Cartão de Crédito

Apple Pay: conheça tudo sobre a carteira digital do iPhone

Amanda Gusmão
Amanda Gusmão
Imagem da logomarca da Apple Pay, posicionada do lado esquerdo da imagem, do outro lado tem um letreiro escrito Carteiras Digitais.

A Apple Pay é a e-wallet do iPhone que permite guardar dados de formas de pagamentos digitais. Mas, como usar essas informações em segurança e, quais cartões podem ser registrados? Conheça mais sobre essa carteira digital.

Apple Pay: conheça tudo sobre a carteira digital do iPhone

 

Existem muitas formas de se fazer pagamentos, mas tem duas coisas das quais muita gente não abre mão: segurança e praticidade.

Nesse sentido, os cartões de crédito estão entre as formas de pagamento mais práticas. Mas é possível simplificar isso ainda mais por meio das carteiras digitais, como é o caso do Apple Pay.

Continua após a publicidade

Já ouviu falar da carteira digital da Apple?

Neste post, você vai entender como se faz para usá-la, quais cartões são compatíveis e quais estabelecimentos a aceitam.

Além disso, vamos falar sobre a segurança oferecida pelo recurso. Então, continue a leitura e fique por dentro do assunto!

Continua após a publicidade

O que é o Apple Pay?

Apple Pay é uma carteira digital, também chamada de e-wallet, que funciona no iPhone.

Dessa forma, por meio dela, você pode carregar seus cartões de crédito, de débito e pré-pagos de maneira virtual.

Assim, não é preciso sempre levá-los com você. Aliás, às vezes acontece de esquecermos a carteira em casa, e é bom mesmo ter um plano B nesses casos. Desse modo, ao pagar suas compras em uma loja, basta usar o seu iPhone.

Muita gente já ouviu falar de aparelhos instalados por criminosos em máquinas de cartão.

Quando o cliente passa o cartão e digita a senha, aqueles dados são clonados. Mas quando um pagamento é feito com a aproximação do celular, é possível evitar esse tipo de risco.

Todavia, vamos conversar um pouco sobre como o Apple Pay funciona.

Como usar o Apple Pay?

O Apple Pay já vem instalado no iOS. Para abri-lo, vá em “Ajustes” e procure “Wallet e Apple Pay”.

Continua após a publicidade

Primeiramente, você deve cadastrar seus cartões. Depois de tocar em “Adicionar Cartão”, a câmera será ativada. Aponte para o cartão para que o aparelho tente identificar os dados automaticamente.

Se isso não acontecer, você poderá informar os dados manualmente. Nesse caso, digite o número do cartão e, na próxima tela, a data de vencimento e o código CVV.

Finalmente, você já tem cartões na sua carteira digital e pode usá-los para fazer compras em lojas on-line e físicas. No caso das lojas físicas, a transação é feita por aproximação.

O que é pagamento por aproximação

O pagamento por aproximação é um recurso que simplifica os pagamentos em lojas físicas.

Ele usa a tecnologia NFC (Near-Field Communication), que significa comunicação por campo de proximidade.

É por meio dela que você consegue pagar um compra apenas por aproximar o cartão de uma maquininha. Inclusive, em alguns casos, se o pagamento for de valor mais baixo, nem é preciso digitar a senha.

Continua após a publicidade

Com a Apple Pay, é possível fazer a mesma coisa. Para pagar sua compra, basta autenticar e aproximar da maquininha a parte superior do aparelho.

Como é feita a autenticação

O método de autenticação pode variar dependendo do iPhone que você tem. No caso do iPhone X ou de um modelo superior, a autenticação é feita pelo Face ID.

Basta pressionar duas vezes o botão lateral para ativar o Apple Pay. Em seguida, será feito o reconhecimento do seu rosto. Depois, é só escolher o cartão de crédito ou débito e aproximar da maquininha a parte superior do aparelho.

Nos modelos de iPhone anteriores, você deve pressionar o botão “Início” duas vezes e autenticar com sua impressão digital ou com a senha numérica.

Continua após a publicidade

Quais cartões são aceitos no Apple Pay?

Aqui no Brasil, o Apple Pay é compatível com os cartões Visa e Elo emitidos pelo Bradesco e pelo Banco do Brasil.

No caso do Itaú, todas as bandeiras são aceitas, inclusive aquelas de empresas parceiras, como LATAM, Brastemp, TudoAzul, Wolkswagen, Livraria Cultura, entre muitas outras.

A Apple diz que tem trabalhado para aceitar cada vez mais cartões e bancos. Por isso, vale a pena dar uma olhada no site da empresa de vez em quando para acompanhar as atualizações.

Quais estabelecimentos aceitam o Apple Pay no Brasil?

Conseguiu cadastrar seu cartão? Ótimo! Feito isso é só sair usando — de modo consciente, é claro, para evitar se endividar. Mas agora a questão é: onde usar o Apple Pay?

Continua após a publicidade

Milhares de lojas já aceitam essa forma de pagamento. Entre elas, estão o Posto Ipiranga, o Pão de Açúcar, a Sephora, o Starbucks e o Carrefour. Isso geralmente é informado em alguma placa na área dos caixas.

Mas o Apple Pay pode ser usado também em compras on-line. Quando essa opção de pagamento estiver disponível, isso estará indicado na tela do fechamento da compra ou no rodapé do site.

Entre as lojas que aceitam o Apple Pay está a Evino, a Petlove e a Hotel Urbano.

Por fim, você também pode fazer compras em aplicativos usando o Apple Pay. Isso inclui iFood, Dafiti, Ingresso Rápido, Magazine Luiza, entre outros.

Continua após a publicidade

Existe a modalidade débito para pagamentos no Apple Pay?

Sim, existe! Isso é bom porque muitas pessoas não usam cartão de crédito. Talvez estejam com certas restrições no mercado. Ou pode ser que tenham decidido não usar essa forma de pagamento.

De qualquer modo, é muito vantajoso ter a opção de cadastrar cartões de débito no Apple Pay. Afinal, isso pode ajudar a manter o controle do orçamento.

É seguro pagar com o Apple Pay?

Depois de tudo o que leu até aqui, você deve estar pensando na questão da segurança. Afinal, será que não existe o risco de seus dados serem interceptados durante uma transação no Apple Pay?

Para responder a essa pergunta, é importante entender como funciona o armazenamento dos dados. Quando você faz uma transação, o número do seu cartão não é enviado.

Continua após a publicidade

Acontece que o aplicativo gera um código que identifica os seus dados de pagamento. E é a partir desse token que a transação é concluída.

Dessa forma, o número do cartão não é enviado aos servidores da Apple ou da loja em que você está comprando.

O Apple Pay promete trazer muita praticidade para quem tem um iPhone. Até porque, realmente é bom ter a opção de não carregar cartões de crédito no bolso.

Apenas tome cuidado para não se empolgar demais com a facilidade de fazer pagamentos e acabar gastando mais do que pode, ok?

Já que falamos sobre cartão de crédito, que tal se informar um pouco sobre as opções que não cobram tarifas? Confira nosso post sobre os melhores cartões de crédito sem anuidade!

Além disso, assine a newsletter do iDinheiro para ter acesso aos melhores conteúdos sobre o universo das finanças!

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *