Consórcios

Será que o consórcio de serviços é a solução ideal para você?

Amanda Gusmão
Amanda Gusmão
Paciente escolhe cirurgia plástica para usar seu consórcio de serviços

O consórcio de serviços é uma modalidade de contratação programada que pode ajudar no seu planejamento financeiro. Entenda.

Será que o consórcio de serviços é a solução ideal para você?

Algumas modalidades de consumo são exclusivas do mercado brasileiro, sabia? A chamada compra programada é uma delas, como é o caso do consórcio de serviços.

Nele, você começa a pagar pelo serviço que deseja contratar antes da sua execução e, um sorteio determina o momento que o recurso total estará disponível para ser utilizado.

Continua após a publicidade

E, já que você está pagando antecipado — pelo menos uma parte, é claro, não faz sentido pagar juros, certo?

Se você concordou, saiba que o consórcio de serviços realmente não tem juros, mas por outro motivo.

Continua após a publicidade

E, neste post, vamos explicar essa e outras características dessa modalidade de compra para você decidir se ela é ideal para seus objetivos, ou, não. Vamos lá!

O que é consórcio de serviços?

Consórcio de serviços é uma modalidade de compra programada onde o interessado adquire uma cota de um grupo que, nesse caso, tem o mesmo objetivo de aquisição.

Para isso, ele deve escolher um grupo de consórcio com o valor da carta de crédito que deseja usar para contratar o serviço que ele precisa.

É o exemplo de reformas para casa, uma viagem, intercâmbio, festa ou cirurgia plástica, por exemplo.

Continua após a publicidade

Como funciona o consórcio de serviços?

O consórcio de serviços funciona no mesmo estilo dos demais, ou seja, o cotista precisa pagar suas parcelas regularmente para poder participar dos sorteios que definem a ordem de uso da carta de crédito.

Os valores das parcelas de cada consorciado vai para o fundo comum do grupo que financia as cartas de crédito.

Assim, ao final do plano, todos os participantes terão conseguido fazer a contratação do serviço que queriam.

Além da contemplação por sorteio, o consorciado pode dar um lance de antecipação para usar a carta de crédito. Para isso, ele deve oferecer a maior quantia de lance da assembleia.

Continua após a publicidade

Quais são os serviços que podem ser adquiridos por meio do consórcio?

Ao adquirir uma cota de consórcio de serviço, você poderá usar sua carta de crédito para qualquer serviço que esteja previsto na Circular nº 3.432 do Banco Central do Brasil (BCB).

Em outras palavras, mesmo que o grupo do consórcio tenha o nome de “Intercâmbio na Austrália”, você pode usar para pagar uma festa de casamento, por exemplo.

Algundos dos serviços que a Circular do BCB prevê, são:

  • festas de casamento, aniversário e outros eventos;
  • passagens aéreas, pacotes de viagens e suas variações;
  • procedimentos estéticos e cirúrgicos;
  • cuidados com a saúde;
  • reformas e manutenção de imóveis;
  • intercâmbio, cursos de línguas, treinamentos e outros serviços de educação.

Dentre essas opções, outras modalidades se desdobram e, portanto, o uso da carta de crédito para serviços é muito ampla.

Mas, e se o serviço desejado, no final das contas, sair mais barato que o valor da carta de crédito? Vamos explicar algumas de suas regras para responder essa pergunta.

Continua após a publicidade

Regras gerais que regem o consórcio de serviços

Todas as regras e condições de uso do consórcio devem estar em contrato, portanto, é importante que você leia com muita atenção.

Além disso, algumas regras são gerais, o que faz mais importante que você as compreenda. Vamos lá.

Taxa de juros

O consórcio não cobra juros como uma forma de remuneração do gestor, e, sim, uma taxa de administração que cobre os custos operacionais do grupo.

Porém, em caso de atraso no pagamento, podem haver juros e multas.

Carta de crédito

Ao ser contemplado, o consorciado recebe uma carta de crédito. Na sequência, ele vai usar o documento para negociar o serviço que deseja adquirir, reforçando, inclusive, seu poder de pagamento à vista.

Continua após a publicidade

Mas, atenção, o valor da carta de crédito não é transferido para a conta corrente do consorciado.

Assim, se o valor da carta for superior ao serviço, a administração do consórcio fará o cálculo e o saldo remanescente será usado para abater nas parcelas faltantes.

Se for mais caro, o cliente será o responsável por pagar à diferença, é claro.

Pagamento e parcelas

O pagamento é feito mensalmente, em débito na conta corrente ou por boleto. Além disso, o valor da parcela não muda, mas, eventualmente, o indicador do setor ou da inflação são corrigidos.

Continua após a publicidade

Transferência da titularidade

Outro ponto interessante é que você pode transferir a cota do consórcio para outra pessoa, contemplada ou não.

A negociação do valor que já foi pago é de responsabilidade dos interessados que, depois de acertados, devem seguir o processo indicado pelo consórcio.

Diferenças dos outros tipos de consórcios para os de serviços

As regras do consórcio de serviços, imóveis, veículos, dentre outros, são as mesmas.

Assim, o que diferencia um consórcio de serviços dos demais são as características da oferta, como o valor da carta de crédito e o número de parcelas, que costumam ser menores.

Além disso, a flexibilidade da modalidade de serviços permite que o consorciado contrate diferentes profissionais.

Continua após a publicidade

Isso não acontece com um consórcio de automóvel, que nesse caso, não poderia comprar caminhões e tratores, por exemplo.

Vantagens do consórcio de serviços

Entre as vantagens do consórcio de serviço, podemos listar:

  • é uma forma de fazer uma contratação programada, o que cria uma consciência de programação financeira;
  • permite a negociação do serviço à vista, o que pode garantir bons descontos;
  • não tem cobrança da taxa de juros nas parcelas;
  • é uma carta versátil para diferentes serviços.

Instituições que trabalham com este tipo de consórcio

Empresas especializadas em consórcio costumam ter mais opções de carta de crédito para serviços, porém, alguns bancos também oferecem a modalidade, como é o caso do Banco do Brasil e Santander.

Algumas gigantes do varejo também oferecem soluções de crédito, como é o caso do consórcio Magalu.

Cuidados ao contratar um consórcio de serviços

É preciso, porém, ter atenção na hora de contratar um consórcio de serviços.

Um dos cuidados, por exemplo, é avaliar se a administradora é autorizada pelo Banco Central para criar e gerir grupos de consórcio.

Continua após a publicidade

Empresas associadas na ABAC, Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio também têm um graude confiança maior.

Os cuidados, no entanto, não param por aí.

É importante que você escolha um grupo de consórcio de serviços que esteja alinhado com sua capacidade de pagamento para evitar inadimplências, não é mesmo?

Conclusão

A vantagem de usar o consórcio de serviços é, que, em outra situação, você teria que economizar todo o dinheiro necessário para a contratação antes de usufruir dela, certo?

Mas, como você viu, apesar da ausência da taxa de juros, o consórcio também tem uma taxa administrativa que pode onerar sua contratação na mesma proporção da cobrança das instituições financeiras.

Continua após a publicidade

Então, o mais certo é analisar os prós e contras do consórcio de serviços e contratá-lo pelos motivos certos.

É importante analisar as opções que você tem para realizar seus projetos financeiros com um olhar isento, como essa abordagem que usamos nesse conteúdo.

Se gostou dela, assine nossa newsletter e receba outros materiais sobre tudo o que importa para o seu dinheiro!

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *