Bancos, Guias

Tudo que você precisa saber sobre o Nubank

Lucas Tavares
Lucas Tavares
nubank
As fintechs começaram a aparecer no Brasil a partir de 2010. Uma das mais conhecidas […]

As fintechs começaram a aparecer no Brasil a partir de 2010. Uma das mais conhecidas é o Nubank, que promete revolucionar o mercado financeiro a partir de operações simples e descomplicadas, além de um atendimento humanizado. Será que, na prática, é assim mesmo?

Para entender esse questionamento e o que faz parte dele, é necessário conhecer a história da empresa brasileira e os serviços que ela oferece. É o que vamos fazer neste post. Então, que tal conferir?

Continua após a publicidade

A história do Nubank

O Nubank é uma fintech brasileira criada em 6 de maio de 2013 por Cristina Junqueira, David Vélez e Edward Wible. O primeiro produto foi lançado em 2014 e consistia em um cartão de crédito Mastercard sem anuidade e totalmente gerenciado pelo celular.

<<BOX>> Uma fintech é uma empresa totalmente online que alia serviços tecnológicos aos financeiros. O objetivo é realizar todas as transações de modo digital, a fim de evitar gastos com estrutura física e ter menos custos. Assim, é possível reduzir os valores cobrados dos clientes. Por isso, são startups com ofertas mais acessíveis.

Continua após a publicidade

O objetivo desde o início era facilitar o acesso aos serviços financeiros por pessoas físicas comuns. Aos poucos, várias ofertas foram acrescentadas e o Nubank expandiu. Atualmente, se autoproclama o maior banco digital independente do mundo.

O motivo é sua atuação no Brasil, com sede em São Paulo, mas também em Berlim, na Alemanha, no México e na Argentina. Em número de clientes, o banco está na 6ª posição das maiores instituições financeiras do País. Isso porque tem 25 milhões de correntistas em 2020.

Apesar disso, é importante ressaltar que o Nubank não é um banco. Oficialmente, é uma instituição de pagamentos. Ainda assim, todas as operações realizadas são regulamentadas pelo Banco Central. Futuramente, um dos objetivos é se tornar um banco, conforme explicação na sua Comunidade.

Os serviços oferecidos pelo Nubank

Devido a suas características, todos os produtos e serviços aos clientes são gerenciados de forma digital. O Nubank não tem agências, o que dificulta o saque de dinheiro em espécie, quando for o caso.

Continua após a publicidade

Por outro lado, essa característica permite que as taxas sejam mais baixas do que em instituições financeiras tradicionais e que, em muitos casos, sejam isentas. Entre os destaques do Nubank está o seu atendimento.

Um case de sucesso foi o da sanduicheira roxa. O cliente comprou um sanduíche caro em determinado estabelecimento, mas a cobrança apareceu duplicada no cartão de crédito. Ele entrou em contato com a fintech para cancelar um dos valores e alcançou esse objetivo.

No entanto, ainda recebeu mais uma sanduicheira roxa — na cor da empresa — com diferentes receitas escritas à mão para ele nunca mais pagar caro por um sanduíche. Além do destaque do atendimento, é preciso conhecer os produtos oferecidos. Eles são:

  • cartão de crédito Nubank: é internacional, sem anuidade e controlado por aplicativo;
  • conta digital: tem transferências ilimitadas e é sem tarifa de manutenção. Se você deixar o dinheiro parado, recebe 100% do Certificado de Depósito Interbancário (CDI);
  • Nubank Rewards: é um programa de benefícios com pontos que nunca expiram. Cada R$ 1 gasto equivale a 1 ponto. O total conseguido pode ser usado para diminuir o valor da fatura do cartão de crédito. Esse é um serviço pago, que custa R$ 19 por mês ou R$ 190 por ano. Os primeiros 30 dias são gratuitos e há possibilidade de cancelar quando quiser;
  • débito: permite efetuar pagamentos à vista;
  • empréstimo pessoal: é uma opção válida para alguns clientes, já que ainda está em fase de testes. A taxa de juros é personalizada e varia de acordo com o mês e o número de parcelas definido;
  • conta pessoa jurídica: isenta as tarifas de manutenção e é voltada para Microempreendedores Individuais (MEIs), autônomos e donos de pequenas empresas.

O que é o CDI?

O CDI é um indexador dos investimentos financeiros. Ele representa a taxa cobrada nas operações entre os bancos e fica próximo à taxa básica de juros da economia, a Selic. Por suas características, é muito usado para referenciar aplicações financeiras em títulos privados.

Assim, quando você compra um Certificado de Depósito Bancário (CDB), provavelmente será remunerado de acordo com o CDI. No caso do Nubank, o que acontece é o seguinte: o dinheiro que você deixa na sua conta é utilizado para realizar operações, como concessão de empréstimos.

Quando você precisa sacar, o valor está disponível. Mas se deixar parado na conta, receberá uma remuneração equivalente ao CDI. É como um investimento financeiro. Na verdade, esse processo é realizado por todos os bancos, mas nem todos oferecem esse retorno em conta, ok?

Vale a pena ter uma conta no Nubank?

Para quem tem costume de realizar operações pela internet, o Nubank pode ser uma maneira bastante válida de fugir das tarifas cobradas pelos bancos tradicionais. Por outro lado, pode ser difícil em um imprevisto, já que os saques só podem ser feitos nos caixas eletrônicos do Banco 24 Horas e da rede Saque e Pague.

Continua após a publicidade

No Reclame Aqui, a empresa tem uma avaliação positiva. Considerando os dados gerais, que consideram os últimos 3 anos, a nota é 7,7. Do total de reclamações feitas, 98,6% foram respondidas, sendo que 70,3% voltariam a fazer negócio. O índice de solução chega a 70,3% e a nota do consumidor é 6,6.

No primeiro semestre de 2020, a nota ficou em 7, ou seja, piorou. Todas as reclamações foram respondidas e 62,7% voltariam a fazer negócio. O índice de solução é de 69,6% e a nota do consumidor caiu para 5,69. Os principais problemas são relativos a:

  • cobrança indevida;
  • limite;
  • dificuldade de cadastro;
  • demora na entrega do cartão;
  • cartões de crédito e débito;
  • atendimento.

Portanto, ainda que foque o atendimento e ofereça serviços simplificados, há reclamações. Ainda assim, vale a pena avaliar as alternativas e os serviços para decidir o que é melhor para você.

Quer continuar se atualizando e receber as melhores análises de serviços? Assine a newsletter do iDinheiro e tenha acesso aos melhores posts do blog!

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *