Salário Mínimo: valor atual e histórico – 1990 a 2023

Consulte aqui a tabela salário mínimo 2023. Veja a remuneração dos anos anteriores e confira curiosidades a respeito”.

Data Variação em % Variação no Ano Acumulado 12 meses
abril/2024 1 412,00 0,00 0,00
março/2024 1 412,00 0,00 0,00
fevereiro/2024 1 412,00 0,00 0,00
janeiro/2024 1 412,00 0,00 0,00
dezembro/2023 1 320,00 0,00 0,00
novembro/2023 1 320,00 0,00 0,00
outubro/2023 1 320,00 0,00 0,00
setembro/2023 1 320,00 0,00 0,00
agosto/2023 1 320,00 0,00 0,00
julho/2023 1 320,00 0,00 0,00
junho/2023 1 320,00 0,00 0,00
maio/2023 1 320,00 0,00 0,00

Todos Valores

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Acumulado anual
2024 1 412,00 1 412,00 1 412,00 1 412,00 - - - - - - - - 0,00
2023 1 302,00 1 302,00 1 302,00 1 302,00 1 320,00 1 320,00 1 320,00 1 320,00 1 320,00 1 320,00 1 320,00 1 320,00 0,00
2022 1 212,00 1 212,00 1 212,00 1 212,00 1 212,00 1 212,00 1 212,00 1 212,00 1 212,00 - - - 0,00
2021 1 100,00 1 100,00 1 100,00 1 100,00 1 100,00 1 100,00 1 100,00 1 100,00 1 100,00 1 100,00 1 100,00 1 100,00 0,00
2020 1 039,00 1 045,00 1 045,00 1 045,00 1 045,00 1 045,00 1 045,00 1 045,00 1 045,00 1 045,00 1 045,00 1 045,00 0,00
2019 998,00 998,00 998,00 998,00 998,00 998,00 998,00 998,00 998,00 998,00 998,00 998,00 0,00
2018 954,00 954,00 954,00 954,00 954,00 954,00 954,00 954,00 954,00 954,00 954,00 954,00 0,00
2017 937,00 937,00 937,00 937,00 937,00 937,00 937,00 937,00 937,00 937,00 937,00 937,00 0,00
2016 880,00 880,00 880,00 880,00 880,00 880,00 880,00 880,00 880,00 880,00 880,00 880,00 0,00
2015 788,00 788,00 788,00 788,00 788,00 788,00 788,00 788,00 788,00 788,00 788,00 788,00 0,00
2014 724,00 724,00 724,00 724,00 724,00 724,00 724,00 724,00 724,00 724,00 724,00 724,00 0,00
2013 678,00 678,00 678,00 678,00 678,00 678,00 678,00 678,00 678,00 678,00 678,00 678,00 0,00
2012 622,00 622,00 622,00 622,00 622,00 622,00 622,00 622,00 622,00 622,00 622,00 622,00 0,00
2011 540,00 540,00 545,00 545,00 545,00 545,00 545,00 545,00 545,00 545,00 545,00 545,00 0,00
2010 510,00 510,00 510,00 510,00 510,00 510,00 510,00 510,00 510,00 510,00 510,00 510,00 0,00
2009 415,00 465,00 465,00 465,00 465,00 465,00 465,00 465,00 465,00 465,00 465,00 465,00 0,00
2008 380,00 380,00 415,00 415,00 415,00 415,00 415,00 415,00 415,00 415,00 415,00 415,00 0,00
2007 350,00 350,00 350,00 380,00 380,00 380,00 380,00 380,00 380,00 380,00 380,00 380,00 0,00
2006 300,00 300,00 300,00 350,00 350,00 350,00 350,00 350,00 350,00 350,00 350,00 350,00 0,00
2005 260,00 260,00 260,00 260,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 300,00 0,00
2004 240,00 240,00 240,00 240,00 260,00 260,00 260,00 260,00 260,00 260,00 260,00 260,00 0,00
2003 200,00 200,00 200,00 240,00 240,00 240,00 240,00 240,00 240,00 240,00 240,00 240,00 0,00
2002 180,00 180,00 180,00 200,00 200,00 200,00 200,00 200,00 200,00 200,00 200,00 200,00 0,00
2001 151,00 151,00 151,00 180,00 180,00 180,00 180,00 180,00 180,00 180,00 180,00 180,00 0,00
2000 136,00 136,00 136,00 151,00 151,00 151,00 151,00 151,00 151,00 151,00 151,00 151,00 0,00
1999 130,00 130,00 130,00 130,00 136,00 136,00 136,00 136,00 136,00 136,00 136,00 136,00 0,00
1998 120,00 120,00 120,00 120,00 130,00 130,00 130,00 130,00 130,00 130,00 130,00 130,00 0,00
1997 112,00 112,00 112,00 112,00 120,00 120,00 120,00 120,00 120,00 120,00 120,00 120,00 0,00
1996 100,00 100,00 100,00 100,00 112,00 112,00 112,00 112,00 112,00 112,00 112,00 112,00 0,00
1995 70,00 70,00 70,00 70,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 0,00
1994 32 882,00 42 829,00 50 298,34 71 532,22 102 887,77 147 627,08 64,79 64,79 70,00 70,00 70,00 70,00 0,00
1993 1 250 700,00 1 250 700,00 1 709 400,00 1 709 400,00 3 303 300,00 3 303 300,00 4 639 800,00 5 534,00 9 606,00 12 024,00 15 021,00 18 760,00 0,00
1992 96 037,33 96 037,33 96 037,33 96 037,33 230 000,00 230 000,00 230 000,00 230 000,00 522 186,94 522 186,94 522 186,94 522 186,94 0,00
1991 12 325,60 15 895,46 17 000,00 20 000,00 23 131,68 23 131,68 23 131,68 39 293,28 42 000,00 42 000,00 42 000,00 63 000,00 0,00
1990 2 004,37 3 674,06 3 674,06 3 674,06 3 857,76 4 904,76 5 203,46 6 056,31 6 425,14 8 329,55 8 836,82 - 0,00

Como usar a tabela do salário mínimo 2023?

Use a tabela salário mínimo 2023 para estabelecer a remuneração de um trabalhador de carteira assinada, para calcular o valor de uma causa trabalhista ou para avaliar o reajuste que o governo utilizou para recompor a inflação, já que essa correção está prevista na Constituição Federal.

Então, se o salário mínimo de 2022 foi de R$ 1.212,00 e em 2023 teve ajuste para R$ 1.320,00, a diferença de R$ 108,00 deve servir para manter o mesmo poder de compra dos brasileiros de um ano para outro. Outra aplicação é no cálculo de acordos judiciais. Causas podem ter seus valores estabelecidos por uma quantidade de salários-mínimos, por exemplo, “pagamento de 10 salários mínimos corrigidos com o ano da decisão”.

Uma causa em 2006 receberia 10 x R$ 380, mas se a decisão sair somente em 2023, então, para que esse valor seja corrigido devidamente, o cálculo será 10 x R$ 1.320,00. Ele pode ser usado, ainda, por entidades sindicais (nacionais ou regionais) para estabelecer a remuneração mínima de algumas profissões, o chamado piso salarial.

O que é salário mínimo?

O salário mínimo é o menor valor que uma empresa pode pagar ao funcionário registrado em regime CLT. Esse direito é assegurado pelo Decreto-Lei Nº 2.162 desde 1940 e tem como objetivo garantir o poder de compra da população levando em consideração os possíveis aumentos nos preços de produtos e serviços considerados essenciais para a sobrevivência humana. Por esse motivo, o valor é reajustado todos os anos.

Vale ressaltar que com base nesse decreto, o empregador não pode conceder ao seu funcionário um honorário que seja inferior ao valor do salário mínimo. Já o contrário é permitido, uma vez que a empresa pode utilizar esse valor como base para oferecer remunerações maiores —  de dois, três, quatro (ou mais) salários mínimos, por exemplo.  

Origem do salário mínimo

icon

Você sabia?

Você sabia que o salário mínimo foi criado no século XIX na Austrália e na Nova Zelândia? Aqui no Brasil, o salário mínimo surgiu no século XX, mas precisamente em 1936 com a promulgação da Lei de nº185 e o decreto de lei em 1938. No entanto, devido a não definição do salário mínimo, cada região estabelecia o próprio valor de pagamento. 

Por conta disso, existia no Brasil cerca de 14 salários mínimos. Para você ter uma ideia, o valor do pagamento mínimo na então capital do país, Rio de Janeiro, era três vezes maior que o da região do Nordeste.

Então, para padronizar esses valores, o presidente Getúlio Vargas fixou os valores do salário mínimo e a nova regra entrou em vigor no mesmo ano. Porém, o estabelecimento de um valor válido para todo o território brasileiro só ocorreu em 1984. 

Outra fato interessante sobre a estruturação do salário mínimo é que a tabela com os valores tinha um prazo de vigência de três anos, mas a ocorrência dos reajustes não seguiam essa regra. Prova disso, é que só em 1943, por exemplo, o valor foi reajustado duas vezes para garantir o poder de compra do salário mínimo.

Evolução do salário mínimo

Desde o surgimento do Decreto-Lei Nº 2.162, o valor do salário mínimo passou por vários ajustes. Ao analisar a tabela histórica do salário mínimo, percebemos que entre os anos de 1990 a 1994, as mudanças no valor do salário mínimo ocorreram de forma mensal.   

Isso porque foi um período marcado pela hiperinflação — evento caracterizado pelo aumento generalizado dos preços acima de 50% ao mês. Para você ter uma ideia, em apenas um mês, a inflação chegou a 81,3%.

Nesse período, o Brasil tentava se recuperar das ações de um governo militar ao mesmo tempo em que lidava com as condições limitadas do comércio exterior. Para somar a isso, a alta dívida pública externa tornava a situação ainda mais difícil, pois piorava o cenário econômico do país.

O controle econômico só foi recuperado após a implementação do Plano Real em 1994, que conseguiu estabilizar o aumento da inflação. Para manter esse controle, foi criado em 1999 o regime de metas de inflação, que visa garantir que a inflação oscile dentro da margem estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional.

Até 2011, pode se perceber também que não havia uma padronização do mês de reajuste. Dessa forma, as mudanças ocorriam ou no mês de abril ou no mês de maio. Hoje, o  reajuste do salário mínimo é feito sempre no mês de janeiro sem outras alterações no decorrer do ano. 

Como o salário mínimo é definido?

Desde o surgimento do salário mínimo percebe-se que as mudanças sofridas contribuíram com a sua valorização. Prova disso, é que em 20 anos o salário mínimo apresentou um crescimento de 142% acima da inflação

Essa valorização se deve às mudanças que o Plano Real provocou na economia do país e, sobretudo, às pressões impostas ao governo pelas centrais sindicais para que os reajustes ocorressem de forma significativa baseadas em diretrizes de longo prazo. Devido a essas condições, o governo adotou a seguinte estratégia para calcular o reajuste do salário mínimo: a correção do salário mínimo é feita com base na inflação acumulada do ano anterior e no resultado do Produto Interno Bruto (PIB).

Dessa forma, para garantir o poder de compra do trabalhador, o governo utiliza como referência os dados divulgados pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) e o indicador de inflação apontado pelo IBGE. Vale ressaltar que se PIB obter crescimento negativo, o valor considerado para esse indicador na fórmula é zero. Esse cálculo é utilizado desde 2008, mas só em 2011 se tornou lei.

Qual o valor do salário mínimo em 2023?

Em 2022, o salário mínimo era de R$ 1.212. Este ano, o valor atual do salário mínimo é de R$ 1.320.

Como o valor do salário mínimo afeta a vida dos trabalhadores?

Como vimos ao longo deste artigo, o salário mínimo tem como objetivo assegurar que o trabalhador tenha condições de sustentar a si mesmo e a sua família. Para isso, o valor recebido deve ser suficiente para arcar com as despesas mínimas consideradas essenciais para a sobrevivência humana.

No entanto, esse conceito não tem sido visto na prática. Isso porque os últimos ajustes levaram em consideração apenas o acúmulo da inflação do ano anterior. Logo, a classe de trabalhadores que recebem a renda mínima têm tido maior dificuldade de controlar o orçamento familiar

Então, para contornar essa realidade, muitos brasileiros têm buscado por atividades extras para complementar a renda. Diante disso, percebe-se que embora a conquista do direito ao salário mínimo tenha representado um avanço na reforma trabalhista, ainda não é suficiente para suprir as necessidades básicas do brasileiro. Por essa razão, apesar da valorização gradativa do salário mínimo, fica claro que ainda há muito o que melhorar.  

O trabalhador pode receber menos que o salário mínimo?

O recebimento de um salário mínimo é um direito fundamental de todo trabalhador brasileiro que cumpre jornada de trabalho de 8h diárias e 44h semanais. Embora seja um direito assegurado por lei, há algumas exceções que permitem o pagamento de um valor menor.

Podemos destacar, por exemplo, o profissional que atua como menor aprendiz ou o que possui menor jornada de trabalho. Nesses casos, entende-se que por ter uma carga horária menor a remuneração pode ser calculada com base nas horas de trabalho. Vale ressaltar que o valor da hora deve ser respeitado.

Quando devo pedir um aumento de salário?

Não há dúvidas de que a maioria dos trabalhadores gostariam de receber um aumento de salário. Mas saiba que em alguns casos é possível negociar com a empresa o ajuste do pagamento? Para saber se você se enquadra nessa situação, basta responder três questões importantes:

  • O seu salário está abaixo da média oferecido pela concorrência?
  • O seu engajamento gera resultados positivos para a empresa e você sente que seu trabalho pode ser mais valorizado?
  • Recebeu uma proposta melhor em outra empresa, mas não gostaria de sair da atual?

Se você verificou o piso salarial da função que você exerce na empresa e confirmou que o seu salário não corresponde ao valor devido, é um direito seu cobrar do gestor e do RH o ajuste do seu pagamento. 

Já nas situações em que o salário está de acordo com o piso salarial, mas o profissional apresenta bom desempenho e gera resultados satisfatórios para a empresa de modo que melhora as condições financeiras da organização é válido solicitar uma reunião com o gestor para negociar um possível aumento do salário. O mesmo vale para os casos em que houver uma proposta de trabalho melhor. 

Como pedir aumento de salário?

Como vimos, há situações que favorecem o pedido de um aumento no salário. Mas existe um jeito certo de solicitar esse ajuste? Bom, cada organização possui sua própria gestão de funcionários. Isso significa que uma empresa que possui uma gestão humanizada, por exemplo, pode facilitar a manifestação do colaborador nesse sentido. Por esse motivo, antes de qualquer iniciativa é muito importante levar em consideração o tipo de gestão adotada em sua empresa. Após essa análise, você pode se preparar da seguinte forma.

Defina bem o seus argumentos 

A confiança e a certeza do que você deseja alcançar por meio da conversa com o seu gestor deve ser visível e faz toda a diferença. Por isso, defina argumentos sólidos e seja bem objetivo. 

Observe o cenário do mercado de trabalho

Uma das formas de reforçar os seus argumentos é observando o cenário do mercado de trabalho. Saber como está a situação econômica do país e as condições oferecidas pelos concorrentes servem de base para se apresentar de forma mais confiante.

Evite falar de problemas financeiros

As chances de ter o pedido de aumento de salário aceito pelo gestor são maiores quando você apresenta argumentos que reforçam que o seu trabalho merece ser reconhecido. Por isso, evite expor problemas financeiros, como dívidas, pois essa exposição pode ser vista de forma negativa.

Salário mínimo Estados Unidos: qual o valor?

Nos Estados Unidos, o salário mínimo é regulamentado pela Fair Labor Standards Act (FLSA) que direciona esse direito aos funcionários de empresas que tenham um volume bruto anual de vendas ou negócios que geram renda equivalente a US$ 500.000. Além disso, é destinado aos empregados que atuam no comércio interestadual ou que prestam serviço para agências governamentais federais, estaduais ou locais.

Sendo assim, o salário mínimo exigido pelo governo federal nos Estados Unidos é de US$ 7,25 (R$ 37,79) por hora. Esse valor pode variar de estado para estado. Para você ter uma ideia, no início deste ano, o salário mínimo no Distrito de Columbia era de 15,2 dólares por hora — sendo então o salário mínimo mais alto dos EUA. Diante disso, vale a pena enfatizar que caso o funcionário que presta serviço para uma empresa regida por leis federais e estaduais, o valor concedido a ele será o maior entre as opções de salário mínimo. 

Qual o salário mínimo em Portugal?

Em Portugal, o salário mínimo é concedido, na maioria das vezes, aos profissionais que prestam serviços para restaurantes, hotéis, resorts, atendentes de loja ou zeladores. Sendo assim, em 2023, o salário mínimo nacional em Portugal se manteve fixado em EU$ 760 (R$ 4.223,17) por mês.

O valor do salário mínimo é estabelecido por um comitê do governo formado por ministros, representantes de organizações comerciais e sindicatos. As discussões sobre o salário mínimo ocorrem anualmente e geralmente resultam em um compromisso firmado entre os três lados. Portanto, em caso do descobrimento do acordo é aplicado penalidades severas.

FAQ – Perguntas Frequentes sobre salário mínimo

  1. Salário mínimo Estados Unidos: qual o valor?

    O valor do salário mínimo estabelecido pelo governo federal nos Estados Unidos é de US$ 7,25 (R$ 37,79) por hora.

  2. O que é salário mínimo?

    É o menor pagamento que um empregador pode oferecer para o funcionário que possui uma carga horária de 8 hs por dia e 44 hs semanais. 

  3. Qual o valor do salário mínimo em 2023?

    O valor do salário mínimo em 2023 é de R$ 1.320.

  4. Qual era o salário mínimo em 2020?

    O valor do salário mínimo em 2020 foi de R$ 1.045.

  5. Quando o salário mínimo foi criado no Brasil?

    O salário mínimo foi instituído no governo de Getúlio Vargas, em 1940. Ele também existe em outros países como Portugal, Alemanha e Espanha.

  6. Como é feito seu cálculo de reajuste?

    O salário mínimo é ajustado periodicamente para manter o poder aquisitivo dos assalariados e, para isso, o governo usa, dentre outras variáveis, um percentual do Produto Interno Bruto (PIB) dos dois anos anteriores.
    Com isso, o cálculo consegue garantir que o novo valor do salário mínimo cubra a variação da inflação no ano anterior ao cálculo.

  7. Qual foi o valor da remuneração mínima em 1990?

    Em 1990, assumia a presidência do Brasil o economista carioca Fernando Collor. Para conter o cenário de hiperinflação, seu governo lançou o Plano Collor, mudando a moeda Cruzado Novo para Cruzeiro.
    Com isso, o salário mínimo mudou praticamente mês a mês, conforme mostra nossa tabela.