Bolsa Família pode expandir em número de beneficiários em 2021

Amanda Gusmao
Amanda Gusmão
Mulher organiza os alimentos na cozinha da sua casa humilde, representando bolsa família pode ampliar
O programa social Bolsa Família pode expandir em número de beneficiários em 2021, segundo secretátio do Tesouro Nacional. Leia e saiba.

O Bolsa Família pode expandir em número de beneficiários em 2021. É o que disse o secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, na última quarta-feira, 16.

A mudança, porém, depende da manutenção do teto de gastos e de que o Tesouro Nacional tenha recursos disponíveis.

Continua após a publicidade

Assim, a informação pode deixar alguns brasileiros mais tranquilos depois da extinção do auxílio emergencial.

Isso porque nessa situação, o programa voltaria a ser o principal suporte social do governo.

Possíveis fontes para o recurso estariam em mudanças no Orçamento para 2021

Durante participação do lançamento do relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o secretário explicou que a verba para ampliação do Bolsa Família dependeria do remanejamento de outras despesas do Orçamento 2021.

“É um programa que tem funcionado. Se houver necessidade, é óbvio, respeitando nosso limite de gastos e a realocação do orçamento, (o Bolsa Família) pode ser, sim, revisto para cima”, afirmou.

Propostas do Orçamento 2021

Em tramitação no Congresso, o Orçamento de 2021 contempla o aumento de R$ 5,4 bilhões para o Bolsa Família comparado com 2020.

O secretário ainda explicou que a fundamentação para o maior provisionamento está na expectativa dos efeitos da pandemia da Covid-19, que faria com que mais famílias brasileiras estivem no perfil do programa social.

Entenda porque o Bolsa Família pode expandir

Apesar de alguns pagamentos dos últimos ciclos do auxílio emergencial terminarem em 2021, o benefício não será prorrogado.

“Auxílio é emergencial, o próprio nome diz: é emergencial. Não podemos ficar sinalizando em prorrogar e prorrogar e prorrogar”, declarou o presidente Jair Bolsonaro.

Na ocasião, ele confirmou que o benefício emergencial criado para dar suporte financeiro durante a pandemia do novo coronavírus, acabaria agora em dezembro.

As informações são da Agência Brasil, que também trouxe na mesma matéria, notícias sobre a modernização cambial e a vacinação, temas também apresentados por ministros do governo durante a apresentação do OCDE.

Quer acompanhar e saber se o Bolsa Família pode expandir, de fato, em 2021? Então, assine a newsletter do iDinheiro e acompanhe as notícias ativando as notificações de Push.

Continua após a Publicidade

Comunidade iDinheiro
Pergunte à comunidade ➔
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logo iDinheiro

Newsletter iDinheiro: receba novidades sobre o que importa para o seu dinheiro.

    Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.