Veja como conferir o cadastro do INSS para garantir a aposentadoria

Isabella Proença
Isabella Proença
menina ensinando idosa a mexer no celular representando cadastro no inss
O segurado deve acompanhar o cadastro do INSS para ter o benefício com tranquilidade no futuro; confira como o acompanhamento deve ser feito.

O segurado que deseja se aposentar e garantir um benefício maior tem como principal desafio comprovar o tempo de contribuição. Essa e outras informações oficiais estão no cadastro do INSS, o CNIS, que pode ser consultado a qualquer momento pela internet, por meio do aplicativo ou site.

No momento de conferir o CNIS, o segurado deve verificar se o tempo de contribuição total consta em todas as empresas que ele trabalhou e qual é o valor de remuneração informado. Dessa forma, quaisquer pendências, caso existam, estarão sinalizadas no documento.

Continua após a publicidade

Como consultar o cadastro do INSS pelo site?

Veja o passo a passo para consultar o cadastro:

  • Acesse o site;
  • Se for o primeiro acesso, faça um cadastro;
  • Caso já haja cadastro, vá até “Extrato de Contribuição (CNIS);
  • É possível olhar os dados na tela ou clicar em “Baixar PDF”.

Quem trabalha de carteira assinada terá acesso à lista de empresas onde já trabalhou. Para os autônomos, por outro lado, aparecerá a lista de contribuições realizadas, com os respectivos valores.

A ordem de consulta é do salário mais recente para o mais antigo e os dados aparecem nessa ordem, divididos por empresa.

Portanto, é preciso verificar se as datas de admissão e demissão estão corretas e se o valor dos salários (ou das contribuições pagas, no caso dos autônomos) estão certos.

Além disso, a coluna “Indicadores” também deve ser checada. É necessário ver se algo aparece e qual é o código.

Como atualizar as informações?

Para corrigir os dados do cadastro, o trabalhador deve dar entrada no pedido de aposentadoria. Entretanto, os advogados previdenciários alertam os segurados tem direito por lei de corrigir os dados do CNIS.

Dessa forma, quando as agências da Previdência estavam abertas, o segurado tinha a opção de fazer o pedido de correção pessoalmente.

Como não há mais essa alternativa, a correção do cadastro do INSS ocorrer de forma online. Portanto, o trabalhador deve agendar a solicitação se aposentadoria, mesmo sem o tempo mínimo necessário, e fazer a correção dos dados no decorrer deste processo.

Esta matéria foi útil? Então, assine a newsletter do iDinheiro e receba nossas atualizações no seu e-mail.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.