Confira as novas regras para aposentadoria em 2021 pelo INSS

Trabalhadores que estão prestes a pedir a aposentadoria em 2021 devem ficar de olho nas mudanças de regras do INSS. Entre elas estão a comprovação de mais tempo de contribuição previdenciária ou a obrigação de ter que trabalhar por mais tempo para poder pedir um benefício maior.

Lucas Pavanelli
Lucas Pavanelli

Trabalhadores que estão prestes a pedir a aposentadoria em 2021 devem ficar de olho nas mudanças de regras do INSS. Dentre elas, estão a comprovação de mais tempo de contribuição previdenciária ou a obrigação de ter que trabalhar por mais tempo para poder pedir um benefício maior.

Essas mudanças estão previstas desde a aprovação da Reforma da Previdência em 2019, que criou uma série de regras de transição. Na prática, essas medidas servem para evitar que o regime de Previdência Social adote mudanças muito bruscas, principalmente para quem já estava em vias de se aposentar.  

Continua após a publicidade

Dentre as mudanças mais importantes estão o sistema de pontos e a idade mínima para aposentadoria. Confira. 

Sistema de pontos

O sistema de pontos prevê uma combinação entre idade mínima e tempo de contribuição para que o trabalhador consiga se aposentar. 

Continua após a publicidade

Essa regra é aplicada para os segurados que não querem esperar para cumprir a idade mínima de aposentadoria – que hoje é de 62 anos para as mulheres e 65 anos para os homens. 

No entanto, para isso, é preciso somar a idade com o tempo de contribuição para o Regime Geral de Previdência Social. Para a aposentadoria em 2021, os homens devem somar 98 pontos e as mulheres, 88 pontos

Essa regra de transição vai durar mais alguns anos, até que o sistema de pontos chegue a 92 para as mulheres e 100 para os homens. 

Para ter a vantagem de não precisar da idade mínima, no entanto, é preciso atingir o tempo de contribuição de 30 anos, no caso das mulheres, e 35 anos, no caso dos homens.

Continua após a publicidade

20202021
Mulheres87 pontos88 pontos
Homens97 pontos98 pontos

Ou seja, em 2020 uma mulher que contribuiu durante 30 anos poderia se aposentar a partir dos 57 anos. No entanto, em 2021, essa régua sobe para 58 anos.

Idade mínima progressiva para aposentadoria em 2021

Já a idade mínima progressiva aumenta seis meses a cada ano. Entre 2020 e 2021, por exemplo, mulheres e homens terão suas respectivas idades mínimas elevadas de 56,5 e 61,5 anos para 57 e 62 anos.

Para ter acesso a essa regra é necessário contribuir por 30 anos, no caso das mulheres, ou 35 anos, no caso dos homens. 

As mulheres ainda terão uma mudança na antiga aposentadoria por idade, que era de 60 anos para elas e 65 anos para eles. 

Continua após a publicidade

Em 2020, as mulheres precisavam ter 60 anos e seis meses de idade e mais 15 anos de contribuição ao INSS. Já no ano que vem, a idade mínima das trabalhadoras será de 61 anos. A carência permanece igual. 

Não há alterações com relação aos homens, que continuam podendo se aposentar aos 65 anos de idade. 

Aposentadoria em 2021 com pedágio

A Reforma da Previdência aprovada em 2019 também prevê duas regras de transição que exigem pedágios, que são acréscimos de 50% ou 100% no tempo que restava para aposentadoria. 

No entanto, essas regras não mudam em 2021. 

Professores e servidores públicos federais

Professores e servidores públicos federais também precisam ficar atentos às mudanças causadas pelas regras de transição. 

Continua após a publicidade

No caso dos professores, também há a possibilidade de aposentadoria pelo INSS pelo sistema de pontos ou com idade mínima progressiva. Confira como fica cada caso. 

Transição por pontos

20202021
Mulheres82 pontos (mínimo de 25 anos de contribuição)83 pontos (mínimo de 25 anos de contribuição)
Homens92 pontos (mínimo de 30 anos de contribuição)93 pontos (mínimo de 30 anos de contribuição)

Idade mínima progressiva 

20202021
Mulheres51 anos e 6 meses (mínimo de 25 anos de contribuição)52 anos (mínimo de 25 anos de contribuição)
Homens56 anos e 6 meses pontos (mínimo de 25 anos de contribuição)57 anos (mínimo de 25 anos de contribuição)

No caso dos servidores públicos federais, é preciso cumprir, ao mesmo tempo, idade e pontuação mínimas. 

20202021
Mulheres87 pontos e 56 anos88 pontos e 56 anos
Homens97 pontos e 61 anos98 pontos e 61 anos

Esta matéria foi útil? Então, assine a newsletter iDinheiro e ative as notificações em Push para continuar recebendo conteúdos do tipo.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.