bom faturamento e, consequentemente, remunerações positivas também aumentam.

Além disso, não é necessário iniciar um negócio do zero, atuando com um restaurante já consolidado e atuação conhecida, que carrega uma marca sólida.

Ainda, o gestor não estará gerenciando a unidade sozinho, contando com todo o suporte necessário dos demais sócios-gestores e da própria corporação.

Continua após a publicidade

Enquanto isso, a possibilidade de receber um salário fixo também é interessante, pois garante o faturamento individual mesmo quando os lucros se reduzirem no período.

Por outro lado, existem alguns pontos de atenção na franquia Outback, como os padrões rígidos de avaliação.

Isso torna o investimento menos acessível para o público, mesmo com um valor de investimento menor.

Vale mencionar, também, que não existe autonomia para a tomada de decisões, uma vez que todos os sócios-gestores devem seguir as determinações coletivas da empresa.

Continua após a publicidade

Em algumas franquias, existe a possibilidade de gerenciamento conforme as melhores estratégias, mas a rede Outback mantém essa administração menos flexível, por conta do seu modelo vigente.

Franquia Outback vale a pena?

Finalmente, depois de conhecer mais sobre a franquia Outback, é possível concluir que vale a pena considerar essa opção caso você possua o perfil de sócio.

A análise dos candidatos é mais rigorosa, e o modelo, que não funciona como franchising, torna a aprovação ainda mais difícil.

Nesse caso, trata-se de uma alternativa mais interessante para quem possui as habilidades indicadas pela empresa, especialmente perfil de liderança e gestão.

Continua após a publicidade

No entanto, se você se identifica com esse padrão, a franquia Outback é uma opção atrativa, com preço de investimento inicial acessível e vantagens positivas no mercado.

Outback no Reclame Aqui

Além disso, o Outback é uma marca confiável, com nota de cerca de 7.5 no Reclame Aqui, considerada boa. Outros índices positivos que compõem sua avaliação incluem:

  • Aproximadamente 99% de reclamações respondidas;
  • Ao redor de 72,5% de soluções encontradas;
  • Por volta de 67% dos clientes afirmaram que voltariam a fazer negócio no futuro.

Com isso, é possível determinar que a franquia não apenas é de qualidade, como também é segura e tem boa reputação no mercado.

Conclusão sobre a franquia Outback

Embora seja chamada de franquia Outback, o modelo desse restaurante é diferenciado, mas apresenta vantagens igualmente atrativas para empresários que desejam se filiar.

Continua após a publicidade

Com uma marca sólida, as unidades brasileiras estão entre as mais rentáveis, atraindo cada vez mais público e investimentos.

Ainda, mesmo com uma avaliação mais rigorosa, empreendedores com perfil de gestão podem tentar a aprovação para sociedade, o que permite obter diversos benefícios dentro dessa empresa.

Por isso, trata-se de uma rede interessante para investimentos, além de carregar uma reputação positiva e ser uma companhia confiável.

Para finalizar, que tal conferir alguns dos nossos outros artigos sobre franquias? Talvez você encontre algum post que possa lhe interessar!

Gostou do conteúdo? Não se esqueça de ativar as notificações do Push e assinar a newsletter do iDinheiro para receber todas as novidades!

Continua após a Publicidade

  1. Outback Steakhouse. “Home page: Outback”. Link.
  2. Associação Brasileira da Indústria de Alimentos. “Número do Setor”. Link.
  3. Associação Brasileira de Franchising. “Numeros do Franchising/ Desempenho do Setor”. Link.
  4. Kenoby. “Bloomin’ Brands International”. Link.
  5. Reclame Aqui. “Outback”. Link.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.