Simulador de vendas no Cartão

Calculadora para simulação de Venda no Cartão

Simulador de taxa de venda no cartão

Selecione a marca da maquininha
Escolha uma marca para encontrarmos as taxas relacionadas.
Valor da Venda
Insira o valor desejado da venda ou cobrança pelo serviço.

Confira algumas taxas de maquininhas no mercado

Uma boa opção com taxas baratas e suporte

Taxa Débito

1,45%

Taxa Crédito

2,90%

PagseguroPagseguro

As Moderninhas são baratas e taxas atraentes

Taxa Débito

1,99%

Taxa Crédito

3,19%

Simulação de vendas

Venda Valor
Quanto vou receber pagando as taxas?
Quanto cobrar com acréscimo da taxa?
Taxas
Crédito
Taxa no crédito à vista.
Débito
Quanto vou receber pagando as taxas
Crédito
Taxa no crédito à vista.
Débito
Quanto cobrar com o acréscimo da taxa
Crédito
Taxa no crédito à vista.
Débito

Para quem procura as melhores taxas de maquininha de cartão de crédito, pode ser interessante utilizar um simulador de vendas.

Embora essa forma de pagamento seja uma das mais populares na atualidade, a quantidade de alternativas disponíveis pode confundir o vendedor, especialmente na busca pelas taxas de juros mais baixas.

Continua após a publicidade

No entanto, é possível comparar cada porcentagem de forma rápida e simples, por meio da calculadora do iDinheiro, e conferir quais os valores cobrados atualmente pelas principais marcas atuantes no segmento.

Nesse artigo, conheça as taxas de débito e crédito das principais maquininhas de cartão do Brasil. Além disso, veja um simulador de vendas que elaboramos para te ajudar a escolher a marca com o melhor custo-benefício para você.

Continua após a publicidade

Quais são as taxas da maquininha?

Para comparar os preços das melhores maquininhas de cartão de crédito disponíveis no mercado, é fundamental conhecer as taxas de cada marca.

Trata-se do percentual cobrado pela maquininha para vendas feitas no débito e no crédito.

Nesse caso, elas influenciam diretamente no valor que o vendedor receberá no final do pagamento, e, por isso, é importante se atentar para os percentuais.

Além disso, cada empresa pode se comportar de forma diferente, cobrando taxas fixas ou variáveis de acordo com a modalidade utilizada pelo cliente.

Assim, antes de utilizar um simulador de vendas para verificar, na prática, o recebimento de cada vez, vale a pena verificar as tarifas vigentes no momento.

Continua após a publicidade

Confira abaixo quais as taxas de maquininha de algumas das principais marcas:

Máquina de cartãoTaxas no débitoTaxas no crédito à vistaTaxas no crédito parcelado
PagSeguro1,99%A partir de 3,19%A partir de 3,79% + 1,41% para parcelamento em 12x
Mercado Pago A partir de 1,99% A partir de 3,03% A partir de 3,60%
Cielo A partir de 1,99% A partir de 4,49% A partir de 4,49% + 2,99% por parcela
SafraPay A partir de 1,48% para pessoa jurídica e a partir de 1,88% para pessoa físicaA partir de 3,14% para pessoa jurídica e a partir de 3,94% para pessoa física A partir de 4,00% para pessoa jurídica e a partir de 5,95% para pessoa física
SumUp 1,90% para vendas até R$ 10.000,00.
A partir de 1,60% para vendas acima de R$ 10.000,00.
A partir de 3,10% para vendas até R$ 10.000,00.
A partir de 2,80% para vendas acima de R$ 10.000,00.
A partir de 3,90% para vendas até R$ 10.000,00.
A partir de 3,40% para vendas acima de R$ 10.000,00.
Ton A partir de 1,29% A partir de 2,79% A partir de 9,49%
InfinitePay 1,44% 2,89% 7,43% para parcelamento em 12x
SuperGet A partir de 1,89% A partir de 3,09% A partir de 5,99%

Agora, confira mais detalhes para entender como funciona a cobrança dessas tarifas!

PagSeguro

Máquina de cartãoTaxas no débitoTaxas no crédito à vistaTaxas no crédito parcelado
PagSeguro A partir de 1,99% A partir de 3,19% A partir de 3,79% + 1,41% para parcelamento em 12x

A PagSeguro é uma das empresas líderes no mercado de maquininhas atualmente, devido às taxas competitivas e vantagens diversas.

Os valores das máquinas do PagSeguro permanecem na média das máquinas mais baratas e contam com a vantagem de ter taxas fixas no crédito parcelado.

Por ser uma das instituições mais populares, o PagSeguro estabelece uma média de comparação com suas taxas.

Dessa forma, os vendedores costumam comparar outras alternativas com as taxas da marca, por serem relativamente acessíveis e fixas.

Continua após a publicidade

Além disso, mesmo com diversas maquininhas no catálogo, o valor permanece o mesmo para todos os modelos, uma característica vantajosa para quem deseja simular as tarifas de vendas antes de escolher uma opção.

Mercado Pago

Máquina de cartãoTaxas no débitoTaxas no crédito à vistaTaxas no crédito parcelado
Mercado Pago1,99%A partir de 3,03% A partir de 3,60%

Enquanto isso, o Mercado Pago, principal concorrente das maquininhas PagSeguro, se destaca em suas taxas.

Com tarifas no débito semelhantes, as taxas no crédito à vista são mais elevadas. No entanto, suas taxas de crédito parcelado são inferiores às da concorrente, criando um cenário mais equilibrado para vendedores que comparam ambas as categorias.

Nesse caso, o vendedor pode considerar mais vantajoso incentivar as compras parceladas, mas, em termos de comparação, os valores permanecem próximos.

Continua após a publicidade

No simulador de vendas, o usuário poderá verificar que as diferenças são sutis, e também permanecem fixas independentemente do modelo desejado.

Cielo

Máquina de cartãoTaxas no débitoTaxas no crédito à vistaTaxas no crédito parcelado
Cielo1,99%A partir de 4,49%A partir de 4,49% + 2,99% por parcela

Enquanto isso, as maquininhas da Cielo são tradicionais no mercado, e suas taxas são competitivas, embora superiores às das principais marcas a se consolidar.

Apesar da tarifa no débito ser relativamente inferior, as taxas de compras no crédito são mais altas, podendo não ser tão vantajosas em relação às demais categorias.

No entanto, suas condições especiais para grandes volumes de vendas, além de parcerias, tornam os valores interessantes para alguns estabelecimentos.

Continua após a publicidade

Além disso, ao comparar no simulador de vendas, é possível identificar pouca variação nos valores práticos.

SafraPay

Máquina de cartãoTaxas no débitoTaxas no crédito à vistaTaxas no crédito parcelado
SafraPayA partir de 1,48% para pessoa jurídica e a partir de 1,88% para pessoa físicaA partir de 3,14% para pessoa jurídica e a partir de 3,94% para pessoa físicaA partir de 4,00% para pessoa jurídica e a partir de 5,95% para pessoa física

Por outro lado, a SafraPay também está se consolidando no mercado por conta dos seus benefícios, incluindo as taxas de juros da maquininha.

Ao comparar os valores em um simulador de vendas, é possível verificar que as porcentagens são competitivas, com destaque especial para a tarifa de parcelamento, inferior às demais.

Contudo, de forma geral, a maquininha permanece dentro da média das marcas mais populares.

SumUp

Máquina de cartãoTaxas no débitoTaxas no crédito à vistaTaxas no crédito parcelado
SumUp1,90% para vendas até R$ 10.000,00.
A partir de 1,60% para vendas acima de R$ 10.000,00.
A partir de 3,10% para vendas até R$ 10.000,00.
A partir de 2,80% para vendas acima de R$ 10.000,00.
A partir de 3,04%A partir de 3,90% para vendas até R$ 10.000,00.
A partir de 3,40% para vendas acima de R$ 10.000,00.

Em termos de taxas vantajosas, a SumUp se destaca entre as concorrentes, com os menores valores do mercado até o momento.

Continua após a publicidade

Seu valor no débito e no crédito à vista são consideráveis e as taxas do crédito parcelado também são vantajosas.

Por outro lado, a marca ainda está se consolidando entre as principais empresas líderes do mercado, e, por esse motivo, acaba se tornando uma alternativa secundária.

No entanto, suas taxas estão entre o melhor custo-benefício da categoria.

Ton

Máquina de cartãoTaxas no débitoTaxas no crédito à vistaTaxas no crédito parcelado
TonA partir de 1,29%A partir de 2,79%A partir de 9,49%

Assim como a SumUp, a maquininha Ton também possui taxas consideravelmente baixas para compras à vista, embora tenha uma tarifa acima da média para parcelamentos.

No entanto, a marca ainda busca se posicionar entre as principais empresas do segmento e traz um diferencial importante para o vendedor, pois suas taxas variam de acordo com o tipo da maquininha.

Continua após a publicidade

São três modelos disponíveis e cada um possui um valor diferente da taxa de juros.

No caso de categorias voltadas para um maior volume de vendas, as tarifas são reduzidas, como forma de incentivo para o vendedor.

Dessa forma, além de considerar as porcentagens de cobrança no simulador de vendas para a Ton, também é necessário avaliar qual o modelo de maquininha utilizado.

InfinitePay

Máquina de cartãoTaxas no débitoTaxas no crédito à vistaTaxas no crédito parcelado
InfinitePay1,44%2,89%7,43% para parcelamento em 12x

A InfinitePay também é uma marca que possui condições diferenciadas para suas taxas de juros em compras de crédito.

Continua após a publicidade

Isso porque a empresa conta com valores diferentes de acordo com as bandeiras dos cartões.

Os juros são distintos para bandeiras Visa, Mastercard, Elo e outras bandeiras, como Hipercard.

A empresa é a única a realizar essa diferenciação no mercado, e pode ser um diferencial interessante no caso de vendedores com algum tipo de parceria.

Entretanto, para utilizar o simulador de vendas com a InfinitePay, é importante se atentar para essa característica, pois os valores podem variar. De forma geral, as tarifas permanecem na média.

SuperGet

Máquina de cartãoTaxas no débitoTaxas no crédito à vistaTaxas no crédito parcelado
SuperGetA partir de 1,89%A partir de 3,09%A partir de 5,99%

Por fim, a Superget também é uma maquininha consolidada entre os principais nomes do mercado, atualmente, com taxas abaixo da média.

Continua após a publicidade

Vale a pena destacar suas taxas de crédito parcelado, que são inferiores às demais maquininhas. Embora variem com o número de parcelas, as porcentagens de base são mais em conta.

No entanto, ela também possui condições diferentes de cobrança, pois apresenta planos de assinatura.

Nesse caso, se o vendedor assinar determinado pacote de serviços, pode contar com taxas mais altas ou baixas.

Quanto custam as vendas em cada maquininha?

Finalmente, depois de conhecer as taxas de cada maquininha, confira um simulador de vendas prático para cada marca e veja quanto o vendedor receberá em cada situação.

É importante lembrar que os valores que citamos abaixo consideram o plano mais básico, no caso de marcas que possuem variação por maquininha ou bandeira de cartão.

Continua após a publicidade

Além disso, no caso de compras parceladas, é necessário entender que o número de parcelas e outros fatores que podem influenciar no valor total.

Por esse motivo, para o simulador de vendas prático, consideramos quanto o vendedor receberia no caso de parcelamentos a partir de 2 vezes.

Confira os valores detalhados!

Simulador de vendas PagSeguro

A começar pelas maquininhas PagSeguro, existem diversas modalidades disponíveis no catálogo da marca atualmente. No entanto, os valores das taxas são as mesmas para todas as categorias. 

Se o vendedor passar R$100,00 em uma transação no débito, poderá receber R$98,01.

Enquanto isso, a transação no crédito à vista ficaria no valor de R$96,81, e uma compra no crédito, a partir de R$94,85.

Continua após a publicidade

Simulador de taxas Mercado Pago 

Para compras nas maquininhas do Mercado Pago, ao passar R$100,00, o vendedor poderá receber R$98,01, com a mesma taxa de recebimento da PagSeguro.

Em vendas no crédito à vista, o valor é de R$96,97, e para vendas parceladas, o valor é de a partir de R$96,40.

Simulador de vendas Cielo 

No simulador de vendas Cielo, se você passar R$100,00 na maquininha de cartão de débito, poderá receber R$98,01, assim como as marcas anteriores.

Entretanto, transações no crédito geram um valor de R$95,51, com a mesma taxa para compras à vista e a partir de R$ 92,65 para parcelamentos.

Continua após a publicidade

Simulador de vendas SafraPay

Em uma venda no valor de R$100,00, o valor recebido é a partir de R$98,52 para vendas no débito, 98,12 em compras no crédito à vista e a partir de R$96,00 parcelado.

As taxas de parcelamento podem variar de acordo com o número de dias de recebimento, podendo gerar um valor maior ao vendedor.

Simulador de taxas SumUp 

Enquanto isso, ao aplicar as taxas da SumUp em um simulador de vendas até R$ 10.000,00, o vendedor poderá receber R$98,10 em compras no débito.

No entanto, no crédito, os recebimentos podem chegar a R$ 96,90 à vista e a partir de R$96,10 no parcelamento.

Continua após a publicidade

Simulador de vendas Ton

No simulador de vendas da maquininha Ton, ao passar R$100,00 o vendedor poderá receber R$98,55 no débito.

Para o crédito, os valores seriam R$97,21 à vista, e a partir de R$95,41 parcelado.

Simulador de vendas InfinitePay

Com a Infinity Pay, um vendedor que passar R$100,00 na maquininha receberá R$98,71 no débito, e a partir de R$97,42 no crédito à vista.

Para compras parceladas, o valor de recebimento é de a partir de R$90,51.

Simulador de taxas Superget

Por fim, ao utilizar o simulador de taxas na maquininha Superget, o vendedor que passar R$100,00 na maquininha receberá a partir de R$98,11 no débito, R$96,91 no crédito à vista e a partir de R$94,01 em compras parceladas.

Continua após a publicidade

Como calcular a taxa de maquininha?

Ao utilizar um simulador de vendas com as marcas que você considera contratar, é essencial conhecer a taxa da cada maquininha.

Isso porque trata-se dos valores cobrados pelas empresas para realizar o procedimento de venda e envio dos recebimentos para a conta do vendedor.

Nesse caso, as tarifas de cada operação devem ser informadas pelas próprias marcas antes da contratação, para que o cliente possa ter conhecimento dos percentuais praticados.

Em seguida, caso deseje calcular a taxa da maquininha sobre cada transação, basta determinar o valor do percentual e subtrair do pagamento total.

Continua após a publicidade

No entanto, é importante considerar outros fatores que podem influenciar nessa conta.

Por exemplo, algumas maquininhas de cartão disponibilizam taxas diferentes para períodos distintos de recebimento.

Dessa forma, antes de calcular a taxa da operação, é importante analisar esses diferenciais. Assim, também será possível identificar a máquina de cartão com a melhor taxa no débito e no crédito.

Como cobrar a taxa da maquininha do cliente?

Depois de conhecer as tarifas de cada maquininha de cartão por meio do simulador de vendas, muitas pessoas buscam as opções com o melhor custo-benefício em relação às taxas de juros.

No entanto, mesmo escolhendo as alternativas mais em conta, os valores das taxas ainda podem pesar no bolso do vendedor.

Nesse caso, uma das opções disponíveis é repassar a taxa da maquininha para o cliente, por meio da cobrança de um valor superior no parcelamento.

Continua após a publicidade

Contudo, para realizar a cobrança da taxa da maquininha do cliente, é importante adotar estratégias que não deixem o comprador insatisfeito. Afinal, ninguém gosta de pagar a mais por um produto apenas por conta da forma de pagamento.

Alguns vendedores preferem ser sinceros e explicar que a taxa de parcelamento é superior e que isso gera a demora para receber o valor.

Dessa forma, o cliente pode optar pelo pagamento no débito ou à vista.

Por outro lado, essa abordagem pode deixar alguns consumidores descontentes. Nesse caso, existem outras alternativas para cobrar a taxa da maquininha de maneira mais sutil.

Por exemplo, o vendedor pode realizar descontos especiais em pagamentos no débito. Assim, ele realiza a cobrança do valor em seu preço original, enquanto passa o valor integrado no parcelamento.

Continua após a publicidade

Essa estratégia pode auxiliar na redução das taxas de recebimento para o vendedor, enquanto contribui para a satisfação do cliente, que não estará pagando “a mais” por conta da forma de pagamento, recebendo um desconto caso opte pelo débito.

Como calcular os juros de venda parcelada?

Atualmente, as taxas de juros de venda parcelada são as mais altas entre as demais tarifas. Isso ocorre pela divisão do valor para a empresa, que pode enviar o recebimento de forma integral, arcando com as parcelas.

Nesse caso, a cobrança das taxas é elevada, o que pode ser um ponto negativo para o vendedor.

Dessa forma, antes de escolher uma maquininha de cartão de crédito, é importante calcular as tarifas de parcelamento.

Continua após a publicidade

Isso pode ser feito por meio de um simulador de vendas ou ainda pelo procedimento de desconto da porcentagem do valor integral.

No entanto, muitas maquininhas apresentam condições diferentes para vendas parceladas.

As condições mais comuns mantêm as cobranças de parcelamento fixas, de modo que é possível descontar do recebimento total de cada parcela, como nas demais simulações.

É fundamental ressaltar que a cobrança das taxas de juros incidem sobre cada parcela, e não uma única vez. Contudo, uma vez que incide sobre cada parcela, o valor reduzido é menor.

Por exemplo, em uma compra de R$100,00, dividida em 2 vezes, o valor do juros incidirá duas vezes, sobre cada parcela de R$50,00.

Continua após a publicidade

Depois de aplicar o simulador de vendas parceladas, será possível identificar o custo-benefício mais vantajoso para o vendedor. Ainda ficará mais fácil permitir que o vendedor defina o preço dos produtos com cobrança de juros ou não durante o parcelamento.

Conclusão 

Antes de contratar uma maquininha de cartão de crédito, é fundamental utilizar um simulador de vendas, para entender, na prática, o desconto das taxas de cada marca.

Dessa forma, é mais fácil para o vendedor compreender, visualmente, as porcentagens mais em conta para contratar, além de considerar esse fator em sua avaliação geral sobre a maquininha.

Por isso, vale a pena realizar comparações por meio do simulador de vendas, além de verificar quais as condições que cada maquininha apresenta para compras no débito e no crédito.

Por fim, caso ainda restem dúvidas, o vendedor pode entrar em contato diretamente com a empresa que oferece a maquininha desejada, para questionar outros pontos relevantes para a sua análise.

Perguntas frequentes

  1. Como calcular a taxa de maquininha?

    Basta determinar o valor do percentual e subtrair do pagamento total. No entanto, é importante considerar outros fatores que podem influenciar nessa conta, como as taxas diferentes para períodos distintos de recebimento.

  2. Como cobrar a taxa da maquininha do cliente?

    Uma das opções disponíveis é repassar a taxa da maquininha para o cliente, por meio da cobrança de um valor superior no parcelamento. Porém, pode valer mais a pena o vendedor oferecer descontos especiais em pagamentos no débito para estimular esse tipo de transação.

  3. Como calcular os juros de venda parcelada?

    Por exemplo, em uma compra de R$100,00, dividida em 2 vezes, o valor do juros incidirá duas vezes, sobre cada parcela de R$50,00.

Continua após a Publicidade