Como sacar dinheiro do cartão de crédito? O seu guia completo!

Está em busca de aprender como sacar dinheiro do cartão de crédito? Preparamos um conteúdo completo para desmistificar o processo.

LinkedIn
Ana Júlia Ramos

Se você está em uma emergência ou precisa de capital em espécie, aprender como sacar dinheiro do cartão de crédito pode ser uma solução prática para lidar com imprevistos. A opção está disponível para a maioria dos cartões, mas muitos consumidores podem não conhecer essa possibilidade.

Além de entender como fazer o saque, é fundamental ter em mente que existem cobranças envolvidas e que a taxa de juros pode não ser vantajosa em todas as situações. Por esse motivo, preparamos um guia completo para te ensinar como sacar dinheiro do cartão de crédito, além de trazer mais informações sobre o tema.

Continua após a publicidade

Como funciona o saque no cartão de crédito?

Antes de aprender como sacar dinheiro do cartão de crédito, é importante entender como funciona esse procedimento. Basicamente, o saque é uma forma de empréstimo, que permite que o usuário retire dinheiro em espécie mesmo sem ter o saldo disponível na sua conta.

Nesse caso, o valor é descontado do limite do cartão de crédito, sendo incluído na fatura do mês seguinte, como um pagamento convencional. No entanto, ao contrário de compras feitas diretamente pelo cartão, o procedimento de como sacar dinheiro do cartão de crédito traz algumas taxas diferenciadas.

Continua após a publicidade

Afinal, o banco não deixa de estar realizando um empréstimo do valor, permitindo a retirada de um dinheiro que não está disponível para o titular no momento. Dessa forma, é necessário realizar o pagamento de tarifas distintas, que podem influenciar consideravelmente o valor final a ser devolvido.

Quanto vou pagar ao sacar com o cartão de crédito?

Antes de aprender como sacar dinheiro do cartão de crédito, é fundamental se atentar para as taxas que acompanham essa operação. A princípio, a maioria dos bancos cobra um valor fixo por retirada, que é acrescentado ao valor final na próxima fatura.

Nesse caso, a tarifa pode variar de acordo com cada instituição. Por exemplo, veja os preços cobrados por alguns dos principais bancos:

  • Santander: R$ 18,80 por saque;
  • Bradesco: R$ 15,00 por saque;
  • Itaú: R$ 12,00 por saque;
  • Banco do Brasil: R$ 15,00 por saque.

Além disso, as taxas podem mudar caso o titular queira saber como sacar dinheiro do cartão de crédito no exterior. Outro encargo que pode influenciar no valor final do saque são as taxas de parcelamento, caso o titular opte por essa alternativa.

Continua após a publicidade

icon

Atenção

Nesse caso, é preciso levar em conta o percentual cobrado sobre cada parcela, além de possíveis juros, que também mudam de acordo com cada instituição. Também existe a incidência do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), atualmente na média de 6%.

Nas próximas faturas, o valor do saque pode ser cobrado integralmente ou parcelado, se existir essa opção, com o acréscimo das tarifas fixas e possíveis taxas de juros.

Quais são os pré-requisitos para realizar a operação?

Antes de saber como sacar dinheiro do cartão de crédito, o titular também deve se atentar para os pré-requisitos necessários nessa operação. Geralmente, os cartões apresentam dois limites de uso, o limite convencional, reservado para pagamentos, e o limite emergencial, que é voltado para o saque.

Nesse caso, mesmo que o cliente tenha uma margem total superior, seu saque ficará restrito ao limite reservado para tal operação.

icon

Atenção

Por exemplo, um cartão pode ter limite total de R$ 1000,00, mas se o limite emergencial for de apenas R$ 200,00, o saque em dinheiro com o crédito ficará restrito à esse valor.

Além disso, o procedimento de como sacar dinheiro do cartão de crédito está reservado somente para a categoria convencional. Em outras palavras, cartões pré-pago ou consignados, por exemplo, não podem realizar essa operação.

Continua após a publicidade

Uma vez que muitos tipos não possuem vínculo com contas bancárias, o titular pode conseguir fazer o saque mesmo sem ter uma conta corrente. No entanto, a exigência pode mudar de banco para banco e vale a pena verificar essa informação antes de seguir com a retirada.

icon

Dicas

Ainda, é recomendável que o titular não possua pendências de fatura ao seguir com as etapas de como sacar dinheiro do cartão de crédito. Por exemplo, pagamentos em atraso, parcelamentos ou crédito rotativo em uso. Esses débitos podem impedir que o titular prossiga com a operação.

Em resumo, é necessário se atentar ao limite disponível, às possíveis pendências e aos requisitos específicos que cada instituição pode apresentar.

Como sacar dinheiro do cartão de crédito nos principais bancos?

Por fim, chegou o momento de aprender como sacar dinheiro do cartão de crédito nos principais bancos. Como mencionado, cada instituição possui suas próprias taxas e pode ter condições específicas. No entanto, o passo a passo para a retirada do dinheiro nessa função é comum na maioria dos bancos.

A princípio, o saque só pode ser feito presencialmente, em um caixa eletrônico. Nesse caso, é possível seguir em um caixa de autoatendimento, em um ponto credenciado pelo banco ou na própria agência bancária.

Continua após a publicidade

Além disso, se o titular preferir, também pode solicitar ajuda diretamente no balcão e um atendente realizará o saque no caixa. Seja qual for a alternativa escolhida, é necessário que o solicitante siga presencialmente, se quiser saber como sacar dinheiro do cartão de crédito.

Também é preciso portar o cartão que será utilizado para a operação. Vale a pena lembrar que é importante que ele esteja desbloqueado, ativo e seu chip ofereça boa leitura dos dados.

No caixa eletrônico, o titular deverá inserir o cartão e seguir com as instruções na tela para acessar a área de saque emergencial. O procedimento é semelhante para a maioria dos bancos convencionais. Inclusive, existe a possibilidade de realizar esse procedimento em caixas eletrônicos genéricos, como o Banco 24Horas, que opera com várias instituições.

Após inserir o cartão, basta localizar a opção de saque e seguir com as orientações. Informe o valor desejado e insira a senha pessoal para autorizar a retirada. O dinheiro é disponibilizado logo em seguida.

Continua após a publicidade

Ao finalizar a operação, o valor já será debitado automaticamente para a próxima fatura, de forma integral ou parcelada, de acordo com o que o titular escolheu.

Tem como sacar dinheiro do cartão de crédito digital?

Além dos bancos convencionais, muitas pessoas possuem conta em bancos digitais e podem querer saber se tem como sacar dinheiro do cartão de crédito dessas instituições. Como a maioria dos bancos virtuais não possuem agências físicas, pode existir a possibilidade de saque em caixas eletrônicos genéricos, como o Banco 24Horas, mencionado acima.

Nesse caso, além das taxas cobradas pelo cartão e pelo banco, também é necessário levar em consideração o valor que o ponto de autoatendimento pode cobrar.

icon

Atenção

Nem todos os bancos digitais podem apresentar essa opção. Assim, vale a pena confirmar a existência do serviço para a sua conta antes de aprender como sacar dinheiro do cartão de crédito.

Vale a pena fazer o saque no crédito?

Depois de entender como sacar dinheiro do cartão de crédito, é importante avaliar se vale a pena optar por essa alternativa. Muitas pessoas podem enfrentar momentos de necessidade financeira e procuram por opções rápidas, acessíveis e sem burocracia.

Continua após a publicidade

Nesse sentido, utilizar o limite emergencial do cartão pode parecer a solução ideal, mas ela acompanha alguns pontos de atenção, como as taxas fixas e de juros que podem influenciar no valor total. Uma vez que o saque funciona como um empréstimo, existem encargos específicos para essa operação, que podem ser consideravelmente altos.

Além disso, deixar de pagar o empréstimo em sua totalidade pode gerar mais dívidas no futuro, entrando em uma “bola de neve” com os juros. Por esse motivo, é importante considerar bem a possibilidade antes de seguir com a operação de fato, principalmente sem ter um controle financeiro adequado.

Apesar de ser uma opção menos burocrática, caso precise de dinheiro extra, vale a pena considerar outras alternativas de empréstimo, que podem apresentar taxas mais em conta. Assim, será possível lidar com o imprevisto da melhor maneira possível, sem comprometer o limite do cartão, nem cair em dívidas de juros altos e taxas fixas elevadas.

Quer receber atualizações em tempo real sobre o universo financeiro? Então ative as notificações do Push e assine a newsletter do iDinheiro para não perder nenhuma novidade!

Continua após a Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.