Os animais de estimação já conquistaram espaço nas famílias, e sem dúvida no mercado pet. Diante disso, muitas empresas voltaram seus olhares para este mercado e vêm disponibilizando produtos e cuidados especiais para os bichinhos, como, por exemplo, o seguro pet!

Continua após a publicidade


O seguro para animais de estimação surgiu como alternativa econômica, mas de qualidade, para os gastos com veterinário. Então, se você possui um animalzinho ou pensa em adquirir, talvez o seguro pet seja uma boa opção.

Interessou? Continue lendo o nosso artigo!

Saúde do Pet: entenda como funciona o seguro

Atualmente, é possível encontrar várias empresas, seguradoras e até clínicas oferecendo o seguro para pet – um serviço que oferece toda assistência para o cachorro e gatos. Semelhante ao plano de saúde dos humanos, o seguro pet pode ser vendido como cobertura adicional do seguro residencial.

Ao solicitar um seguro para o seu animal de estimação, é possível incluir apenas as coberturas essenciais, como os atendimentos e procedimentos de emergência, até a cobertura completa, que pode incluir:

·        Consultas.

·        Exames.

·        Internação.

·        Atendimento domiciliar.

·        Odontologia.

·        Fisioterapia.

·        Acupuntura.

·        Vacina.

·        Castração.

·        E entre outros.

Além da grande variedade de serviços, o seguro pet garante aos seus tutores uma indenização em situações que ocorra doença súbita ou acidente sofrido pelo animal doméstico.

Assim que ocorre a contratação do seguro, os tutores precisam seguir certos afazeres para não perder o direito da indenização. Primeiramente, os animais que fazem parte do seguro precisam estar imunizados contra doenças que consistem em foco de endemia na região.

Além disso, é imprescindível que a residência onde o pet mora tenha hábitos para prevenção de doenças e outras enfermidades. E caso ocorra algum surto e epidemia, os tutores precisam comunicar por escrito à seguradora, e ainda tem a obrigação de isolar os animais que estejam enfermos ou acidentados.

Ah! É preciso destacar que o seguro pet não cobre danos causados pelo animal a terceiros. No entanto, existe uma cobertura que pode ser acrescentada ao seguro residencial garante indenizações que podem ser cobradas, judicialmente, por pessoas que foram lesadas por animais de estimação de terceiros.

Conheça as principais vantagens do Seguro Pet

Bem semelhante aos planos de saúde para humanos, o seguro pet oferece aos animais de estimação vários tratamentos e cuidados para a saúde. Com isso, os donos têm a garantia que os bichinhos vão ter atendimento veterinário adequado.

Para você que ainda possui dúvida se vale a pena contratar um seguro de pet para o seu animalzinho, selecionamos 5 benefícios para quem possui em mãos essa garantia. Confira:

1 – Atendimento domiciliar

Alguns seguros oferecem atendimento em domicílio. Este serviço dispensa a locomoção do bichinho para a clínica, o que pode contribuir para a resposta ao tratamento.

2- Descontos em produtos e serviços

A maioria dos seguros para pet costumam oferecer vários serviços e produtos para os animais. Você encontra desde clubes de vantagens, descontos em medicamentos, acessórios, serviços de higiene, e muitos outros benefícios.

3 – Ampla rede de atendimento

O seguro pet possui uma ampla rede de clínicas e hospitais veterinários, com isso, você não precisa ficar dependendo de apenas um local para levar o seu animalzinho.

4 – Implante de microchip

O microchip é um método que muitos donos optam por utilizar para identificar os animais, contribuindo com a proteção em viagens, por exemplo. Dependendo do seguro adquirido, você pode solicitar a implantação gratuita do microchip.

5 – Valores acessíveis para tratamentos

No mercado você pode encontrar diversos tipos de coberturas dos seguros de pet, com preços variados e acessíveis. Portanto, faça uma pesquisa e veja qual seguro está de acordo com a sua renda e necessidade.

É importante destacar que os valores faturados a cada mês representam a dissolução dos gastos que você tem com o seu bichinho. Mesmo que não utilize o seguro em um determinado mês, pode ter certeza que o valores pagos continuam sendo bem inferiores ao que se estivesse pagando por consultas e exames em particular.

Veja se vale a pena contratar seguro de saúde para pet

As consultas, exames e internações em clínica veterinária não costumam ser baratas. E não é toda região do Brasil que tem disponibilizado um hospital veterinário público.

Neste primeiro momento, gostaríamos que você fizesse a seguinte reflexão: você consegue bancar todos os gastos com veterinário sem entrar no vermelho ou se perder em parcelas? Acontecendo um imprevisto com o seu cãozinho, você possui uma renda emergencial para bancar as despesas na clínica? Se a sua resposta foi não para essas perguntas, talvez pode ser uma ótima aposta contratar esse tipo de serviço para o seu animalzinho.

Os custos para atendimento veterinário nem sempre são tão altos quanto os oferecidos para os humanos, mas, dependendo do caso, podem atrapalhar toda a situação financeira da família. Um animal com doença crônica, por exemplo, vai precisar de muitas consultas, check ups e remédios.

Com o seguro pet, além de oferecer o melhor tratamento para o seu bichinho, você ainda pode realizar exames periódicos com maior tranquilidade. O check up preventivo é muito importante, pois através dele é possível identificar possíveis patologias que ao longo prazo poderia se tornar crônicas e irreversíveis.

Em resumo, o seguro pet vale a pena para as pessoas que procuram por menor custo, mas não dispensam a qualidade e eficiência nos atendimentos para o seu animalzinho. E para proporcionar uma vida com mais qualidade para os peludinhos, os donos podem aproveitar todos os benefícios e coberturas do que foi contratado.

Seguro de Pet vs Planos de clínicas – entenda a diferença

Os planos de clínicas veterinárias são conhecidos como pacotes de serviços, onde o dono paga um valor mensal e tem o direito de usufruir das consultas, exames e outros tratamentos oferecidos naquele estabelecimento.

O ponto negativo dos planos oferecidos pelas clínicas é que você fica restrito aos serviços daquele lugar. Para quem precisa de um especialista que trabalha em outra clínica, vai precisar embolsar uma grana com as consultas e exames, além do pagamento do pacote da outra clínica.

Por outro lado, o dono que contrata um plano de clínica pode usufruir de vários descontos nos serviços e acessórios. Desta forma, a clínica consegue fidelizar cada vez mais os seus clientes.

O seguro de pet, como pontuamos no começo deste artigo, oferece vários serviços em diversas localidades. Então, o dono não fica restrito a um único lugar. Utilizando a mesma lógica que os planos de saúde humano, você contrata o seguro e pode escolher qual clínica ou hospital cobre o plano.

Seguro para animais de estimação: confira as principais dúvidas

Sim. Você pode sim. Algumas seguradoras oferecem os planos para animais de até 14 anos. O recomendado é que você entre em contato com o responsável para avaliar a idade máxima para se tornar assegurado.

Sim. O atendimento de urgência e emergência é coberto a qualquer hora do dia.

O prazo de carência varia de seguradora. Portanto, informe com o responsável do seguro sobre esta particularidade.

Sim. Você pode incluir todos os seus animais no seguro. A maioria dos contratos não possui um limite de quantidade animais no mesmo seguro. No entanto, fique atento se nas cláusulas do contrato estão especificando o número de animais, e se a quantia das despesas indenizadas não ultrapassa o valor segurado.