Finanças Pessoais, Notícias

Receita Federal libera consulta ao 3º lote de restituição do IR 2020

Karina Carneiro
Karina Carneiro

Nesta sexta feira, a Receita Federal abriu consulta ao terceiro lote de restituição do Imposto […]

Nesta sexta feira, a Receita Federal abriu consulta ao terceiro lote de restituição do Imposto de Renda de 2020. Ao total, serão pagos cerca de R$ 5,7 bilhões, repetindo o valor recorde do lote anterior, onde quase 4 milhões de contribuintes foram beneficiados. 

Deste montante, R$ 2 bilhões serão destinados à pessoas que tenham prioridade legal, como idosos, deficientes físicos ou mental. 

Continua após a publicidade

Neste lote, serão beneficiados os contribuintes que entregaram suas declarações até o dia 28 de março. 

Importante ressaltar que, para conferir o valor da restituição, basta o contribuinte acesso o site da Receita Federal e se dirigir aos serviços de e-CAC.

Desta maneira, é possível acessar o extrato completo de declaração e verificar a existência de inconsistências de dados através do processamento. 

A consulta também poderá ser realizada em múltiplas plataformas. Seja ela através do site oficial, ou aplicativo para smartphones ou tablets. 

Como funciona o pagamento a restituição?

O terceiro lote referente à restituição do imposto de renda começa a ser pago aos contribuintes em 31 de julho. 

Como mencionamos anteriormente, este ano os lotes foram reduzidos de sete para cinco restituições anuais. 

O primeiro, pago em 29 de maio, teve o pagamento respeitando o calendário tradicional, já que a declaração do imposto foi prorrogada por mais um mês diante da pandemia provocada pelo novo coronavírus. 

Sendo assim, o contribuinte precisará ficar atento às datas vigentes de restituição, que não deverão seguir o padrão habitual de outros anos. 

Próximas datas de pagamento

Pensando em te auxiliar a acompanhar as datas de depósito, a restituição do imposto de renda está prevista para as seguintes datas:

  • 31 de julho;
  • 28 de agosto;
  • 30 de setembro. 

A restituição paga, ficará disponível no banco informado na hora da declaração do imposto. Caso o valor não seja resgatado, será necessário fazer a solicitação através da internet, mediante ao formulário eletrônico da Receita Federal.

Quer continuar acompanhando todas as notícias sobre imposto de renda? Então, não deixe de assinar a newsletter do iDinheiro.

Publicidade

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *