Comprar ouro vale a pena? Saiba tudo sobre como funciona esse tipo de investimento, vantagens e desvantagens, se é seguro, como e onde comprar!

Melissa Nunes
Melissa Nunes
comprar ouro
Pensando em comprar ouro? Entenda como esse investimento funciona, se vale a pena e como adquirir ouro físico ou via bolsa de valores!

Comprar ouro vale a pena? Saiba tudo sobre como funciona esse tipo de investimento, vantagens e desvantagens, se é seguro, como e onde comprar!

 

Se você está lendo esse artigo, provavelmente está pensando em comprar ouro, certo?

Esse é um pensamento compreensível, visto que o ouro é um dos metais preciosos mais valorizados no mundo. Por essa razão, muitos investidores procuram o investimento em ouro como forma de proteção, pois sua tendência é de sempre valorizar com o tempo.

Continua após a publicidade

A procura por ele é especialmente alta em tempos de crise econômica, como a que vivemos em 2020, devido à pandemia do coronavírus.

Mas será que esse é um investimento que realmente vale a pena? E será que é melhor comprar ouro físico ou por meio da bolsa de valores? E como fazer isso? Continue lendo para descobrir as respostas dessas e de outras perguntas.

Continua após a publicidade

Como funciona o investimento em ouro?

Primeiramente, se estamos sendo sinceros, o termo mais apropriado, nesse caso, não seria “investimento”, mas, sim, reserva de valor.

Isso porque o ouro não traz retorno financeiro para quem o compra como os investimentos comuns, pois não há rendimentos. Assim, ganhamos dinheiro por meio da valorização do metal, que é precificado todos os dias pelo mercado internacional.

Mesmo assim, vamos usar o substantivo “investimento” ao longo desse texto como sinônimo da compra de ouro visando ganhos financeiros, ok?

É possível, então, comprar ouro de 4 formas diferentes:

  1. na sua forma física, como em barras ou mesmo jóias;
  2. via fundos de investimento;
  3. por contratos futuros; e
  4. comprando criptoativos.

Falaremos sobre todas essas alternativas mais adiante, para que você possa fazer uma escolha que faça sentido para você.

Continua após a publicidade

É seguro investir em ouro?

Em resumo, sim, é seguro. Porém, é importante que você fique bem atento aos riscos, que são inerentes a um metal tão precioso como o ouro (e que já foi usado como moeda de troca antes do dinheiro, em si, existir).

Volatilidade

O ouro é um ativo extremamente volátil, justamente pela precificação que sofre todos os dias. Por isso, você precisa estar ciente de que seu valor vai variar bastante, especialmente se escolher comprar ouro na bolsa de valores.

Alguns fatores que podem afetar sua cotação, são: situação macroeconômica, oferta dos extratores e demanda do mercado.

Todavia, desde que você esteja tranquilo com essas variações diárias, não há problema.

Liquidez

Esse aspecto faz referência à capacidade de comprar ou vender o ouro (e transformá-lo em dinheiro).

Continua após a publicidade

Quando comprado via contratos futuros, a liquidez se torna menos relevante, pois há bastante volume de negociações, principalmente para nós, que somos pequenos investidores.

Contudo, para que possamos vender o ouro físico, é preciso que hajam pessoas ou empresas interessadas em comprar. Nas grandes cidades isso não é um problema, mas pode ser um pouco mais difícil achar compradores em cidades menores.

Por que comprar ouro?

Depois de tudo o que foi dito nesse artigo, talvez você ainda esteja se perguntando se vale mesmo a pena comprar ouro. Portanto, vamos falar mais sobre as vantagens e desvantagens desse investimento.

Vantagens

Geralmente, o principal motivo apontado para a compra do ouro é a proteção contra fatores que afetam a economia mundial. Sendo o ouro um metal precioso, escasso e durável, ele costuma ser muito bem valorizado.

Continua após a publicidade

Como podemos ver no gráfico abaixo, historicamente, o ouro segue ganhando valor, mesmo com alguns “tombos” pelo caminho.

gráfico da cotação do ouro
Cotação do dia 18/12/20, preço em USD. Fonte: investing.com

Além disso, por ser cotado em dólar, o ouro também representa uma proteção contra a desvalorização do real.

E o outro grande motivo para comprar ouro é a diversificação de classes de ativos. Assim como costumamos diversificar nossos investimentos em ações de diferentes setores, também é interessante variar as classes, como CDBs, Fundos Imobiliários, ativos atrelados à inflação e etc.

Desvantagens

Como já mencionamos, o ouro não é um investimento propriamente dito. Portanto, não espere receber algum tipo de receita, como é o caso das ações.

Continua após a publicidade

Além do mais, existem os riscos que também já tratamos, como a volatilidade e a liquidez do ativo. O ouro é um investimento para longo prazo, pois, no curto prazo, pode trazer prejuízo pelo risco de desvalorização.

Finalmente, tratando-se do ouro físico, existem as chances de você ser roubado, certo? Esse é um risco que não podemos ignorar e que torna o investimento via bolsa de valores mais atraente.

Como comprar ouro?

Se você chegou até aqui e ainda está decidido a comprar ouro, não tem problema nenhum. Vamos apresentar as formas de compras que já mencionamos antes para você decidir o que faz mais sentido no seu caso.

Como comprar ouro na bolsa de valores?

Primeiramente, vamos falar sobre a alternativa de comprar ouro online, diretamente pela plataforma da sua corretora de escolha. Existem 3 possibilidades: contratos futuros, fundos de investimento e criptoativos. Vamos ver cada uma delas.

Continua após a publicidade

Contratos futuros

A compra de contratos futuros de ouro acontece de maneira similar àquela que fazemos para adquirir ações. Basicamente, você precisa do código de negociação do ativo para comprá-lo via home broker, que é a plataforma de negociação da corretora.

Existem diversos contratos futuros de ouro, mas o mais comum (e com maior liquidez) b é o OZ1, que equivale a 250 gramas do ouro fino. Sua cotação é em reais por grama.

Parece simples, mas, antes de negociar contratos futuros em geral, é preciso entender como eles funcionam, seus códigos e vencimentos e outros detalhes importantes. Por isso, antes de escolher por esse método de investimento, estude para diminuir os riscos, que são muito maiores quando fazemos algo que não entendemos bem.

Fundos de investimento

Para quem prefere um método mais simples, existem alguns fundos de investimento que compram contratos de ouro. Dessa forma, você não precisa se preocupar em aprender tudo sobre o mercado futuro.

Continua após a publicidade

Essa é uma maneira de contratar um profissional, isto é, um gestor, que terá o trabalho de fazer a compra e a venda dos títulos, enquanto você apenas acompanha os movimentos do fundo.

Porém, como isso significa contratar um serviço, também implica em custos, como a taxa de administração e, possivelmente, outros custos específicos da sua corretora de escolha. Ainda assim, muitos fundos de investimento possuem opções de taxas menores que 1% ao ano, por isso, pesquise bastante.

Enfim, existem diversas opções de fundos desse tipo, alguns com investimento mínimo inicial de R$ 100, o que é bem atrativo ao pequeno investidor.

Criptoativos

Hoje em dia, assim como podemos comprar Bitcoins, que é uma moeda digital, também podemos comprar a Pax Gold (PAXG), um criptoativo que é totalmente lastreado em ouro físico.

Continua após a publicidade

Aqui no Brasil, ele é negociado via Mercado Bitcoin, podendo ser comprado diretamente pela plataforma. A grande vantagem é a segurança atrelada aos criptoativos, além de ter taxas e preços acessíveis. Essa também é uma maneira de diversificar as classes de ativos.

Você pode aprender mais sobre esse tipo de investimento na página da Pax Gold.

Como comprar ouro físico?

Caso você prefira o tipo de ouro que reluz, isto é, o ouro físico, talvez não saiba onde comprar ouro com segurança.

No Brasil, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o Banco Central são os órgãos responsáveis por regularizar as distribuidoras de valores que trabalham com esse mercado . Essas são fontes seguras, reconhecidas e de qualidade. Por isso, sempre procure por instituições credenciadas.

Quanto ao formato, você pode optar por barras, lâminas, pirâmides ou cartões com lâminas de ouro.

Continua após a publicidade

A entrega é feita diretamente na sua casa, que precisa ter um cofre seguro para guardar o ouro. Caso contrário, você precisará contratar um banco para guardá-lo para você.

A seguir, listamos 3 empresas credenciadas a vender ouro.

1. Parmetal DTVM

A empresa foi fundada em 1968, passando a atuar no mercado de ouro nos anos 90. Hoje, trabalha também com o mercado de câmbio de dólar e euro.

2. Ourominas

Com mais de 30 anos de experiência no mercado, a empresa oferece vários serviços de compra e venda de moedas e mais de 80 lojas espalhadas pelo país.

3. Carol DTVM

A instituição trabalha com o mercado de metais precisos há mais de 50 anos e, hoje, oferece o ouro em barras de 50g, 100g, 250g e 1kg, além de garantir a recompra imediata dos ativos.

Continua após a publicidade

É possível entrar em contato com cada uma das empresas listadas acima pelas respectivas páginas, onde você pode encontrar maiores detalhes sobre as cotações e o funcionamento de cada uma.

BÔNUS: posso comprar ouro dos vendedores na rua?

Não recomendamos a compra de vendedores de ouro na rua. Definitivamente, o principal motivo para isso é porque, muitas vezes, as empresas por trás dessa venda não são credenciadas.

Além disso, o ouro que elas oferecem pode ser de origem duvidosa, ou, até mesmo, não ser totalmente puro. E, caso você o compre, como terá certeza de que conseguirá vendê-lo futuramente?

Por isso, desconfie de ofertas muito atraentes e vendedores que não consigam comprovar a procedência do metal e não tenham cadastro regular na CVM.

Continua após a publicidade

Enfim, esse é um risco que não vale a pena correr.

Conclusão

Nesse texto, apresentamos a você o investimento em ouro, como ele funciona, vantagens, desvantagens e muitas opções de como comprá-lo.

Agora, você já deve ser capaz de entender se esse é um tipo de investimento que faz sentido para o seu estilo de vida e para o seu dinheiro. Como todo ativo financeiro, ele possui riscos que você deve observar com cuidado e avaliar se está disposto a encará-los.

Finalmente, é indiscutível que o ouro representa um valor de muitos séculos. Ainda assim, lembre-se que esse é um ativo usado para proteção e diversificação e, por isso, não deve ser usado como simples fonte de rentabilidade, já que existem outros tipos de investimento com esse objetivo.

Antes de ir, não esqueça de assinar a Newsletter do iDinheiro para se manter sempre bem informado sobre esse e outros tipos de investimentos.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.